1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Processadores Pentium com tecnologia de virtualização integrada chegam ao mercado

Discussão em 'Novidades Hardware PC' iniciada por RavenMaster, 15 de Novembro de 2005. (Respostas: 17; Visualizações: 1873)

  1. RavenMaster

    RavenMaster Power Member

    "A Intel anunciou a disponibilização dos seus primeiros processadores para desktop com virtualização integrada. De início, a tecnologia que permite correr vários sistemas operativos num mesmo computador marcará apenas presença em dois Pentium 4, o 672 e o 662.

    Com esta manobra, a fabricante introduz a VT (Virtualization Technology) nos computadores de secretária, embora considere que a mesma só começará a ser adoptada a partir de 2006. "Temos vários usos em mente que ajudarão a que a virtualização se transforme em algo muito importante nos próximos anos", refere Chad Taggard, da Intel, em declarações à eWeek, considerando que a tecnologia será uma capacidade incontornável no prazo de dois anos.

    Apesar do anúncio da disponibilização dos novos processadores com VT, poderá levar algum tempo até que as grandes fabricantes testem a tecnologia. Em comunicado, a Intel refere que a Lenovo terá PCs com a tecnologia integrada para clientes que se mostrem interessados em participar de um piloto, remetendo para 2006 a divulgação dos nomes de outras empresas que se irão juntar na disponibilização de máquinas com VT.

    Ao longo do próximo ano, a tecnologia de virtualização da Intel deverá chegar igualmente aos servidores baseados em processadores Xeon e Itanium, assim como a portáteis.

    Os processadores da Intel agora anunciados serão vendidos em pacotes de mil unidades, custando 605 e 401 dólares, respectivamente, nos modelos 672 e 662. "

    Fonte
     
  2. QuickFire

    QuickFire What is folding?

    Mas isso permite o quê mais concretamente ? Correr dois SOs ao mesmo tempo com performance consideravel ? porque dois SOs diferentes o meu também corre a boa performance :P e até ao mesmo tempo com o VMware :P
     
  3. blastarr

    blastarr Power Member

    Não faz é muito sentido lançar isto primeiro em... single-core.
    E o Hyper-threading é um hack mal conseguido, não disfarça tudo.
    É negar o propósito da virtualização assistida por hardware...
     
  4. ToTTenTranz

    ToTTenTranz Power Member

    Vou render-me à minha ignorância e em vez de procurar no google vou deixar que alguem brilhe no forum ao exibir os seus conhecimentos:
    o que é a Virtualization Technology?
     
  5. Nemesis11

    Nemesis11 Power Member

    Isto pouco tem a haver com single ou dual core.
    Parabens à intel por ter sido a primeira a lançar.
    Vai permitir por exemplo correr VM 64 bit no Vmware 5.5 (Também dá nos Amd Rev E, acho....) ou correr Windows no Xen sem ter que se alterar o kernel do windows.

    Havia uns Pdf / Apresentações muito boas sobre isso e outros assuntos, mas sinceramente já não sei do link.
    Tinham lá bastantes pormenores sobre isto e apesar de ser muito bom, ainda há muito a fazer em futuras versões.

    EDIT: Afinal encontrei o link. Penso que sejam estes dois:
    http://www28.cplan.com/cv_112/session_details.jsp?isid=275095&ilocation_id=112-1&ilanguage=english
    http://www.vmware.com/vmworld/2005/pac095_vmworld_2005_10_20_1030_am_breakers_c&d.mp3
    http://www.vmware.com/vmworld/2005/pac095.pdf

    http://www28.cplan.com/cv_112/session_details.jsp?isid=275346&ilocation_id=112-1&ilanguage=english
    http://www.vmware.com/vmworld/2005/pac346_vmworld_2005_10_20_1130_am_mandalay_b.mp3
    http://www.vmware.com/vmworld/2005/pac346.pdf

    Muita coisa interessante para ler e ouvir aqui -> http://www.vmware.com/vmtn/vmworld/

    Do Xen também há uns artigos sobre a importancia do VT e do pacifica no Xen 3.0 (se não estou em erro).
     
    Última edição: 15 de Novembro de 2005
  6. Metro

    Metro Benevolent Dictator For Life
    Staff Member

    Eu queria ver reviews. Não era para ter saido hoje? Ainda não encontrei nada.
     
  7. blastarr

    blastarr Power Member

    Básicamente isto faz por hardware (atribuíndo um dos cores ou recursos -caso seja single-core- a cada Sistema Operativo virtual) o que eu faço no VMware por puro software há muito.

    Permite criar, com a ajuda de software como o VMware, o VirtualPC ou o Xen, um PC virtual, com partições de disco e discos virtuais, que podem ser isolados ou aceder apenas ao periférico que nós quisermos, cmo drives de cd/dvd, usb pen's, acesso à net, etc.

    Se tivermos um sistema XP instalado nesse PC virtual, por exemplo, podemos aceder à net sem preocupações com vírus, pois estes apenas conhecem o PC "Virtual".

    Melhor do que isto, pode-se criar um nº de clones ou imagens da partição com um SO novo, em poucos segundos ou minutos, para teste de infinitas configurações de software, etc.

    E o melhor de tudo é que se podem ter muitas máquinas virtuais, ou PC's "virtuais" a correr em simultâneo, tanto faz que sejam Linux, como FreeBSD, como XP ou outro Windows, etc.

    Com um PC é possível simular um ambiente antigo, sem perda aparente de performance e criar postos de trabalho virtuais, distribuídos via rede para dumb-terminals, ou PC's que não conseguiriam correr determinado SO/software.

    Para empresas pode-se poupar imenso dinheiro na migração para hardware mais recente, ou para criar postos de trabalho isolados e controláveis numa localização central de forma mais directa.

    Para users's caseiros o potencial de isolar o "PC" de navegação da net, do resto do sistema "host" é um grande bónus.

    Há uns meses detalhei uma experiência que fiz com o Longhorn versão alpha a correr dentro do VMware 5, com 3Dmark's e Max Payne à mistura:

    http://www.techzonept.com/showthread.php?t=59886&highlight=vmware
    (torna-se mais interessante a partir do post #28)

    Lembrem-se que é uma placa 3D emulada em software, a correr num PC "emulado"...
    Imaginem com virtualização por hardware, com dual-cores e DirectX10 (e que tb vai permitir correr duas ou mais apps 3D em simultâneo nas gráficas compatíveis, que aínda não existem)
     
  8. God|nHo

    God|nHo Folding Member

    Já não ando apanhar nada nos processadores... Chiça... Dantes conseguia perceber isto.. agora não dá para acompanhar!! :X
     
  9. Nemesis11

    Nemesis11 Power Member

    Não, o VT não faz nada disso.

    Fazendo um quote de um dos PDF:
    Não há virtualização de devices. Continua exactamente como hoje em dia.
    E se tens uma VM em bridge/nat, é melhor não apanhar worms (ou ter firewalls pelo meio).

    Já o podes fazer isso hoje com os snapshots no Vmware.

    Espero que ajude na performance, apesar de já se poder fazer isso.
     
    Última edição: 15 de Novembro de 2005
  10. blastarr

    blastarr Power Member

    Se lêsses o teu próprio quote verias que eu falava do VMware, não do VT nem do Pacífica (aliás, será sempre preciso software tipo Hypervisor, e foi um protótipo do VMware 6 que foi usado na demo do Vanderpool Technology -VT- na última IDF...) ;)
     
  11. Nemesis11

    Nemesis11 Power Member

    Estavas a responder a um quote do ToTTenTranz que perguntava o que era o Virtualization Technology.
     
  12. blastarr

    blastarr Power Member


    Acho que é bastante explícito...
     
  13. Nemesis11

    Nemesis11 Power Member

    O VT ( ou melhor, o actual VT ) não atribui um dos cores ou recursos a um sistema operativo virtual.
    O que ele permite é que as VM corram num novo modo (que a vmware chama de "root mode") em vez de no Ring 3, que é onde todas as applicações correm (incluindo o actual Vmware).
    Neste novo modo, nem o Vmware precisa de fazer binary translation, nem o Xen paravirtualization (há para lá umas complicações pelo meio no caso do Xen).

    A partir daí, acho que o actual VT não faz mais nada, mas gostava de estar enganado.
     
  14. blastarr

    blastarr Power Member

    Exacto, mas para detectar a app que corre em root é preciso lógica nova no chip, mais transístores, senão correr-se-ía o risco de o VMware usar o "instruction set" x86 de um dos cores (ou thread's, no caso do Hyperthreading) em exclusivo e saturando-o com um única VM.

    A AMD já faz muitas destas funções nos CPU's dual-core, é para isso que serve o System Request Interface, pelo que é uma questão de adequar o software e alterar a programabilidade externa do mesmo até certo ponto, para tirar partido desta feature.
    Note-se que isto é mais uma prova de que a arquitectura AMD64 foi feita desde o início para multi-core, ao contrário dos P4.

    [​IMG]
     
  15. Zarolho

    Zarolho Power Member

  16. Sumerset

    Sumerset Power Member


    Mas que salsa...

    o System Request Interface é apenas um nome que eles arranjaram para o HT do Dual Core no entanto não vale apena te iludires pois a ligação entre 2 cores em cpus dual core por parte da AMD é feita via as ligações HT que os cpus têm disponiveis mas em que toda e qualquer ordem para o core 1 passa pelo tal System Request Interface apenas pois eles cortaram no core 1.

    O VT é completamente diferente! A promessa da Intel e da AMD é poderem disponibilizar os recursos de 1 CPU mesmo q seja Dual Core (ou mais cpus) de igual modo para mais que 1 Sistema operativo tendo as devidas proteções internas de variaveis de estado para cada um dos S,O.

    Em teoria é muito bonito e para servidores, tendo em conta o numero de intruções que cada CPU faz, até seria bastante util... Numa só máquina ter as mesmas coisas a funcionar que tinhamos anteriormente em 2 ou 3 gastando pouco mais de 1/3 da energia anteriormente gasta.
     
  17. blastarr

    blastarr Power Member

    Errado

    O Hypertransport é ligado via Crossbar (1 ou 3 links, dependendo se é A64 ou Opteron, o X2 só tem 1, como os A64 single-core), não pelo System Request Interface/Queue:

    [​IMG]
     
  18. Zar0n

    Zar0n Power Member

    Isto e util para empresa uma x k podem comprar 1 grande servidor e makinas sem CPU/RAM/DISCO para o resto do ppl.

    Mas para "nos" a acelaração no Vware n deve ser muita, e tlx um pouco mais robusto k por sw.
     

Partilhar esta Página