1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

PT negoceia exclusividade de acesso à sua rede de próxima geração junto do Governo

Discussão em 'ISPs' iniciada por yelloboy, 25 de Junho de 2008. (Respostas: 297; Visualizações: 15318)

  1. yelloboy

    yelloboy Banido

    Fonte: Tek.sapo.pt


    Mais uma monopólio não obrigado. Acho que o governo está a crer criar mais um monopólio e desta vez pode muito bem arranjar mais problemas com a União Europeia como o caso da Alemanha. Eu não tenho duvidas nenhumas que a PT é capaz de colocar fibra óptica em casa dos clientes no espaço de 2 anos mas e a concorrência ?

    Noções básicas para este tópico.

    :confused:
     
    Última edição: 28 de Junho de 2008
  2. jfbbms

    jfbbms Power Member

    sim, é verdade do monopólio

    mas ve agora o lado por parte da PT.
    Imagina que és dono da PT , queres melhorar as coisas, colocar algo tipo o MEO com uma data
    de canais HD , tudo xpto e tens dinheiro para investir.

    MAS , mesmo ao lado tens as sanguessugas das outras empresas prontas a que sejas tu a
    fazer o investimento para depois chorarem o acesso.

    Se fosse assim até te se calhar começavas a perguntar se realmente valia a pena investires do
    teu bolso para os outros depois irem comer ao prato.
    É preciso garantias para investir? claro que sim.
    É preciso proteger o investimento até certo ponto? claro que sim.

    Queremos ter monopólito da pt? Claro que nao
     
  3. mauro1855

    mauro1855 I'm cool cuz I Fold

    Eu acho que eles deviam criar a infra-estrtura de fibra óptica com a concorrência. Ao menos a SonaeCom, que disse que ia investir 240 milhões nas redes de fibra ( já estão em testes em algumas zonas), já disse que está aberta a à concorrência para ajudar nesta criação. A PT é que quer sempre monopolizar as coisas...

    Posso dizer que se a PT começar a investir, vai ser giro ver a batalha. A PT vai de certeza investir muitos milhões. A Sonaecom deixou de evoluir o SmarTV pois disse em comunicado que só ia fazer evoluções no IPTV quando o seu investimento em fibra já estiver mais avançado, e acreditem. Sendo a SmarTV pioneira no IPTV, se não está a acompnhar a tendência de mercado é porque eles estão ocupados com outras coisas. Aposto que seja a fibra...

    Vai ser giro ver PT vs. Sonaecom vs. ZON+TVTEL

    Cumps
     
    Última edição: 25 de Junho de 2008
  4. kikofra

    kikofra Power Member

    a melhor solução na minha opiniao, era pt poder investir sem ter de dar a rede a outros mas tinha de substituir a rede toda de cobre pela fibra...

    Se as outros isp querem fibra invistam na deles.... Isto nao e bem monopolio que esta a acontecer agora na minha opiniao, acho eu que os outros isp tambem podem invistir no cobre deles...
     
  5. nipnip

    nipnip Power Member

    os outros isp's não podem investir no cobre deles porque nem sequer podem ter cobre próprio... para além disso duplicar ou triplicar redes não será nunca uma boa hipótese..
     
  6. kikofra

    kikofra Power Member

    no cobre nao mas acho que e mas centrais que podem.... e so investem em meia duzia de sitios....
     
  7. nipnip

    nipnip Power Member

    investem onde lhes dá lucro... sim porque por exemplo o investimento para desagregar uma central remota (ainda que fixadas pela anacom) são absolutamente astronómicos
     
  8. TuxBoss

    TuxBoss Power Member

    Não é por acaso que a PT não se quer associar aos outros operadores e criar uma entidade independente que geriria uma eventual rede de fibra partilhada por todos. Se assim for a sua grande e única mais valia (capilaridade) vai à vida e lá se foi a PT.

    Quem pode fazer isto pender para o lado do sucesso ou do falhanço são as empresas de Appliances das antigas empresas públicas (EDP, Brisa, REN, Refer, EPAL, Metro). Se for decidido que entram no negócio a PT tem muito pouco a dizer.
     
  9. nipnip

    nipnip Power Member


    completamente de acordo... a futura rede de fibra não pode ficar nas mãos de uma única empresa... ainda que regulada como por exemplo a actual rede de cobre... e a multiplicação de redes de fibra... imaginemos uma da PT, uma da Sonaecom e imaginemos uma da Vodafone não é claramente uma boa gestão de recursos....
     
  10. mauro1855

    mauro1855 I'm cool cuz I Fold

    Mesmo assim é mais preferível do que outro monópolio da PT...

    Cumps
     
  11. mavidoor

    mavidoor Power Member

    Eu vejo o lado da PT assim como o lado do Estado,que detem uma GOLDENSHARE sobre a PT.Perante isto faz todo o sentido que o Estado (Governo que esteja em funções) tenha todo o interesse em que seja a PT a lançar a nova rede.
    Quanto á questão das sanguessugas,bem...é publico o interesse da Sonae e de outras empresas em avançar com o investimento CONJUNTO com outras interessadas, e ,partilharem sobre acordos pre-defenidos a nova infra-extrutura.
    Neste País se a PT vier a avançar sozinha com a nova rede, os tentaculos da poderosa vão novamente atacar,aí não vai haver os ditos sanguessugas para poder forçar a PT a não implementar taxas e mais taxas para poder a curto prazo poder pagar o investimento que pretende fazer.Vai ser uma nova modalidade de assinatura telefónica!Ao passo que se a futura infra-extrutura fosse partilhada por dois ou três operadores em condições economicas iguais aí sim iria existir VERDADEIRA CONCORRENCIA!
    Eu quase que aposto que a PT vai avançar sozinha.
     
  12. nipnip

    nipnip Power Member

    pois mas no caso de uma gestão conjunta é mais fácil uma cobertura verdadeiramente nacional... no caso de duplicações de redes vai haver zonas com 3 e zonas sem nenhuma...
     
  13. karlitos

    karlitos Power Member

    eu nao concordo. sou anti-monopolio, mas uma coisa é certa.

    no cobre quando foi vendido pro 200milhoes de euros foi a PT a unica a apresentar proposta de compra e depois teve que partilhar e esse facto impediu muitas vezes que a PT inovasse pois os outros operadores tinham que estar em condiçoes de oferecer condiçoes semelhantes.

    No caso da fibra, acho que cada empresa (ZON, CLIX, etc) deveria investir na sua propria rede e assim explorar como muito bem entendesse.

    Claro que se nao tivessem capital teria que se partir para o caso do investimento partilhado, mas nao é o caso, todas elas (talvez excepto a cabovisao) sao capazes e tem capital para fazer os seus proprios investimentos. so nao os fazem se nao quiserem...
     
  14. kiling

    kiling [email protected] Member

    Mas eles pagam taxas de acesso, nao ficam ali a ocupar slots e banda de borla...
     
  15. nipnip

    nipnip Power Member

    quando a rede de cobre foi vendida (quase de borla), com indemnizações compensatórias para o futuro e etc praticamente não havia mais nenhuma grande empresa de telecomunicações... para além disso o que preferes 3 redes que cobrem 30% da área gegráfica nacional ou uma rede partilhada que cubra 99% da área geográfica de portugal?
     
  16. Seavoices

    Seavoices Power Member

    Antes de mais:

    - A parte de Retalho deveria de ser independente da parte de Prestador de Serviço
    - A instituição que ficam com a parte de prestação de serviço deverá de ser independente de todos os operadores existentes
    - Cada operador faz parte, em cotas identicas, da empresa de prestação de serviço
    - Qualquer operador que entrar, entrará apenas para o mercado de retalho (venda e distribuição do serviço)
    - A criação de uma rede partilhada entre todos os operadores, dava a possibilidade de todos os operadores entrarem no mercado
    - A gestão centralizada de uma rede deste tipo permite uma maior dispersão e uma prestação de serviço identica para todos os retalhistas

    O que a PT quer é ter a sua própria rede e gerir a mesma da melhor forma e ter acima de tudo a garantia de que no futuro, com a transição para fibra, não perca cota de mercado que tem agora efectuando uma migração de cobre para fibra de forma calma e sem perca de clientes. Mas as coisas não podem acontecer desta forma.

    Não é por acaso que perto de 80% do mercado de voz em cobre está do lado da PT e grande parte do mercado ADSL está do lado da PT. E não é por acaso que os outros prestadores, suportados pela rede cobre da PT, têm resultados muito inferiores comparado com os resultados apresentados pelas suas próprias redes. É um facto que as coisas melhoraram, mas foi à custa de muita luta dos outros operadores com a ajuda da ANACOM (não é por acaso que a ANACOM não foi tida nem achada até agora)

    Uma rede de fibra partilhada permitiria que todos tivessem os mesmos argumentos tecnológicos (os requesitos e obrigações seriam identicos para todos), onde as práticas comerciais (tarifários, preços de activação, qualidade de serviço) resaltavam comparado com as questões de desagregação, transferencias, impossibilidade de acesso a serviço por culpa do incubente) criando uma luta comercial com o necessário abaixamento do preço do serviço para os clientes!

    Por outro lado, redes independentes por operador iria criar uma mescla de cablagem numa mesma zona (o poderio financeiro da PT faz com que a sua rede seja sempre rapidamente desenvolvida, comparado com os restantes operadores existentes), trabalhos em duplicado, triplicado ou quadruplicado numa mesma zona (tal como aconteceu com o advento do Cabo em várias zonas partilhadas) e a utilização de esquemas e ofertas comerciais a determinados construtores civis para que, em detrimento de outros operadores, aquela zona seja exclusivo de um único operador.

    Esta é a minha ideia (desde os tempos do cobre e da rede cabo)
     
  17. Katzu

    Katzu Power Member

    Não podem? Ou não querem?

    vamos pôr as coisas em pratos limpos, a PT é detentora de 99% das linhas em portugal. È impossível criar infra-estruturas de telecomunicações? não não é. A Sonaecom se quiser pode começar já a criar-las, mas acham que querem? Nem pensar, a Sonaecom só investe onde o retorno é garantido. È muito mais barato alugar as linhas da PT (a qual é obrigada a alugar devido á Anacom) do que criar as suas próprias linhas.

    Falam muito mal da PT mas quem foi meter a rede DSL em zonas isoladas foi a PT e não os seus concorrentes.

    A PT quer criar uma rede 100% fibra ótpica, mas não quer, no final disto, ter 5-6 sanguesugas a alugar a linha a preços irrisórios, Aliás caso não saibam, até eu podia fazer uma empresa de telecomunicações, é barato! é só juntar uns milhares de euros, juntar uns preços bestiais, clientes iniciais, e alugar a linha a preços irrisórios.

    Eu sei que sou bastante tendencioso para o lado da PT, é uma Empresa de todos nós (entre aspas). È portuguesa e é um motivo de orgulho para todos nós.

    E 240 milhoes que a Sonaecom quer investir? vcs têm noção que para portugal ser coberto por fibra era necessário Muito, mas MUITO mais do que isso.
     
  18. Katzu

    Katzu Power Member

    Acredita que praticamente ficam :P .
     
  19. nipnip

    nipnip Power Member

    Não é não quererem... é não poderem... abre uma empresa e tenta começar a plantar postes e condutas pelo país todo e vê se podes...

    que a pt não queira investir e depois ter que partilhar quando foi ela que pagou tudo parece-me lógico... agora que se recuse a investir em conjunto com outras empresas já não me parece lógico

    então e a sonaecom não é uma empresa portuguesa da qual nos devemos orgulhar? a mim desagrada-me que uma empresa que recebe capital público o decida esbanjar avançando sozinha para uma insfraestrutura deste tipo
     
    Última edição: 25 de Junho de 2008
  20. Katzu

    Katzu Power Member

    Basta apresentares um Projecto. Já não há exclusividade (antigamente só a PT podia montar infra-estruturas) no direito a montagem de infra-estruturas. Que é preciso centenas de milhões, é .

    Agora obviamente, que não podes chegar a um sítio qualquer e começar a montar repartidores....
     

Partilhar esta Página