1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

PT prepara Mega-oferta de Televisão

Discussão em 'ISPs' iniciada por pvega, 9 de Novembro de 2007. (Respostas: 30; Visualizações: 3111)

  1. pvega

    pvega Power Member

    A Portugal Telecom (PT) está a preparar uma oferta "arrasadora" no mercado da televisão por subscrição. Apesar da intenção de concorrer às licenças da televisão digital terrestre (TDT), a PT tem já elaborado um plano de uma oferta de televisão por satélite, com 120 canais, que poderá ser lançado em Março, apurou o DN.

    Este serviço é visto como "uma bomba" no mercado, quer em termos de qualidade de serviço quer ao nível de preços. A oferta irá afectar sobretudo a TV Cabo, empresa que acaba de se separar do grupo PT e que detém mais de 80% de quota na televisão por cabo.

    Fonte da PT disse ao DN que ainda não está certo o lançamento do serviço por satélite em massa, sendo, no entanto, uma das opções em cima da mesa. Outra das possibilidades é a concentração de esforços na televisão digital terrestre, cujo concurso irá ocorrer no primeiro semestre do próximo ano. Qualquer que seja a opção, será sempre desenvolvida em complemento do Meo, o actual serviço de triple play (pacote integrado de televisão, Internet e chamadas de voz fixa) da PT.

    O problema do Meo é não poder ser massificado, pelo menos por enquanto, por exigir uma velocidade mínima de 8 megas. Para conseguir a massificação desejada já em 2008, a PT coloca a hipótese de oferecer uma "proposta arrasadora", qual como a classificaram fornecedores contactados pelo DN.

    As vantagens do satélite é não depender de um concurso e de regras que ainda não estão claramente definidos. Além disso, o DN sabe que nem todas condições referidas no documento da consulta pública da TDT agradam à PT e que se não forem alteradas, a operadora pode mesmo desistir da corrida.

    Uma dela é a condição imposta da cobertura da TDT ter de atingir 99% do território nacional. A segunda prende-se com a obrigatoriedade de uma cobertura total indoor, ou seja, dentro de casa, em todo o País (algo que obriga a um forte investimento). Por último, não é visto com agrado a possibilidade do operador vencedor ter de oferecer a caixa de recepção aos clientes (penalizando fortemente as receitas).

    "A complementaridade natural do Meoé a TDT, embora existam outras alternativas tecnológicas, como o Wimax" afirmou ao DN. Contudo, as indefinições na TDT podem levar a PT a avançar com a opção do satélite. Abandonar o Meoé um cenário afastado, uma vez que é visto como um produto premium que pode concorrer lado a lado com uma oferta mais massificada.

    Recorde-se que os objectivos apresentados no lançamento do Meoeram de atingir 30 mil no final deste ano e 100 mil no final de 2008. Números muito reduzidos quando comparados com os 1,5 milhões de clientes da TV Cabo.

    "Guerra à PTM"

    A oferta massificada de televisão da PT será o primeiro grande ataque à PT Multimédia, empresa que esta semana se separou definitivamente do grupo PT. É mais um concorrente no mercado das telecomunicações que poderá beneficiar os consumidores em termos de preços e ofertas de produtos.

    Na quarta-feira, a PT deu por concluído o processo de spin-off, uma medida que resulta da estratégia defensiva da administração da PT face à oferta pública de aquisição de que foi alvo, por parte da Sonaecom. O grupo liderado por Henrique Granadeiro ainda detém 8,56% na PTM, mas garantiu que esta posição é para vender "assim que possível", desde que o comprador se comprometa a respeitar um período de "lock up" [período de impedimento de venda] de seis meses. A PT reiterou ainda que não terá influência na gestão da empresa liderada por Rodrigo Costa.

    Para os accionistas da PT esta semana foi também histórica. A operadora transferiu para as suas contas 154,9 milhões de acções da PTM, correspondentes a 50,1% do capital.

    Mas mesmo com o spin-off concluído, o processo continua a dar que falar. A sobreposição de accionistas não é vista por alguns concorrentes como uma verdadeira separação, uma matéria onde os próprios reguladores já mostraram reservas.

    Porém, Daniel Proença de Carvalho, chaiman da PTM, voltou a destacar a indepedência da empresa, num almoço com a comunicação social realizado na terça-feira.

    A Caixa Geral de Depósitos e o Banco Espírito Santos são os maiores accionistas da PTM, como 15% e 12,2% respectivamente, dois bancos que também estão no "núcleo duro da PT". A Telefónica é outra das "grandes" que marca presença nas empresa ex-irmãs.

    O mercado das telecomunicações já foi sinónimo de uma só empresa. Desde a liberalização do sector, houve novas empresas a nascer. Algumas ficaram pelo caminho outras juntaram-se a concorrentes. Nenhuma nasceu tão forte como a PT Multimédia.


    in http://dn.sapo.pt/2007/11/09/dnbolsa/pt_prepara_megaoferta_televisao.html
     
    Última edição: 9 de Novembro de 2007
  2. Seavoices

    Seavoices Power Member

    Bem vindos à concorrencia dos serviços de televisão em Portugal!!!

    Verdadeira concorrênicia? Vamos ver...
     
  3. Korben_Dallas

    Korben_Dallas Zwame Advisor

    Ui, venha ela que eu estou desejoso de mandar a TV Cabo às couves... se tivesse linha telefónica já tinha ido.

    Eles que se matem e esfolem que nós queremos preços mais baixos!
     
  4. blastarr

    blastarr Power Member

    Um spin-off para inglês ver e Estado Português/AACS/Comissão Europeia enganar...

    Quando os accionistas de referência das duas empresas são os mesmos, as decisões continuam a ser tomadas em sintonia.
    Em vez de um grupo PT, passa a haver um "cartel da PT", é a única diferença.
     
  5. A3XX

    A3XX Power Member

    Nem mais. Concorrência em Portugal? Onde? Nos combustíveis foi o que se viu...país do paga-e-cala...
     
  6. Mordorr

    Mordorr Power Member

    Até vou ver o Sci-Fi e tudo.....



    TV............o opio do povo....

    Prefiro a net....:003:
     
  7. Fy3

    Fy3 [email protected] Member

    É muito verdade o que dizes.

    Espero que os reguladores não deixem que tal aconteça, há muito que este segmento de mercado precisa deste estímulo à concorrência.
     
  8. Highlander

    Highlander Power Member

    Assino por baixo e acrescento que isto é tão óbvio que até os cegos conseguem ver.
     
  9. pnabais

    pnabais Power Member

    blastarr,

    Como os accionistas de referencia da Intel, AMD e NVidia são mais ou menos os mesmos, calculo
    que não haja concorrencia entre estas 3 empresas ...
     
  10. nipnip

    nipnip Power Member

    são coisas exactamente iguais... já agora posta aí a fonte onde viste que os accionistas dessas empresas são "basicamente" os mesmos
     
  11. pvega

    pvega Power Member

    Não estou nada a ver o Rodrigo Costa a ir em grupos... é demasiado competente para isso.

    E na banca... temos também accionistas comuns (nem é preciso falar no Joe Berardo!) em vários bancos, e não é por isso que não existe concorrência,com guerras de spreads e taxas!
     
  12. pnabais

    pnabais Power Member

  13. nipnip

    nipnip Power Member


    como previa apesar de comuns apenas o primeiro tem a mesma posição em duas empresas...

    mas se acham que é a mesma coisa não vou ser eu a tentar explicar que não é
     
  14. pnabais

    pnabais Power Member

    nipnip,

    O maior accionista da PT é a Telefonica e da PTM é a CGD.
    Neste caso nem o primeiro é identico.
     
  15. VuDu

    VuDu Power Member

    Boa jogada, pnabais apesar de poderem ser 2 situações bem distintas, nada como uns bons factos para calar especulações "bota abaixo" ;)
     
  16. JPgod

    JPgod Moderador
    Staff Member

    Pois, também estou um pouco céptico de uma verdadeira concorrencia... Mas vamos ver o que sai daqui.
     
  17. _kossak_

    _kossak_ Power Member

    Ainda nem sairam os produtos e já estão a criticar... típico português.

    Pelo que leio aqui se calhar é melhor nem haver separação.
     
  18. OubeLa

    OubeLa Power Member

    Era mesmo isso que eu estava a pensar, ainda nem se sabe ao certo o que é e já se critica. Parece que mais vale deixar como está.
     
  19. nipnip

    nipnip Power Member

    mas eu critiquei o futuro serviço por acaso?

    eu limitei-me a concordar com uma "afirmação"... e comparar a PTC e PTM com AMD e INTEL só me merece uma resposta : lol
     
  20. exxtreme

    exxtreme Power Member

    Só espero que optem por DVB-T, acho que é um seviço com mais qualidade do que o satélite. Já para n falar de ser uma inovação em portugal.
     

Partilhar esta Página