1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Quais os efeitos da Pirataria de Software?

Discussão em 'Dúvidas e Suporte Técnico PC' iniciada por Alex107, 11 de Junho de 2007. (Respostas: 16; Visualizações: 2244)

?

Os efeitos da pirataria de software são:

  1. Totalmente Negativos

    5 vote(s)
    6,7%
  2. Mais Negativos que positivos

    19 vote(s)
    25,3%
  3. Mais Positivos que Negativos

    36 vote(s)
    48,0%
  4. Totalmente Positivos

    15 vote(s)
    20,0%
  1. Alex107

    Alex107 Power Member

    Gostava de saber na vossa opinião, quais são os efeitos da pirataria de software.
    Ou seja, quais são os efeitos positivos e negativos da facilidade de hoje em dia se piratear todo o tipo de software.

    Por exemplo e para iniciar a discussão, é mais que certo que ao piratear determinado software estamos a lesar directamente todos aqueles que trabalharam directa ou indirectamente para esse mesmo software, muito simplesmente estamos a usufruir do seu trabalho sem lhes dar absolutamente nada em troca. Mas também é certo que se não fossem as versões piratas de software muita gente nunca tinha tido oportunidade de aprender a trabalhar com programas que custam largas centenas de Euros, principalmente num país como Portugal onde o poder de compra é baixo.

    E as estratégias de empresas como a Microsoft? Não será propositada a facilidade com que se pirateia os seus OS's? Quantos mais utilizadores particulares (e eventualmente com software pirata) os usarem, mais facilmente "obrigam" as empresas a trabalhar com as OS's deles.

    Nota: Este tópico não tem por objectivo incentivar a Pirataria, mas se os administradores acharem que o tópico deve ser apagado... paciência.

    Não encontrei secção melhor para este tópico, por isso coloquei-o aqui, peço desculpa tiver errado o alvo.
     
  2. Alheira

    Alheira Power Member

    Lá tá, quando temos um SO q custa 240€ e o ordenado minimo nacional é de [SIZE=-1]385,90€ os tugas vão logo atrás do mini, mini preço (sr de etnia cigana ali da feira) lol Querem o q? Sempre há 3 hipoteses:

    1ª Aumentar o ordenado minimo nacional para 1500€ (sem aumentar a inflação claro :))
    2ª Diminuir os valores do software para valores aceitaveis para os bolsos dos Tugas (impossivel :))
    3ª Legalizar a pirataria... eheheheheh (como era nos tempos do ZX Spectrum)
    [/SIZE]
     
  3. vbmaster

    vbmaster 1st Folding then Sex

    Claro que a nível dos utilizadores dá muito jeito adquirir a custo zero algo que tem um valor (justo ou inusto) definido.

    Mas penso que ao nível das empresa é totalmente corrosivo, principalmente em mercados como o português. Em Portugal, uma empresa de software que trabalhe para o público de massas em vez de fazer programas à medidas de quem lhes pede, pode morrer devido à pirataria.

    Já grandes empresas como a MS podem-se dar ao lixo de fazer as contas e concluir que é preferível que muitos usem o seu software, tendo depois o poder de controlar um grande sector de mercado, do que propriamente cobrar. Além disso, como foi dito, com a maior parte das pessoas a usar o software X, uma empresa também deverá usar, e nas empresas a coisa pia mais fino... no fundo o dinheiro não vem dum lado, vem do outro...

    Agora a pirataria não é desculpa para o conhecimento, Linux é uma das alternativas, só não usa quem não quer. Ninguém precisa de piratear nada para poder usar o seu computador, as pessoas é que querem todas usar o que toda a gente usa...
     
  4. Alheira

    Alheira Power Member

    VBMASTER: Muito bem dito!!!
     
  5. Morais

    Morais Power Member

    Hard to say...

    Hoje em dia torna-se cada vez mais fácil piratear o que quer que seja.
    Seja um jogo, um aplicativo, um sistema operativo, conteúdos multimédia...
    Não querendo entrar em pormenores digamos que tenho acesso a um filme em 15 minutos.

    Muitos dizem que é mau, que prejudica a industria, que leva a baixas receitas, mesmo até ao encerramento de várias empresas. A verdade é que isso, no meu ponto de vista um bocadinho distorcido, até que é bastante bom.

    Sejamos sinceros, a pirataria ajudou a educar várias empresas, não pelas melhores razões, mas que começaram a olhar para os consumidores de outra forma, disso não existem duvidas. Foram forçados a melhorar o suporte após-compra, a promover a longevidade e fiabilidade do produto. Várias empresas foram, quase que, obrigadas a criar um produto que indicasse "ok, podes piratear-me à vontade mas vou-te dizer que ganhas isto, isto e isto se decidires adquirir-me pela maneira correcta".

    Com os jogos foi o suporte e o trabalho dedicado ao mesmo, caso da Blizzard que mantém vivos jogos com uma década de existência ou o caso de uma ou outra empresa que promove material de qualidade e suporte continuo para quem possuir uma chave valida do produto, produto esse que não possui nenhum tipo de protecção contra copia, em que podem comprar uma chave online, como se declarassem "epah, vão nos copiar e vão, ao menos que seja de uma forma simples e clara para que possam tirar proveito do nosso jogo que sei que vão gostar e vão acabar por pagar por uma chave valida para terem acesso a material que vai melhorar a vossa experiência".

    Tomem o exemplo de diversas distribuições Linux, o Suse, por exemplo, o OpenSuse é livre para quem quiser, perfeitamente legal, agora quem quiser aplica-lo a um ambiente empresarial e usufruir de apoio técnico que pague por ele. O mesmo com o Mandriva, Red Hat and so on...

    Até a industria da musica começa a tentar adaptar-se, produtos com o iTunes e afins utilizam o mesmo tipo de distribuição que a industria tanto condenou mas de uma forma simples e legal. Embora tenha sido mais uma ideia da Apple do que propriamente da RIAA...

    Claro que há as empresas que abominam a pirataria, e o fazem com toda a razão!
    Falo das empresas que desenvolvem material que nem pirateado uma pessoa gostaria de possuir.
    As empresas que so se interessam nos lucros imediatos de um produto que apenas irá ser útil durante meia dúzia de meses, falo das "EAs" e afins que defecam jogos rascas feitos obesos com problemas intestinais... Céus, foi preciso o PES tornar-se uma ameaça para eles decidirem alterar o FIFA!

    Outro exemplo bastante óbvio é a Microsoft que, cada vez mais, tenta arranjar formas de impingir os seus produtos, a ameaça Linux/Apple torna-se cada vez maior, os tempos do Windows 98 SE que todos tinham pois era o melhor sistema operativo em termos de simplicidade e ninguém se ralava se o copiassem ou não já lá vão... Agora temos o Windows Vista a suar por todos os cantos a concorrer com MacOSX, Ubuntu, OpenSuse, Mandriva e afins... E o Windows Vienna vem já a caminho para tentar impedir que a MS continue a perder o mercado que tanto lucro lhe tem vindo a oferecer.

    Parte engraçada, e digo isto não como motivador mas como exemplo, é que é mais fácil ter acesso a uma versão pirateada do Windows Vista completamente aceite pelo sistema de verificação WGA, a facilidade com que é instalado e como passa pelos testes de validação chega a ser poético, o SO com a maior protecção anti-copia é o mesmo com a maior facilidade em ultrapassar a mesma.

    A industria cinematográfica também aprendeu com a pirataria, longe estão os tempos em que os DVDs eram apenas versões rasca de filmes VHS com a simples adição de um menu de capítulos, agora estão atoalhados de extras, inúmeras versões de filmes re-masterizados, com adições maiores que o filme em si, que, mais uma vez dizem ao consumidor "ok, eu sei que me podes sacar em 15min e nem precisas de queimar um DVD-R, mas se me comprares tens acesso a inúmeros extras, o filme em si tem cenas cortadas, melhoraram o som e aperfeiçoaram a qualidade da imagem".

    Pena que a industria musical não tem aprendido grande coisa, eles lá tentam com inúmeros DVDs de concertos e edições especiais e o camandro... mas se a banda/artista não é grande coisa... o mais provável é que as vendas dos álbuns respectivos também não o seja...

    A questão do mercado de jogos de PC estar um pouco morto deve-se mais ao facto de ser bastante mais rentável criar um jogo que ira funcionar a 100% numa só consola do que andar a desenvolver algo que corra em mil e um tipos de configurações, por mais que o DX10 tenha sido criado para simplificar isso. Para não falar que as software houses de caca podem criar jogos miseráveis que, devido ao formato em que se encontram, torna-se mais difícil as pessoas aperceberem-se do quão é mau até pegarem nele por vias legais.

    Basta olharem para os futuros lançamentos para PC, UT3, Spore, Alan Wake, StarCraft II, Crysis.
    Agora olhem para os futuros lançamentos das consolas e contem quantos jogos é que são de qualidade, uns 50...30...20%?

    Infelizmente vamos continuar a ter idiotas a lançar jogos maravilhosos no mercado de PCs.. mas é para isso teremos a pirataria... e outra software house a pensar duas vezes antes de se meter com o mercado de jogos para PC e os seus respectivos clientes.
     
    Última edição: 11 de Junho de 2007
  6. Lobito

    Lobito Power Member

    xD omg:lol:
     
  7. vbmaster

    vbmaster 1st Folding then Sex

    Acho que há lados positivos e negativos para a pirataria.

    O lado em que estou 100% a favor da pirataria é mesmo na indústria discográfica. A pirataria não afecta em nada o artista, ele é roubado na mesma, a indústria é que sofre daquela maneira tortuosa que a faz não poder comprar Jaguares sempre que quer...

    É uma tristeza uma pessoa estar limitada, tal como se tivesse palas como os burros, ao que tem dinheiro para comprar, e ao que a MTV ou outros canais e revistas passam. Com a internet as pessoas ouvem o que querem, sacam, se gostarem aumentaram o seu conhecimento, se não gostaram ao menos descobriram...
    Penso que o futuro é os artistas darem todos um grande chuto às indústrias discográficas e passarem a lançar os álbuns na net, e depois ir buscar os lucros a concertos, que já é o modelo actual que dá o verdadeiro lucro ao artista.

    Quanto ao software a coisa é um pouco diferente. Afinal, por mais trabalho que tenha dado o software a fazer, por mais bem feito que seja, as pessoas perferem sempre o pirata ao original.. e isso prejudica a empresa. Não devia ser necessário arranjar artimanhas para que o dinheiro entrasse em caixa....

    Acho eu...
     
  8. Alex107

    Alex107 Power Member

    É certo que eu para meu uso pessoal posso usar o Gimp, me vez de usar o Photoshop. Mas o que é certo é que em termos laborais o que me vão pedir são conhecimentos de Photoshop (isto é apenas um exemplo) e se eu disser que sei é trabalhar com o gimp eles mandam-me ir dar uma volta. Ou seja, para utilizarmos o nosso computador para tarefas pessoais há de facto alternativas, mais ou menos sofisticadas mas há, não havendo portanto desculpa para quebrar a lei. Mas quando vamos para campos mais profissionais onde os softwares atingem valores exorbitantes e ligados à aquisição de conhecimentos de forma autodidacta será que a pirataria é um recurso aceitável?

    Ou seja, é um pouco a mesma coisa como o exemplo que o vbmaster disse em relação à Musica, seria uma pena perder-se um grande desenhador 3D por este não ter tido posses para gastar mundos e fundos num programa como o 3dStudio.
     
  9. Romani48

    Romani48 Power Member

    Uma coisa devemos estar todos de acordo.. A pirataria faz com que as empresas evoluam e conseguentemente a qualidade do produto..


    Se me perguntarem que concordo ou acho bem a pirataria eu digo que não. Porém há coisas que é certamente brincar com a nossa cara, vejamos:

    Um SO da MS custa em média 300€, logo em 10 pessoas ganhariam 3000€.
    Porem apenas 3 pessoas o compram, empresas, pessoas que não se importam de dar esse dinheiro e os que compram o PC com o SO. isto dá 900€ ganhos.

    Agora eu pergunto, se o preço fosse 100€, preço mais justo para as noças carteiras, em que de 10 apenas 1 pessoa não o comprava, logo os ganhos seriam de 900€, ou seja igual.

    E agora voces perguntam, mas assim eles arriscavam sempre a perder algum.. e eu digo claro! o problema aqui, é que com os preços são altos porque assim nunca vão perder, e vão ficar a ganhar a 200%!! Sendo que aqueles que pagam pelo genuino, pagam pelo pirata..


    Sinceramente eu preferia dar 50€ aos "distribuidores de linuxes" do que a MS.. porque? Porque sinceramente aprecio mais o seu trabalho.. Num sistema linux temos 1000 e 1 features out-of-the box, no Windows já tal não se sucede..

    porém isto é mais que linux vs. Windows.

    E claro concordo com aquela ideia dos jogos serem neste momento direcionados as consolas que aos pcs.. isto porque é muito mais facil desenvolver um jogo para uma consola e também protege lo da pirataria..


    MAs reparem numa coisa!
    Isto tem muito que se lhe diga, e há certos promenores que é mesmo de quem se está a rir da nossa cara, consumidores.

    Hoje sai um filme X para DVD, que custa 80€.... Como é novo centenas de pessoas vão lá compram, vêem uma vez, 2 vezes, há 3ª já o filme foi encostado....

    Passado 2 meses, vamos a um quiosque e está esse filme a ser oferecido com uma revista.. (isto já a exagerar)..

    E mais uma vez eu pergunto mais isto tem alguma lógica? Os que em primeiro lugar compraram, pagaram pela descida do preço..

    Porque não baixam os preços.. Porque muitas vezes o piratear não está no não gastar dinheiro, e não pagar.. está no não gastar muito ou ter que abdicar de outras coisas só porque quer de vez em quando ouvir uma musica porreira..

    Pah.. Beixem os preços..

    E esta ultima frase:
    eu sou de total acordo com ela.. A coisas que não deveriam ser aceites pela sociedade..
    E depois queixam se de haver as pessoas que são super ricas, e os que são super pobres..

    Mas ouçam o que digo, isto vai chegar a uma altura em que mais nada se vai vender porque simplesmente não há dinheiro para comprar..

    E ai talvez compreendam.. ou então passam a praticar (ainda mais) preços proibitivos nos bens essenciais como a comida..

    enfim

    fiquem bem
     
  10. lightMC

    lightMC Power Member

    bem, o resultado da poll está um pouco descambado.

    É lógico que a pirataria só trás efeitos positivos para nós consumidores mas é muito má para quem faz os conteúdos portanto, não pensem só em vocês!

    Mas depois há aquele conteúdo ou outro que não vale a ponta dum corno e que nem merece ser comprado e também há aqueles com um preço exagerado, como os que voces ja mencionaram.

    btw, tou a gostar muito de ler os vossos testamentos. continuem... :002: ;)
     
  11. sotavento

    sotavento [email protected] Member

    porque raios escolhem sempre o pior exemplo pra mandarem bitaites ???


    Se tem o windows XP deram 300€ ... em 2001 ... e já lá vão 6 anitos.

    Se arranajram a versão upgrade/estudante deram ainda menos ... e o que não falta por ai é maneiras "legitimas" de se arranjar o dito SO.

    Tenho praqui uns 5 ou 6 cd's/dvd's "originais" do XisPas ... entre DVD's de recuperação de portateis , CD's oferecidos com PC's novos , versões de estudante e versões RC (xp + vista + 2003 + etc).

    Agora ir ao cigano comprar o que quer que seja ??? pra ser roubado ao menos mais vale dar a ganhar ao gajo dos jaguares ... que esse ao menos está no ramo do explorar quem faz software.

    E diga-se que não há nada PIOR do que o software livre (do ponto de vista de quem faz software) ... é sempre muito bom e bonito até ao dia em que começam pensar a cobrar pelo que fazem ... e descobrem que a faca tinha dois gumes. :D

    Imaginem que criam um software do nivel do Photoshop e pensam cobrar 5€por ele ... o PSP custa XXX€ e o Gimp é a borliu ... o vosso depois só vai parar ao PC de alguem se aparecer na mula ... :004:
     
  12. Inoculado

    Inoculado Power Member

    eu votei totalmente negativos ,mas so pa ver as respostas .
    Para mim é optimo q exista pirataria q nao tenha de pagar 470 euros pelo micrososft office 2007 ,
    se fosse eu o desenvolvedor ,diria q é terrivel ,mau bastante mau ,quero o meu $$$ ,andam em a roubar...
    é um instinto animal ,o hacker nao se preocupa com a pessoa q esta a hackear ,possivelmente roubar os numeros do cartao de credito ,ficheiros pessoais ou ate mesmo so se vai destruir o pc dele do outro lado esta uma pessoa q se importa ,q zela pela sua privacidade e pelo q é seu..
     
    Última edição: 12 de Junho de 2007
  13. The WolfMan

    The WolfMan 1st Folding then Sex

    A culpa é das empresas, se não fossem tão gananciosas e usassem preços um pouco + baixos, não havia pirataria. Por exemplo, um CD de musica custa +- 15€, e desses 15€, só 1 ou 2€ é que vai para os artistas.
     
  14. leugimp

    leugimp Power Member

    preços mais baixos, melhor assistencia, mais concorrencia entre produtos pagos podiam baixar a pirataria. se bem que para (kuase) tudo haja alternativas, ou mais baratas oude graça mm
     
  15. Alheira

    Alheira Power Member

    Isto faz-me lembrar a guerra dos metallica contra o mp3, q estão a roubar dinheiro aos artistas e q muitos não podiam lançar albuns por causa da pirataria, bla, bla, bla... Mas depois eu digo assim, se não fosse a pirataria, muitas bandas q eu conheço e compro os cds originais e vou aos concertos q eles dão, iam passar despercebidos para mim. Pq? Muito simples, antes as distribuidoras estavam-se a borrifar para os estilos de som menos comerciais, logo quem queria houvir um cd de uma banda menos conhecida via-se na merd* para encontrar esse album, ou ia a Lisboa e com sorte encontrava o q queria ou então tinha q mandar vir de um catalogo do estrangeiro (q era o meu caso). Apareceu o mp3, emules e torrents, etc. todas as lojas de musica de repente já tinham musica para todos os estilos... Lá tá... muito bom para o cliente (nós).

    Quanto ao filmes tb mando a minha posta de pescada: Eu quando um filme é bom vou ao cinema, sou capaz de ver o filme no cinema mais de uma vez e compro a edição de colecionador de 20000 dvds :) Agora desculpem lá qq coisinha, não venham com a coisa q temos comprar o dvd original ou ir ao cinema para ver um filme q eu mal começo a ver e passado 5 minutos tou a apagar do disco a copia pirata. Já agora lembram-se como era no tempo dos VHS? Em q a industria cinematografica só lançava o filme passado 2 ou mais anos de ter saido no cinema? Já viram como é agora? Meio ano no máximo tá o filme nas bancas e no clube de video mais proximo. E sem falar q com isto tudo já podemos ver um filme no cinema em estreia mundial e não passado um ano de ter saido no EUA. Pois é.

    Qualidade meus amigos, a pirataria trouxe qualidade.
     
  16. camadas

    camadas Power Member

    Tou completamente de acordo, a pirataria têm as suas coisas mas e boas, mas eu por exemplo quando vejo que vale apena "suportar" a empresa, por assim dizer, que lançou o disco, o filme ou o jogo compro o original, mas antes vejo ou jogo ou ouço a "pirata". Nos dias de hoje é simplesmente impossivel uma pessoa por mão em tudo que queira.



    P.S. Comentarios como quem não têm dinheiro não têm vicios simplesmente dispenso
     
  17. Zero_Cool_PT

    Zero_Cool_PT What is folding?

    deixa me corrigir te, eu vi o "voo93" antes de ele chegar a portugal e com qualidade dvdrip, n eram ca cams ou TS ou r5 :D so prova k a pirataria anda a frente da globalizaçao :lol: tou de acordo com muitas opinioes que pairam por aqui, se gosto compro... se eu fosse a comprar tudo o que achava bom (ja tava na miseria ha ja alguns anos). a verdade é que muitas vezes a pessoa ao ver o inicio de um filme, mesmo que pirateado o mando fora apos 5minutos e o mm acontece com a musica/livros/etc. todos os filmes que gosto tenho-os em originais e o mm sucede com os albuns musicais (costumo comprar akeles k têm vários artistas assim poupa-se e tem-se mais variedade. ainda para mais sou um fanatico por dvd's musicais e é algo que nao se arranja na pirataria, isto é, a capinha toda arrajadinha com o livrinho, o dvd em excelentes qualidade de som/imagem e aquele cheirinho do pacote em sí :D
    por outro lado resta referir que a pirataria é uma maneira de muitos artistas chegarem a famosos, por exemplo um grupo que gosto muito, Gnarls Barkley. as editoras n keriam aceitar o seu album de freelance entao eles próprios o lançaram da maneira mais obvia, sakaram do belo do macbook gravaram a makete e puseram-na a pastar na mula e em foruns e a verdade é que desse ponto em diante as editoras correram para agarrar o grupo depois de verem o ppl td maluko com as musikas.
    em suma tudo tem um ponto positivo e negativo, depende é do lado em que estamos :002:
     

Partilhar esta Página