1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Quando foi a 1º vez que usaste GNU/Linux?

Discussão em 'Novidades GNU/Linux & *nix World' iniciada por APLinhares, 12 de Abril de 2009. (Respostas: 104; Visualizações: 7066)

  1. APLinhares

    APLinhares OpenSource Moderator
    Staff Member

    Bem, eu tentei começar em +- 1999, com um cd de oferta do Definite Linux 7.0 (olha, ainda aqui o tenho!). Como não aparecia o X desisti :p Eu bem tentei ver no google e la fazia startx mas não saía da cepa torta :S
    Passado anos, com ubuntu a tornar-se popular (julgo que 5.4), lembrei de testar, arrancou e achei-lhe graça. Mas mal descobri kde, mudei para kubuntu. Andei alguns meses, mas senti que (na altura) os repositórios eram pequenos e este ou aquele programa não exista e quando tenta compilar :p apanhava dependências maradas por serem pacotes ~ubuntu. Dei então o salto para Gentoo e logo a 64bits (e 1 fim-de-semana a compilar :) mas queria aprender ) aí fiquei cerca de um ano, com o sistema mais rápido que alguma vez tive.
    Isto até ter ficado sem sistema (board) pela trovoada, e a urgência de ter um sistema operacional levou-me na altura para OpenSuSE 10.0 (salvo erro, a conselho de um amigo e por ser 1 distro virada para kde). Devido a alguns problemas críticos passei para o 10.1 e fiquei por aqui (if it works fine, why update).
    Até passado algum tempo, saltar para 11.0 (e 11.1 já que comprei entretando 1 hdd novo :) ).

    E vocês ? Como foi ?
     
    Última edição: 12 de Abril de 2009
  2. hellaxe

    hellaxe Power Member

    Já que queres saber.........
    Comecei por volta de 1999, também. Comecei na FEUP com o Slack.Tentei sacar mas aquilo demorava muito com 56K e em $$$ era uma fortuna. Fui a uma LIP na Feup e instalaram-me o Debian 1.*. Porreiro, só tinha um problema a minha placa ATI. Nunca consegui por aquilo com resolução decente. Tinha sempre 320xqq coisa. Passados 2 meses instalei o Corel Linux noutro pc mais velho Pentium. Whau!!!!!!! espectáculo com o Gnome e tal. Mas passado meio ano aquilo crashou a fazer qualquer coisa e depois de reboot, já não havia LILO. Eu era maçarico e não consegui reparar aquilo. Formatado e win 98SE para a minha senhora trabalhar.
    Experimentei o Red Hat na minha máquina, mas a Ati deixou-me furioso.
    Segui sempre a evolução embora à distância sem novas instalações até 2003. Nessa altura instalei o Mandrake 9 e ficou um espectáculo com o KDE e explorei bastante. Depois quando saiu o 10 foi uma desgraça. Não o consegui instalar no meu pc.
    Como já andava por aqui tentei umas dicas do pessoal. Comecei a experimentar os Livecd deles e já funcionava.
    Depois veio o Suse e mais uma etapa na progressão.
    Entretanto já como membro da Techzone, decidi ver como era o Gentoo. O Tafinho era um user muito activo do forúm e estava sempre a aconselhar isso ao pessoal. Feito parvo lá tentei isso numa VM (foi a minha sorte), mas como não percebia nada do gentoo desisti.
    Instalei numa VM o Slackware da altura e foi fácil. tinha aquilo a funcionar bem e pela primeira vez consegui meter o Evaristo a funcionar:lol:
    Mas o Metro não se calava com o Ubuntu Warty Wardog 4.10.
    Creio que o instalei com dualboot e abandonei o Suse que me lixou a partição da "multimédia".
    Fiquei muito agradado com o Warty. Depois veio logo o Ubuntu 5.04. Fiz o dist-upgrade e ficou tudo direitinho. A partir daí fiquei sempre com Ubuntu como 2º sistema até Novembro. O Win teve um crash qualquer e mudei-me de malas e bagagens para o Ubuntu.
    Já passava muito tempo com ele mas foi definitivo.
    Entretanto já tinha um servidor com o Clarkconnect e experimentei o Debian, Fedora e Mint em VM.
    Tenho ali uma máquina mais velha com o Arch e fluxbox mas aquilo lava muito tempo a configurar porque sou maçarico e agora ando sem tempo.

    Próximos passos: Arch meter aquilo a funcionar decentemente e se gostar vai para o meu desktop com Gnome; Instalar pela primeira vez Gentoo (nas férias) e instalar um servidor totalmente configurado por mim mas só por linhas de comando. Não tenho mesmo tempo para isso.


    Xi que testamento
     
  3. lothar_m

    lothar_m Power Member

    Aqui fica a minha colherada...

    a primeira vez que experimentei linux foi tb por volta de 1999/2000 (penso nao estar enganado), na altura com o red hat 6.3. Já andava a namorar o linux há uns meses largos mas só consegui sacar uma distro quando tive banda larga (128kbps há epoca).
    A instalação (dual boot) foi feita num pentium III com 64 MB de RAM, com grafica Matrox e correu td bem.
    Comecei a mexer com linux mais por curiosidade mas com o tempo dei por mim a passar mais tempo em linux q no windows de forma natural. Nesta fase de aprendizagem e adaptação passei ainda pelo Mandrake (cerca de dois anos) e finalmente mudei para ubuntu (comecei com o warty) que ainda uso.

    Já o meu home server correu sempre debian.

    É curioso verificar que, tirando o pessoal que se encontra pelos forums, não conheço ninguém que use linux, com excepção de um amigo que tirou eng. informatica no IST (usa Slack creio).
     
  4. petersaints

    petersaints Power Member

    A minha primeira experiência com Linux foi um Live CD de KNOPPIX que veio numa revista de informática... isto para aí em 2003 ou 2004... na altura não liguei muito. Mais tarde, em 2006, com o aparecimento do Compiz decidi experimentar e lá comecei a usar o Ubuntu Dapper Drake 6.06 Flight 4... após muitas configurações manuais lá consegui meter o Compiz a funcionar. Depois disso tenho usado aqui e ali mas ainda não me converti definitivamente ;)
     
  5. Evil_Tidus

    Evil_Tidus Power Member

    O meu primeiro contacto com o linux foi em 2004, estava no 11º, e foi na disciplina de aplicações informáticas com o linux caixa mágica, não me lembro qual era a versão, mas tinha o KDE 3.x

    Lembro-me não ter gostado muito daquilo, fiquei um bocado atravessado com o KDE na altura. 1 depois um professor meu apresenta o ubuntu e a partir dai comecei a usar mais o linux, gostei da simplicidade do Gnome e do imenso conteudo dos repositórios.

    Actualmente uso o Kubuntu (Dual boot) e o Slackware (Maquina virtual)
     
  6. alakazan

    alakazan Power Member


    LOL, a minha primeira experiência foi igual à tua LOOL, um livecd do knoppix que vei numa revista de informática (exame informática ou PCguia já não me lembro). A revista ainda tenho aqui no meio de muitas centenas delas, o CD já não sei dele. depois comecei como muitos com o ubunto..depois mint.... e só mais recentemente instalei uma distro mais hardcore (Arch), se bem que no portatil ainda uso Mint por comodidade e facilidade. Também não me converti definitivamente, sou obrigado a não largar o windows, existem algum programas de trabalho que realmente não existe para linux, e num departamento de física, só dois dos meus colegas é que sabem usar linux :rolleyes: :nocom8le: .
     
  7. elggurts

    elggurts Banido

    Eu devo ter tido o primeiro contacto com um SUSE LiveCD que vinha numa revista de informática, por volta de 2004. Em 2005 usei o computador de um amigo que usava Debian e em 2007 comecei a usar quase ininterruptamente diversas distribuições, desde o Ubuntu ao Gentoo, passando pelo Arch.
     
  8. Baderous

    Baderous Banido

    A primeira vez que ouvi falar em Linux foi numa revista qualquer de jogos, em que vi lá uma página que fazia publicidade a uma revista de Linux. Tinha lá o pinguim sentado e tal, mas aquilo a mim parecia-me uma cena muito underground, ainda por cima eu naquela altura não percebia nada de informática, literalmente (estamos a falar de 1998/1999). Só voltei a ouvir falar nisso quando entrei para a Universidade (2005), em que uns colegas meus andavam a brincar com o Caixa Mágica nas aulas, e toquei-lhe pela primeira vez em 2006 numa cadeira de Sistemas Operativos, em que usávamos o Fedora. Entretanto, já mexi em Red Hat, Fedora 4/7/8, e comecei a usar pessoalmente o Ubuntu 6.10 com pequenas experiências com LiveCD até que o instalei no pc e tenho usado as versões que têm saído, estando neste momento a usar a 8.04.
     
  9. h4des

    h4des Power Member

    Não me lembro muito bem mas foi por volta de 1999/2000, na altura comprava revistas que traziam um cd com uma distro. Cheguei a usar SUSE, Mandrake e Red Hat, no entanto nunca aguentei muito tempo neles e acabei por voltar para o windows.:sad:
     
  10. Inacio77

    Inacio77 Power Member

    Primeira tentativa com Red Hat em 98. 1 CD que me custou 500$ na altura na *****.
     
  11. flsantos

    flsantos Power Member

    Primeiro contacto foi com um Mandrake (não me lembro da edição), que vinha como opção na compra do pc em vez do windows xp - isto foi por volta de 2003/2004, após essa experiência instalei o Mandriva, mas não achei muita piada piada ao kde (ainda tentei o Caixa Mágica), foi quando apareceu o Ubuntu 5.04 e até ao 6.10 não usei mais nenhum, depois andei um ano com Debian e experimentei outras como Fedora, OpenSuse, Sabayon, Gentoo e Arch.
    Quando comprei um AAO procurei uma variação leve e encontrei o #! Crunchbang Linux que para mim juntava o melhor de dois mundos, a facilidade do Ubuntu e a simplicidade do Openbox, a partir daí já consegui compilar o meu próprio kernel e tenho um sistema muito personalizado com tudo o que necessito.
     
  12. dalailama

    dalailama Banido

    A primeira vez que usei linux, foi em 2007 ( sou Maçarico), e foi com o ubuntu 7.04, experimentei com o cd live, gostei e instalei-o, desde aí experimentei outras distros, mas como os meus conhecimentos sao poucos, fiquei sempre com o ubuntu, tem tudo o que preciso, e quando não sei algo, há uma grande comunidade ,sempre pronta a judar, começando aqui pelo forum.
    Agora tambem uso no portatil o PClinuxOs 2009, e stou satisfeito.

    Cumps
     
  13. omni0ne

    omni0ne Power Member

    Começei com Red Hat Linux 7 por volta de 2000/2001 e tirando algumas experiências com Mandrake (agora Mandriva) mantive-me nesse caminho até à transição para Fedora.
    Em 2004 introduziram-me a Gentoo e foi à custa dessa distribuição que aprendi imenso sobre Linux.
    A partir daí experimentei imensas distros e agora uso Fedora (embora esteja tentado a mudar para Arch).

    Ainda me lembro de experimentar tecnologias como o HAL/Dbus ou Luminociy (agora Compiz), que na altura eram uma inovação tremenda, e ficar a pensar "Que cena brutal!". E agora são coisas perfeitamente comuns que aparecem em todas as distros.
    Olhando para trás vejo que houve realmente uma grande evolução.
     
  14. muddymind

    muddymind 1st Folding then Sex

    A primeira vez que experimentei linux foi em 1998 com o mandrake 5.2 (ainda ali o tenho :P)

    Fiquei com a curiosidade de experimentar devido à revista PCFormat (é uma pena ter deixado de haver em portugal... se bem que as últimas já tavam a diminuir de qualidade :P) e na altura a loja hagabe aqui em faro vendiam cd's com o SO (500$ cada cd na altura) e lá foi para o meu P133 com 64MB de ram e uma trident de 2MB :P Arranjei o slackware (não me lembro qual a versão da altura) mas era demasiado hardcore para quem nunca tinha visto linux na vida e fiquei-me mesmo pelo mandrake :P

    Aquilo correu assim assim pois já para a altura o mandrake era bastante out-of-the-box mas infelizmente fiz uma treta qualquer que me pifou o XFree86 e como não pescava nada do assunto e não tinha internet nessa altura acabei por desistir (o disco só tinha 4GB por isso não dava para grandes aventuras :P). Ainda deu para experimentar o kde (na altura foi o que mais gostei), gnome e window maker...

    Depois só voltei a pegar em linux em 2003 quando entrei na universidade e voltei novamente para o mandrake (desta vez o 9.1) e foi aí que comecei a ganhar raiva do KDE... embora fosse visualmente bem superior ao gnome, tinha bugs por todo o lado e era bem pesado... No entanto lá ia aturando-o pouco a pouco pois precisava bastante dele e como era bastane user-friendly e out-of-the-box para a altura não vi grandes razões para mudar...

    Em 2005 experimentei o ubuntu 5.04 e foi quase amor à primeira vista :lol: aquele apt-get era como um sonho :-D (na altura ainda não conhecia o debian :P) e desde então foi ficando... Ainda experimentei outras distros em vm como gentoo, fedora, suse, debian, etc mas até agora não tive razões para mudar :P Se mudasse provavelmente seria para fedora mas tou demasiado agarrado aos deb's para conseguir mudar... Se bem que aquela história dos rpm's incrementais está-me a suscitar muita curiosidade :P

    E pronto... aqui fica o meu precurso no mundo linix :P
     
  15. Diced

    Diced Power Member

    A primeira vez que experimentei Linux foi na escola num dia de actividades multimédia, o meu professor de Sistemas de Informação é fanático por Linux e instalou lá nuns pc's pa malta exprimentar mas para ser sincero não sei qual foi a versão só sei que fiquei a pensar no Linux.

    Uns tempos mais tarde vieram-me parar as mão pa formatar 2 pc's do e-escolas, os Insys, que vem com Linux Caixa Mágica e foi aí que tive a maior experiência com estes OS e decidi logo sacar-lo (foi o Ubuntu 8.10) mas depois como vi que se podia pedir um CD livre de custos, mandei vir um que até nem demorou muito tempo e gostei do facto de vir com autocolantes; instalei no meu portátil definitivamente e tou a gostar bastante.



    Fiquem bem =)
     
  16. John Silva

    John Silva Power Member

    Não me recordo exactamente qual foi o ano. Foi em 97 ou em 98 e a minha primeira distribuição foi o Red Hat 5, um verdadeiro bico-de-obra a instalar naquela altura pois a internet tinha as suas limitações e a comunidade ainda era relativamente pequena! Felizmente lá tive ajuda através do IRC principalmente da comunidade Brasileira que sempre foi muito activa neste SO.
    A distribuição que verdadeiramente me fascinou foi o Mandrake mas infelizmente, devido ás limitações de hardware que o Linux aina tinha naqueles tempos, nunca foi o meu SO principal até à cerca de dois anos atrás. Agora, uso o Linux no meu computador principal e uso-o com muito gosto.
    Apesar de andar à muito tempo a brincar com o Linux, ainda sou um principiante! Espero evoluir muito em breve...
     
    Última edição: 12 de Abril de 2009
  17. cs.oyen

    cs.oyen Power Member

    Foi em 2005!
    Comprei a habitual revista de informática, e lá vinha uma imagem ISO (acho que era "Caixa Mágica"). Gravei a imagem e resolvi experimentar.

    Resultado: A brincadeira saiu cara como não percebia quase nada daquilo instalei por cima da partição do Windows. Apaguei tudo. Estávamos no final do ano lectivo e tinha no PC o meu "projecto" de ET. Era um site para a escola, o professor deu-me 5 na mesma. Mas estive as férias todas a fazer o site para no próximo ano lectivo o mostrar ao prof. lol

    A partir daí experimentei somente Ubuntu e Red Hat. Infelizmente habituei-me demasiado a Windows, agora raramente uso linux (só para experimentar novas distros). Nunca fui grande utilizador porque o que eu gostava mesmo de aprender em Linux era a usar a linha de comandos. Infelizmente optei por um curso que não tem nada a ver com informática logo não tenho muitas esperanças de vir a trabalhar com Linux (bem, eu também uso MACOS...).

    É a minha história, não tenho muito mais a acrescentar, com pena minha.
     
  18. Eu comecei novo, com 13 anos, em 2003, tudo começou quando fui ao aeroporto e comprei uma revista para me entreter de informática, por acaso aquela era brasileira "PC Master" (inda a tenho comigo!) onde trazia o Mandrake 9.1, o que realmente me levou a experimentar foi os artigos que eles fzeram sobre uma equipa que "reciclava" computadores vlhos e os motave em mdo de teminal para doara a escolas e instuições carenciadas, tinha artigos interessantíssimos sobre como aproveitar váios PCs velhos e juntar tudo num "RAID" de computadores, e o éspírito de entre os utilizadores linux também me motivou, todos se ajudavam, era como se fosse uma família. Foi aqui que perdi a virgindade no OpenSource :D

    Cumprimentos,
    MasterKorp
     
  19. jmike72

    jmike72 Power Member

    O meu primeiro contacto com o Linux foi em 96 quando a empresa adquiriu uma máquina CAD que vinha com Linux. Depois de trabalhar com essa máquina, resolvi sacar o Slackware e experimentei num Pentium II onde tive uma enorme trabalheira a compilar o kernel para ter som com uma placa Genius. Fui um génio e consegui por o som a trabalhar e nessa época ajudei muita malta que queria configurar uma placa igual. Compilei KDE's 0.X e Gnome's nesse Pentium II com Slackware e volta e meia já andava com format's pois tinha dado cabo daquilo tudo.

    Fui depois experimentando outras distros, sempre com dual boot até 2007 quando comprei o meu actual portátil e só lhe instalei mesmo o Linux. Actualmente ando com Ubuntu 9.04 e tenho uma partição reservada para testar outras distros.

    Miguel
     
  20. [knap]

    [knap] Power Member

    Foi para aí em 2002/2003 com Red Hat 9 (seguindo um tutorial que havia aqui no forum).

    Depois andei por Slackware mas como era noob não me entendia com aquilo.

    Em meados de 2005 experimentei o Ubuntu e fiquei com ele até ao 7.10, com dual boot com Windows XP mas usava o Ubuntu 98% do tempo.

    Depois, por inícios de 2007 decidi evoluir para uma coisa mais ao meu gosto e até ao dia de hoje continuo com Arch Linux.

    Cumprimentos.
     

Partilhar esta Página