1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Que software usam para HDR?

Discussão em 'Fotografia e Vídeo' iniciada por Nazgulled, 30 de Julho de 2008. (Respostas: 37; Visualizações: 2602)

?

Que software usas para criar fotos HDR?

  1. Essential HDR

    1 vote(s)
    3,2%
  2. Photomatix

    15 vote(s)
    48,4%
  3. Dynamic-Photo HDR

    2 vote(s)
    6,5%
  4. Photoshop CS3

    12 vote(s)
    38,7%
  5. PTgui

    0 vote(s)
    0,0%
  6. QTpfsGui

    0 vote(s)
    0,0%
  7. FDR Tools

    0 vote(s)
    0,0%
  8. HDR Shop

    1 vote(s)
    3,2%
  9. Picturenaut

    0 vote(s)
    0,0%
  1. Nazgulled

    Nazgulled Power Member

    Estou curioso com o software que usam para criar as vossas fotografias HDR se é que fazem este tipo de fotografia...

    Decidir criar este tópico porque recentemente foi lançado um novo software que já se encontrava em beta há uns tempos e eu tive a testa-lo juntamente com o Photomatix (dos mais usados penso eu) e ainda com o Dynamic-Photo HDR e gostei muitos mais deste novo software que se chama Essential HDR. Antigamente conhecido como "Projecto Wukong", não sei se terão ouvido falar...

    Deem ai a vossa opinão sobre o software que usam e porquê que o usam em vez do software X. Não respondam apenas com o nome do software que usam, para isso, existe a poll.

    O meu voto vai para o Essential HDR porque de todos os que testei foi o que achei que produziu melhores resultados. Para além disso, é o mais simples de usar. Tanto o Photomatix como o Dynamic-Photo HDR possuem demasiados "sliders" para configurar a imagem e com menos "sliders" no Essential HDR consegue produzir os mesmos resultados. No entanto, o Dynamic-Photo HDR possui bastantes mais funcionalidades que o Essential HDR e o Photomatix também. Mas lembrem-se que a primeira a versão deste novo software foi lançada há bem pouco tempo, no futuro certamente irá incluir mais funcionalidades...
     
  2. Rui Marto

    Rui Marto Power Member

    Não costumo fazer fotos propositadamente para HDR, mas quando preciso de aumentar um pouco o alcance dinâmico da foto, faço-o durante o processamento do RAW (e não com a junção de várias fotos), logo não sei qual é o melhor mas para mim é o Adobe Camera RAW porque é o único que uso. :p
     
  3. andré ferrari

    andré ferrari Colaborador
    Staff Member

    Não é coisa que faça muitas vezes, mas falam muito bem do Dynamic-Photo HDR.
    Do pouco que testei, gostei mais do que Photomatix (único que testei) ;)
     
  4. Nazgulled

    Nazgulled Power Member

    @Rui Marto
    O Adobe Camera Raw não tem nada a ver com o que eu estou a falar... Isso é para tratar de ficheiros RAWs, não é para criar um HDR.
     
  5. Rui Marto

    Rui Marto Power Member

    HDR é uma imagem de elevado alcance dinâmico. Se consegues aumentar o alcance dinâmico no ACR, consegues fazer um HDR. ;)
     
  6. bane

    bane Power Member

    o meu vai para o Photoshop CS3, é um bocado mais manual mas também não faço HDR's frequentemente. Portanto se perder algum tempo com a que eu estou a pensar fazer também não me importo.
     
  7. Nazgulled

    Nazgulled Power Member

    @Rui Marto
    Tu quando tiras uma foto em RAW, ele vai captar o alcance dinâmico máximo permitido pela máquina/lente e o próprio ficheiro RAW. A informação que for possível ser guardada no RAW limitada ao formato do RAW e aos seus bits bem como ao hardware da máquina será guardada, nem mais, nem menos.

    Tu num software como o Adobe Camera Raw ou Lightroom (o que eu uso) não vais conseguir obter mais informação desse RAW para além da informação que existe. Podes é modificar a exposição e assim obter níveis diferentes de alcance dinâmico. Se aumentares a exposição vês mais coisas claras, se diminuíres, vês mais coisas escuras, mas nunca vais conseguir obter um ponto entre ambas usando um software desse género. Para teres o máximo alcance dinâmico tens de fazer bracketing de vários fotos de exposições diferentes e isso sim, é um HDR.

    Tu com um único RAW também consegues fazer isso, mas não é apenas a modificar o ficheiro no Adobe Camera Raw. Sim, terias que o modificar mas criar vários ficheiros a partir desse. Ou seja, a partir desse RAW, crias um ficheiro neutro, depois aumentas a exposição +1EV e crias outro depois diminuis para -1EV e crias outro. E depois usas software para criar o tal HDR usando essas 3 exposições.

    Só com o Adobe Camera Raw tu não consegues ter uma imagem final com o mesmo alcance dinâmico que consegues com os 3 ficheiros criados acima.

    Corrijam-me se estiver errado, mas penso que estou correcto...
     
  8. strobe

    strobe Moderador
    Staff Member

    Há uma diferença entre "puxar" o aparente alcance dinâmico de um ficheiro RAW e "aumentar" efectivamente esse alcance dinâmico usando múltiplas exposições (com valores de exposição diferentes).

    Quanto à pergunta do tópico... Não faço ideia porque também não faço HDR (e confesso que já tenho alguma aversão ao "look" HDR)
     
  9. Nazgulled

    Nazgulled Power Member

    @strobe
    Isso é porque muita gente exagera no efeito surreal do HDR. Ainda no outro dia estava aqui a fazer uns testes e consegui fazer dois HDR's bastante diferentes das mesmas imagens. Um mesmo surreal como esses que falas e outro normal, apenas aumentando o alcance dinâmico continuando a parecer algo real...
     
    Última edição: 31 de Julho de 2008
  10. Rui Marto

    Rui Marto Power Member

    Até aqui tudo bem. Quando fazes isso por RAW, estás obviamente limitado ao que a máquina capta.

    Tu num software como o Lightroom ou ACR consegues efectivamente fazer muito mais do que modificar a exposição. Tens várias ferramentas que ter permitem modificar apenas os highlights ou apenas as shadows, de forma a que realmente consigas aumentar o alcance dinâmico da foto.

    Claro que consegues. O que tu não consegues fazer com o RAW é simular um HDR que tenha sido feito com fotos com, por exemplo, -3EV, 0EV, +3Ev, porque já é mais que o que o sensor da máquina permite (com qualidade minimamente aceitável).

    Aquilo que fazes no ACR é aumentar efectivamente o alcance dinâmico da imagem. A diferença é que o RAW tem os seus limites em termos de recuperação de alcance dinâmico, enquanto que com bracketing de exposições, não tens limites, até podes fazer exposições com 10 stops de diferença.

    Aliás, se assim não fosse, um dos testes do DPReview seria uma autêntica barbaridade.
    "As with previous reviews we settled on Adobe Camera RAW for conversion to retrieve the maximum dynamic range from our test shots."
     
  11. Nazgulled

    Nazgulled Power Member

    Tudo bem, mas lá está, eu quando falei em HDRs e eu próprio quando faço HDR's é mesmo em situações onde um único RAW não me permite ter o alcance dinâmico que eu procuro. Imagina uma foto de um interior com pouca luz a apanhar uma janela num dia de sol radiante. Um RAW não faz milagres e neste caso, HDR será a melhor solução.

    Pronto, chega de off-topic, já nos entendemos... :P
     
  12. Rui Marto

    Rui Marto Power Member

    Sim claro. Há quem use o HDR para fazer efeitos, mas nisso já estou como o strobe, já tenho aversão a isso. Por isso o HDR para mim é só mesmo nessas situações que referes, mas mesmo assim é muito raro.

    Já agora, reparei que no dpreview dizem ter conseguido quase 11 stops de alcance dinâmico com a minha máquina... lol

    Outra coisa que não gosto nos HDRs, perde-se contraste.
     
  13. Nazgulled

    Nazgulled Power Member

    Sinceramente não vejo onde perdes contraste... Lá está, isso deve depender do software e das definições que cada um aplica às fotos...
     
  14. Rui Marto

    Rui Marto Power Member

    Perdes contraste porque quando aumentas o alcance dinâmico estás a aumentar a luz nas zonas escuras e a diminuir nas zonas claras. Logo estás a diminuir o contraste. Mas hey, isto é uma coisa que já foi mais que explicado no tópico sobre o HDR.
     
  15. Nazgulled

    Nazgulled Power Member

    Mas o HDR depois leva com pós-processamento para corrigir isso tudo...
     
  16. Rui Marto

    Rui Marto Power Member

    Não corrige, disfarça. Até porque a foto final, em JPEG, apenas é um HDR simulado, visto que o próprio formato não tem bits suficientes para reter a informação de um HDR. A única forma de realmente corrigires isso seria aumentar o contraste, que iria escurecer o que é escuro e aclarear o que é claro, contrariando o próprio HDR.

    Mas a sério, vê o tópico do HDR que o mundano explicou lá isso tudo.
     
  17. Nazgulled

    Nazgulled Power Member

    Estamos aqui a confundir algumas coisas, mas lá está, não me apetece discutir isto neste tópico muito menos quando ja foi discutido noutro...
     
  18. cardosoaac

    cardosoaac Power Member

    Desculpem se estiver a ser repetitivo mas isto tem-me passado um pouco ao lado...qual é a diferença entre HDR e o auto-bracketing? Pelo que percebi o auto-bracketing gera por ex. 3 imagens que se combinam depois e o HDR já faz esse ajuste na máquina...certo?
     
  19. macpat

    macpat Power Member

    Não é isso!!

    O auto-bracketing o que faz é tirar 3 fotos com exposições diferentes, por ex: -2EV, 0, +2EV que muitas vezes é usado quando existe alguma pressa em tirar a foto e não podes perder tempo a acertar a exposição e no final escolhes a que mais te interessa.

    O HDR para ser feito deve se utilizar no minimo 3 fotos com exposições diferentes e para se conseguir essas fotos utiliza-se a função de auto-bracketing em JPG ou em RAW (permite mais manipulação) e assim consegue-se fotos que por exemplo tinham uma zona subexposta e outra sobrexposta, toda ela com uma exposição mais correcta! Muitas vezes também é utilizado para dar um efeito mais dramático e surreal à foto!
     
  20. cantara

    cantara Power Member

    Da única vez que fiz uma foto HDR foi com o photomatix. Simples e eficaz.
     

Partilhar esta Página