Questões Técnicas e Grafismo dos Canais de Televisão - Discussão Geral

hugoabreu

Power Member
Penso que em breve teremos a RTP3. Há algum tempo que se nota uma melhoria na qualidade de imagem, mas falta dar o “salto”.

Como grande parte da programação é feita a partir do Porto, enquanto não mudarem lá tudo para HD vai continuar a ser uma RTP3 HD a meio gás.
Não faço ideia de como estará o processo.
 

cenick

Power Member
E isso ainda são os programas de estudio / diretos....

Já consegue difundir um outro programa / filme / serie em HD
mas quanto ao resto, a RTP ainda continua com a edição quase toda em SD,
com o tratamento e difusão de imagens de reportagem, e de exteriores bem com as que recebe externamente,
com muito má qualidade...
 
Carros de Exteriores novos para RTP Madeira e RTP Açores estrearam na Cobertura da Cimeira Social do Porto da Semana Passada... Prevê-se para os proximos dias a chegada as ilhas dos priimeiros carros de Exteriores feitos de raiz para os canais regionais.
169064861_237360874745227_3049440389273773212_n.jpg
144001191_195813545566627_5508152600129183757_n.jpg
143713794_195813442233304_4594578523363041289_n.jpg
 

cenick

Power Member
Interessante, mas....pergunto:
A SIC, TVI e CMTV também têm carros de exteriores? São precisos para quê?
Tenho a ideia (quiçá resultado de absoluta ignorância) que só a RTP tem carros de exteriores (até mesmo no continente)
e que isso implica um conjunto pesadissimo de equipamentos, aparelhagem, cabos e geradores de energia ....
quando os outros canais têm uma camera ligada com uma pen 4G+ montada em cima de 1 tripe e ás vezes só 1 reporter
que monta e liga tudo.
 
Interessante, mas....pergunto:
A SIC, TVI e CMTV também têm carros de exteriores? São precisos para quê?
Tenho a ideia (quiçá resultado de absoluta ignorância) que só a RTP tem carros de exteriores (até mesmo no continente)
e que isso implica um conjunto pesadissimo de equipamentos, aparelhagem, cabos e geradores de energia ....
quando os outros canais têm uma camera ligada com uma pen 4G+ montada em cima de 1 tripe e ás vezes só 1 reporter
que monta e liga tudo.
Tanto a Tvi Como a SIC têm carros de Exteriores, A SIC detem a GMTS e a TVI a EMAV, que são produtoras da estação mas que permitem rentabilizar o investimento naqueles meios em diferentes produções como transmissoes desportivos para o Eurosport ou eventos em Portugal. Alias na recente cimeira do Porto a RTP alugou a GMTS pelo menos um carro de exteriores.
 

cenick

Power Member
Tanto a Tvi Como a SIC têm carros de Exteriores, A SIC detem a GMTS e a TVI a EMAV, que são produtoras da estação mas que permitem rentabilizar o investimento naqueles meios em diferentes produções como transmissoes desportivos para o Eurosport ou eventos em Portugal. Alias na recente cimeira do Porto a RTP alugou a GMTS pelo menos um carro de exteriores.
Obrigado pela explicação.
Mas têm ? ou subcontratam? e também na Madeira e nos Açores?
 
Obrigado pela explicação.
Mas têm ? ou subcontratam? e também na Madeira e nos Açores?
A RTP Tem os seus mas em algumas situações não são suficientes. Bem como a SIC e a TVI, as vezes precisam de outros produtoras para alem das suas EMAV E GMTS respectivamente. Na Madeira e nos Açores para alem da RTP, só ha carros de exterior da Medialuso, no caso da Madeira chama-se Fullzoom, a empresa do grupo mediapro. Ou senão como tambem ja ocorreu para jogos de Futebol e muitos eventos simultaneos, foi necessario vir carro de exteriores de espanha da VAV na altura.
 

cenick

Power Member
E um carro de exteriores é o quê?
Uma mini-régie que centraliza a recolha de imagens no local, edita e transmite por Satelite
ou outros meios para a régie central da estação?
Isso não pode ser ser feito ponto-a-ponto por rede 4G+ ou agora com a 5G e ser tratado / editado a nivel central?
Só é utilizado em certos eventos, como espectáculos ou jogos de futebol?
 

tomas_loeps

Power Member
Isso não pode ser ser feito ponto-a-ponto por rede 4G+ ou agora com a 5G e ser tratado / editado a nivel central?
A LiveU já começou a trabalhar nesse sentido, e acho que até já disponibiliza uma solução para isso. No entanto, por estes dias, o padrão é enviar um carro de exteriores (ou seja, mini-régie) para o local sempre que é preciso trabalhar com multicâmara.
 

ppt

Power Member
E um carro de exteriores é o quê?
Uma mini-régie que centraliza a recolha de imagens no local, edita e transmite por Satelite
ou outros meios para a régie central da estação?
Isso não pode ser ser feito ponto-a-ponto por rede 4G+ ou agora com a 5G e ser tratado / editado a nivel central?
Só é utilizado em certos eventos, como espectáculos ou jogos de futebol?
Sou leigo, mas a minha perceção diz-me que o 5G ainda está longe de ser realidade efetiva e mesmo o 4G não é algo que se possa assumir como plenamente implantado no país. O atraso natural nas comunicações à distância também deve também criar problemas de sincronização entre câmaras, pelo que em eventos com várias câmaras o mais simples será ter uma "central" no local e emitir depois o produto final numa só comunicação.
 

tomas_loeps

Power Member
Sou leigo, mas a minha perceção diz-me que o 5G ainda está longe de ser realidade efetiva e mesmo o 4G não é algo que se possa assumir como plenamente implantado no país. O atraso natural nas comunicações à distância também deve também criar problemas de sincronização entre câmaras, pelo que em eventos com várias câmaras o mais simples será ter uma "central" no local e emitir depois o produto final numa só comunicação.
Exacto. Nota-se bem nos dias de hoje o delay que existe quando usam o 4G e a quase instantaneidade quando usam carros de exteriores.
 

davidsil

Power Member
E um carro de exteriores é o quê?
Uma mini-régie que centraliza a recolha de imagens no local, edita e transmite por Satelite
ou outros meios para a régie central da estação?
Isso não pode ser ser feito ponto-a-ponto por rede 4G+ ou agora com a 5G e ser tratado / editado a nivel central?
Só é utilizado em certos eventos, como espectáculos ou jogos de futebol?

Por exemplo, atualmente numa final de champions League não faz qualquer sentido estar a enviar mais de 30 sinais de imagem diferentes (dos diferentes ângulos de câmera), mais múltiplos sinais de aúdio para uma régie centralizada à distância e muito menos a usar 4G com uma quantidade imensa de latência. Isso é muito pouco otimizado. Aqui faz todo o sentido descentralizar, e produzir o produto no próprio local antes de enviar a versão final ou quase final do sinal para a respetiva televisão que vai transmitir.

Com o 5G, se calhar irá ser possível a transmissão por esta via sem ser por satélite ou por Fibra.

Mas isto tudo está dependente do tipo de complexidade da transmissão: se é um jogo de futebol, um concerto ou outro tipo de eventos que exige multi-câmera e vários canais de som no local, ou se é apenas uma reportagem em direto, que só exige apena uma câmera e um micro, que são colocados no ar à distância
 
Última edição:

VinE

Power Member
Ainda acho muito complicado essa tecnologia trazer alguma mais valia a nível de multi-câmera, para terem noção a largura de banda usada num único sinal de vídeo 4K são de 12 Gb/s com uma latencia de talvez meio frame (20ms), a acrescentar tudo o resto que uma câmera de broadcast usa. 4 retornos em HD 3Gb/s (12Gb/s no total) mais um trunk de rede (1gb/s) mais streams de áudio e intercom.
Os mini testes que se fizeram na Luz tinhamos 1 segundo de delay, o que torna praticamente impossível a sua utilização, dado que teríamos que atrasar todos os restantes sinais em 1 segundo.. (imaginem estarem a ver um jogo de futebol, marcarem um golo e se por acaso fossem a um sinal 5g iam ver o mesmo golo outra vez passado um segundo) já pra não falar no pesadelo que seria ter áudios associados a esses sinais..

Sempre foi uma tecnologia promissora l, especialmente a nível de latencia, mas por enquanto, está muito embrionária.

A nível de ENG sim, talvez traga melhorias mas as mochilas que se usam conseguem latencias semelhantes ao satélite e a qualidade não é de todo má, com a vantagem que combinam vários cartões de várias operadoras.. a maior melhoria talvez na poupanças das estações, em vez de 2 ou 3 cartões de cada operadora talvez já só precisem de 1 cartão..

É esperar pra ver
 

tomas_loeps

Power Member
Não sei até que ponto é que o envio do output das régies móveis já não será por internet (tipo ethernet) em vez do satélite que, supostamente, será relativamente caro...
 

VinE

Power Member
Neste momentos todos os estádios da primeira e bastantes da segunda liga estão cablados com circuitos de fibra até Monsanto, onde a Altice tem a sua central que depois faz o routing para as televisões, portanto não é necessário, até porque a qualidade e fiabilidade dum circuito de fibra é incomparável com um circuito 4G/5G.

Tirando esse facto já existem muitas “mochilas” 4G a fazer redundância de alguns jogos e inclusive sinal principal de alguns jogos de ligas não profissionais e afins com resultados satisfatórios.

Mas agora imagina esta situação.

Benfica x Sporting (em momento não pandémico) 70.000/80.000 pessoas dentro e fora do estádio, há um golo duma equipa, 2/3 dessas pessoas metem fotos e vídeos nas redes sociais, rede vai abaixo (e acredita que isto acontece com uma frequência estupida).

upload baixa em cada cartão pra 500kbits ainda que tenhas prioridade nos teus cartões dado que és empresa e tens acordos especiais e Blá Blá Blá, mas já tens a antena saturada e esquece la as prioridades.

Tu e mais milhões de espectadores/clientes em todo o mundo começam a ver pixeis em vez de jogadores. Milhões de euros em direitos e indemnizações à vista..

Arriscavas?
 

CS-TOD

Colaborador
Staff
@VinE, sabes os principais locais em que é usada a fibra em vez de satélite/4G nos diretos dos telejornais? Eu reparei (TVI, no caso) que por exemplo na Assembleia da República e acho que em Fátima também, o delay entre o fim do pivot falar e o jornalista começar o vivo foi muito reduzido, acredito que seja por ser usada fibra em vez de satélite ou 4G, estou certo? Sabes se há mais locais em que isso aconteça?
 

VinE

Power Member
A PT/Altice tem uma cobertura estupidamente boa em termos de cobertura. Na assembleia da república existem então mais circuitos que sei lá o quê..
Posso te dizer que em qualquer sítio (passado ou presente) em tenha ocorrido um evento qualquer existe já uma fibra escura com destino a Monsanto.

Rally de Portugal no meio do mato? É possível que haja uma caixa perdida la no meio algures.
Fátima? Deves ter umas 20 na boa espalhadas entre os vários tv compounds que foram havendo por lá. Atenção que isto é pago e não são 50€..

Depois claro eles rentabilizam isto, quem passa um cabo passa um ou dois e vais metendo fibra numa aldeia aqui ou ali ou para a empresa x ou y..

Uma fibra passada depois metes os terminais que queres, seja um encoder/decoder ou um router para internet e o investimento já foi parcialmente em pago..

Mas atenção, as latencias no 4G melhoraram muito nos últimos tempos, duma absurdo que eram 10 segundos até os 2/3 de agora, o que se assemelha ou até melhora as latencias de satélite
 
Topo