1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

RAID 10 e 0+1

Discussão em 'Dúvidas e Suporte—Internet, Redes, Segurança' iniciada por pUbLIS, 13 de Maio de 2006. (Respostas: 6; Visualizações: 1321)

  1. pUbLIS

    pUbLIS Power Member

    Boas

    Pessoal... estou agora a fazer um trabalho sobre soluções RAID não normalizadas, e depois tenho de apresentar uma proposta para 3 aplicações distintas.
    Agora, deparo-me com a diferenciação de RAID 10 e RAID 0+1, mas as definições parecem-me idênticas.

    ----
    1.4 RAID 0+1

    O RAID 0 + 1 é uma combinação dos níveis 0 (Striping) e 1 (Mirroring), onde os dados são divididos entre os discos para melhorar o rendimento, mas também utilizam outros discos para duplicar as informações. Assim, é possível utilizar o bom rendimento do nível 0 com a redundância do nível 1. No entanto, são necessários pelo menos 4 discos para montar um RAID desse tipo. Tais características fazem do RAID 0 + 1 o mais rápido e seguro, porém o mais caro de ser implantado

    1.5 RAID 10

    Este modo pode ser usado apenas caso você tenha 4 discos rígidos. Os dois primeiros funcionarão em Striping, duplicando assim o desempenho, enquanto os outros dois armazenarão uma imagem dos dois primeiros, assegurando a segurança. Este modo é na verdade uma combinação dos dois primeiros.
    ----

    Será que alguém me consegue dizer quais é que são as diferenças?? É que sinceramente parece-me tudo igual...

    Grande abraço
     
  2. God_Lx

    God_Lx Folding Member

    São mesmo iguais...
     
  3. remorema

    remorema Power Member

    o raid 0+1 acabou por ficar conhecido como raid 10 ;)
     
  4. pUbLIS

    pUbLIS Power Member

    Já agora.. o que é que acham das soluções...??

    2.1 Gabinete de contabilidade
    Código:
    Recomendamos a implementação dum RAID de nível 10 (através da controladora presente na motherboard, ou por software) com 4 discos SATA2 de 80gb, onde 50% da capacidade total (ou seja, 160 gb.) são desperdiçados.
    
    Dos 3 casos propostos, este é o caso mais pobre no que toca a necessidades. Não existe a necessidade de muito espaço em disco, nem de velocidades de leitura/escrita altas, nem mesmo de “continuidade” de funcionamento do servidor.
    Assim sendo, optámos pela implementação de um RAID 10 através da controladora da motherboard ou por software (poupando assim bastante dinheiro), com 4 discos de 80gb, onde o stripe (0) será feito entre 2 discos de 80gb (total útil: 160gb) e será depois aplicado um mirroring (1) a esse mesmo stripe, utilizando assim os restantes discos (total desperdiçado: 160gb).
    
    Uma solução HotSwap para o mirroring (1) está fora de questão, pois a reflexão monetária duma paragem de 1 a 3 dias (tempo necessário para reparação caso falhe alguma unidade) para este servidor, não justifica tal investimento.

    2.2 Super-mercado com 10 POS's
    Código:
    Recomendamos a implementação de RAID 5 (através da controladora Adaptec Serial ATA II RAID 2820SA) com 8 discos de 160 gb., onde apenas 12,5% da capacidade total (ou seja, 160 gb.) são desperdiçados. 
    
    Deve-se utilizar RAID por hardware e discos SATA2, não só para melhorar a qualidade de segurança activa, mas também para melhorar a velocidade de escrita, que é extremamente importante (por exemplo) para o não congestionamento de pessoas nas caixas devido à lentidão do sistema.
    
    Optámos por utilizar 8 discos de 160 gb. não só para salvaguardar eventuais necessidades (curto / médio prazo) de upgrade aos espaço em disco (o que poderia provocar uma paragem programada do sistema), mas também para aumentar a segurança do sistema.
    Utilizando discos de diferentes marcas e modelos (mas com a mesma capacidade), diminuímos ainda o risco de paragem completa do sistema, por causa duma eventual falha de todas as unidades, devido a (por exemplo) lotes de hardware danificados ou defeitos no fabrico em massa, etc.
    2.3 Empresa de tratamento de imagem e vídeo
    Código:
    Recomendamos a implementação de RAID 5 (através da controladora Adaptec Serial ATA II RAID 2420SA) com 4 discos de 250 gb., onde apenas 25% da capacidade total (250 gb.) é desperdiçada.
    
    Pensamos que é mais importante o espaço em disco, do que propriamente a velocidade de escrita. De qualquer maneira, utilizando RAID por hardware, o processo de escrita acaba por ficar com valores bem aceitáveis.
    
    A velocidade de escrita acaba por não ser tão importante, pois não será com base na capacidade do servidor que os trabalhos serão desenvolvidos. Assim sendo, é preferível optar por um RAID que não desperdice tanto espaço em disco, como é o caso do RAID 5
    Grande abraço
     
  5. DavidJamez

    DavidJamez Power Member

    convinha serem discos scsi
     
  6. pUbLIS

    pUbLIS Power Member

    Mas quais é que são as velocidade de leitura/escrita dos scsi e dos SATA2? Alguém sabe?
    Já estive a dar uma vista d'olhos, e é tudo mais caro... discos, controladoras, etc.
    Só num dos casos é que poderia valer a pena implementar uma solução RAID com SCSI... no super-mercado.
    É o único caso onde a velocidade é um aspecto a ter em conta. Isto já para não falar que sendo um super-mercado, não deve haver grande problema em se chegarem à frente com as notas :lol:

    Grade abraço
     
    Última edição: 14 de Maio de 2006
  7. DavidJamez

    DavidJamez Power Member

    e a fiabilidade dos discos, não pensas nisso?
    fazer servidores com discos ide/sata eh para haver problemas, por alguma coisa os scsi são mais caros
     

Partilhar esta Página