Recomeçar do Zero - enfermeiro => Programador

cabsir

Power Member
Boas noites a todos os membros, peço desculpa ao user que criou este tópico mas vou aproveitar para colocar uma questão.
A uns tempos que ando a ponderar voltar a estudar (tenho 31 de momento) e queria começar a estudar programação nomeadamente “c” através de cursos on-line e livros ( já tenho o Luís damas).

queria saber se algum user chegou a usar o udemy para aprender alguma linguagem.

estou a pensar fazer este para começar:

https://www.udemy.com/course/c-programming-for-beginners-/

Agradeço o vosso tempo
Cumprimentos ;)

É bom saber que não estou sozinho no barco.

@Big_Boss, entretanto tinha-te perguntado se era muito descabido apostar apenas em web development/design? Na verdade, é disto que eu gosto mas existem "bases" de programação que todos devem saber, independentemente da área que sigam?
 

Big_Boss

Power Member
É bom saber que não estou sozinho no barco.

@Big_Boss, entretanto tinha-te perguntado se era muito descabido apostar apenas em web development/design? Na verdade, é disto que eu gosto mas existem "bases" de programação que todos devem saber, independentemente da área que sigam?

Dei uma vista de olhos assim muito rápida e encontrei estes pedidos:

https://emprego.sapo.pt/emprego/anuncio/8394299/programador-web-(estagio-profissional).htm
https://www.careerjet.pt/jobview/817b1a3d80c0b282c9eca6350c1b319b.html

A ideia é ver o que pedem.

Penso que podes apostar para já nessa área e procurar nos pedidos de emprego o que pedem para te prepares.

Terás sempre de perceber HTML, CSS, Javasript. Depois ajuda também ajuda SQL e PHP.

Saber mexer em Wordpress também pode ser um caminho. Existem agências de marketing que procuram sobretudo pessoas para trabalhar com o Wordpress.

Perde um dia ou dois e reúne ofertas de emprego. Vê a área que mais gostavas e começa por ai.

Imagina que vais concorrer a um desses empregos. Vê o que eles pedem e estudas o que é preciso. Quando achares que estás minimamente seguro começas a mandar CV´s. Depois vais aprendendo outras coisas a medida que vai sendo necessário.

Resumindo começa por HTML, CSS, Javascript. Depois a partir dai vê o caminho que queres e o que precisas de aprender para lá chegar.

Fica também com a ideia que não é preciso saber tudo na cabeça. Todos os comandos e todos os pormenores. Acima de tudo é preciso saber o que fazer em termos globais. Imagina que te pedem um site XPTO com determinadas funcionalidades. Não tens de saber de cabeça todas as linhas de código. Tens é de ser capaz por exemplo de dizer como é que irias organizar os dados e como o site iria funcionar de um modo geral. Os pormenores do código depois tratavas mais tarde.

Começa por aprender o básico e depois manda CV´s. As entrevistas vão te ajudar a perceber o que precisas de melhorar.Quando saíres da mesma pensa no que correu bem e no que correu mal e chegas a casa e começas a trabalhar na parte menos boa para no próxima essa parte correr melhor.

Bons estudos.
 

figboy

I folded Myself
Podem ver o que há no coursera também, pelo que vi é gratuito e só pagam se quiserem o certificado. Nesta altura de quarentena tenho uma prof que nos mandou ver uns videos de lá numa parte da matéria
 

ric7

Power Member
Boas pessoal, para quem fez o cs50 introduction to cs, estou com problemas em fazer a week 5, alguém consegue ajudar em indicar me onde posso estudar para conseguir completar o challenge? Penso que o material disponibilizado pelo curso em si não é suficiente, tenho o livro do Luís damas, mas outros recursos seriam bem vindos.

cumps
 
Boa noite developpers (e futuros developpers).

Candidatei-me ao bootcamp da academia de código em aveiro, fiz os challenges pedidos e recebi um golden ticket para o workshop!
O workshop vai ser no mês de Abril, já contactei com alguns alunos que me informaram que vai-nos ser proposto um hacking test durante o workshop ...

Consegui fazer os codes challenge, mas levei algum tempo (sou noob em coding). A minha questão prende-se com o desafio que me vai ser pedido durante o workshop e o facto de ter tempo (e não o conseguir completar, claro).

Estou neste momento a realizar um curso da udemy e vou iniciar da codeacademy, mas gostava de ter dicas dos code cadets sobre o desafio que me vai ser proposto ...

- Em que me devo focar?
- O que devo preparar melhor, para superar tal desafio?
- Todos vocês que foram aceites da <AC> conseguiram completar tal desafio?

Disseram-me que uma parte importante do workshop será focado em "avaliar" a minha personalidade -> isto não me assusta, estou preparada e muito motivada para estar em rondas de 24hours a aprender a programar! Assusta-me apenas o facto deste teste, que, ainda por cima, vai ser em video conferência (damn you covid!!)

- Que dicas me podem dar, para que me possa tornar também num code cadet?

Obrigada a todos!
 
Boa noite developpers (e futuros developpers).

Candidatei-me ao bootcamp da academia de código em aveiro, fiz os challenges pedidos e recebi um golden ticket para o workshop!
O workshop vai ser no mês de Abril, já contactei com alguns alunos que me informaram que vai-nos ser proposto um hacking test durante o workshop ...

Consegui fazer os codes challenge, mas levei algum tempo (sou noob em coding). A minha questão prende-se com o desafio que me vai ser pedido durante o workshop e o facto de ter tempo (e não o conseguir completar, claro).

Estou neste momento a realizar um curso da udemy e vou iniciar da codeacademy, mas gostava de ter dicas dos code cadets sobre o desafio que me vai ser proposto ...

- Em que me devo focar?
- O que devo preparar melhor, para superar tal desafio?
- Todos vocês que foram aceites da <AC> conseguiram completar tal desafio?

Disseram-me que uma parte importante do workshop será focado em "avaliar" a minha personalidade -> isto não me assusta, estou preparada e muito motivada para estar em rondas de 24hours a aprender a programar! Assusta-me apenas o facto deste teste, que, ainda por cima, vai ser em video conferência (damn you covid!!)

- Que dicas me podem dar, para que me possa tornar também num code cadet?

Obrigada a todos!



Como correu o workshop? Conseguiste completar?
 

danoninho

Power Member
Boa noite developpers (e futuros developpers).

Candidatei-me ao bootcamp da academia de código em aveiro, fiz os challenges pedidos e recebi um golden ticket para o workshop!
O workshop vai ser no mês de Abril, já contactei com alguns alunos que me informaram que vai-nos ser proposto um hacking test durante o workshop ...

Consegui fazer os codes challenge, mas levei algum tempo (sou noob em coding). A minha questão prende-se com o desafio que me vai ser pedido durante o workshop e o facto de ter tempo (e não o conseguir completar, claro).

Estou neste momento a realizar um curso da udemy e vou iniciar da codeacademy, mas gostava de ter dicas dos code cadets sobre o desafio que me vai ser proposto ...

- Em que me devo focar?
- O que devo preparar melhor, para superar tal desafio?
- Todos vocês que foram aceites da <AC> conseguiram completar tal desafio?

Disseram-me que uma parte importante do workshop será focado em "avaliar" a minha personalidade -> isto não me assusta, estou preparada e muito motivada para estar em rondas de 24hours a aprender a programar! Assusta-me apenas o facto deste teste, que, ainda por cima, vai ser em video conferência (damn you covid!!)

- Que dicas me podem dar, para que me possa tornar também num code cadet?

Obrigada a todos!
Boas :)

Parabéns por teres tomado essa decisão :)

Ora vou te dar o meu concelho, e é apenas baseado na minha experiência por isso é normal que muita gente possa não concordar.

- Deves-te focar em resolver problemas (preferencialmente em Javascript) , tens alguns exemplos no freecodecamp ou no codeacademy.
- O objectivo do desafio não é que tu chegues ao fim. Mas sim o processo durante o desafio. Entrar na academia , não é a mesma coisa que entrar num curso de faculdade. A academia de código seleciona candidatos que parecem ter potencial para trabalhar e aprender no ambiente que a academia pratica. Se fores com o espirito de quereres resolver problemas e seres proativo , não vais ter problema em entrar
- Eu completei metade do code challenge. e como referi no ponto anterior, isso não quer dizer nada. Ja vi malta a completar o desafio e a não entrar, muitas vezes por causa da atitude que têm no dia.

Relativamente às dicas vai parecer cliché mas foi isto que eu fiz e resultou:
- Sê tu mesmo, não faças cenas para chamar a atenção dos master coders.
- mantém uma atitude positiva e encorajadora para quem te rodeia.
- não desistas
- Estuda Javascript :)

Espero ajudar com estas dicas.
 

ferraznich

Power Member
boas malta

ha aqui alguem que tenha seguido carreira em cyber security ou penetration testing? conheci por intermedio de amigos um tipo que trabalha na area e que nao tirou nenhum canudo, aprendeu python, bash e algum javascript, tirou alguns cursos online da udemy e propos-se a tirar o OSCP (certificação) e conseguiu trabalho sem canudo.
é algo viável?
 

snamer

Power Member
a academia de codigo da o curso maioritariamente em Java...e sei pq estou neste preciso momento numa aula da academia
javascript usam para avaliar a entrada depois de fazeres uns cursos online em JS e para o fim do curso dão mais um pouco..o resto é java

@danoninho se quiseres manda-me PM, posso-te por em contacto com o responsável pelo bootcamp de lisboa ou redirecionar-te para outro

Boas Lord, como foi a tua experiência com o curso?:) abraco!
 

LeoJFG

Power Member
Boas,
Com os tempos de COVID a afectar em muito a área da restauração e hotelaria vi-me numa situação bastante complicada.
Tenho 26 anos, e desde os 7/8 que lido com tecnologias e computadores. Por volta dos 12/13 tive o meu primeiro contacto com programação, nomeadamente ao nível do mIRC onde ia brincando com algum scripting. Depois disso, comecei a olhar para html e ia editando e brincando com algumas coisas. Mas depois disso, nunca mais toquei em programação. A uns anos, que venho a pensar em ir aprendendo apenas por titulo de curiosidade e por auto-desafio, no entanto nunca me foi possível devido a falta de tempo.
Em 2017 terminei a minha licenciatura numa área relacionada com o turismo, mais especificamente na área de cozinha, que é onde tenho trabalhado desde então.
No entanto, e como é normal, em Março fui para casa provisoriamente, e até hoje, nunca mais trabalhei na minha área.
Quando me candidatei a faculdade para o que viria a ser o meu curso, fui porque adoro aquilo que faço e adoro a área da restauração e toda a sua magia, stress, lodo, loucura e glamour. No entanto, do outro lado, sempre esteve o meu gosto pela tecnologia e pelos computadores.. Sempre tive um fascínio pela forma como as coisas funcionam, sempre gostei imenso de matemática e especialmente de resolver problemas.
Isto tudo para dizer o que? Gostava de fazer uma mudança e tendo em conta que o meu mundo já foi virado de pernas para o ar, mais vale aproveitar esta fase e procurar outra direcção.
Embora continue focado em encontrar algo relacionado com a gestão de F&B e outras áreas directamente relacionadas com o mundo da restauração - e não limitado à cozinha propriamente dia - tenho pensado bastante é virar-me para outras áreas. Não vou negar, o dinheiro é um fato muito determinante. Sabia que tirando um curso superior relacionado com cozinha me iria colocar uma base salarial muito baixa, porque a média salarial numa cozinha É BAIXA, mas as várias valências do meu curso deixavam-me sonhar um pouco mais, e dava-me alguma vantagem de negociação, no entanto não deixa de ser frustrante sentir que o nosso potencial é muito desvalorizado.
Já pensei na eventualidade de fazer outra licenciatura, mas de momento era algo que não passava pelos meus planos porque se trata de um investimento demasiado avultado para fazer em 3 anos. Moro com a minha namorada e estar 3 anos parado/semi-parado não é uma opção que me agrade.
Desde a umas semanas que tenho começado a namorar alguns conceitos de programação. Inscrevi-me recentemente na CodeAcademy e tem sido interessante.
No fundo o que vos pedia era conselhos. A Code Academy neste momento é a minha melhor opção. Estou numa subscrição PRO de 3 meses, e vou aproveitar ao máximo, especialmente estando desempregado, para consumir o máximo de horas possíveis. Gostava no entanto de conhecer outros caminhos, bem como tentar perceber qual o real valor da CodeAcademy quem ao nível da qualidade de conteúdo quer ao nível de reconhecimento profissional.
Obviamente compreendo que não seja muito valorizado, é como alguém chegar a minha cozinha a pedir emprego e dizer que acha que tem capacidades porque a mãe diz que faz um grande arroz.
Mas gostava de apostar nisto e ver no que dava. Na pior das hipóteses levo um conhecimento comigo para outra área que pode ser útil.
Notar que também li sobre a academia do código mas os valores são proibitivos.
 

Camuflage

Power Member
Boas,
Com os tempos de COVID a afectar em muito a área da restauração e hotelaria vi-me numa situação bastante complicada.
Tenho 26 anos, e desde os 7/8 que lido com tecnologias e computadores. Por volta dos 12/13 tive o meu primeiro contacto com programação, nomeadamente ao nível do mIRC onde ia brincando com algum scripting. Depois disso, comecei a olhar para html e ia editando e brincando com algumas coisas. Mas depois disso, nunca mais toquei em programação. A uns anos, que venho a pensar em ir aprendendo apenas por titulo de curiosidade e por auto-desafio, no entanto nunca me foi possível devido a falta de tempo.
Em 2017 terminei a minha licenciatura numa área relacionada com o turismo, mais especificamente na área de cozinha, que é onde tenho trabalhado desde então.
No entanto, e como é normal, em Março fui para casa provisoriamente, e até hoje, nunca mais trabalhei na minha área.
Quando me candidatei a faculdade para o que viria a ser o meu curso, fui porque adoro aquilo que faço e adoro a área da restauração e toda a sua magia, stress, lodo, loucura e glamour. No entanto, do outro lado, sempre esteve o meu gosto pela tecnologia e pelos computadores.. Sempre tive um fascínio pela forma como as coisas funcionam, sempre gostei imenso de matemática e especialmente de resolver problemas.
Isto tudo para dizer o que? Gostava de fazer uma mudança e tendo em conta que o meu mundo já foi virado de pernas para o ar, mais vale aproveitar esta fase e procurar outra direcção.
Embora continue focado em encontrar algo relacionado com a gestão de F&B e outras áreas directamente relacionadas com o mundo da restauração - e não limitado à cozinha propriamente dia - tenho pensado bastante é virar-me para outras áreas. Não vou negar, o dinheiro é um fato muito determinante. Sabia que tirando um curso superior relacionado com cozinha me iria colocar uma base salarial muito baixa, porque a média salarial numa cozinha É BAIXA, mas as várias valências do meu curso deixavam-me sonhar um pouco mais, e dava-me alguma vantagem de negociação, no entanto não deixa de ser frustrante sentir que o nosso potencial é muito desvalorizado.
Já pensei na eventualidade de fazer outra licenciatura, mas de momento era algo que não passava pelos meus planos porque se trata de um investimento demasiado avultado para fazer em 3 anos. Moro com a minha namorada e estar 3 anos parado/semi-parado não é uma opção que me agrade.
Desde a umas semanas que tenho começado a namorar alguns conceitos de programação. Inscrevi-me recentemente na CodeAcademy e tem sido interessante.
No fundo o que vos pedia era conselhos. A Code Academy neste momento é a minha melhor opção. Estou numa subscrição PRO de 3 meses, e vou aproveitar ao máximo, especialmente estando desempregado, para consumir o máximo de horas possíveis. Gostava no entanto de conhecer outros caminhos, bem como tentar perceber qual o real valor da CodeAcademy quem ao nível da qualidade de conteúdo quer ao nível de reconhecimento profissional.
Obviamente compreendo que não seja muito valorizado, é como alguém chegar a minha cozinha a pedir emprego e dizer que acha que tem capacidades porque a mãe diz que faz um grande arroz.
Mas gostava de apostar nisto e ver no que dava. Na pior das hipóteses levo um conhecimento comigo para outra área que pode ser útil.
Notar que também li sobre a academia do código mas os valores são proibitivos.

Tens esta opção também: https://www.theodinproject.com/
 

cabsir

Power Member
Boas,
Com os tempos de COVID a afectar em muito a área da restauração e hotelaria vi-me numa situação bastante complicada.
Tenho 26 anos, e desde os 7/8 que lido com tecnologias e computadores. Por volta dos 12/13 tive o meu primeiro contacto com programação, nomeadamente ao nível do mIRC onde ia brincando com algum scripting. Depois disso, comecei a olhar para html e ia editando e brincando com algumas coisas. Mas depois disso, nunca mais toquei em programação. A uns anos, que venho a pensar em ir aprendendo apenas por titulo de curiosidade e por auto-desafio, no entanto nunca me foi possível devido a falta de tempo.
Em 2017 terminei a minha licenciatura numa área relacionada com o turismo, mais especificamente na área de cozinha, que é onde tenho trabalhado desde então.
No entanto, e como é normal, em Março fui para casa provisoriamente, e até hoje, nunca mais trabalhei na minha área.
Quando me candidatei a faculdade para o que viria a ser o meu curso, fui porque adoro aquilo que faço e adoro a área da restauração e toda a sua magia, stress, lodo, loucura e glamour. No entanto, do outro lado, sempre esteve o meu gosto pela tecnologia e pelos computadores.. Sempre tive um fascínio pela forma como as coisas funcionam, sempre gostei imenso de matemática e especialmente de resolver problemas.
Isto tudo para dizer o que? Gostava de fazer uma mudança e tendo em conta que o meu mundo já foi virado de pernas para o ar, mais vale aproveitar esta fase e procurar outra direcção.
Embora continue focado em encontrar algo relacionado com a gestão de F&B e outras áreas directamente relacionadas com o mundo da restauração - e não limitado à cozinha propriamente dia - tenho pensado bastante é virar-me para outras áreas. Não vou negar, o dinheiro é um fato muito determinante. Sabia que tirando um curso superior relacionado com cozinha me iria colocar uma base salarial muito baixa, porque a média salarial numa cozinha É BAIXA, mas as várias valências do meu curso deixavam-me sonhar um pouco mais, e dava-me alguma vantagem de negociação, no entanto não deixa de ser frustrante sentir que o nosso potencial é muito desvalorizado.
Já pensei na eventualidade de fazer outra licenciatura, mas de momento era algo que não passava pelos meus planos porque se trata de um investimento demasiado avultado para fazer em 3 anos. Moro com a minha namorada e estar 3 anos parado/semi-parado não é uma opção que me agrade.
Desde a umas semanas que tenho começado a namorar alguns conceitos de programação. Inscrevi-me recentemente na CodeAcademy e tem sido interessante.
No fundo o que vos pedia era conselhos. A Code Academy neste momento é a minha melhor opção. Estou numa subscrição PRO de 3 meses, e vou aproveitar ao máximo, especialmente estando desempregado, para consumir o máximo de horas possíveis. Gostava no entanto de conhecer outros caminhos, bem como tentar perceber qual o real valor da CodeAcademy quem ao nível da qualidade de conteúdo quer ao nível de reconhecimento profissional.
Obviamente compreendo que não seja muito valorizado, é como alguém chegar a minha cozinha a pedir emprego e dizer que acha que tem capacidades porque a mãe diz que faz um grande arroz.
Mas gostava de apostar nisto e ver no que dava. Na pior das hipóteses levo um conhecimento comigo para outra área que pode ser útil.
Notar que também li sobre a academia do código mas os valores são proibitivos.

Antes de mais, parabéns pela coragem. Não deve ser fácil deixar para trás um mundo que conhecemos e gostamos para nos dedicarmos a uma área totalmente desconhecida. Acho que fazes bem aproveitar este momento para te requalificares.

Se és autodidata, estas plataformas online podem ser uma boa opção. Aproveita também as várias sugestões do fórum pois são muito úteis. Podes ir desenvolvendo vários projetos por tua conta e depois apresentas um portfolio quando começares a enviar candidaturas.

Apesar de já terem encerrado as candidaturas, sugiro que pesquises sobre o programa UPskill. É um novo programa, portanto ainda não há muito feedback disponível. E dão apoio financeiro durante a formação e estágio.
 
Boas,
Com os tempos de COVID a afectar em muito a área da restauração e hotelaria vi-me numa situação bastante complicada.
Tenho 26 anos, e desde os 7/8 que lido com tecnologias e computadores. Por volta dos 12/13 tive o meu primeiro contacto com programação, nomeadamente ao nível do mIRC onde ia brincando com algum scripting. Depois disso, comecei a olhar para html e ia editando e brincando com algumas coisas. Mas depois disso, nunca mais toquei em programação. A uns anos, que venho a pensar em ir aprendendo apenas por titulo de curiosidade e por auto-desafio, no entanto nunca me foi possível devido a falta de tempo.
Em 2017 terminei a minha licenciatura numa área relacionada com o turismo, mais especificamente na área de cozinha, que é onde tenho trabalhado desde então.
No entanto, e como é normal, em Março fui para casa provisoriamente, e até hoje, nunca mais trabalhei na minha área.
Quando me candidatei a faculdade para o que viria a ser o meu curso, fui porque adoro aquilo que faço e adoro a área da restauração e toda a sua magia, stress, lodo, loucura e glamour. No entanto, do outro lado, sempre esteve o meu gosto pela tecnologia e pelos computadores.. Sempre tive um fascínio pela forma como as coisas funcionam, sempre gostei imenso de matemática e especialmente de resolver problemas.
Isto tudo para dizer o que? Gostava de fazer uma mudança e tendo em conta que o meu mundo já foi virado de pernas para o ar, mais vale aproveitar esta fase e procurar outra direcção.
Embora continue focado em encontrar algo relacionado com a gestão de F&B e outras áreas directamente relacionadas com o mundo da restauração - e não limitado à cozinha propriamente dia - tenho pensado bastante é virar-me para outras áreas. Não vou negar, o dinheiro é um fato muito determinante. Sabia que tirando um curso superior relacionado com cozinha me iria colocar uma base salarial muito baixa, porque a média salarial numa cozinha É BAIXA, mas as várias valências do meu curso deixavam-me sonhar um pouco mais, e dava-me alguma vantagem de negociação, no entanto não deixa de ser frustrante sentir que o nosso potencial é muito desvalorizado.
Já pensei na eventualidade de fazer outra licenciatura, mas de momento era algo que não passava pelos meus planos porque se trata de um investimento demasiado avultado para fazer em 3 anos. Moro com a minha namorada e estar 3 anos parado/semi-parado não é uma opção que me agrade.
Desde a umas semanas que tenho começado a namorar alguns conceitos de programação. Inscrevi-me recentemente na CodeAcademy e tem sido interessante.
No fundo o que vos pedia era conselhos. A Code Academy neste momento é a minha melhor opção. Estou numa subscrição PRO de 3 meses, e vou aproveitar ao máximo, especialmente estando desempregado, para consumir o máximo de horas possíveis. Gostava no entanto de conhecer outros caminhos, bem como tentar perceber qual o real valor da CodeAcademy quem ao nível da qualidade de conteúdo quer ao nível de reconhecimento profissional.
Obviamente compreendo que não seja muito valorizado, é como alguém chegar a minha cozinha a pedir emprego e dizer que acha que tem capacidades porque a mãe diz que faz um grande arroz.
Mas gostava de apostar nisto e ver no que dava. Na pior das hipóteses levo um conhecimento comigo para outra área que pode ser útil.
Notar que também li sobre a academia do código mas os valores são proibitivos.

Não descartes a licenciatura, podes ir fazendo o curso a trabalhar e não precisas de a concluir para arranjar trabalho na area (mas convém sempre terminar).
Eu estive numa situação muito identica à tua (também hotelaria) e a melhor coisa que fiz na altura foi ter optado pela licenciatura.
 
Boas pessoal, feedbacks recentes?
Também trabalhei em hotelaria uns anos, tenho 29 e estou super interessado em full stack developer/web developer... sempre tive facilidade com computadores (até porque jogo nele lol) portanto sempre fui aprendendo um pouco de hardware e software. Em relação a programação é que estou praticamente às escuras mas, conhecendo-me, acho que tenho perfil para trabalhar na área.
Também me inscrevi na academia de código, já me ligaram mas dar 6.5k para um bootcamp (pelos vistos, muito bom) sem a mínima noção do que é trabalhar na área acho muito arriscado.. acho que vou adiar esse bootcamp e tentar perceber (através de udemy e codeacademy) se vale apena apostar 100% na área.

Em relação a auto didata... sem bases nenhumas como se é auto didata? aconselham algum livro de bases de programação ou linguagem?

Abraço
 
Boas pessoal, feedbacks recentes?
Também trabalhei em hotelaria uns anos, tenho 29 e estou super interessado em full stack developer/web developer... sempre tive facilidade com computadores (até porque jogo nele lol) portanto sempre fui aprendendo um pouco de hardware e software. Em relação a programação é que estou praticamente às escuras mas, conhecendo-me, acho que tenho perfil para trabalhar na área.
Também me inscrevi na academia de código, já me ligaram mas dar 6.5k para um bootcamp (pelos vistos, muito bom) sem a mínima noção do que é trabalhar na área acho muito arriscado.. acho que vou adiar esse bootcamp e tentar perceber (através de udemy e codeacademy) se vale apena apostar 100% na área.

Em relação a auto didata... sem bases nenhumas como se é auto didata? aconselham algum livro de bases de programação ou linguagem?

Abraço

Caro amigo, boa noite
Sugiro você a começar com lógica de programação, há cursos gratuitos na net. Há em inglês, mas há vários em pt-br e bons cursos que me ajudaram na minha base. Atualmente estou no pre-work do Bootcamp, tendo algumas dificuldades em JS, aprendo, mas na hora de aplicar fico misturando os conceitos. Caso você queira, fala comigo no privado, posso tentar te passar um link pra um curso mt bom fullstack.
 
Topo