NES Recordar a Nintendo Entertainment System (NES)

jabun

Power Member

Como é possível um fórum destes não ter um tópico para relembrar o avô das consolas? A maquineta sem a qual o mundo dos videojogos seria, seguramente, diferente?

Para dar continuidade ao sucesso dos seus jogos de arcade lançados no começo dos anos 80, a Nintendo resolveu deu continuidade aos seus projetos no mundo dos videojogos, através do lançamento de uma consola dedicada, e que fosse capaz de correr uma vasta miríade de jogos, através de cartuchos. A ideia inicial era um sistema com processador de 16 bits e drive para disquetes, mas esse projeto seria excessivamente caro e como a Nintendo queria chegar às massas, acabou por apostar em algo mais simples e económico. Assim, o projeto foi redesenhado e a 15 de Julho de 1983 a empresa lançou no Japão o Nintendo Family Computer, ou Famicom, diminutivo carinhoso como ficou conhecido para as posteridade. Intencionalmente, o design do Famicom foi feito para que a consola parecesse um brinquedo.

Encorajada com o sucesso do Famicom no Japão a Nintendo aventurou-se para lançar o sistema no mercado ocidental e em Junho de 1985 apresentou na feira Consumer Electronics Show o Nintendo Entertainment System (NES). O sistema foi totalmente redesenhado, apresentava um layout muito mais sério e moderno, e ao contrário do que era feito anteriormente a Nintendo apresentava a consola como um centro de entretenimento para enfatizar o poder do sistema.

A NES foi lançado oficialmente nos EUA no dia 18 de Outubro de 1985 apenas em Nova York, para teste de aceitação do público. Foram disponibilizadas inicialmente 50.000 unidades que se esgotaram rapidamente, o que levou a Nintendo a lançar rapidamente a consola no resto do país, em Fevereiro do ano seguinte. A partir de 1987, a consola foi lançado oficialmente na Europa, Austrália e Brasil, sendo um sucesso retumbante. O sistema, apesar da concorrência com a Sega Master System (principalmente na Europa), manteve-se na liderança dos mercados japonês e americano durante uma década, de tal forma que a NES se transformou num objeto de culto da cultura pop, sendo o termo "videojogos" confundido com "Nintendo", sendo usual ver miúdos dizerem "vou jogar Nintendo", mesmo que depois pegassem num comando da consola da Sega.

A NES/Famicom foi a consola de maior sucesso comercial na sua época, ajudou a indústria dos videojogos a recuperar da grave crise de 1983, estabelecendo novos padrões que seriam seguidos pela indústria nos anos seguintes.

Quem tem teve ou tem uma NES? Que chovam os posts com as vossas memórias desta consola revolucionária!

The NES Book, 2015


uxQ4AS3.jpg

aEXTXR8.jpg

Mljffaa.jpg

vF0BtVM.jpg

J8PTL1y.jpg

DAsAScV.jpg

4rQdA5E.jpg

ZBr0fco.jpg



30 Anos NES - A Celebração, Retro Gamer nº 118
4XJ3itp.jpg


lQECG8q.jpg

NYwBHcQ.jpg

wrhC07b.jpg


fuGKr0I.jpg

FI93IKA.jpg



The Collector's Guide, The NES Book, 2015


ozJ3SK6.jpg

9mKyIXV.jpg

PtS6d23.jpg


FlIni34.jpg


TZDGcuM.jpg


IUuNM5i.jpg

dYwOy3l.jpg



Cliquem aqui e vejam todos os tópicos do fórum dedicados à NES e aos seus jogos!​
 
Última edição:

jabun

Power Member
Sem dúvida @G.E.R.M.A.N.

Aproveito para partilhar a minha coleção da NES. Fico à espera das vossas!

DaYanNl.jpg


Lista de jogos:
Adventure in the Magic Kingdom
Batman: Return of the Joker (apenas cartucho)
Blades of Steel
Dr. Mario
Donkey Kong Classics
Duck Tales
Faxanadu
IronSword: Wizards & Warriors II (apenas cartucho)
Kirby Adventure
Kung Fu
Mario Bros. (apenas cartucho)
Mario & Yoshi
Metal Gear
Metroid
Nintendo World Cup
Pac-Man
Paperboy
Probotector
Rad Gravity (apenas cartucho)
Section Z (apenas cartucho)
Snake Rattle N' Roll
Super Mario Bros.
Super Mario Bros. / Duck Hunt (apenas cartucho)
Super Mario Bros 2
Super Mario Bros 3
Teenage Mutant Ninja Turtles
Tom and Jerry (apenas cartucho)
The Legend of Zelda
Zelda II: The Adventure of Link
 

jabun

Power Member
Remembering the Nintendo Entertainment System | An NES Retrospective | NESComplex

The Nintendo Entertainment System - Review - Game Sack
 

JDaman

Power Member
A NES/Famicom foi a consola de maior sucesso comercial na sua época, ajudou a indústria dos videojogos a recuperar da grave crise de 1983, estabelecendo novos padrões que seriam seguidos pela indústria nos anos seguintes.​
É preciso ter em conta que o "crash" foi um fenómeno americano. Na Europa os computadores de casa como o Spectrum e o Amiga faziam com que a indústria continuasse "business as usual".
 

jabun

Power Member
Verdade @JDaman , mas o mercado europeu, na época, também não tinha assim grande expressão, ao contrário do americano. Daí haver tanta gente que, quando fala deste crash do outro lado do Atlântico, amplia os seus efeitos para o mercado de videojogos de todo o mundo.

E, na Europa, também foi a NES que apresentou a Nintendo aos jogadores do Velho Continente. A NES não é do "meu tempo", mas guardo a minha religiosamente! Grande consola.
 

FACE_TO_FACE

Power Member
Tive algumas consolas, joguei em muitas consolas... mas nenhuma me marcou tanto como a saudosa NES. Em 1990 foi a primeira vez que joguei, tive amigos que me emprestaram, jogar o Duck Hunt com os meus pais... boas memórias.

Á uns anos comprei uma em segunda mão a funcionar perfeitamente.
 

JDaman

Power Member
Verdade @JDaman , mas o mercado europeu, na época, também não tinha assim grande expressão, ao contrário do americano. Daí haver tanta gente que, quando fala deste crash do outro lado do Atlântico, amplia os seus efeitos para o mercado de videojogos de todo o mundo.

E, na Europa, também foi a NES que apresentou a Nintendo aos jogadores do Velho Continente. A NES não é do "meu tempo", mas guardo a minha religiosamente! Grande consola.

Eram mercados com expressões diferentes, não tanto numa dicotomia de maior-menor, mas antes de consola-computador. O europeu não tinha expressão nas consolas, mas tinha uma base de computadores domésticos muito forte. É daqui que surge a ideia do bedroom coder e dos grandes estúdios britânicos. E mesmo em consolas, julgo que a penetração da SEGA tenha sido maior que a da Nintendo por cá. Talvez a Nintendo tenha conseguido maior expressão em mercados como o alemão, mas admito não ter dados para atestar isto.
 

jabun

Power Member
A Nintendo tinha expressão interessante na Alemanha, França ou Bélgica. Mas noutros países, como em Portugal era uma autêntica desgraça (também por isso eramos uma verdadeira Segalândia na primeira metade da década de 90). Por isso sim, concordo com o @JDaman que por cá a Sega foi mais relevante no papel de "apresentar ao público o que é uma consola".

Quanto a números finais na Europa, penso que a coisa terá ficado mais ou menos ela por ela (a NES vendeu mais que a Master System e a Mega Drive mais que a SNES). A NES e a Master System terão o mérito de ter feito muitos jogadores europeus olharem para as consolas. Nos anos 90 esse mercado cresceu, enquanto os computadores como o Spectrum e o Amiga (que saudades deste...!) foram perdendo força.

Lembro-me bem de jogar NES em casa de amigos que tinham irmãos mais velho e adorar o Super Mario Bros. 3, o Kirby, Castlevania, Nintendo World Cup... Lembro-me bem de a consola estar ao preço da uva mijona no Toys R Us e de ter aplicado a tática dos "olhos de bambi" para a pedir aos meus pais. Mas já tinha uma Mega Drive. E, naquela altura, ter mais do que uma consola em casa era inconcebível.

"Já tens uma consola, para que é que queres mais uma?"
 
Nunca tive uma NES, mas a minha primeira consola foi um clone de Famicon, como muitos que existiam na altura.
Usava cartuchos de 60 pins. Os originais NES eram de 72 pins, mas com adaptador era possivel jogar os jogos de NES no clone.
Ainda hoje tenho a consola e vários jogos, alguns deles daqueles tipo 150 in 1, que na realidade tinham 3 ou 4 jogos diferentes. :D Mas um dos que tenho é 1080 in 1, com 80(!) jogos diferentes.
Muitos dos jogos eram em japonês. Nem imaginam o trabalho que era copiar passwords lol.
Foi sem dúvida a consola que mais horas joguei, era adolescente, tinha muito tempo. E posso dizer que também foi provavelmente a minha favorita de todas as que tive, ou pelo menos aquela que mais me marcou.
 

flipo

Power Member
Foi a minha primeira consola e a que mais joguei em criança e ainda hoje guardo com todos os jogos. Preciso de fazer uma pequena limpeza porque os pins já estão a ficar velhos e por vezes alguns jogos já não estão a iniciar com tanta facilidade. Chegava a deixar a consola ligada de um dia para o outro quando jogava "Super Mario 3" :002:
 

RuySan

Power Member
Tinha alguns amigos com clones de Famicom, daqueles com catrefadas de jogos, e o jogo que mais me marcou nessa época era o contra. Muitas horas joguei com amigos.

Mas ainda assim na Europa a consola sofreu por estar a anos luz do Amiga, e era sempre uma segunda escolha. E mesmo em termos de jogos tinha uma "library" muito menos interessante que o Spectrum.
 
Topo