1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Remover névoa em lightroom?

Discussão em 'Fotografia e Vídeo' iniciada por Warlord, 11 de Fevereiro de 2009. (Respostas: 57; Visualizações: 6661)

  1. Warlord

    Warlord [email protected] Member

    Alguem conhece um método para remover névoa das fotos?

    Só consigo encontrar formas de o fazer em photoshop, algumas com resultados excelentes, por exemplo:

    Passar disto:
    [​IMG]

    Para isto:
    [​IMG]

    http://www.lunacore.com/photoshop/tutorials/tut016.htm

    Mas keria para o lightroom, ja k nao tenho o photoshop :(
     
  2. ruimoura

    ruimoura Power Member

    Isso passa por mexer no equilíbrio de "pretos". Já não uso o lightrrom há algum tempo, no aperture basta mexer no "black point", ou então nos níveis, dar um ajuste nos pretos e nos intermédios.

    No Capture NX é uma coisa que leva 2 segundos a fazer, com o "Black Control Point" ...
     
  3. strobe

    strobe Moderador
    Staff Member

    Tipo assim?

    [​IMG]

    Alterado no Lr. Não vi o tutorial. O WB não está igual ao imagem post-processada que apresentaste, mas nenhum dos dois está muito correcto na minha opinião. O que faz mais diferença é o black point, que é algo que faz parte essencial do meu workflow raw.
     
    Última edição: 11 de Fevereiro de 2009
  4. Rui Marto

    Rui Marto Power Member

    Tutoriais não sei, eu faço isso da olho...

    [​IMG]
     
  5. Warlord

    Warlord [email protected] Member

    ok... ja vi k sabem fazer...agora explikem como :lol:

    um print da janela de history e se kiserem explikem kais os passos mais importantes
     
  6. Rui Marto

    Rui Marto Power Member

    Epah, como te disse, fiz a olho e por isso a janela do history está enorme. Mas acho que as coisas mais importantes são o "Blacks" (subir um pouco), o contraste (subir muito) e baixar bem a saturação do azul.
     
  7. strobe

    strobe Moderador
    Staff Member

    No meu caso:

    (tudo em develop / basic)

    WB Temp +31
    WB Tint +24
    Blacks 58
    Saturation -24

    Não está particularmente bem, foi só para exemplificar o impacto de algumas alterações simples. A versão do Rui Marto está melhor em termos de WB. Exagerou fui um bocado no contraste, no qual eu nem sequer toquei (é raríssimo tocar).
     
    Última edição: 11 de Fevereiro de 2009
  8. Warlord

    Warlord [email protected] Member

    eu costumo mecher mais no contraste do que nos blacks.

    existem outras 2 coisas k ainda nao consegui ententer:
    -se mais vale mecher no exposure ou no brightness/contrast
    -se mais vale mecher na seccao basic ou na curva

    eu sei k deve depender da situacao, nao consigo e perceber o efeito de cada uma delas e qual delas usar para conseguir o k kero.
     
  9. Rui Marto

    Rui Marto Power Member

    Eu já fiz uma vez uma curva para meter na máquina e acho que dificilmente me volto a dar ao trabalho. Por isso, por questões de simplicidade e rapidez, mexo mais na secção basic.
    Quanto à primeira pergunta, acho que são coisas diferentes, mas eu uso todos.
     
  10. strobe

    strobe Moderador
    Staff Member

    A minha filosofia em relação ao post-processamento é ser o mais leve possível, pois procuro imagens "naturais".

    Normalmente isso envolve mexer apenas nos sliders do WB (quase sempre começando com o WB picker), exposição e blacks.

    Quando há casts de cor, como é este caso, uso os sliders de ajuste de cor. Note-se que neste caso, o ajuste no slider de cor (redução da saturação de azul) corresponde simplesmente a um ajuste de WB e da saturação geral da imagem. Noutros casos é mais complicado, mas o LR faz as contas.

    Os sliders exposure, black, brightness e contrast podem ser replicados usando curvas. Se brincares um bocado com eles e olhares para o histograma podes perceber o que acontece (a forma da curva que está a ser aplicada): black puxa o histograma para a esquerda, o exposure e o brightness (q são muito parecidos) puxam o histograma para a direita, o contraste puxa para os dois lados e "esvazia" o meio (um histograma perfeitamente plano passa a ficar com duas "bossas" nos extremos). Naturalmente que as curvas dão muito mais flexibilidade que os sliders.

    O recovery também aplica uma curva "reduzindo" os highlights. É provavelmente a curva mais complexa que uso no meu workflow.

    Há n maneiras de obter o mesmo resultado. Procuro sempre: (1) menos ajustes; (2) ajustes mais intuitivos; (3) ajustes numericos que facilmente posso replicar. As curvas quando são complicadas são impossíveis de entender e quando são simples podem ser facilmente reproduzidas por sliders numéricos, dai eu praticamente nunca usar curvas.
     
  11. Usando o Lightroom

    Ora bem :).Experimenta este.Primir os dois triângulos superiores do Histograma para verificar se algo esta fora de escala.Auto WB,Exposiçao -1EV,Recovery 2,Blacks 5 k é o default do lightroom,Brightness -50 que é o inverso do default,+50 contrast,Vibrance -19,Shadows -38,Blue saturacão -88,Vignete control Amount -26 Midpoint 12
    O mais importante de facto é o Histograma e quando se tem na maquina e um dever de bom fotografo verifica-lo mais k a propria foto em si.
    Digo isto,e parafreseando um ditos populares.Quando se nota k temos algo partido da perna,mesmo k se chegue a casa e se coloque gesso,continuara sempre algo partido lol.Ou seja,à partida devemos sempre repetir uma foto quando algo ja não nos parece bem quando a tiramos.
    Saude a todos e vida boa :)
     
  12. arkannis

    arkannis Power Member

    Experimenta também aumentar o Clarity (juntamente com as outras coisas já aqui ditas), costuma ser excelente para estes casos em que as coisas não estão bem definidas.

    Isto é apenas parcialmente verdade.
    Quando se fotografa em RAW, o histograma que é mostrado não corresponde a toda a informação que foi gravada, mas sim a uma mini-jpeg que foi gravado dentro do raw para se poder visualizar na máquina. Portanto, às vezes pode-se obter melhor resultados "pseudo-rebentado" propositadamente alguns highlights, para depois os recuperar no raw.
     
  13. JPgod

    JPgod Moderador
    Staff Member

    Eu nem uso as curvas para pós-processar. Só os sliders...

    WB é raro mecher agora (até porque processo JPG's e não RAW's), do resto...
     
  14. El Gordo

    El Gordo Power Member

    Warlord,essa névoa é do tempo ou da lente??é q tenho uma sigma 70/300 q já n usava á uns anos e agora deve ter uma humida,n sei,mas tb as fotos ficam com essa névoa...quer dizer q posso a usar e depois trabalhar no photoshop??ou terei mesmo de a mandar arranjar??
     
  15. Warlord

    Warlord [email protected] Member

    akela imagem tirei de um site que tem um tutorial a ensinar como remover nevoa em photoshop. por isso embora não tenha 100% certeza, acho k é nevoa formada por condicoes atmosfericas, ate pq a imagem da ideia ter sido tirada a uma altitude elevada. (btw é a ilha da madeira)

    tenho no entanto mts fotos com aspecto semelhante, e essas sei k nao e da lente mas sim do tempo, fotos a longa distancia com tempo nublado e mt propicio para deixar as fotos assim, e tenho sempre muita dificuldade em conseguir corrigir a imagem.

    mas isso e facil de veres, tiras uma foto dentro de casa e verificas se tens nevoa...

    @Trialg: na alturas k tiras a foto o histograma de pouco te serve, pq nao ha nada k possas fazer para retirar a nevoa...a unica decisao k podes tomar e tirar ou nao a foto...
     
  16. El Gordo

    El Gordo Power Member

    Mas então a minha névoa sendo da lente,dizes q n dá para tirar com o photoshop??
     
  17. strobe

    strobe Moderador
    Staff Member

    As fotos são exemplos de um tutorial que o Warlord encontrou na net. Pela cor da névoa (azul) é o efeito da luz reflectida na poeira do ar. Depois de uma chuvada que "lavasse" o ar não haveria tanto azul. Por isso pode dizer-se que é do tempo.

    Suponho que a título de exemplo da técnica do photoshop está bem, mas quanto a mim a foto ficou condenada à partida com a captura. Reduzir os azuis à bruta (como fizemos aqui) resolve nesta composição porque não há nada de azul para além da névoa.

    A forma "correcta" de corrigir esta névoa é usando um filtro polarizador. Caso contrário, só mesmo com layers em photoshop.

    Para que humidade na lente dê este efeito a lente tem de estar visivelmente encharcada.
     
  18. El Gordo

    El Gordo Power Member

    Para que humidade na lente dê este efeito a lente tem de estar visivelmente encharcada.[/quote]

    Presumo q tenha sido humidade,mas n,n está encharcada...levei a 2 fnac 1 disse q n sabia o q seria e outro disso q dentro da lente,mas nunca apahou agua nem tem aspecto disso,agora as fotos é q ficam parecidas com akela.....
    mas se disserem q sai com o photoshop fico mais descansado pois escuso de mandar pedir 1 orcamento
     
  19. Warlord

    Warlord [email protected] Member

    epah se usas a lente manda arranjar isso...

    era o mesmo que andares a tirar retratos a uma modelo que tivesse a boca suja de comida e em vez de lhe pediras para se limpar continuares a tirar fotos para depois teres de as limpar todas em photoshop.

    perdes sempre algo com este tratamento em photoshop
     
  20. strobe

    strobe Moderador
    Staff Member

    Se postares uma imagem é mais fácil dizer qual é o problema. Pode não ter nada a ver com a lente.
     

Partilhar esta Página