1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.
  2. Consulta o Portal de Jogos da ZWAME. Notícias, Artwork, Vídeos, Análises e muito mais.

    Remover anúncio

Resident Evil 5 não sai para a Revo

Discussão em 'Nintendo' iniciada por Ak1ra, 19 de Janeiro de 2006. (Respostas: 24; Visualizações: 2436)

  1. Ak1ra

    Ak1ra Banido

    Notícia na íntegra: http://www.revo-europe.com/news.php?nid=8736

    Esta é boa...a nintendo aposta no Resident Evil 4 e agora que a saga voltou a ser "grande", tiram-lhe o jogo >(
     
  2. I_Eat_All

    I_Eat_All Plasma Beam!

    Essa foi uma das razões pelas quais o Shinji Mikami se chateou com a Capcom...

    Mas... o revo-europe está enganado... O gajo da Capcom só só disse que de momento não estava em desenvolvimento... embora seja "mau sinal" não quer dizer que não vá sair...

    Mas acho que é presiso haver pressão nesta altura, petições, etc... de qualquer maneira lembro que o Resident Evil 5 há 6 meses não estava a correr nem na Xbox 360 nem na PS3, e duvido que eles tenham a engine já a correr na PS3 (e na xbox 360 estará em fase de testes), espero bem que com os packs finais de desenvolvimento da Revo, que deverão chegar para meados de Fevereiro... eles metam as mãos à obra...

    A Capcom ultimamente pareçe estar bastante aberta a petições... Há reports de que estão a considerar... lançar o Okami na revolution, após terem sido feitas algumas petições... é que o jogo é perfeito para o comando da revo.

    Acho que é uma questão de esperar, acho que... sem duvida, a revo devia ter o jogo, a versão PS2 do RE4 na america foi um fracasso, por exemplo, até ao natal naquele território vendeu menos de 200 mil unidades... nem ao top 25 chegou, apesar de todos os esforços do ign e outros de dizer que "não havia diferença gráfica" quando de facto era gigante.

    É de lembrar que o jogo quando saiu na GC, america demorou meses a sair do top multiplataformas e vendeu mais de 1 milhão de exemplares (e continua a vender, possivelmente mais que a versão PS2)...

    A Capcom sabe que não pode ignorar este "publico".
     
  3. ToTTenTranz

    ToTTenTranz Power Member

    Sinceramente não estou muito chateado com isso...
    Com a saída do produtor das séries, dá-me ideia que o Res5 vai ser só gráficos sem nada de novo.. Diz-se que o Shinji Mikami não gostou que Capcom se vendesse à Sony e Microsoft.. o que deve ter alguma lógica.

    Como estão ambas num mercado muito mais "intenso", e sabem que a saga resident evil vende bem (não só jogos como consolas tambem), a Sony e microsoft são bem capazes de exercer pressões sobre a capcom para acabar o jogo antes de este estar feito.. (de notar que a nintendo nunca lançou um jogo que desse a sensação de estar "inacabado".. porque será?).
    E com estas pressões existe a possibilidade de o jogo não vingar bem..


    Provavelmente vai é sair um Resident Evil: [insira o nome para uma side story], feito a pensar no comando da revolution, e se calhar até melhor que o Res5.
     
  4. Ak1ra

    Ak1ra Banido

    Para a Capcom ignorar um público, mesmo que grande, só basta a sony ou a microsoft pagarem a diferença...
     
  5. Jason Fox

    Jason Fox Power Member

    tenho pena que seja assim. Desconhecia que o produtor da saga tivesse ido abandonado a CapCom. Se querem a minha opiniao, o Resident Evil para mim foi sempre o primeiro. Foi o que mais pica me deu.
     
  6. Korben_Dallas

    Korben_Dallas Zwame Advisor

    Capcom vender-se à Microsoft? Devem estar enganados porque a Capcom para a XBOX não fez mais do que cuspir ports e dos jogos menos bons. Alguém viu Viewtiful Joe ou RE4 na XBOX? :rolleyes:

    RE5 na Revo se calhar teráo o problema da diferença de hardware... pq não fazerem um RE específico para aquele comando? Isso é q rulava.
     
  7. Sadino

    Sadino I'm cool cuz I Fold

    É uma questão de leres bem a conjugação temporal das frases. No passado não o fez, e o que o resto do pessoal está a falar é do presente, que pelos vistos provocou a saída do produtor.

    É sempre a velha questão do contéudo artístico vs a rentabilidade.
     
  8. Korben_Dallas

    Korben_Dallas Zwame Advisor

    Pérolas como o Viewtiful devem sair em todas as consolas... a Capcom n é 1st party de ninguém e vendo que o jogo não perde NADA com a passagem para outras consolas....

    Se eu fizesse um jogão como aquele gostava que estivesse acessível ao máx nº possível de gamers. Claro que quem faz um "God of War" ou um "Halo" não tem escolha mas a Capcom pode portar os jogos sim! Desde quando é que isso é "venderem-se"?
     
  9. Sadino

    Sadino I'm cool cuz I Fold

    O teu primeiro parágrafo sendo verdade e com o qual concordo plenamente como consumidor não tem nada a ver com o assunto.

    Relativamente ao "vender-se", tem a ver com o facto de ter dito que esses jogos seriam exclusivos para a GC e depois dar o dito por não dito e no fim lançar para a PS2. Penso que nenhum deles saiu para a xbox. Não estou a dizer que não o devam fazer, mas que não digam que é exclusivo e depois não é. Pelo menos esta era a informação que eu tinha. Se estiver enganado é claro que retiro o que disse.
     
  10. Korben_Dallas

    Korben_Dallas Zwame Advisor

    Epá compreendo mas existe uma diferença entre "dizer que é exclusivo" e estar assinado num papel. Óbviamente que ainda existem (?) coisas com a "palavra" e tal entre empresas o que existe são contratos e clausulas e tal.

    Se a Capcom violou algum contrato isso resolve-se nos tribunais.
     
  11. Sadino

    Sadino I'm cool cuz I Fold

    Mais uma vez tens razão no que dizes, mas penso que compreendeste o que se quis dizer com o "vender-se".
     
  12. Ridley

    Ridley Power Member

    Preocupa-me…
    Mas não demasiado, a Capcom logo que ver o potencial retorno financeiro de uma versão adaptada ao comando da Revolution não vai pensar 2 vezes.

    O produtor de Resident Evil: Deadly Silence irá fazer um jogo exclusivo para a Revolution. Será um RE exclusivo a aproveitar as capacidades únicas da consola?
    E não é o único dentro da Capcom a dar apoio a consola.
     
  13. I_Eat_All

    I_Eat_All Plasma Beam!

    Exacto... se não tivermos o RE5 temos outro a preencher, mas... era preferivel termos os 2, se realmente é mais barato até lucram mais depressa com a versão Revolution que será 10 euros mais barata (não chegará aos 70€/75€ dos jogos next gen, logo é uma situação "win-win" mesmo que venda um bocadinho abaixo das outras...

    Acho que de facto é presisa pressão, se a capcom agr sente a malta a dizer: não faz mal, a gente não se importa, ficam naquela, é presiso fazer ouvir o que se quer.

    Foi só por isso que não ouvimos o mais fácil de ser dito o "não vai sair" definitivo... é sempre "de momento não" é porque haverá hipóteses, devem ainda tar a analisar terreno.
     
  14. Ak1ra

    Ak1ra Banido

    esperemos que tenhas razão I_Eat_All
     
  15. I_Eat_All

    I_Eat_All Plasma Beam!

    também eu :004:
     
  16. Voyager2000

    Voyager2000 Power Member

    Sinceramente (e desculpem o comentário) não sei porque é que se preocupam se o jogo sai na Revolution ou na X360, se provavelmente vão ter as duas consolas?

    Eu que sou biased em relação à minha Xbox 1 não me preocupo em qual os jogos vão sair, compro a que vierem a sair melhores jogos (dentro do que procuro) ou as duas. Em principio descarto a PS3, pk os jogos não me seduzem.

    Mas se a Rev vier a correr os jogos das gerações anteriores, vão ter um comprador de certeza!!!
     
  17. Ak1ra

    Ak1ra Banido

    a minha prioridade é a Revolution, agora com sorte tb posso chegar a ter uma 360....

    como fan da nintendo não posso deixar de me preocupar quando sai uma notícia destas, mesmo havendo a hipótese de chegar a ter duas consolas de nova geração
     
  18. Sadino

    Sadino I'm cool cuz I Fold

    Isto não é uma incoerência???? Numa não te preocupa os jogos, noutra preocupa-te e não compras :x2:
     
  19. Voyager2000

    Voyager2000 Power Member

    Nope, se a lista de jogos de PS3 vier a seduzir-me, compro-a. !!!

    Edit: O que quero dizer é que me preocupo com os jogos, não onde vão sair.
     
  20. I_Eat_All

    I_Eat_All Plasma Beam!

    No meu caso... provavelmente não vou comprar outra consola, o hardware é mais cáro que um jogo, pelo que dar o dinheiro por ele e depois ainda comprar os jogos é um encargo grande.

    Depois há sempre mais jogos que quero do que os que tenho... neste momento tenho 30 para a gamecube, mas a lista completa de todos os que queria ia subir para os 50/60, agora imagina essa equação com mais uma Xbox na soma, ok não eram 30 titulos... mas se calhar eram 15...

    Para mim os 150 euros que custa uma PS2 querem dizer menos 4 jogos que compro (sem contar com as promoções), uma xbox 360 então na sua versão com disco... completamente impraticável... eu já nem compro cartões de memória, só para poder comprar mais jogos, lol.

    Já comprar uma DS há uns meses custou um bocado... agora imagina suportar ainda outra consola... não tenho finanças para isso, a não ser que sacrifique o numero de jogos que compro por geração, os jogos que quero, que estão na consola de base que eu compro sempre.

    Depois é a questão de que consola te interessa mais, assim como a gamecube foi... a revolution vai ser uma optima segunda consola para muita gente, mas no meu caso é tudo o que presiso, é onde vão estar os titulos que mais quero jogar, embora a comunidade nintendo se queixe muito... as consolas nintendo foram e sempre serão compradas pelos exclusivos, e esses não faltam na gamecube, dos meus 30 titulos apenas 4 não são "only for gamecube".

    Não leves isto como "este não compra consolas de outras marcas" tenho consolas da sega, e tenho uma Psone... mas a PSone serviu muito pouco (só para RPG's) nada comparado com o que qualquer outro sistema me serviu, considerei comprar tanto uma PS2 como uma Xbox, mas no fim a vontade não foi assim tanta ao ponto de chegar a comprar.
     

Partilhar esta Página