PlayStation Rise of the Ronin (Team Ninja)

Tudo o que é anunciado exclusivo playstation tem sempre logo um hype acima da média, normal, às vezes nem sempre corresponde.

Na publicidade que dá na tv parece bom , a sony é mestra no marketing :)

Por acaso ainda não vi a publicidade na tv, mas dos videos que vi, o jogo parece estar engraçado.
Nas reviews que vi, parece que há um certo consenso em que a Team Ninja arriscou um mundo aberto e de um modo geral esteve bem.
Mas claro não tendo experiência neste tipo de jogos algumas coisas não estiveram tão boas.
Mas ainda assim parece ser um bom jogo, fez me lembrar uma salganhada de AC Ghost of Tsushima e RDR.
 
Sou só eu que acha as animações horriveis?



Deixo estes 2 jogos que já têm muitos muitos anos mas com uma fisica de combate MUITO superior. Os corpos reagem ao embate, às espadas, ao partir braços, ao corte de cabeças....Às vezes surpreende-me como é que conseguimos regredir tanto e o pessoal continua a ir para as lojas a correr comprar.
 
Última edição:
Sou só eu que acha as animações horriveis?



Deixo estes 2 jogos que já têm muitos muitos anos mas com uma fisica de combate MUITO superior. Os corpos reagem ao embate, às espadas, ao partir braços, ao corte de cabeças....Às vezes surpreende-me como é que conseguimos regredir tanto e o pessoal continua a ir para as lojas a correr comprar.

Sem dúvida bons exemplos, infelizmente vamos ter sempre disto nesta indústria, jogos que parecem que foram feitos para gens mais antigas e mesmo assim a nível mediano comparado a muitos outros que saíram nessa altura
 
Tirando a câmara na terceira pessoa, não sei o que é que esses dois jogos têm em comum com o Rise of the Ronin em termos de combate. Aliás, nem sequer pertencem ao mesmo género de jogo. Nenhum inimigo neste jogo vai atacar à vez e ficar a olhar enquanto o protagonista faz lentamente um finisher. Mesma razão porque raramente são criticadas as animações nos soulslike (e quando são deve-se principalmente ao jank e não à animação em si). Esta conversa faz-me lembrar as críticas feitas ao Ghost of Tsushima quando foi lançado, porque alguns tinham vindo do TLOU 2.
 
Eu estou a gostar bastante do jogo.
Joguei cerca de 4h e estou agora a entrar na cidade. A coisa parece-me que vai lenta porque morri imensas vezes no prologo até apanhar o jeito ao combate, e os boss's que apanhei até agora também todos me mataram algumas vezes também, mas estou a gostar do desafio.
 
Tirando a câmara na terceira pessoa, não sei o que é que esses dois jogos têm em comum com o Rise of the Ronin em termos de combate. Aliás, nem sequer pertencem ao mesmo género de jogo. Nenhum inimigo neste jogo vai atacar à vez e ficar a olhar enquanto o protagonista faz lentamente um finisher. Mesma razão porque raramente são criticadas as animações nos soulslike (e quando são deve-se principalmente ao jank e não à animação em si). Esta conversa faz-me lembrar as críticas feitas ao Ghost of Tsushima quando foi lançado, porque alguns tinham vindo do TLOU 2.

É isso mesmo. As animações destes jogos nipónicos são normalmente "jank". Não estão bem feitas pronto.
 
É isso mesmo. As animações destes jogos nipónicos são normalmente "jank". Não estão bem feitas pronto.

Não, as animações nos soulslike dão prioridade à fluidez em detrimento do detalhe. Não tem qualquer nexo comparar as animações deste tipo de jogos com as animações de jogos de ação, principalmente daqueles que têm uma componente rítmica. Como disse, nos soulslike, seja neste, no Elden Ring, Bloodborne, The Surge 2 (que não é japonês) ou outro qualquer, nenhum inimigo vai ficar especado a olhar o teu boneco a fazer um finisher. Não, em vez disso, vão todos para cima de ti ao mesmo tempo. Nestas situações, o que queres é rapidez de resposta e não ficar preso numa animação super realista.
 
Última edição:
Não, as animações nos soulslike dão prioridade à fluidez em detrimento do detalhe. Não tem qualquer nexo comparar as animações deste tipo de jogos com as animações de jogos de ação, principalmente daqueles que têm uma componente rítmica. Como disse, nos soulslike, seja neste, no Elden Ring, Bloodborne, The Surge 2 (que não é japonês) ou outro qualquer, nenhum inimigo vai ficar especado a olhar o teu boneco a fazer um finisher. Não, em vez disso, vão todos para cima de ti ao mesmo tempo. Nestas situações, o que queres é rapidez de resposta e não ficar preso numa animação super realista.
Faz sentido o que dizes, contudo as animações nos Nioh (e até no Wo Long) são superiores a este.
 
Estive a ver o vídeo de gameplay do Ric Fazeres e é um jogo que faz lembrar o Ghost of Tsushima. Só que me parece inferior, tanto a nível gráfico como de fluidez.
Se fosse um jogo que tivesse saído antes do Tsushima...mas a fasquia depois deste está muito alta. Deve ser um bom jogo mesmo assim, com ideias RPG e estilo á Nioh.
 
Estive a ver o vídeo de gameplay do Ric Fazeres e é um jogo que faz lembrar o Ghost of Tsushima. Só que me parece inferior, tanto a nível gráfico como de fluidez.
Se fosse um jogo que tivesse saído antes do Tsushima...mas a fasquia depois deste está muito alta. Deve ser um bom jogo mesmo assim, com ideias RPG e estilo á Nioh.
x2

Depois do que vi diminuiu a minha vontade de o jogar. Mais lá para a frente, quando surgir a oportunidade, pego nele.
 
A malta que compara este jogo com Ghost of Tsushima e Assassin's Creed, e até ao ponto de meter o Read Dead (lol) pelo meio, jogaram realmente os jogos da Team Ninja até agora? Especialmente Nioh, porque este Ronin é literalmente um Nioh em open world com um setting diferente, que está longe de ser qualquer um dos jogos comparados, não faz sentido sequer, são jogos diferentes.

O jogo está porreiro, não deslumbra, mas para quem gosta de desafio e aprecia os soulslike da Team Ninja, acho que não tem por onde não gostar... Movimentos e combates rápidos, com bastantes combos, boa personalização, entre outros.

Para finalizar , dispensava completamente o open world devido a já estar saturado disso, mas felizmente a mobilidade não é problema e o mapa não está encharcado de entulho só porque sim, torna a coisa menos saturante.
 
Última edição:
tópico quase morto.....jogo terminado a 100% com platina feita e posteriormente vendido.

acabei por gostar mais do que esperava, no entanto é inferior aos Nioh e Wo Long por causa da baixa dificuldade (mesmo tendo em conta que existe o modo midnight).

em termos de rpg\personagens está aceitável comparado com os outros, agora a parte open world torna-se muito repetitivo sem grande interesse é uma checklist basicamente.

agora voltar ao Dragons Dogma 2 antes de chegar o Stellar Blade.
 
Merece, o jogo foi bastante criticado nas reviews, mas e basicamente um nioh open world (sem a parte da fantasia)
 
Última edição:
Pensei que fosse claro, mas pelos vistos não. É claro que é referente a launch align e, por razões óbvias, não inclui jogos feitos para a Nintendo. Abrange apenas IPs pertencentes à Koei Tecmo.
 
Back
Topo