1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Samsung: Blu-ray has 5 Years Left, OLED HD on the Way

Discussão em 'Novidades Hardware PC' iniciada por V3ctor, 11 de Setembro de 2008. (Respostas: 48; Visualizações: 4607)

  1. V3ctor

    V3ctor Moderador
    Staff Member

    "Andy Griffiths, director of consumer electronics at Samsung forsees a short future for Blu-ray

    Blu-ray has 5 years left before it is replaced by a new technology or format according to Samsung. Andy Griffiths, director of consumer electronics at Samsung UK told gadget news site Pocket-lint "I think it [Blu-ray] has 5 years left, I certainly wouldn't give it 10".

    Griffiths believes that 2008 will be the Blu-ray format's prime year. "It's going to be huge", he told Pocket-lint. "We are heavily back-ordered at the moment." With the move to offer cheaper players and one clear choice following the Blu-ray/HD DVD battle, Griffiths says the format will be a short term winner.

    In the article, Griffiths also mentions that Samsung is putting its faith in its OLED HD technology. The new technology is almost ready, but is being held back by high manufacturing costs. "We will launch the OLED technology when it's at a price that will be appealing to the consumer, unfortunately that's not yet."

    Griffiths, predicts by 2010 OLED technology will become mainstream and that it will replace LCD. "It's gonna be big, but at the moment it's a great story, not commercial, product," said Griffiths

    Samsung previewed two OLED screen televisions at IFA in Berlin earlier in the month, introducing larger models than Sony. Coming in at 14-inch and 31-inch models, the screens are incredibly thin, and produce vivid contrasts and colors. Sony settled for second place with 9-inch and 27-inch models.

    Griffiths believes a completely HD future is around the corner, "In 2012 we will be in a true HD world. Everything from your television to your camcorder will be offering you pictures in high-definition, and we plan to offer you that HD world from all angles." From Griffiths’ perspective, this future may not include Blu-ray.

    Fonte: Dailytech

    Caso esteja aqui mal... apaga :D
     
  2. Zoo TV

    Zoo TV Power Member


    Se em 2010 os écrans OLED já forem mainstream então se calhar vou esquecer a compra do meu plasma este ano e esperar um pouco mais, pois já estamos a poucos meses de 2009 e 2010 chega num instantinho.

    Nada que custe a esperar, caso valha a pena.

    Cumps :)
     
  3. enigma2002

    enigma2002 Banido

    esperar 2 anos :lol: assim nunca irás comprar nada
     
  4. timber

    timber Zwame Advisor

    Esta notícia não tem jeito nenhum

    Começa a falar em Blu-Rays e acaba em OLEDs e chega-se ao fim e não se percebe bem porque é que se falou de BRs em primeiro lugar
     
  5. JG10

    JG10 Power Member

    Depois os OLEDS vêm a preços elevadissimos...
     
  6. Nope

    Nope Power Member

    Apesar de ser um pouco confusa a noticia, penso que se calhar o BR não terá uma vida tão longa como tem e continua a ter o DVD, isto porque a nível de armazenamento de dados já começa a haver discos de 1TB a preços muito acessíveis e é muito melhor guardar tudo no mesmo sitio do que andar a por e a tirar discos (DVD,BR) sempre que se quer ver alguma coisa e com a proliferação dos conteúdos HD disponíveis pela net se calhar é mais barato armazenar num disco rígido do que num BR mas, tudo a seu tempo.
     
  7. EeePc

    EeePc Power Member

    Já se sabe depois do BR são os downloads digitais, não deve haver mais formatos físicos, as 2 tecnologias devem coexistir.
     
  8. V3ctor

    V3ctor Moderador
    Staff Member

    Tb cheguei a reparar nisso agora... :D Era de manhã e eu ainda ñ estava a ler bem as notícias... lol... é uma PR stunt... mais vale encerrar a thread...
     
  9. Make.Love

    Make.Love Banido

    sim e não, existem muitas pessoas que ate preferem pagar um pouco mais.... ha quem goste de coleccionar.
     
  10. L3onheart

    L3onheart Banido

    Tipo eu. Gosto de ter uma caixa, capa e um formato físico do que ter um monto de bits e bytes num servidor sei lá eu aonde, e que em nada me garante que de um dia para o outro não deixe de estar disponível.
     
  11. JPgod

    JPgod Moderador
    Staff Member

    Partilho a opinião do L3onheart. Mas a substituit o blu-ray, que seja um formato mais resistente e pequeno. Dado que ainda deve viver os tais 5 anos, penso que dará tempo mais que suficiente para que a memória flash fiquem brutamente barata.

    Penso que daqui a 5 anos, 1 cartão de memória com 32 a 64 gb (onde cabe e sobra um BR dual e single layer) vai custar meia duzia de tostões. Idealmente seria utilizar um formato actual universal, ou seja o SD ou compact flash. Dado que seria gravados na fabrica, podem utilizar memórias ROM só para leitura, que deve ser ainda mais barato.

    As vantagens seriam óbvias. Boa resistência ao tempo, não se partem tão fácil, não riscam, não degradam tão fácil e a leitura é completamente silenciosa :D E a drive de leitura ocupa uma pequeníssima fracção do volume de 1 leitor de discos de 12 cm.

    A não ser que estejam a pensar em vídeo a 2160p e 14.2 canais (2x 7.1) e que precisem de discos de 1 tb :lol:
     
    Última edição: 11 de Setembro de 2008
  12. xetiro

    xetiro Power Member

    A previsão deste gajo não faz qualquer sentido. Afinal de contas o que é que o cú tem a ver com as calças?

    1) Eu sei que ele não mencionou nada disto, mas importa salientar até para se perceber melhor a possível longevidade do BR.

    A transição do DvD -> Blu-Ray é naturalmente mais lenta comparada com a transição da K7 -> DvD. E tem a sua lógica, na altura em que saiu o DvD não era preciso trocar de TV para benificiar da qualidade do novo formato a olhos vistos. Já a transição para o Blu-Ray implica uma transição de TV's para que se possa tirar partido da qualidade HD do BR. Como tal, o preço de transição para as massas é muito mais elevado e como tal leva mais tempo.

    2) Blu-Ray e os OLED LCD's

    Os OLED LCD's só vem benificiar o Blu-Ray como disco de alta-definição. Partindo do principio que se notará uma melhoria de contraste e imagem em ecrâs OLED, e sendo o Blu-Ray um disco de alta-definição, é de supor que se notará ainda melhor qualidade/nitidez na imagem. Ou seja, não tem nenhuma lógica associar o lançamento dos OLED LCD's com o fim do Blu-Ray, como que os discos BR deixassem de funcionar lol. Quando os OLED LCD's são apenas uma evolução, o BR continuará a ser o disco standard em alta-definição.

    3) All in HD

    Depois de não perceber a relação entre o blu-ray com o OLED, menos percebo que este gajo só conceba uma utilização all in hd com a chegada dos OLED. Quando já hoje é bastante real e possível, comprar camaras digitais em HD sejam fotográficas sejam de filmar. lol

    4) Velocidade de implementação dos OLED LCD's

    Já agora só para particularizar um pouco esta do lançamento dos OLED LCD's. Depois das grandes massas estarem a levar alguns anos a transitar das TV's clássicas para as HDTV's, e depois dos respectivos investimentos, a adesão aos OLED LCD's vai ser ainda mais lenta.

    Se olharmos para a profissão/cargo deste gajo, até se consegue perceber. Afinal de contas está já a trabalhar na promoção de um produto que vai ser importante para a sua empresa lol..
     
  13. metralha761

    metralha761 1st Folding then Sex

    Sem duvida alguma, o futuro não está nos discos mas sim nos cartuchos dos video jogos como foram lançados de inicio :P

    Penso que hoje em dia seria fácil de arranjar fabricas para produção de dispositivos rom. E a preço tão competitivo como o BR.

    A começar que a produção de memórias requerem muito menos tecnologia que as memórias flash. Um simples chip pode ser preparado para gravação única, evitando a personalização de chips, basta queimar uma célula q contenha 1 bit e passa a ser 0.

    Penso que até hoje em dia poderia interessar a muita gente ter pen usb ROM, a fim de criar backups vitalícios. Quem não compraria uma pen de 32 GB ROM por 15 eur? E seria muito mais confortável q a pilha de CDs/DVDs, com a vantagem de com um hub USB tinhamos tudo a um click.

    Hoje em dia os leitores DVD de mesa ja trazem portas USB e/ou leitor de cartões, só falta os cartões e as pens ROM pa animar a festa :)
     
  14. xetiro

    xetiro Power Member

    Seguindo o mesmo raciocinio. É de esperar que o BR daqui a 5 anos também esteja bastante acessível. Muito provavelmente mais próximo dos preços que estão os DvD's hoje em dia. E dúvido que 1 cartão de memória de 32/64Gb consiga se tornar mais barato que um disco óptico.

    Ainda por cima se for por exemplo para vender filmes gravados de fábrica, não eliminas os custos de distribuição, etc. Ou seja, dúvido que tornasses esse formato mais competitivo que o BR em produção e distribuição em massa.

    Um filme BR nos dias de hoje custa 25€. Qualquer cartão Flash com a mesma capacidade de armazenamento é mais caro que isso, e mesmo que ROM se torne mais barato tens que somar depois o conteúdo que seriam os filmes, porque as editoras querem ganhar tanto ou mais que as fabricantes.

    Mas estás a focar a coisa em termos de dispositivo de armazenamento. Não sei se já conseguirias disponibilizar 32Gb por 15€ ou não, mas mesmo ai também é de esperar que dentro de poucos tempo consigas BR a single ou dual inferiores a esse preço. Não digo isto porque o BR seja mais prático que uma PEN como dispositivo de armazenamento, mas porque uma coisa não tem que necessáriamente substituir outra.

    Existem outro tipo de utilizações a ter em conta. Por exemplo, tendo em conta que a distribuição digital não pode ser adoptada tão depressa como a solução standard, o BR como disco óptico desempenha um papel importantissimo em transitar a industria do cinema para o formato HD.

    E depois, dispositivos de armazenamento para gravação única como as PEN's ROM's que sugeres. Entre ter 10 Blu-Rays organizados e possívelmente bem identificados com capas, e ter 10 PEN's numa gaveta..humm!

    Certamente que o BR não será eterno e certamente que no futuro terão de ser encontradas outras soluções. Mas para o imediato e para curto/médio prazo, dúvido que cartões/pen's fossem melhor solução que o próprio BR, não tanto como dispositivo de armazenamento porque isso até já nos dias de hoje a malta usa PEN e cartões, mas mais como formato de filmes e de grandes backup's.
     
    Última edição: 11 de Setembro de 2008
  15. Mitch

    Mitch Banido

    vou contar-te um segredo...
    também podes ter pens guardadas dentro de caixas, com capas... 8| incrível, não é?
     
  16. JPgod

    JPgod Moderador
    Staff Member

    Se olhares na vertente "BR-R", es capaz de ter razão. Mas tás a ver a vertente ilegal, aka copiar filmes :004: Mas para isso existe os discos rígidos. Daqui 5 anos 1 Tb será low end.
    E depois tamos a falar de memória ROM, aka só de leitura/só grava uma única vez. De certeza mais barato que a memória flash, que foi feita para gravar várias vezes.

    Agora num solução de vender filmes originais, o custo do cartão de 32/64 gb seria quase negligenciável. E num cartão desses até leva um pouco mais que o BR, que sempre dava para meter mais extras, filmes mais longos, menos compressão, mais faixas de audio, etc.

    Já que digo que 1920x1080 de resolução e com codecs de audio lossless (True HD e DTS Master Audio), acho que temos qualidade para 10 a 15 anos!

    E o que te impede que as "pens" venham metidas dentro de caixas com o livreto? E repara que eu não me refiro a pens, mas sim a cartões de memória! (são de construção bem mais simples, pelo simples facto que e apenas a memória ROM/flash, enquanto as pens também tem que ter controlador USB)

    E há uma série de tecnologias promissoras que prometem abaixar o custo das memórias flash/rom brutalmente. Fala-se em produção destas memórias em plástico, a fiabilidade (no que toca a ciclos de gravação) para flash pode ser malzinha, mas para ROM, desde que o material não se degrade com o tempo, é na boa ;)
     
    Última edição: 11 de Setembro de 2008
  17. Zoo TV

    Zoo TV Power Member

    Então porquê? O mundo vai acabar antes? Ninguém me avisou.

    Tb esperei 4 anos pela Xbox360 e agora já tenho 25 jogos para ela.

    Tb esperei 1 ano até sair um iPhone com 3G e agora tenho-o aqui ao meu lado (n comprei o 1º).

    Tb esperei cerca de 2 anos para os LCD's baixarem de preço e já tenho um em casa.

    Tb espero meses até os jogos baixarem de preço e depois compro-os por tuta e meia em vez de dar 70€ por cada um.

    Por isso meu caro, como vês, não só é possível esperar e comprar muita coisa, como compras melhor e mais barato.

    Além de que saber esperar é uma virtude (que infelizmente na sociedade actual poucos conseguem ter e depois andam a correr para a Deco a chorar que n têem dinheiro pra pagar as dívidas).

    Cumps.


    PS: o futuro está no Streaming e os suportes físicos (DVD, CD, BR) vão rapidamente chegar ao fim de vida, a não ser para arquivo de dados e mesmo isso não irá durar muito.
     
    Última edição: 11 de Setembro de 2008
  18. skandal

    skandal Power Member

    Zoo_TV o suporte fisico dificilmente morrerá.... pelo menos num espaço de tempo tão curto.
     
  19. L3onheart

    L3onheart Banido

    Zoo TV o suporte físico dificilmente irá morrer. As pessoas gostam de ter algo físico na sua mão. Nem que sejam cartões de memória, mas acabar com o suporte físico será muito improvável.
     
    Última edição: 11 de Setembro de 2008

Partilhar esta Página