1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Sapo ADSL VOIP

Discussão em 'PT COM' iniciada por Arrakis, 19 de Maio de 2009. (Respostas: 0; Visualizações: 568)

  1. Arrakis

    Arrakis Power Member

    Problema:

    Pagava menos de vinte euros todos os meses pelo Sapo ADSL, ligo o computador e a internet está cancelada, ligo para a assistência não me informam de qual terá sido o problema apesar de o ter perguntado e reactivam o serviço, eu caio na conversa da promoção do operador e renovo. Final do mês a factura aparece com mais de 1000 euros em Voip apesar de eu nunca ter usado o serviço.

    O sucedido:

    No primeiro contacto telefónico para assistência do Sapo ADSL, não me foi informado o motivo desse mesmo cancelamento apesar de eu o ter perguntado, em vez dessa resposta o operador apenas disse que tinha sido apenas cancelado e se o queria reactivar e que não haveria nenhum problema. De seguida o assistente do Sapo ADSL fala numa promoção e se queria um novo contrato e que apenas precisava do número de contribuinte, o que fiz ao acreditar no operador que não haveria mais nenhum problema.

    Passado 2 dias aconteceu o mesmo e a única informação adicional foi que teria a ver com o serviço Voip e que voltavam a reactivar, não me informaram de mais nada.

    Na terceira vez que me bloquearam a internet finalmente disseram que era por uso indevido do Voip, eu afirmei e continuo a afirmar que que nunca activei ou usei esse serviço e voltaram reactivar a internet.

    Da quarta fez que tive a internet bloqueada fui contactado via telefone por parte da assistência do sapo adsl para que mudasse de senha da conta e dos emails, porque
    teria a haver fraude por parte de alguém fora do pais que tinha acesso á minha conta e activado o serviço voip para números de telemóvel de origem na Europa de leste.

    Passado 3 dias fui contactado novamente pelo mesmo serviço a perguntar se tinha mudado de senhas e se alguém tinha acesso ao meu computador para ter roubado a senha da minha conta, eu disse que não e foi-me dito pela assistência que teria sido provavelmente um vírus ou trojan corrido um antivírus que roubou a senha. Aconselharam-me a correr no computador um antivírus para eliminar possíveis ameaças. No mesmo telefonema foi afirmado que me iam eliminar as facturas do serviço voip visto que tinha havido fraude e que eu não tinha activado ou usado o serviço voip. Na altura eu desconhecia a existência e valor dessas facturas pelo que fiquei surpreendido, mas algo tranquilizado pela afirmação de que a iriam anular.

    Julguei que tudo tinha acabado, mas passado duas semanas encontro na área do cliente uma factura de xxxxx.xx euros, telefono para a assistência e afirmam que o valor será rectificado para o valor normal que pago todos os meses. Sendo mesmo dito que poderia pagar este e o próximo mês na factura seguinte, com valores rectificados.

    Passados uns dias peço informação do processo por email e mudam de conversa agora já tenho de pagar e que eu é que activei e usei o serviço Voip. Volto a contactar por telefone e email a assistência SAPO ADSL e agora foi me dito que tenho de esperar por um contacto telefónico e recusam-se a dar mais informações, até hoje não recebi mais nenhum telefonema ou outro contacto.

    A assistência apenas diz que vou ser contactado e que estão a fazer esforços para resolver o problema, até agora não fui contactado, estão apenas a recusar mais explicações e a assistir o cliente, o que seria a sua função e para mim é mais uma razão para cancelamento do contrato.

    A última noticia que tenho da Portugal telecom é uma carta em que afirma que tenho que pagar, e que activei e usei o dito serviço. A isto somo uma nova factura no valor de xx.xx € , mais uma por uso de voip indevido, sendo o total de x.xxx,xx€.

    soluções:

    Provedor da Portugal Telecom - Apresentar queixa na Judiciária por crime informático

    Direcção Geral do Consumidor - mediação, meios alternativos de resolução de conflitos, como os Centros de Arbitragem de Conflitos de Consumo ou Julgados de Paz

    Com o recurso ao tribunais obviamente sempre em aberto.

    Provedor da Portugal Telecom

    Direcção Geral do Consumidor


    ANACOM

    Polícia Judiciária
     

Partilhar esta Página