Mega Drive Sega Mega Drive Flashback

Minguno

Power Member
Acho que a Sega Mini oficial sairá durante o corrente ano e acho que até dia ao fim deste mês deveremos ter noticias dela mas não tenho certezas.
A Sega deslocalizou a produção dos EUA para o Japão e estão a redesenhar o projeto da Atgames inicial com membros da equipa da primeira Mega Drive ou seja técnicos do lançamento inicial, a placa irá mudar assim como o chip de som irá ser totalmente remodelado acho que passa a ser físico também.
Acho que o mais lógico é os parceiros estarem metidos no projeto assim Tec Toy, Atgames, Analogue podem estar metidas no projeto mas não sei com certeza, Tec Toy, Atgames, Analogue e outras são na verdade parceiras da Sega uma vez que ao longo dos anos foram os que compraram Licenças à Sega para lançar produtos compatíveis.

Entretanto eu com a minha Flashback andei a cacharrear um pouco e ela mantém-se aceitável enquanto a produto em sí mas tem algumas coisas que devemos ter em conta se vamos cacharrear muito com ela.

- Qualidade das soldas em circuito é fraca, tive de soldar a minha porque um fio se soltou - de botão on/off de tanto a desmontar e montar foi ganhando folga e soltou-se o fio de conexão em ambas extremidades, a solda é muito fina.

YLYs1Matm6fT.jpg


0c7W72Hv8yzf.jpg


- Nivel software modding tem de se ter algum conhecimento - já tive de recuperar software na minha por passos de comando mal comunicados mas aprendi a dominá-la se alguém em pt tiver dúvidas com ela pode mandar mp e tento ajudar.

Mantenho a nota do produto, para mim é boa mas podia ter um preço 20 euros mais baixo ao que tenho visto, é esperar promoções e para quem tiver miudagem acho um coisa muito a ter em conta sem gastar as enormidades de consolas atuais (ajusta-se mais a pequena economia) .

Abraço.
 

Minguno

Power Member
Andei a investigar um pouco sobre a Atgames e a ouvir opiniões sobre esta nova versão.

Afinal esta empresa é mesmo Chinesa no nascimento e foi comprando licenças de porte a uso de sistemas a terceiras incluida uma chamada Firecore ou seja o Firecore não é um emulador mas sim uma empresa que tem licenças de jogos ou produção como existem outras.
A própria Tec-Toy do Brasil hoje em dia é da Atgames.

O que ocorreu com esta Mega Drive Flashback era ao que me parece um último teste à capacidade da empresa em poder fazer o produto e vendê-la com selo oficial Mega Drive, a Sega não ficou contente com o produto e provavelmente retirou as licenças à Atgames.

A Atgames tem por certo um emulador o Genesis plus GX https://segaretro.org/Genesis_Plus_GX

Tem muitas licenças incluso abertas https://opensource.org/licenses

https://www.atgames.us/pages/credits

Provavelmente então a nova Sega venha por outra via de empresas que se juntaram à Sega para a nova consola, não obstante existe muita confusão na internet - uns dizem que a Atgames é muito má e existe quem diga que tem qualidade média comparada com outras etc ... principalmente analisando esta ultima versão as opiniões costumam ser boas por parte de quem as usa mesmo, com uma média de uso de 70 % do catálogo e com um som que poderia ser melhorado a consola tem alguns pontos fortes - comandos, adição de jogos e qualidade imagem média, o som depende do jogo nuns é mau noutros aceitável - nada como o hardware original.

Curiosamente na licença descrita no zip da página aparecem licenças de software relacionadas com Gamecube e Wii...

Para ser uma empresa Chinesa ter um trajeto de compra de licenças para produtos deste tipo parece pelo menos interessante pena que não tenham conseguido lançar melhores produtos principalmente nos modelos anteriores a esta Flashback.

Não sei se pode interessar mas andei a ouvir alguns podcasts em que falassem sobre os produtos e deixo-vos um se quiserem escutar em Espanhol - https://pt.ivoox.com/es/pixelacos-028-consolas-mini-audios-mp3_rf_30577671_1.html

Fica a informação.
Abraço.
 

Raen

Power Member
Uma coisa é o retro no geral estar caro, outra coisa é dar tanto dinheiro por uma AtGames... É que nem sequer se pode dizer que se trata de um investimento (desde quando é que as AtGames são artigos coleccionáveis desejados pela comunidade?), é mesmo dinheiro mal gasto e pouca inteligência (financeira).

As AtGames já eram caras no lançamento para a sua qualidade e para o que ofereciam, quanto mais agora com produtos oficiais (Mega Drive Mini) e não apenas licenciados, e com outras alternativas melhores e até mesmo gratuitas/open-source.

Dar tanto dinheiro por uma é cair na esparrela do mercado de retro gaming actual.
Pior ainda é dizer que o retro está caríssimo, e depois sequer considerar dar tanto dinheiro por uma AtGames que de "boa consola" tem pouco.

*colocar meme de enfiar o pau na roda da bicicleta aqui*

:facepalm:
 

Minguno

Power Member
Uma coisa é o retro no geral estar caro, outra coisa é dar tanto dinheiro por uma AtGames... É que nem sequer se pode dizer que se trata de um investimento (desde quando é que as AtGames são artigos coleccionáveis desejados pela comunidade?), é mesmo dinheiro mal gasto e pouca inteligência (financeira).

As AtGames já eram caras no lançamento para a sua qualidade e para o que ofereciam, quanto mais agora com produtos oficiais (Mega Drive Mini) e não apenas licenciados, e com outras alternativas melhores e até mesmo gratuitas/open-source.

Dar tanto dinheiro por uma é cair na esparrela do mercado de retro gaming actual.
Pior ainda é dizer que o retro está caríssimo, e depois sequer considerar dar tanto dinheiro por uma AtGames que de "boa consola" tem pouco.

*colocar meme de enfiar o pau na roda da bicicleta aqui*

:facepalm:
Hum escrevi mal, "em geral o retro está caro" - queria referir que em geral os preços tendem a subir, não me quero referir ao facto caro por preço valor momento.

Sobre a Atgames aí já deixo à consideração de cada um.

Uma coisa é o retro no geral estar caro, outra coisa é dar tanto dinheiro por uma AtGames... É que nem sequer se pode dizer que se trata de um investimento (desde quando é que as AtGames são artigos coleccionáveis desejados pela comunidade?), é mesmo dinheiro mal gasto e pouca inteligência (financeira).

As AtGames já eram caras no lançamento para a sua qualidade e para o que ofereciam, quanto mais agora com produtos oficiais (Mega Drive Mini) e não apenas licenciados, e com outras alternativas melhores e até mesmo gratuitas/open-source.

Dar tanto dinheiro por uma é cair na esparrela do mercado de retro gaming actual.
Pior ainda é dizer que o retro está caríssimo, e depois sequer considerar dar tanto dinheiro por uma AtGames que de "boa consola" tem pouco.

*colocar meme de enfiar o pau na roda da bicicleta aqui*

:facepalm:

Pois eu já voltei a perder outra não sei que se passa voam, foi o tempo de pedir fotos de uma 2018 que é o modelo com sot sd e enviar e o vendedor vendeu-a ou seja fiquei sem essa que é a melhor porque tem o sd por atualização.
Literalmente voam ou andam a preços de 120 para cima com caixa e são os modelos 2017 sem sd.

Alguns anuncios falam em 2018 no anuncio mas não são tem de se ter cuidado vendem as de 2017 como sendo as de 2018 são fácilmente confundidas e no mercado as de 2018 nem há pelo menos do que eu vi era a que eu contactei vendedor a única por segunda mão com caixa.
 

Minguno

Power Member
Agora sim consegui comprar um modelo deste modelo da Atgames UK com entrada SD Card, ao contrário do modelo Europeu extra UK esta tem serigrafia diferente e a maior vantagem de aderir jogos via externa em memória removivel SD Card.
Modelo o qual é similar a uma Tectoy 2017 no aspeto do SD Card.
Preços ainda altos, mesmo assim com caixa foi no meu caso boa compra já perdi umas 10 em leilão têm enorme procura.
Deixo foto dela onde se vê as diferenças com a versão distribuida no resto do continente Europeu.

Finalmente comprei uma !

atgames-uk.png
 
Topo