1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Será tão fácil como se pensa?

Discussão em 'Fotografia e Vídeo' iniciada por Rui Marto, 11 de Janeiro de 2009. (Respostas: 142; Visualizações: 8897)

  1. Rui Marto

    Rui Marto Power Member

    Bem, vamos lá então continuar... Será que as coisas são assim tão fáceis quanto parecem? Ou será que muitas vezes são as pessoas que simplificam as coisas ao extremo?
     
    Última edição: 11 de Janeiro de 2009
  2. adolfo dias

    adolfo dias Power Member

    isso da formação é relativo
    como ja disse noutro tópico n se ensina a ver. ensina-se a técnica, mas n a ver

    existe mt tipo de fotografia que apenas interessa ter bom equipamento e algumas noçoes técnicas

    se eu quiser fotografar objectos para catálogos só preciso de uma tenda de luz e equipamento decente, n preciso cá de formação da national geographic e deve ser a forma mais facil de começar no mundo da fotografia IMO
     
  3. Batmuman

    Batmuman Banido

    Claro que se ensina a ver (criativamente) e com óptimos resultados. É preciso aprender os conceitos e aplicá-los na prática inúmeras vezes. As tuas fotos podem passar de uma foto "nice" para uma foto "wow" com formação a sério em composição e design.
     
  4. Andre_pais

    Andre_pais Power Member

    A técnica é facil de aprender. Aplicar a técnica é dificil. Saber olhar, saber enquadrar, saber clicar.

    Cursos para te ensinarem stops e distancias focais é desperdício.
     
  5. Rui Marto

    Rui Marto Power Member

    Depende. Nem tudo é tão fácil assim. Há muitas técnicas que são simplificadas para o comum dos mortais, mas depois quando vais a experimentar não resulta grande coisa, porque afinal não era só isso.
    E também porque há técnicas que requerem que penses em tanta coisa, que só quando olhas para as fotos é que pensas "epah, esqueci-me disto"...
     
  6. ruimoura

    ruimoura Power Member

    Workshops, meus caros. Workshops. Já o referi antes, mas ninguém me dá ouvidos :sad:

    Aprende-se mais em 2 ou 3 bons workshops do que num ano inteiro a fazer tentativas por nós próprios e a ler dicas sabe-se lá dadas por quem na internet ...

    A aprendizagem prática é tudo, na fotografia, mas se for aprendizagem apoiada por quem sabe, os resultados são muito mais produtivos.

    E ler, ler muito ... A minha aprendizagem baseia-se nestes dois pontos. Aprendizagem prática apoiada por quem sabe (workshops dos bons) e leitura. Quem tiver o privilégio de poder tirar um bom curso de fotografia, tanto melhor.
     
    Última edição: 11 de Janeiro de 2009
  7. michael c

    michael c Power Member

    Permite-me discordar adolfo. A fotografia para catalogo é até bastante complexa de fazer, muito mais do que à primeira vista possa parecer. Para mim, é muito mais fácil fazer fotografia de reportagem do que de catalogo. Não é à toa que as fotografias para catalogo/industriais são bem pagas. É que custam muito a fazer, principalmente se quiseres resultados mesmo profissionais. Na minha opinião está mesmo muito longe de ser a melhor forma de se começar porque:

    > Precisas de investir em equipamento de iluminação que não custa propriamente 50€
    > Tens de ler muito sobre iluminação de produtos porque cada produto tem diferentes materiais que utilizam diferentes esquemas de iluminação para dar a volta. É bom saber alguns truques antes de partires para a fotografia directa. Aquilo está mesmo muito distante de ser tão básico quanto enfiar produtos numa tenda...
    > Mesmo depois de muita leitura há coisas que só consegues resolver no terreno e dificuldades que custam a superar na prática. Para se fazer sessões de produto no cliente é preciso ter já alguma prática porque senão passas vergonha de certeza.

    Resumindo, facilidade é coisa que aqui não existe porque os produtos não têm centimetros, podem ter vários metros e podem ter materiais como plásticos e vidros que reflectem. Há que ter criatividade para dar a volta. E fotografia para catalogo não tem de ser tipicamente aquela com fundo branco. Pode tambem representar produtos inseridos num ambiente. E aí, tens de ter imaginação para criar esse ambiente, usares o melhor esquema de iluminação para aquela situação e ainda ser criativo na escolha de enquadramento.

    Sinceramente, para quem quiser começar na fotografia este não me parece o melhor caminho, isto da experiência que tenho até agora...

    Cumps,
    michael c
     
  8. Rui Marto

    Rui Marto Power Member

    Ora aqui está um bom exemplo do que eu estava a dizer, sobre as coisas serem simplificadas para o comum dos mortais.

    Aparentemente fotografar produtos é meter na caixa de luz, que custa 100€ já com duas lâmpadas. Mas na realidade há coisas bastante difíceis de se fazer, tal como o michael apontou.

    Um exemplo que têm, é por exemplo conseguir estoirar um fundo, ou meter um fundo perfeitamente preto, sem que isso influencie negativamente a exposição do objecto em si.

    Outro é o exemplo que o michael deu, de se conhecer os materiais. A industria dos cristais, por exemplo, é uma industria que paga balúrdios pelas fotos de catálogo.
    A questão é que a quantidade de fotógrafos que realmente sabem fotografar cristais é mínima. E também não é uma coisa que se aprenda de um dia para o outro, nem com meia dúzia de tentativas.

    Conforme há estes dois exemplos, há muitos mais, quer a dificuldade seja gerada pelo objecto em si, quer seja gerada pelo objectivo da foto e resultado final pretendido.
     
  9. ruimoura

    ruimoura Power Member

    Ui, fotografia de catálogo implica, acima de tudo (como já foi dito) um enorme conhecimento de iluminação.

    É, possivelmente, a parte mais complexa da fotografia, a iluminação. Basta dar uma olhadela no Strobist para ter uma ideia do quanto complexo esta coisa se pode tornar :)

    Só a parte em que o pessoal que percebe muito disso faz altos esquemas em papel requer quase um curso universitário, e depois falta ter equipamento para meter as ideias em prática.

    E claro, é preciso investir duro para estas coisas ...
     
  10. adolfo dias

    adolfo dias Power Member

    lamento mas vou ter que discordar tb ctg
    sim, é obvio que n é tão fácil como poderia parecer a quem leu o meu post, mas tb n estamos a falar de catalogos de louis vuiton ou similares

    estou a falar de pequenos trabalhos como catalogos de bombas de gasolina, ou touys'r'us que uma pessoa minimamente instruida consegue fazer.

    eu n sou exemplo para ng e estou longe de ser fotografo, mas acho que consegui resultados satisfatórios (não são fabulosos) nas duas fotos do género que tenho na minha galeria e n tenho formação nenhuma nem nc tinha feito nd antes disso (nem dps)
    modestia à parte acho que consegui bem melhor do que mts catálogos.

    claro que cada produto tem a sua ciencia. fotografar perfumes é um pratico exemplo disso onde há que fazer alguns "malabarismos" para n sair uma imagem cheia de reflexos e/ou um frasco a parecer vazio
     
  11. ruimoura

    ruimoura Power Member

    :eek:

    Estou chocado com tamanha sabedoria, senhor.

    Agora a sério, isso é excelente :)
     
  12. michael c

    michael c Power Member

    Até poderíamos estar a falar de catalogos para uma pequena empresa de qualquer coisa, a dificuldade é igual acredita.

    Toys r us->Brinquedos>Plásticos>Materiais altamente reflectores? A sério, experimenta fotografar meia dúzia de brinquedos de média dimensão que tenham componentes em plástico e acrilico e vais ver a dificuldade que é fazer uma foto em condições daquilo.

    Não vou entrar por aqui porque seria individualizar a discussão em ti e isso não seria correcto. Mas posso apenas dizer-te que tanto uma como outra não seriam viáveis para catalogo porque têm erros que não têm desculpa em utilização profissional. (não leves isto a mal nem como critica) E não digo que não haja pior do que as tuas aplicadas em catalogos e em páginas web corporativas por essa net fora, mas nós devemos ter como referência os bons exemplos e não os maus exemplos.

    Isso dos frascos e por aí fora então nem se fala. Para se fazer fotografias desses produtos é desesperante, experimenta e vais ver. Por vezes nem com tutoriais da net se consegue chegar lá. É mesmo complicado.

    Cumps,
    michael c
     
    Última edição: 11 de Janeiro de 2009
  13. adolfo dias

    adolfo dias Power Member

    n tivesse eu algumas noções de fotografia e iria julgar que fotografia de catalogo é algo inatingivel para o comum mortal apos ler os teus posts.
    n era suposto centralizarmo-nos nas minhas fotos, sei que têm erros e n levo a mal nem como critica (se quiseres falar mal ou bem podes faze-lo na minha galeria) nem as tirei com o intuito de as meter em catálogos.
    nc disse que fotografia de catálogo era 1, 2, 3 já está, apenas acho que dps de desporto é o tipo de fotografia mais fácil e que n requer um curso de fisica avançada como me queres fazer crer
     
    Última edição pelo moderador: 11 de Janeiro de 2009
  14. michael c

    michael c Power Member

    Exactamente, fotografias de catalogo estão longe de ser para o comum dos mortais...foi isso mesmo que quis dizer. Eu tinha conhecimentos de fotografia quando comecei a meter-me nisso e mesmo com o equipamento certo e com muitas horas de auto-formação os primeiros resultados foram decepcionantes...nem quero imaginar se fosse comecar por ali, o mais provável era esquecer a fotografia e colocar o material que tinha à venda no mesmo dia.

    Aqui, mais uma vez tenho de discordar. Quanto ao desporto não sei porque não é um estilo em que tenha experiência e prática e não é meu hábito falar sobre o que não sei ou sobre algo com que ainda não tive contacto. Mas a fotografia de catalogo está mesmo muito longe de ser simples. Arriscaria alias em dizer que deve ser dos estilos mais complicados de dominar que existem. Um pequeno exemplo de algo que parece simples...vejam o que foi preciso para lá chegar e depois digam se é assim tão simples.

    Cumps,
    michael c
     
    Última edição: 11 de Janeiro de 2009
  15. Rui Marto

    Rui Marto Power Member

    "Photography is all about problem solving. The more knowledge you have about different methodologies of photography, the better and easier you're going to be able to solve those problems".
    (Fotografia é praticamente resolver problemas. Quantos mais conhecimentos tiver sobre diferentes metedologias de fotografia, melhor e mais facilmente vai conseguir resolver esses problemas.)

    Ora ai está uma grande verdade.

    Não creio que as coisas sejam extremamente dificeis, mas acho que uma boa foto (neste caso de catálogo), para alguém sem conhecimentos, mais facilmente se revela impossível do que praticável.

    O que acontece é sobre-simplificação das coisas. E acontece em vários estilos fotográficos, principalmente quando ainda não tentámos, ou quando não temos requisitos mínimos suficientemente altos.
     
  16. michael c

    michael c Power Member

    Mais directo que isto era impossivel e fica tambem aqui desfeita a dúvida em relação à importância da formação e da prática que esta área em especifico da fotografia requer.

    Precisamente o que queria dizer. Não é que seja extremamente dificil mas é dificil, isso sem qualquer dúvida. Se fosse fácil andava tudo a fazer fotografia para catalogo, até porque é um serviço bem pago...

    Exactamente. E quando somos clientes os nossos requesitos são sempre altos. O bom não basta, seja o cliente qual for, as pessoas querem resultados profissionais e de excelência. É para isso que pagam e pouco importam os nossos requisitos, interessam é os do cliente. Nós até podemos pretender vender uma foto menos boa, mas se o cliente quiser uma excelente temos de nos dar ao trabalho de a fazer, independentemente de querermos fazer a fotografia boa ou não...

    Cumps,
    michael c
     
  17. adolfo dias

    adolfo dias Power Member

    ok, então é melhor retirar-me da fotografia, pq tv nc consiga fazer nada parecido sem um certificado da nasa :rolleyes:

    obviamente que os primeiros resultados são decepcionantes, seja para quem for e sobre o que for. ng nasce um picasso da fotografia
    estares a dizer que um gajo com um equipamento de estudio e uma máquina jeitosa n consegue lá chegar através da persistencia (e umas qts leituras), lamento, mas n concordo

    esse exemplo do relogio é prova disso. o gajo limitou-se a por um relogio debaixo duma fonte de luz (que qq um tem acesso) e fotografar.
    n ficou 100%, fez-se um remendo que alguem com um QI de 2 digitos poderia fazer
    usar um polarizador? se quem pensa em fazer fotografia de estudio n sabe o que é um polarizador então n sei...

    n vamos fazer de conta que isto é só para alguns tocados pela mão de deus.
    dd que haja vontade e persistencia qq um consegue fazer uma foto daquelas

    relativamente a desporto, sim considero o mais facil de fazer, o que n invalida que saiam de lá grandes fotos
    apenas é necessário BOM equipamento e alguma dose de sorte. que me desculpem os que fazem fotografia de desporto, mas n fazem nd que um macaco e uma máquina em burst n fizessem
     
  18. Rui Marto

    Rui Marto Power Member

    "E umas quantas leituras" não acaba por ser formação na mesma? Auto-didacta, é certo, mas é. Não te limitas a pegar no equipamento, pensar "ah e tal isto deve ser assim"...

    Voltamos ao mesmo. Tu sabes o que é um polarizador porque foste aprender em algum lado. Se não tivesses lido em algum lado, nem tão pouco farias ideia de que isso existe, para que serve e como se usa. Lembra-te que há pessoas que nem sabem montar um filtro, quanto mais usar um polarizador.

    E voltando à questão da simplificação, muita gente sabe que se pode usar um polarizador. Quantas pessoas saberão quantos polarizadores se podem usar no máximo? Para certos tipos de fotos não será preciso mais do que um? Quais?

    Os primeiros resultados são decepcionantes seja para quem for? Será? Será que mesmo que tenhas uma boa formação antes, a primeira vez que lá vais tens resultados decepcionantes?
    E quando falas em persistência, não estás na mesma a incluir a formação, seja de que tipo for? (sites, livros, revistas...)
     
  19. michael c

    michael c Power Member

    Não é isso que está em causa nem ninguem insinuou que precisavas de um certificado da nasa para o fazer. Apenas te dizem a verdade, é um estilo dificil e não sou só eu a dizê-lo. Já houve mais gente neste tópico a fazê-lo.

    Sim. Consegues com muita persistência chegar a bons resultados . Mas adolfo, vai lá para uma sessão onde tens 200 produtos para fotografar num dia e vais lendo e experimentando ao mesmo tempo porque cada produto é um caso diferente. Depois ao final do dia diz-me quantos fotografaste. Ninguem disse que não chegavas lá, disse-te foi que era um estilo dificil. Existem tantos esquemas de iluminação e produtos que por vezes exigem várias fontes de luz e uma dúzia de reflectores que se não tiveres noção e bastante prática é suicidio pensar encarar isso profissionalmente porque uma coisa é tirar fotos em casa sem stress nenhum e outro completmente diferente é ires às cegas para um cliente e num dia fazeres uma série de coisas, algumas delas que nem tinhas inicialmente previstas.

    Mais uma vez, as coisas não são tão simples assim. Tens acesso a uma fonte de luz de 5500K? Com força suficiente para dares um F11 ou F16 para todo o produto ficar focado e depois poder ser recortado e aplicado nas mais diversas situações? Hmmmm, mais uma vez acho que estás a levar as coisas para um campo da simplicidade extrema. Por vezes temos de nos debater com as situações para conseguirmos perceber o quão dificeis são na realidade.

    Não se trata de ser tocado pela mão de Deus. Faz uma experiência se quiseres. Agarra numa garrafa e faz uma fotografia para catalogo com fundo branco. Uma garrafa do que queiras, não precisa de ser transparente. Com um cronometro mede o tempo que demoraste a chegar ao resultado que pretendias. Usa os meios que quiseres. Posta aqui depois se aceitares o desafio.

    Acho que isto é uma falta de respeito tremenda para com quem se destina a esse estilo. Ainda bem que não é o meu caso. Deduzo então que o BekasPro ou o Jamiro (só para citar dois nomes aqui do fórum) se limitem a ter bom equipamento que é colocado em burst e está a andar certo?

    Desculpa adolfo, mas se eu te faço parecer as coisas complicadas, tu por outro lado fazes com que elas parecem extremamente simples. Se fosse fácil haveria muito mais gente a ganhar € com isto...

    Cumps,
    michael c
     
    Última edição: 11 de Janeiro de 2009
  20. adolfo dias

    adolfo dias Power Member

    nc disse que o ze serrano comprava uma fz28 e ia tirar fotos ao relogio em cima do lençol

    acho que ng acorda de manha e pensa "n percebo um cu de fotografia, mas vou agarrar no tlm e fazer fotografias para o zé do talho fazer um catalogo"

    se estamos (estavamos) a falar de alguem que quer começar a fazer dinheiro com a fotografia partimos do principio que estamos a falar de alguem que sabe o que é um difusor, um polarizador e como se enrosca não? :rolleyes:
    acho que se pode concluir que no fundo qq um dos habitues daqui tem "formação" seja auto didacta ou n, agora estarem a dizer que alguem que sabe usar uma slr n consegue fotografar um brinquedo para um catalogo sem ir tirar um curso ao IADE é no minimo ridiculo n te parece?

    sim, n me parece que alguem mm formado por deus consiga fazer td à primeira e/ou sem errar um par de vezes

    eu tb nc disse que acordava de manha a saber fotografar para catalogos.
    pode ser mais dificil do que fotografar uma conferencia de imprensa, mas n considero tão dificil como tu queres que eu pense

    acho que ng no seu perfeito juizo vai começar a fotografar 200 produtos num dia n te parece?
    seria preciso ser-se um pouco idiota... "nc fotografei joias, mas vou aceitar o desafio de fotografar 200 até dps de almoço" :rolleyes"
    mantenhamos os exemplos crediveis

    se tiver dinheiro tenho acesso ao que precisar.

    aceitava o desafio se tivesse material para isso.
    tal como fiz as outras por tentativa e erro faria o mesmo com uma garrafa ou um frasco de perfume

    como poderás ver pela minha galeria ate ja "fiz" desporto, pelo que até eu me deveria sentir ofendido pelo meu comentário
    a minha postura no estoril e a dos fotografos oficiais era isso mesmo que descrevi. cada um no seu canto e qd os carros passavam *click**click**click*
    n ha mt ciencia nem mt por onde errar
     
    Última edição pelo moderador: 12 de Janeiro de 2009

Partilhar esta Página