1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Sistema Fast TCP promete turbinar a internet

Discussão em 'Dúvidas e Suporte—Internet, Redes, Segurança' iniciada por Caspanatola, 16 de Junho de 2003. (Respostas: 4; Visualizações: 1148)

  1. Caspanatola

    Caspanatola Power Member

    Cientistas do Caltech (Instituto de Tecnologia da Califórnia) desenvolveram um sistema chamado Fast TCP com a promessa de que ele terá uma conexão à internet tão rápida que o download de um filme inteiro poderá ser feito em poucos segundos e o usuário poderá acessar vídeos com alta qualidade de imagem ao vivo.

    Segundo a edição desta semana da revista "New Scientist", uma característica fundamental do Fast TCP é que ele poderia funcionar na infra-estrutura de internet que já existe.

    Protocolo

    Atualmente, todo o tráfego de dados na rede mundial adota um sistema chamado TCP, ou Transmission Control Protocol, que foi criado nos anos 70 por engenheiros da Universidade Stanford e do Pentágono (centro militar dos EUA).

    O TCP divide arquivos grandes em pequenos pacotes de 1.500 bytes cada um. Cada pacote traz os endereços do remetente e do destinatário. O remetente envia um pacote, aguarda um sinal do destinatário confirmando o recebimento e, então, envia o próximo pacote. Se não recebe uma confirmação, o remetente reenvia o mesmo pacote, mas com a metade da velocidade de transmissão anterior. O processo se repete, cada vez mais devagar, até que obtenha sucesso.

    Isso significa que pequenas interferências nas linhas de transmissão fazem o TCP ficar muito lento. Como o Fast TCP mantém o tamanho dos pacotes (1.500 bytes), os controladores de rede atualmente empregados na internet continuarão a funcionar.

    A diferença

    De acordo com a publicação, a diferença está no computador que envia os dados: com o novo sistema, ele mede o tempo que os pacotes de dados e os sinais de confirmação demoram para alcançar seus respectivos destinos. Graças a isso, o Fast TCP consegue calcular a máxima velocidade possível sem perda de dados.

    O primeiro teste prático do Fast TCP foi realizado em novembro, numa conferência sobre supercomputadores. Cientistas do Caltech, da Universidade Stanford e do Cern (laboratório suíço onde a internet gráfica foi inventada) trocaram dados entre a Califórnia e Genebra, a 10 mil km de distância, com uma velocidade de 925 Mbits (milhões de bits) por segundo. Com o TCP tradicional, a taxa atingida foi de apenas 266 Mbits por segundo.

    Acoplando dez linhas com o Fast TCP, os pesquisadores transmitiram dados a 8,6 Gbits (bilhões de bits) por segundo -mais de 6.000 vezes a velocidade de uma conexão de banda larga comum.

    A Internet 2, que é uma rede acadêmica que interliga 200 universidades em todo o mundo, usará o TCP tradicional e terá velocidade de 350 Mbits por segundo, mas poderá ser atualizada com o Fast TCP.

    A indústria de entretenimento também está analisando a nova tecnologia. O Caltech já está negociando com a Microsoft e a Disney para a adoção do sistema na transmissão de vídeo.

    [​IMG]

    Fonte: Folha de S. Paulo
     
  2. greven

    greven Folding Artist

    Quanto custará isso em Portugal?? :D Tou no gozo! Muito fixe.. se isso fosse implementado em todo o mundo era lindo... As editoras de filmes e músicas é que não achariam muita piada... :rolleyes:
     
  3. manji

    manji Power Member

    Podem ler mais aqui :cool:
     
  4. AwakE

    AwakE Banido

    "internet tão rápida que o download de um filme inteiro poderá ser feito em poucos segundos"

    Sim claro, é já. Mas esses gajos fazem alguma ideia de como funciona a rede de transporte SDH que tá por baixo do IP? Esse teste que foi feito entre a universidade e genebra devia ter ali por baixo uma ligação bem dedicada com milhares de canais, o que obviamente nao acontece em geral....tou mesmo a ver a netcabo a pagar grandes ligações para todo o mundo para usar o FAST TCP.

    Que melhore a transmissão até acredito que melhore pq toma em conta um dos problemas do TCP agora debitos como são falados em cima (filmes em segundos) sao no contexto actual um pouco absurdos. Vai la meter esses debitos em ligações que nao sejam de fibra optica e vai ver o que acontece.

    "Outra novidade recente mas mais virada para o mercado doméstico é a tecnologia eXtremeDSLMAX, desenvolvida pela Centillium, especializada na concepção de chipsets para banda larga, que, de acordo com esta companhia, é capaz de atingir velocidades de download de 50 Mbps e uploads de três Mbps, mediante o recurso a uma arquitectura de sílicio e a algoritmos avançados. A eXtremeDSLMAX suporta o sinal até sete quilómetros, embora a empresa não disponibilize mais pormenores sobre a taxa de velocidade de transferência a essa distância."

    Isto sim já é mais razoavel, mas esqueçam os filmes em 5 segundos equivalentes a uns astronomicos 140 MBytes/s= 1,12 Gbits/s

    Gostei deste comentario no gildot. O homem tem razão.

    "Excelente, com este Fast TCP vou conseguir sacar a 50Mbps pela minha linha ADSL de 512Kbps... ou melhor ainda, vamos todos poder transformar o dialup de 56Kbps em banda-larga...
    Esta notícia já era idiota quando saíu no slashdot e ainda é idiota, o que os tipos fizeram foi retirar alguma da robustez ao TCP assumindo linhas com poucos erros e perda de pacotes nada mais. Isto não vai multiplicar a velocidade das linhas... uma linha de 1Mbps vai continuar a ser de 1Mbps..."

    O TCP normal tem um comportamente (como nos ensinam na escola ;) ) simpatico. Pode nao mandar ao maximo mas no fim estatisticamente porta-se bem no contexto. Ou seja tende a respeitar o resto nao mandando ao maximo da ligação. O Fast TCP é o "chico esperto" que inunda a ligação enquanto for possivel.... Se tudo usar Fast TCP....bum!
     
    Última edição: 16 de Junho de 2003
  5. Praetor

    Praetor Power Member

    o tcp/ip actual é bastante rápido...o problema mesmo são os spammers que atrasam as telecomunicações..e acreditem que mesmo com o FTCP o spam vai existir, logo fica lento :/
     

Partilhar esta Página