1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Guia Sistemas em RAID 0; 1; 5 e 10

Discussão em 'Análises, Artigos e Guias' iniciada por PsySc0rpi0n, 6 de Janeiro de 2007. (Respostas: 141; Visualizações: 39537)

  1. PsySc0rpi0n

    PsySc0rpi0n Power Member

    Resolvi criar esta thread para tentar esclarecer os que ainda têm duvidas sobre os sistemas em RAID...

    RAID - Redundant Array of Independent Disks, ou, em português, Conjunto Redundante de Discos Independentes...
    Trata-se de um conjunto de discos interligados que podem ser usados em vários modos de funcionamento para necessidades diferentes...

    Os Sistemas RAID, entre outros menos usados e menos conhecidos, que existem são:

    .RAID 0, Disk Striping
    .RAID 1, Disk Mirroring
    .RAID 5 , Parity RAID
    .RAID 10, Disk Mirroring and Striping (ou RAID 0+1)

    Nota:
    Antes de mais nada deve saber-se que para implementação de sistemas RAID são necessários discos do mesmo tamanho, pois caso contrário será usada a área do disco menor para a implementação. Também é aconselhável a mesma velocidade para ter um melhor desempenho, senão o sistema usará o disco mais lento!




    ---RAID 0---

    Neste modo podem ligar-se dois ou mais discos de forma a criar um único volume com capacidade igual à soma das capacidades individuais de cada um. Este modo de funcionamento é o que oferece a performance mais elevada visto que a utilização de vários discos permite operações de leitura e escrita em paralelo. Este modo de funcionamento é o mais utilizado em sistemas de pequeno porte e não lhe oferece nenhum tipo de tolerância a falhas de hardware.

    Ex.: Ex. 4 Hds de 80GB = 1 de 320GB de área útil.


    Resumo RAID 0

    Vantagens: Aumento considerável de desempenho.
    Desvantagens: Se um dos discos falhar o sistema para e podem-se perder os dados de ambos os dicos.




    ---RAID 1---

    Em RAID 1 são normalmente utilizados apenas dois discos e quando grava dados para um disco é criada automaticamente uma cópia no outro. Quando está a ler dados se ocorrer um erro o sistema lê automaticamente o backup sendo por isso completamente transparente para o utilizador. Como existe redundância dos dados, este modo é o mais indicado para aplicações em que a segurança dos dados é a preocupação principal.


    Ex.: Dois Hds de 80GB em RAID 1 = 80GB de área útil.


    Resumo RAID 1

    Vantagens: Redundância, se um dos discos falharem o sistema continua funcionando.
    Desvantagens: Redução no desempenho na escrita de dados visto que o sistema escreve os dados por duas vezes, uma num dos discos e a outra no disco que serve de backup constantemente...




    ---RAID 5---


    Este modo adiciona tolerância a falhas a sistemas a funcionar em modo RAID 0 pela inclusão de informação de paridade nos dados que são gravados. Este sistema tem vantagens em relação ao RAID 1 porque não usa uma unidade apenas para backup dos dados, em vez disso grava apenas informações que podem ser utilizadas para recuperar os dados em caso de falha.


    Ex.: Se tiver 2 discos de 200Gb em RAID 1, vai ter apenas 200Gb de área útil, uma vez que um dos discos é usado para backup...
    Se usar o modo RAID 5 na mesma situação tem à sua disposição cerca de 300 GB porque são usados apenas 50% da capacidade do disco para cópias de segurança.


    Resumo RAID 5

    Vantagens: Disponobiliza mais espaço em relação ao RAID 1 porque em vez de duplicar os dados no disco de backup, ele usa apenas 50% de um dos discos para armazenar informações sobre os dados para serem usadas na recuperação dos dados.
    Desvantegens: A grande desvantagem deste sistema é que em caso de falha existe também uma degradação da performance porque o sistema terá que reconstruir os dados em vez de os ler a partir da cópia de segurança como acontece com o RAID 1.




    ---RAID 10---

    Este modo de funcionamento conjuga os dois modos indicados anteriormente (RAID 0+1): a grande capacidade e performance e a segurança dos dados.
    Neste modo são utilizados quatro discos divididos em dois grupos de dois que estão a funcionar em modo RAID 0, quando os dados são gravados para um conjunto são imediatamente copiados para o outro tal como acontece em sistemas RAID 1.


    Ex.: 2 Discos para RAID 0 e 2 Discos para RAID 1, pois como no RAID 0, dois dicos viram um só, você vai precisar de mais dois para usar o RAID1, pois esses dois vão espelhar os outros dois em RAID 0.


    Resumo RAID 10

    Vantagens: Os dados são protegidos e bom tem desempenho também.
    Desvantagens: Vai necessitar de mais discos e com isso um custo maior.


    --------------CONSTRUÇÃO--------------

    Em primeiro lugar tem que ter ideia para que quer o sistema. Se quiser um sistema que tire o máximo partido das capacidades dos seus discos e em que a segurança dos dados não é uma preocupação, então o ideal é ir para um sistema RAID 0.

    Se quiser ter o máximo de segurança possível nos seus dados e apenas dispuser de dois discos,
    a melhor opção é o RAID 1. Caso tenha hipótese de usar quatro discos, então o ideal é um sistema RAID 10.
    É claro que a sua motherboard tem que suportar RAID; de contrário, pode sempre adquirir uma placa controladora PCI RAID.
    Se estiver a construir um sistema a partir do zero tenha em atenção ao tipo de discos suportados pela motherboard ou placa.

    É lógico que os discos IDE não funcionam em controladoras SATA e vice-versa.

    Por fim, existem dois aspectos muitíssimo importantes e que de forma nenhuma deve descurar. A caixa do computador deve ter espaços para instalar os discos; não há nada pior do que discos soltos.

    Verifique se a fonte de alimentação tem fichas de energia e potência suficientes para alimentar a carga extra. Os discos rígidos, tal como a grande maioria dos componentes informáticos (processador, placas, etc.) de hoje em dia, são alimentados principalmente pela linha de 12V que sai da fonte de alimentação.

    Se já tiver muita coisa ligada dentro da sua máquina, considere a aquisição de uma fonte de alimentação mais potente ou de uma caixa que suporte a instalação de duas fontes de alimentação, como por exemplo as Stacker da Cooler Master. Um sistema de energia subdimensionado é o primeiro passo para um computador instável.


    Notas finais

    Existe a hipótese de ser necessário instalar drivers para que o Windows reconheça o seu controlador RAID. Esses drivers normalmente vêm a acompanhar a motherboard ou a placa controladora num CD ou disquete.
    Após a instalação, os controladores RAID aparecem no Gestor de Dispositivos do Windows sob o nome Dispositivos SCSI.

    Se pretender fazer uma instalação “limpa” do Windows para um sistema RAID criado usando o passo-a-passo anterior tem que fazer o seguinte:
    - Arrancar utilizando o CD do Windows
    - Nos primeiros momentos aparecerá na barra branca no fundo do ecrã a frase: “Prima F6 para instalar controladores de disco de terceiros”. Prima F6. A instalação prossegue, parando pouco depois.
    - Neste momento o sistema está à espera que seja inserida uma disquete com os drivers para o seu controlador RAID. Insira a disquete e escolha o seu controlador RAID a partir de lista que aparece.

    Se tudo correu bem, no ecrã que lhe permite escolher para que drive é que quer instalar o Windows vai aparecer o sistema RAID que criou.



    Fontes: Artigo da PCGuia e Forum GDH...
    Espero que possa ser útil a que necessitar...


    Alguns links úteis... Quem tiver mais links postem... Depois eu vou adicionando aqui...
     
    Última edição: 7 de Janeiro de 2007
  2. lfdesign

    lfdesign Power Member

    Parabéns!!!

    5 Estrelas!
     
  3. darkbullet

    darkbullet Power Member

    muito bem ;)

    estou a pensar em montar um sistema RAID0 e tenho algumas duvidas.
    se tiver 2 discos em RAID0 de 160Gs, o meu sistema operativo vai reconhecer apenas um disco de 320Gs certo? e nesse disco de 320Gs poderei dividi-lo em partições mesmo com RAID0?

    obrigado pela ajuda
     
  4. brock

    brock Folding Member

    Tinha uma noção acerca das características dos discos mas de facto desconhecia algumas potencialidades de alguns Raid's.
    Sinceramente muito bom bastante informativo este artigo obrigado por partilhares connosco :)
    cump's.
     
  5. FedoraCore6

    FedoraCore6 Power Member

    Sim, podes criar várias partições como se apenas de se um disco tratasse.
     
  6. Jorge_5

    Jorge_5 Power Member

    Ta exelente...
     
  7. alakazan

    alakazan Power Member

    excelente ???
    omfg quem não souber, na pratica como montar o raid, vai ler isto e ficar completamente na mesma.

    Useless tutorial.
     
  8. brock

    brock Folding Member

    Este tutórial pelo o que percebi tem como objectivo dar noções de quais as vantagens/desvantagens de cada Raid, e penso que fez isso muito bem eu pelo menos tinha algumas duvidas e dissipei-as.
    cump's.
     
  9. APLinhares

    APLinhares OpenSource Moderator
    Staff Member

    Concordo plenamente com o brock. Está bem construído e bastante informativo.
    Aliás, que mais é preciso ? como montar foto a foto ? :wow:
     
  10. ashn0d

    ashn0d Power Member

    eu tenho uma duvida que pode ser considerado uma duvida de n00b. eu nao sei como explicar a duvida por isso vou colocar um exemplo:

    tenho 2 HDD's de 80GB cada e um de 320GB, é possivel colocar os 2 discos de 80 em raid 0 e o disco de 320gb em raid1 com esses dois?

    desde já obrigado e excelente tutorial
     
  11. greeneyes_scp

    greeneyes_scp Power Member

    ser possível é, mas como será óbvio, os tempos de escrita num raid é diferente do tempo de escrita num disco "simples", pois o raid demora menos tempo, o que iria provocar graves crises no pc, ficando ele mais lento.

    o que se poderia fazer era arranjar uma controladora, mas aqui já n sou perito nesta area.
    mas s no disco de 320Gb s criasse uma partição de 160Gb já devia d dar, no entanto o problema d instabilidade n era resolvido...
     
  12. bluei16_

    bluei16_ Banido

    O Greeneyes tem razão. Para fazeres RAID0+1 deves ter, no mínimo, 4 discos idênticos. 2 em RAID0 e dois em RAID1 para fazer o mirroring individual de cada um; para evitar problemas com as velocidades de escrita ;)
     
  13. rav3n

    rav3n Power Member

    com RAID 1 a velocidade de leitura aumenta?
     
  14. ManUtdFan

    ManUtdFan Power Member

    Excelente informação sobre o Raid, tirei todas as minhas dúvidas em relação aos raids nem sabia que exitia o Raid 10, parabens por este post! Infelizmente há sempre alguém que tem que ser do contra.
     
  15. Morpheus

    Morpheus Banido

    falso ...

    a escrita mantem os níveis de cada disco mas a leitura aumenta substancialmente visto que lê dos dois discos na mesma...
     
  16. ferpedes

    ferpedes Power Member

    Exactamente. Resumindo, consegues abrir um ficheiro em metade do tempo.
     
  17. bluei16_

    bluei16_ Banido

    Têm razão. My mistake
     
  18. CLPDJ

    CLPDJ Power Member

    eu tenho dosi maxtor sata2 de prato unico (80gb com 8 mn de cache) e estou a penar comprar mais dois.... antigamente tinha um maxtor 320gb IDE e notei uma mais o menos acentuada, agora com 4 notarei a mesma diferença?

    so de representação:

    [​IMG]
     
  19. bluei16_

    bluei16_ Banido

    Teoricamente cada disco aumenta a performance do sistema em 100%
     

Partilhar esta Página