1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.
  2. Consulta o Portal de Jogos da ZWAME. Notícias, Artwork, Vídeos, Análises e muito mais.

    Remover anúncio

Six Days in Fallujah

Discussão em 'Jogos - Discussão Geral' iniciada por bender3000, 13 de Abril de 2009. (Respostas: 27; Visualizações: 1853)

  1. [​IMG] A Konami acaba de revelar um novo jogo de acção na terceira pessoa, intitulado Six Days in Fallujah.

    Com lançamento previsto para o próximo ano, para PS3 e Xbox 360, o jogo vai debruçar-se sobre uma campanha do exército norte-americano em Bagdade, em 2004.

    “Vamos replicar uma linha temporal específica e precisa – tratam-se, literalmente, de seis dias de acção”, revelou o presidente da Atomic Games, a produtora responsável pelo desenvolvimento do jogo, que pretende fazer um retrato bastante realista da guerra.
    Devido á polémica que possa causar ainda nao se sabe se se poderá jogar com os soldados iraquianos.

    O que esperam da konami com este jogo?
    eu acho que vai ser qualquer coisa de especial vinda da konami...
     
  2. Resev

    Resev Power Member

    Para mim é de profundo mau gosto.
    Prefiro ter um conflito fictício, ou no máximo uma interpretação de eventos reais.
    Não é jogo que vá comprar.
     
  3. Craven

    Craven Power Member

    presumo que não jogues MOHAA e CoD portanto. também representam missões que se passaram na história.

    quanto a este jogo, não me revela muito interesse. já existem alternativas em bom número
     
  4. Resev

    Resev Power Member


    Repito:
    Está á tua frente, basta ler.
     
  5. Shark

    Shark Power Member


    O MOH Não tem o desembarque da normandia?
    O delta force: Black hawk down não tem o conflito da somalia como ele aconteceu?

    Qual é a diferença para este?
     
  6. Craven

    Craven Power Member


    acho que quem não leu foste tu. adiante
     
  7. BDesign

    BDesign Banido

    Bem quando houver vídeos gameplay vou estar batido para ver como está a correr o desenvolvimento. Se tiver um estilo de jogo realístico é compra certa.
     
  8. Resev

    Resev Power Member

  9. FELiYCORA

    FELiYCORA 1st Folding then Sex

    Estas cenas a mim ultrapassam-me. É só um jogo, move on. Não há filmes a retratar a realidade de muitas guerras?

    O jogo até tinha uma premissa diferente. Eram 6 dias de jogo literalmente pelo que entendi. Tinha grande potencial assim!

    Não percebo é como é que a Konami, devido a meia-dúzia de fanáticos vão deixar de lançar o jogo e perder milhões de €...
     
  10. BEKASpro

    BEKASpro Power Member

    Espero que haja uma editora forte o suficiente que pegue nisto!! Seria ridículo não lançarem o jogo por causa de "politiquices"... há tanto jogo violento por aí...
     
  11. Sengo

    Sengo Power Member

    pena os arabes nao fazerem jogos tb de guerra....ou os vietnamitas......assim sempre eram mais reais com os americanos a levarem tareia....esse sim comprava logo :D
     
  12. Rseven

    Rseven Power Member

    Konami Cancela Lançamento de Six Days in Fallujah



    Depois de uma forte contestação por parte do público, a editora japonesa Konami decidiu cancelar a publicação de Six Days en Fallujah, um jogo de tiro em primeira pessoa que estaria a ser desenvolvido pela Atomic Games.

    A Konami anunciou no inicio do mês que iria publicar o jogo baseado numa batalha que aconteceu em 2004 no Iraque, onde as forças Norte Americanas tomaram a cidade de Fallujah, mas poucas horas após o anúncio já vários órgãos de comunicação questionavam se o projecto seria apropriado, visto que a Guerra do Iraque ainda é um assunto muito recente e marcante na vida dos Norte Americanos.

    Agora, chega a confirmação da parte da editora que, pelo menos para já, o projecto não tem pernas para andar: “Depois de ver a reacção ao jogo nos Estados Unidos e ouvir as opiniões enviadas por telemóvel e e-mail, decidimos há alguns dias não o vender,” disse um porta-voz da Konami.

    “Tínhamos a intenção de transmitir a realidade da batalhas aos jogadores para que pudessem sentir como foi lá.”

    Six Days in Fallujah tinha lançamento previsto para 2010 na América Norte, mas nunca foi confirmado para o mercado Europeu




    fonte: PC Gaming
     
  13. FELiYCORA

    FELiYCORA 1st Folding then Sex

    Mas eles vão vender o jogo aos órgãos de comunicação ou aos jogadores? Sinceramente não percebo...
     
  14. BioL

    BioL Power Member

    Eu comprava..
     
  15. Darien

    Darien Power Member

    Acho que as famílias das pessoas que morreram lá não iam achar muita piada a ver isso numa montra.
     
  16. brunomiiguel

    brunomiiguel [email protected] Member

    o Hitler também nao ia gostar do call of duty.. :D
     
  17. SHZR

    SHZR Power Member

    Quem é o Hitler? Uma pessoa? ;)
     
  18. Resev

    Resev Power Member

    Pois, mas falta explicar isso (aka. o óbvio) a certas pessoas que só vem sangue á frente e cometem bardujadas incongruentes de tentar comparar a questão com um conflito que nem sequer os pais da maioria de nós tem qualquer memória dos eventos, e um ainda menor numero os que tiveram qualquer envolvimento para além de saber sobre o assunto enquanto tomavam o cafézinho da manhã na taberna do Zé Alfredo...

    E Somália?
    Deixem-me rir...
    Teve maior cobertura mediática e impacto mundial (que hoje se sente mais forte que nunca) a guerra dos 6 dias, do que todo o conflito na Somália.
    OOPS, fugiu-se-me a boca para a verdade, e sempre fica a pergunta no ar, será que esta gente sabe sequer o que foi a guerra dos 6 dias?
    Tenho sérias dúvidas... provavelmente vão pensar que são os mesmos seis dias mencionados neste jogo.....................

    Pffftt...
    Fui...
     
  19. SHZR

    SHZR Power Member

    Era para ser realista? Também mostravam a morte acidental de pessoas inocentes (chamados "danos colaterais")?
     
  20. Cartman

    Cartman Power Member

    Acho tanta piada a este tipo de posts.

    Então e os Medal of Honors, Call of Dutys e afins, não contam? Acho que nesta altura se criassem outro Carmaguedon que muita gente iria mandar vir, porque é mau para as crianças. Reparem no Brothers In Arms que é mesmo realista e foi feito com a ajuda de um soldado que esteve lá e ninguem mandou vir com o jogo.

    Ultimamente acho que o "politicamento correcto" anda a ser demais. Espero que não estrague futuros jogos que têm potencial para serem bons.
     

Partilhar esta Página