1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Slackware 10. Up and running. Ajuda nos retoques

Discussão em 'Novidades GNU/Linux & *nix World' iniciada por Metro, 12 de Julho de 2004. (Respostas: 91; Visualizações: 9837)

  1. Metro

    Metro Benevolent Dictator For Life
    Staff Member

    Estava escrito que tinha que experimentar o Slackware 10.
    Como considero que o Linux tem uma curva de aprendizagem grande tive que me render à evidencia e ir devagarinho. Para ja RH9, depois SuSE 9.0; MDK10; SuSE 9.1 e agora Slackware 10.

    As primeiras impressões são mistas:D
    Mais dificil de instalar do que qualquer uma das distros que falei, mas muuuuuiiiito mais facil do que Gentoo que ainda não consegui e que para já fica a arrefecer.
    Penso que a instalação poderia ser mais facil, nomeadamente haver uma opção de efectuar as partições de uma forma default para os casos em que se pretende usar o disco todo para o slack.
    Podia ter mais um ou outro interface gráfico.
    Como a opinião geral acerca do YaST do SuSE é tão positiva e a Novel decidiu torna-la livre (recordar que o YaST é um dos motivos porque o SuSE é a pagar) pode ser que um dia destes todas as distribuições sejam assim.
    A outra queixa é o swaret. Aquilo parece ser tão bom e não faz parte do slack (pelo menos eu não o encontrei). Se viesse já instalado era excelente. Os updates são mesmo fáceis. Mas para o utilizador comum ter aquilo em modo grafico é no minimo mais chamativo.


    LINKS ÚTEIS
    Mirrors nacionais - só precisão de descarregar os dois primeiros CDs. Os CDs 3 e 4 não são necessários.
    http://glua.ua.pt/index.php?option=com_ftp&Itemid=32&subdir=pub%2Fdists%2Fslackware%2F10.0
    ftp://ftp.cprm.net/pub/slackware/slackware-10.0-iso/
    http://darkstar.ist.utl.pt/slackware/slackware-10.0-iso/


    INSTALAÇÃO
    http://www.bitbenderforums.com/vb22/showthread.php?postid=311808
    http://www.bitbenderforums.com/vb22/showthread.php?postid=313121

    The Unofficial Revised Slackware Book Project
    http://slackbook.lizella.net/

    TUTORIAL PARA LILO DUAL BOOT NO SLACKWARE presented by gnu
    http://www.interacesso.pt/~ia-mariapinto/slack-lilo.htm

    PACOTES PARA O SLACKWARE
    http://www.linuxpackages.net


    COMANDOS
    startx - Inicia <!--StartFragment -->o interface gráfico, neste caso o X.org juntamente com o window manager que tenha sido escolhido (gnome, fluxbox...)
    <!--StartFragment -->cd - <!--StartFragment -->igual ao dos mas em vez de cd.. é cd ..
    cp - copy
    <!--StartFragment -->df -m - mostra a utilização do disco em megabytes, dai o -m
    <!--StartFragment -->halt - desligar o pc
    "less" e "cat" - servem para ver fixeiros de texto sem os editar
    <!--StartFragment -->#less /proc/cpuinfo - informação sobre o cpu
    <!--StartFragment -->ls - é igual ao dir
    ln -s - para criar um link simbolico,
    <!--StartFragment -->#lspci - informação sobre placas no bus agp e pci e sobre os controladores usb
    mv - move
    pkgtool - dá para alterar o windows manager entre muitas outras coisas. Só acessivel como root
    <!--StartFragment -->/proc - <!--StartFragment -->é uma directoria virtual criada em tempo real sobre informações de hardware exprimentem explora-la
    <!--StartFragment -->rm -r /nome_da_directoria<!--StartFragment --> - remove directorias e tudo que esteja por traz delas o -r significa recursivo "rm" simples serve para apagar ficheiros
    shutdown -h now - desligar o pc
    shutdown -r now - fazer restart
    su - alternar para root
    <!--StartFragment -->top - mostra informações sobre a memoria e cpu usados.

    Todos os comandos por ordem alfabética
    http://www.linuxdevcenter.com/linux/cmd/


    Série de artigos sobre o uso do slack como desktop. Estão feitos para o slack 9.1 mas o principal é igual.
    Penso que serão seis artigos no total:

    1º - http://www.ofb.biz/modules.php?name...article&sid=315
    2º - http://www.ofb.biz/modules.php?name...article&sid=317

    REVIEW

    http://www.ilug-cal.org/slackrev/slackware10-review.html


    Pedia a todos os que quisessem para dar uma ajuda e corrigir o que está errado neste post.
    Vamos tentar criar um tutorial mais ou menos organizado. Façam quote deste post e corrijam o que acharem melhor e depois eu vou alterando aqui para irmos melhorando isto.
     
    Última edição: 19 de Julho de 2004
  2. gnu

    gnu Power Member

    rato com wheel -> #joe /etc/X11/xorg.conf
    /xorg.conf/
    Section "InputDevice"

    Identifier "Mouse1"
    Driver "mouse"
    Option "Protocol" "IMPS/2"
    Option "Device" "/dev/psaux"
    Option "Emulate3Button" "off"
    Option "Buttons" "5"
    Option "ZAxisMapping" "4 5"
    Option "Resolution" "256"
    EndSection
    /xorg.conf/
    para salvar ctrl K+X
    o ^ indica a tecla ctrl como vais reparar no ecra
    podes mudar a resolução para a do teu rato, se não der deixa tar a 256

    para desligar tens de fazer
    #modprobe apm <- para carregar o driver do APM
    #halt
    ou então
    #shutdown -h now
    se tiveres escolhido o kernel com acpi (e a board suportar o acpi correctamente) não precisas do driver apm
    o método seguro é apm ..

    edit : podes adicionar o #modprobe apm ao fixeiro /etc/rc.d/rc.S que é como o "startup" do slackware ... n adiciones é o #halt :lol:
     
    Última edição: 12 de Julho de 2004
  3. gnu

    gnu Power Member

    quanto á cena do xorg.conf
    Option "Device" "/dev/psaux" <- é /dev/mouse
    Option "Protocol" "IMPS/2" <- se não der tenta PS/2
     
  4. gnu

    gnu Power Member

    não precizas de nenhum allias para desligar
    escreve só "halt" e vais ver que funciona
    se tiveres no gnome até o podes fazer com um click

    para pores o XFCE é só ires ao pkgtool e mudares o windows manager la no setup e depois fazer "startx"
     
  5. Metro

    Metro Benevolent Dictator For Life
    Staff Member

    Estou a tentar organizar a thread para poder ser uma ajuda a quem quiser meter-se no slack.

    Tentei concentrar as coisas na primeira thread para ser mais facil de encontrar o mais importante. Pedia ao gnu e a todos os que quisessem que fossem dando mais dicas e sugestões. Vamos tentar que isto sirva para o maior numero de pessoas possivel:)

    Dito isto vamos aos problemas que tenho:
    - Como root o window manager que tenho é o KDE como metro estou com o XFCE e não consigo alterar aquilo. Volta sempre a aparecer o XFCE.
    Estou a fazer assim
    Abro uma consola:
    depois...
    su
    password (escrevo a password do root)
    pkgtool
    abre o menu
    escolho SETUP; depois mudar o windows manager (para seleccionar isto têm que clicar na tecla dos espaços) e depois altero para KDE.
    Saio; reinicio e continuo sempre no XFCE
    O que estou a fazer de errado?
    Como posso aceder ao control center no XFCE para alterar o teclado e afins?
    Não consigo perceber o XFCE.
    Depois já experimento outros window manager quando descobrir como alternar entre eles:(
    De salientar que acho esta distro boa para aprender porque tenho mais variedade do que no SuSE por exemplo. Tem KDE; Gnome; XFCE e mais uns quantos que depois adiciono aqui.

    Logo à noite vou actualizar o slack.
    Entretanto pedia tb para adicionarem mais comandos que se usam em Linux. Para os principiantes acho muito útil.
     
  6. Madril

    Madril 1st Folding then Sex

    Concordo ... eu tb tou a começar neste mundo
     
  7. Metro

    Metro Benevolent Dictator For Life
    Staff Member

    Consigo alterar o window manager mas só para o root.
    Como se faz para os users normais :rolleyes:
    Agora vou dar uma voltinha no gnome:D
     
  8. gnu

    gnu Power Member

    se não fores root não tens acesso ao #pkgtool mas podes usar o scipt que é chamado pelo pkgtool manualmente
    é só escrever #xwmconfig <- para mudar o windows manager

    mais uns comandos uteis
    #lspci <- informação sobre placas no bus agp e pci e sobre os controladores usb
    #less /proc/cpuinfo <- informação sobre o cpu
    o comando "less" e "cat" servem para ver fixeiros de texto sem os editar
    a directoria /proc é uma directoria virtual criada em tempo real sobre informações de hardware exprimentem explorala

    rm -r /nome_da_directoria <- remove directorias e tudo que esteja por traz delas o -r significa recursivo "rm" simples serve para apagar fixeiros

    cd <- igual ao dos mas em vez de cd.. é cd ..

    ls <- é igual ao dir

    df -m <- mostra a utilização do disco em megabytes, dai o -m

    top <- mostra informações sobre a memoria e cpu uzados

    ps : já conseguiste os dois monitores a funcionar metro ?
     
  9. gnu

    gnu Power Member

    startx - Iniciar o Slackware <- uma pequena correção
    não inicia o Slackware mas sim o interface gráfico, neste caso o X.org juntamente com o window manager que tenha sido escolhido (gnome, fluxbox...)
     
  10. Metro

    Metro Benevolent Dictator For Life
    Staff Member

    gnu:
    Adicionei os dados que apresentas-te nas tuas respostas ao primeiro post.
    Está a ficar mais completo.

    Quanto aos dois monitores ainda não. Tenho o slack ainda no portatil. Qaundo o instalar no meu segundo pc já testo os dois monitores.
    Tenho os dois pcs ligados por um KVM switch, ou seja a partilhar monitor, rato e teclado e tenho um segundo monitor que fica ligado ao pc que quero que tenha dual display.
    Por estar ligado o rato, monitor e teclado ao KVM não tenho tido problemas em nenhuma distro de Linux nem no XP. Espero não ter tb no Slack.
    Por agora em termos de compatibilidade de hardware a ordem por ordem decrescente é:
    XP
    SuSE
    MDK
    Vamos a ver em que lugar fica o slack. Tive os problemas do rato mas penso que foi por má configuração minha.

    Entretanto mais uma dica para quem quer instalar:
    Na instalação do slack aquando das partições meti a configuração do gentoo. Usei o fdisk para as criar porque é como está no gentoo. Pelo que me dizem o cfdisk é muito mais facil mas como nunca o usei preferi o que já conhecia.
    1ª partição de 32MB para o boot (btw o slack usa o LILO) Tenho sempre ouvido que o GRUB é melhor.
    2ª partição que é a partição swap foi à homem 1024MB:D
    3ª partição o resto do disco:)
    Não há cá dual boot que é para não estar sempre no XP.

    gnu:
    Podes por aqui como é que se instala o swaret?
    Um tutorial dava geito visto que me pareceu ser excelente e dá para actualizar tudo.
    Já agora como fazer para ter o oppenoffice; Mplayer e aMSN.
    No site que indicas-te www.linuxpackages.net ou eu não percebo muito ou aquilo tem muita coisa para a versão 9.1 mas muito pouco para o 10.0.
    Com esses três fica coberto 99% do que é preciso:)

    Quem se lembrar de mais alguma coisa é favor acrescentar para melhorar isto.
    Penso que poderiamos fazer isto para as principais distros de Linux.
    Tudo o que seja para melhorar é bom.

    Editado:

    Site do openoffice
    http://www.openoffice.org/

    Download - dá para escolher a localização do ftp
    http://download.openoffice.org/1.1.2/index.html

    Instruções de como instalar.
    http://www.openoffice.org/dev_docs/instructions.html

    Não me parece ser muit facil uma parte da instalação.

    O que não sei é se o swaret --upgrade irá buscar o oppenoffice e isto tudo é desnecessário.
    Vou esperar que alguem confirme. cof* gnu cof* :)
     
    Última edição: 12 de Julho de 2004
  11. kanguru

    kanguru [email protected] Member

    tens tb:

    ln -s -> para criar um link simbolico, pode dar jeito.

    Por exemplo eu tenho o amsn num directorio dentro da minha home, mas criei um link no /urs/local/bin/ para nao ter que ir ao directorio :)

    o amsn ah uns poucos meses para instalar era so descomprimir o amsn.tar.gz para um directorio e correr ./amsn. Agora nao sei como é. Mas deve ter na pagina explicado como se faz :)
    Não tenho agora usado slackware, instalei no portatil mas não tou a conseguir instalar os drivers da placa wireless ipw2100, da erro ao compilar, ainda na tive tempo para me dedicar a isso. Alguem sabe o k pode ser? será que é preciso a source do kernel? o slack na costuma trazer a source neh? tem que se tirar da net, ou n?

    edit: penso ke o swaret instala-te isso. Seja como for o openoffice até eh facil, aquilo até tem ambiente grafico como tu gostas :P precisas é de ter suporte java, mas isso penso ke o slack ja tras :)
     
  12. Metro

    Metro Benevolent Dictator For Life
    Staff Member

    o amsn deve estar ao meu alcance:D
    o oppenoffice é um taz pelo que não vejo como tenha ambiente gráfica. Sim gosto de ambientes gráficos :lol:

    Os cds 3 e 4 penso que sejam as sources do slackware.
    Quando eu disse que não era preciso os 4 cds era porque realmente na instalação mesmo a "versão full" não pede os cds 3 e 4.

    O Gnome está muito engraçado. Estou a gostar.
     
  13. gnu

    gnu Power Member

    quanto às divisões de partições
    não é necessário uma partição /boot se usares os sistemas de fixeiros normais (ext2, ext3 ou reiserfs) na partição / (o /boot é só necessário se o kernel não suportar directamente o sistema de fixeiros da partição / )
    não é preciso 1gb de swap, o mais certo é nunca o usares. para qualquer quantidade de ram mais de 300mb é exagero. maior parte dos utilizadores podem ficar muito bem com cerca 40mb de swap

    quanto ao amsn usar o "linux installer". faz um setup igualzinho ao windows (next->next->next)
    é só fazer download e depois marcalo como executavel
    ha duas maneiras
    - chmod +x amsn_bla_bla_bla
    - no interface grafico fazer botao direito e selecionar a opção

    quanto ao swaret nada mais facil
    1 - fazer download do package
    2 - #installpkg swaret_blablabla.tgz
    depois de instalar diz la pra configurar um fixeiro de texto e isso é mesmo importante pois a versão predefenida do slackware no swaret é a 9.1 (mas isso vai ser actualizado brevemente como diz na pagina). o melhor é dar uma leitura pelo fixeiro para perceber como configurar
    existem tambem uns interfaces graficos. podem ir a www.freshmeat.net e procurar pro swaret que devem aparecer uns guis

    no cd3 e 4 tem documentação sobre o slackware e uns packages para n terem de sakar seker ... k3b por exemplo (programa para gravar cds estilo nero)

    quanto ao openoffice a instalação é igual ao windows
    tem um fixeiro que executam e depois next->next->next

    edit:
    no linuxpackages tens packages para slackware
    que os podes instalar pelo comando
    #installpkg
    exemplo:
    #installpkg nome_do_package.tgz

    mesmo os packages para o 9.1 funcionam na generalidade no 10 (até alguns para o 8.1) mas se tiveres packages especificos para o 10 convem sempre optar por estes ultimos

    sempre que tiveres packages proprios para slackware opta por eles pois são os mais faceis e que se melhor se integram
    excepçãoes é o openoffice e o aMSN que tem optimos installers e mais vale ficar pelos mesmos
     
    Última edição: 12 de Julho de 2004
  14. Metro

    Metro Benevolent Dictator For Life
    Staff Member

    Algumas coisas que escreveste foram mesmo esclarecedoras.

    1- Quanto à partição de boot.
    Por isso é que no tutorial do slack não falava nessa partição. Mas como o link que coloquei no primeiro post tem lá uma carrada de partições fiquei com duvidas apesar de lá não ver a partição de boot. Já percebi. Portanto basta fazer duas partições. Uma swap e uma de root. Certo?

    2- Quanto ao amsn
    O que quizeste dizer com marca-lo como executável. Nunca vi isso.

    3- Instalação dos packages:
    Quando dizes para instalar por
    Podemos fazer isto estando na directoria para onde o descarregamos. É assim certo?

    Em relação a isso. Para onde devemos descarregar os ficheiros?
    Para o /home/? Para outro local?
     
  15. gnu

    gnu Power Member

    1 - teoricamente até podes ter só uma tornando o swap num ficheiro na tua partição principal ... mas se tens espaço para uma partição swap à parte é o melhor porque evitas fragmentação

    2 - quanto à permissão do amsn para correr o installer
    no linux não podes correr um fixeiro antes de o marcar executavel. todos os fixeiros tem permissões conforme o utliizador "r" <- read "w" <- write "x" <- execute
    podes fazer "#man chmod" ou "#chmod --help" para veres mais informções mas o melhor é procurares um artigo sobre permissões de fixeiros em sistemas unix
    aí logo aprendes sobre como os utilizadores, grupos e administradores estão organizados com permissões diferentes no sistema

    3 - quanto ao "installpkg" faz parte dos "package tools" do slackware e tal como pkgtool só pode ser executado como root
    podes uzar o installpkg de qualquer sitio por ex:
    installpkg /disco2/programas/nome_do_pacote.tgz

    edit : o linux é um sistema realmente multi-tarefa e multi-utilizador
    exprimentem fazer "ctrl+alt+F1" do F1 ao F6 vão ver que encontram varios terminais do F6 para cima são terminais X ou seja interface grafico
    podem trocar de terminais a vontade durante qualquer tarefa no linux... mesmo que seja a full screen
     
  16. wedlled

    wedlled Power Member

    epá, eu já cá tenho o Slackware 10.0 mas tou c/ um certo receio de o instalar!
    1º eu tenho windows e cria continuar c/ ele (dual boot) e espero ke isto n vá tudo pá maneta....
    2º Tu dizes que é mais dificil de instalar pk??? é só a questão das partições???

    ==========================================================
    já agora, tentei instalar o slackware no meu pc de teste o PI onde tenho no momento o mandrake 9.1---> aparece a msg "extremely bad crash BIOS" o ke será?????
     
  17. Metro

    Metro Benevolent Dictator For Life
    Staff Member

    É mais dificil de instalar do que o SuSE e o Mandrake. Era isso que queria dizer.
    É tudoi feito em modo de texto. O SuSE é muito facil mesmo. Diria que mais facil do que o XP.
    A integração dos programas tb é melhor.
    Instalei o Open Office e ele não está tão bem integrado. (No SuSE ele já vem instalado)
    Faz um backup de tudo antes de te meteres a instalar o que quer que seja. Se correr tudo bem óptimo, senão não ficas agarrado.
     
  18. gnu

    gnu Power Member

    wedlled <- o slackware não te lixa o windows desde que saibas o que estás a fazer
    os problemas de corromper partições etc... são tipicos do mandrake ( eu que o diga :puke: ) e neste momento são causado pelo kernel 2.6 mas já antes disso havia outros problemas com o diskdrake e etc..

    quando instalares o slackware a unica coisa que pode impedir-te de arrancar para o windows é configurares mal o lilo. mas isso tem solução que é arrancar o o cd do windows xp e escrever na consola FIXMBR. isto se não tiveres conhecimentos de como reinstalar o lilo com o cd do slackware. que é relativamente facil.
     
  19. wedlled

    wedlled Power Member

    epá... por acaso n sabem de um manual que me ensine a fazer isso n???
    Assim um génro de manual do slackware (o ke está no site n me diz grande coisa) de como instalar o SO é ke o máximo ke eu sei (ke até uma crinaça de 6 anos sabe) é instalar o mandrake ke é so point-and-click!!!!

    Um tut era bem vindo :rolleyes: :rolleyes:
     
  20. gnu

    gnu Power Member

    para fazeres partições é muito facil
    partindo do principio que já tens espaço em disco livre
    escreves "cfdisk" e ele abre o disco primary master
    se for outro é "cfdisk /dev/hdX" onde o X vai de "a" a "d" de primary master, primary slave, secondary master, secondary slave etc...

    o cfdisk funciona por menus super simples
    crias uma para o sistema
    outra para o swap (depois de criar a do swap tens de mudar o tipo da partição para "swap" )
    40 a 300mb para o swap e o resto para o sistema
    depois escreves "setup"
    e é sempre a seguir pelos menus
     

Partilhar esta Página