1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Smartphones: Linux vai ultrapassar WinMobile em 2013

Discussão em 'Novidades GNU/Linux & *nix World' iniciada por APLinhares, 8 de Junho de 2008. (Respostas: 5; Visualizações: 1255)

  1. APLinhares

    APLinhares OpenSource Moderator
    Staff Member

    Fonte

    Sem dúvida uma boa previsão, com a crescente aceitação por parte dos fabricantes.
     
  2. PapiMigas

    PapiMigas Power Member

  3. Media

    Media Power Member

    Mesmo assim, gostei muito do que vi.
    Ora aqui está um excelente trabalho!
     
  4. spastikman

    spastikman Banido

    não é o WM que tem muito que evoluir, mas sim as plataformas baseadas em linux. Neste momento, essa é a realidade.
     
  5. Zero_Cool_PT

    Zero_Cool_PT What is folding?

    ahaha isso n é bem assim. Com a proliferação dos HTC's o pocket pc vai começar a evoluir e as quotas consequentemente a aumentar. Basta ver a quantidade de equipamentos que se vendem cada vez que a marca chuta um cá para fora :x2:
     
  6. madskaddie

    madskaddie Power Member

    A diferença do win-mobile para o linux (seja android ou outra plataforma qq) é o número de pessoas que desenvolvem os bichos... sendo que o(s) último(s) têm mais, com tendência para serem "muito mais" (muito, mas muito mais). E porque é que ainda não há androids? É preciso ter calma... quando começarem a sair, a coisa pode explodir, tal como a coisa anda com os "Low Cost".


    Já agora, eu nem sabia o que era um HTC (mas eu também não sou fan do tlm faz tudo, por isso não sei nada para além de: a nokia usa maemo nos tablet :004: ou que o OpenMoko acabou de ter luz verde para ir para fábrica)... enquanto, quando sairem os "androids", a coisa é para massificar (o "Zé povinho" também há de ter um... não é como os actuais win-mobile mais caros que o meu EEE). E já agora agradeço ao tio Steve, que se puser os iPhones a ~130eur, mais contrato de fidelização puxado, eu cá espero os androids a 100 eur sem o último. Se a coisa chegar andar assim (ou com preços ainda mais baixos), quero ver a ms a ter lucros...
     

Partilhar esta Página