1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.
  2. COVID-19 Mantenham-se seguros: Pratiquem distanciamento físico de 2 metros. Lavem as mãos. Fiquem em casa.
    Informação sobre COVID-19. Ajuda a combater o COVID-19 com o [email protected] e com o [email protected].
    Remover anúncio

Sony Ericsson G700 [Review]

Discussão em 'Outros Telemóveis e Tablets' iniciada por nunyx, 14 de Agosto de 2009. (Respostas: 2; Visualizações: 3116)

  1. nunyx

    nunyx Moderator
    Staff Member

    Índice:

    01. Nota inicial
    02. Caixa, acessórios
    03. Design, dimensões
    04. Ecrã
    05. Teclas
    06. Câmara
    07. Software
    08. Música
    09. Conectividade, internet
    10. Autonomia
    11. Notas finais e classificação





    01. Nota inicial

    >> O G700 é um dos últimos Symbian UIQ da :SE, e foi lançado juntamente com o G900. As diferenças entre esses dois modelos são significativas e cada modelo apresenta as suas vantagens perante o outro. Tendo isso em conta, esta não será meramente uma review de comparação, mas sim algo um pouco mais completo para que se possa perceber quais as vantagens de adquirir um ou outro modelo.


    02. Caixa, acessórios

    >> A caixa tem dimensões iguais às do G900, mas mais colorida, tirando aquela sensação de se tratar de algo mais sério.

    [​IMG]
    Caixa - Frente


    [​IMG]
    Caixa - Lateral


    [​IMG]
    Caixa - Lateral

    >> Como sempre, o interior da caixa tem mais que um compartimento, sendo o primeiro aquele que alberga o telemóvel. Por baixo encontram-se os respectivos acessórios e os manuais e CDs.

    [​IMG]
    Caixa - Dentro


    [​IMG]
    Caixa - Dentro - Acessórios


    >> Na imagem seguinte temos então (da esquerda para a direita): Manuais e CDs (com a stylus extra), fones, cabo USB, carregador e bateria. Nada de especial aqui, até porque para ser um UIQ acessível em termos de preço, era natural não ter nada de especial como uma base de carregamento/conectividade ou uns fones melhorzitos. Também não há cartão de memória incluído.

    [​IMG]
    Acessórios


    03. Design, dimensões

    >> Por incrível que pareça, mesmo tendo em conta que o G700 como que um G900 com menos funcionalidades, as dimensões e o peso são iguais ao seu "irmão". Por outro lado, o design do G700 está um pouco mais bem conseguido, na minha opinião.

    [​IMG]
    Parte frontal

    >> A parte de trás deste modelo não é completamente lisa. Apresenta ondulados que não só são um bom toque de design, como também se torna agradável ao toque. A zona da câmara também está muito bem conseguida, e tudo parece bem combinar como deve ser. Até a saída de som da coluna parece integrar-se bem.

    [​IMG]
    Parte traseira

    >> Do lado direito temos simplesmente os botões de volume e o da câmara. Já agora, reparem neste conjunto de cores que se parece muito com a versão Havana Bronze do W910i.

    [​IMG]
    Lado direito

    >> Do lado esquerdo temos o botão de bloquear o teclado, e o fast port com a entrada para o cartão de memória logo abaixo. Este é um pormenor interessante e vantajoso em relação ao G900, já que ao contrário desse, não é necessário retirar a tampa da bateria para se poder aceder ao cartão de memória. Logo ao lado temos um led semelhante ao do G900 que é muito útil quando se recebe uma SMS ou se perde uma chamada. Nesses casos ele começa a piscar, e assim não só alerta para essas situações, como permite verificar se alguma delas ocorreu sem ter que clicar em nenhum botão. Bastante prático, embora sinta um pouco de saudades do bip de alerta dos Motorola que servia o mesmo propósito.

    [​IMG]
    Lado esquerdo

    >> A parte de cima apresenta apenas o botão on/off e a parte de baixo tem somente uma ranhura para o microfone.

    [​IMG]
    Telemóvel - Cima


    >> Do lado esquerdo, em cima e um pouco mais para trás, encontra-se a stylus. Esta é de facto muito pequena conforme se pôde ver nas imagens, mas é mais que suficiente tendo em conta que o telemóvel até beneficia o uso dos dedos e não existe nada no telemóvel em que seja obrigatório o uso do touchscreen.

    [​IMG]
    Stylus no telemóvel


    [​IMG]
    Stylus em comparação com o comprimento dos manuais e CDs


    [​IMG]
    Stylus do G700 e stylus do G900


    [​IMG]
    Stylus do G700 e stylus do M600i




    04. Ecrã

    >> O ecrã tem 2.4". Sim, realmente não parece muito, principalmente se tivermos em conta que os UIQ começaram com ecrãs de 2.9" e os últimos antes do G700 e G900 tinha ecrãs de 2.6". No entanto, temos aqui um ecrã que não é "mole". O que quero dizer com isto é que os ecrãs dos outros modelos não eram sólidos como a maioria e olhando e mexendo no do G700 ninguém diria que se trata de um touchscreen, até se desbloquear o teclado. :) Já o W960i também tinha adoptado este tipo de ecrã.

    >> A desvantagem deste ecrã é apenas o facto de ser um pouco pequeno para um uso um pouco mais intensivo de internet, ou mesmo para ver vídeos. Não é que não dê, mas para esses efeitos, a minha opinião pessoal é que se deve ter um ecrã de 2.6", pelo menos. De resto, porta-se muito bem com luz directa do sol (usando temas mais claros) e responde como deve ser ao toque.

    [​IMG]
    Ecrã


    05. Teclas

    >> Não, não é a primeira vez que não se tem um teclado QWERTY num UIQ. Lembram-se do P900? :) De facto senti um pouco a falta do teclado QWERTY do M600i ou do P1i, mas também me dou bem com os teclados normais, por isso não há problema. Aliás, este é mais um dos aspectos que fazem com que este modelo pareça tão normal, quando até nem o é.

    [​IMG]
    Teclado

    >> D-pad: Aparenta ser melhor que o do G900, mas na verdade não é bem assim. O do G900 parece ser um pouco mais fácil de manusear, mesmo tendo em conta que a tecla central é um pouco mais pequena. Além disso, o do G900 ilumina-se todo, ao passo que o do G700 apenas ilumina a parte central.

    [​IMG]
    G900 e G700 - Teclados iluminados

    >> Teclado alfanumérico: Apesar de se notar que é necessário pressionar com um pouco mais de força, este parece ser mais confortável do que o do G900. A elevação das teclas é diferente, mais arredondada. Isto pode ser apenas uma questão de gosto, nada mais.

    >> Teclas de navegação: Estas são as teclas de selecção e as de retroceder e apagar. Para além destas também há as de atalho para as notas e para as mensagens. As teclas de selecção (mais junto ao ecrã) são para mim um dos pontos mais fortes deste modelo. É o primeiro UIQ que dispensa totalmente o uso do touchscreen.

    >> Outras teclas: Já foram referenciadas mais acima, mas apenas quero deixar duas notas. A tecla de fotografia é de um toque apenas já que não há autofocus neste modelo e a tecla de bloqueio encontra-se do lado esquerdo, exactamente ao contrário da do G900. Pessoalmente prefiro do lado esquerdo, já que estou habituado a essa configuração noutros UIQ, mas com a combinação "normal" de bloquear as teclas é algo que pode ser irrelevante. ;)


    06. Câmara

    >> Não testei a câmara como deve ser, mas o modo de manuseamento é exactamente igual ao do G900, com a excepção do touchfocus que não existe aqui. A vantagem de não ter que se usar o touchscreen já não se aplica neste caso, no entanto, não deixa de ser interessante tocar no ecrã para ir mudando as definições. Apenas 3MP sem autofocus é um pouco desinteressante para mim, já que a usar a câmara tenho sempre necessidade do autofocus porque geralmente fotografo objectos a curta distância...


    07. Software

    >> Tal como o G900, este modelo corre o Symbian UIQ 3.0. As diferenças são mínimas, apenas não tem autofocus nem WiFi.

    >> O menu em standby é-me bastante útil e a configuração que escolhi mantém-se a mesma há já bastante tempo. Uso sempre a lista de contactos preferidos para mandar SMS ou efectuar chamada para os números que uso mais, e o menu de atalhos permite-me aceder às definições que mais preciso no dia a dia sem ter que ir ao menu. Este sistema pré-definido é mesmo o ideal para mim, mas sinceramente acho que podiam ter mantido o "Mais" no canto superior esquerdo em conjunto com este modo, em vez de se encontrar num modo à parte, sem os menus rotativos...


    08. Música

    >> O player não tem qualquer diferença em relação ao do G900. Como já tinha referido na review do G900, é um player que se aproxima do do W960i, mas não é tão completo (o do W960i continua a ser para mim um dos melhores). O uso do touchscreen é útil para avançar ou retroceder as músicas, mas de resto, e mesmo tendo em conta que as teclas no ecrã são grandes o suficiente, todas as outras operações podem ser efectuadas com o teclado físico.

    >> Os fones incluídos são os HPM-60. No meu caso não há problema em incluir este (já muito ultrapassados) fones, porque tenho outros bem melhores, mas é pena para quem não esteja na mesma situação ter que ficar com este modelo de fones ou ter que ir à procura de outros porque de facto não são fones que permitam apreciar as músicas como deve ser. Sim, servem perfeitamente para o utilizador dito "comum", mas para outros é muito insuficiente. Eu uso-os apenas quando vou dormir porque para esse efeito têm a vantagem de não serem in-ear nem serem muitos largos, por isso não magoam.


    09. Conectividade, internet

    >> No que diz respeito à memória, este modelo tem 160MB internos e a possibilidade de expandir a memória via M2. A não-inclusão de um cartão no pacote é uma desvantagem, mas foi uma medida necessária para reduzir o custo total. Com 160MB não se passam muitos dias até ser necessário adquirir um cartão. O G700 dá-se bem com o meu cartão de 8GB e estou a pensar em arranjar um de 16GB, quando os preços forem mais decentes. Mais uma vez saliento o facto de se poder aceder ao cartão de memória sem ter que tirar a tampa da bateria. Isto é muito útil para quem troca de cartões com alguma regularidade, ou para quem usa um mini leitor de cartões USB como eu.

    >> A ausência do WiFi tira um pouco o brilho do touchscreen, mas quem necessita dessa funcionalidade, pode sempre optar pelo G900 que também tem uma câmara melhor. Quem não liga muito ao WiFi (como eu) não se importa com este facto. Tirando isto, o G700 tem 3G (não tem HSDPA) e Bluetooth 2.0 com A2DP.


    10. Autonomia

    >> A bateria usada neste modelo é a BST-33 que segundo a :SE dura 380h em standby e 12h em chamada. Claro que não consigo confirmar estes valores como deve ser, mas faço e recebo imensas chamadas por dia e mesmo assim consigo ter que o carregar apenas de 2 em 2 dias, ou por vezes menos.


    11. Notas finais e classificação

    >> Esta versão a que fiz review é a Sandy Brown. Foi extremamente difícil de arranjar, mas era exactamente este modelo com esta cor que eu queria, tanto que adquiri dois que são os que uso no meu dia a dia. Este modelo tem exactamente aquilo que eu preciso e serve perfeitamente o meu tipo de uso que é mais limitado a chamadas, mensagens, calendário e notas. A personalização no menu das notas também é bastante útil para eu perceber o que já está feito ou não (coloco a vermelho o que ainda está para fazer e a amarelo o que já está resolvido). Gostei mesmo destas notas, tanto que as prefiro ao menu de tarefas.

    >> Comparando com o G900, falta-lhe uma câmara melhor e WiFi, mas adiciona estilo e um pouco mais de funcionalidade simplesmente pelo facto de incluir mais duas teclas. Desta forma, existem 4 forma de bloquear o teclado (com o botão lateral, com a combinação "normal", com a combinação mas com o touchscreen, e simplesmente com o touchscreen).

    [​IMG]

    G700 e G900


    >> Em suma, é um telemóvel extremamente fácil de usar com boas características, um player espetacular que apenas pede um botão dedicado para o mesmo, e para quem quer algo relativamente completo mas que passe despercebido, este é o ideal.

    [​IMG]


    Classificação: 9/10
     
    Última edição: 14 de Agosto de 2009
  2. r_inoc

    r_inoc Power Member

    Nice REVIEW Nunyx! ;)

    Mais uma...:P
     
  3. Meje

    Meje Power Member

    Nunca me tinha deparado com esta review, só a encontrei numa pesquisa no google (procuro acessórios - capa e stylus extra).

    O meu telemóvel pessoal é um g700 (bronze) e estou extremamente satisfeito com ele. Custou-me pouco mais de 250 €, o que me parece uma excelente relação qualidade preço. Foi o telemóvel mais caro que comprei até oh

    Queria apenas acrescentar que considero o botão da máquina fotográfica mal conseguido. É muito saliente e está numa posição em que se toca muito facilmente por acidente. Sempre que acontece é chato porque o iniciar do software da máquina fotográfica não é imediato e interrompe o que estivermos a fazer.

    A máquina fotográfica com luz artificial é de facto fraca, mas é uma funcionalidade que utilizo muito pouco.

    O ecrã com luz forte natural por vezes é de difícil leitura.

    É um telemóvel que não foi feito para "quedas". A capa da bateria é especialmente frágil, o teclado começa a perder rapidamente a tinta nos números e o touchscreen começa a descolar-se nos cantos superiores com o tempo. Por estes motivos é que pretendia ter um conjunto completo de capas extra, mas é dificil de encontrar.

    O software, dimensões e funcionalidades compensam esta falta de robustez do telemóvel.

    Faltou referir uma funcionalidade muito útil que é a lanterna que dá muito boa luz!

    Espero ter ajudado a completar um pouco a review com a experiência de uma utilização mais prolongada.