1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.
  2. A secção Microsoft/Windows encontra-se actualmente em processo de reestruturação.
    Remover anúncio

Substitutos ao Terminal Services por menos €... são legais?

Discussão em 'Windows Desktop e Surface' iniciada por Smig, 10 de Janeiro de 2008. (Respostas: 0; Visualizações: 1118)

  1. Smig

    Smig Power Member

    A questão seguinte vem na sequencia da intenção de fazer a transição das workstations duma rede de Windows para Linux. Coube-me a mim investigar esta possibilidade já que não há experts de linux in-house.

    O maior obstáculo nesta transição é o parque de aplicações de gestão, facturação, etc, que é desenvolvido por nós e está todo em VB6. Correr estas aplicações em Linux requer sempre uma migração, quer para .NET + mono para ser mais rápido, quer para Java ou assim para ser definitivo. O problema é que, pela complexidade e quantidade dos modulos usados, qualquer uma destas soluções só é realista a muito longo prazo.

    Fui então à procura de soluções mais imediatas e voltei a minha atenção para os Terminal Services num servidor configurado para correr as aplicações e um cliente RDC qualquer no linux para aceder às tais aplicações. Enquanto pesquisava esta solução, encontrei uns programazitos que fazem isso mesmo mas sem licensas por utilizador. Por exemplo, o que o software "XP Unlimited" (http://www.xpunlimited.com/) propõe é muito aliciante, sessões independentes e ilimitadas de terminais no servidor, pagando-se apenas o preço do software por servidor.

    Entretanto, ao pesquisar por esta solução na net, percebi que havia muita gente a dizer que era ilegal e violava a EULA da microsoft (penso que estas afirmações são orientadas para o uso dessa aplicação no Windows XP, o que não é o meu caso). Encontrei também uma afirmação a dizer que, depois de contactar a microsoft, lhe foi dito que era legal, com o senão de precisar de uma licensa de acesso remoto por cada acesso (não percebi se é uma referencia à CAL do servidor ou a uma licensa separada).

    Alguem tem conhecimentos sobre a interação entre o sistema de licensiamento dos produtos MS e este tipo de aplicações que alegam fazer o mesmo por muito menos? Este cenário seria legal simplesmente com uma CAL do servidor Windows por cada device?

    Também encontrei referencias a outros produtos semelhantes mas este foi o unico que testei. Se souberem de uma solução legal e barata, partilhem por favor :)
     

Partilhar esta Página