1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Sun lança novo processador e disponibiliza-o em GPL

Discussão em 'Novidades Hardware PC' iniciada por k3ys3r, 8 de Agosto de 2007. (Respostas: 14; Visualizações: 2057)

  1. k3ys3r

    k3ys3r Power Member

    A Sun anunciou o seu novo processador, o UltraSPARC T2, como sendo o microprocessador mais rápido do mundo. Este processador tem 8 cores, 4MB L2 cache,capacidade para até 64 thread(8 treads por core), 2 controladores de Gbyte Ethernet embutidos e cada core tem um FPU integrado.

    Este processador feito a pensar em servidores, deve sair até ao final do ano e a performance energética não foi esquecida sendo o seu consumo de 120W, valores iguais a um 4 core da Intel por exemplo. O preço deve ficar abaixo dos 1000 dólares.

    Fonte:DailyTech

    Update

    Numa medida no mínimo peculiar a Sun decidiu disponibilizar toda a informação sobre este processador em GPL desde core design files até test suites sendo assim possível a qualquer empresa produzir este chip. Ainda segundo a noticia a Sun já consegue correr java neste processador, e também já foi confirmado que conseguiram meter Linux a funcionar nele.

    A informação estará disponivel neste site Fonte:Slashdot

    In hw1024.com
     
  2. Koncaman

    Koncaman Utilizador Saloio

    interessante o facto da sun ter feito um CPU "open source", depois de terem lançado OpenSolaris (que deve ser suportado por etse CPU)

    Com informação tão alargada disponivel, deve ser relativamente simples programar e optimizar softare para este CPU, o que é capaz de o tornar interessante para algumas aplicações especificas...
    Nestas condições, mal será que não se conseguisse por o linux a correr neste CPU.

    well done Sun
     
  3. JPgod

    JPgod Moderador
    Staff Member

    muito bakano sim senhor!

    E benchmarks real world disso?
     
  4. Zar0n

    Zar0n Power Member

    Sem duvida k é uma boa ideia.

    Tipo duvido é k por ex. a AMD possa pegar e começar a produzir o CPU em massa.

    Ou seja todos podem consultar a informação e adicionar novas ideias e designs.
    Mas podem fazer produtos comerciais sem a autorização da SUN?
     
  5. Koncaman

    Koncaman Utilizador Saloio

    de facto o GPL vs produtos comerciais acho que é algo incompativel...
    o que pode acontecer, é todos poderem desenvolver o design do CPU, visto que ele é aberto, mas depois, o GPL, não permite a utilização desse design, com fins comerciais, ou seja, não posso pegar no design, corrigir algumas coisas, e melhorar o desempenho da arquitectura, para depois o ir vender... no entanto, passar o design para produção, não sei se ha algum problema... é que o GPL, acho que so é aplicavel a software/documentos...

    ou seja, todos podem colaborar com a SUN no desenvolvimento do CPU, mas sinceramente, acho que a principal vantagem, é que todos podem saber detalhadamete como funciona o CPU, e isso ajuda bastante a quem desenvolve software especifico para aquele CPU, especialmente o pessoal que faz compiladores para aquilo.

    digo eu..
     
  6. gryle

    gryle Power Member

    Podes vender desde que continues a disponibilizar o código fonte
     
  7. theforbidden1

    theforbidden1 Banido

    E no caso dos processadores a reproduções dos mesmos é um caso bicudo...
     
  8. Nemesis11

    Nemesis11 Power Member

  9. BlkLotus

    BlkLotus Folding Member

    Nop.

    Se for tal como no software (e devia ser, visto que a licença é a mesma), qualquer pessoa pode pegar no design e especificações do processador, fazer o seu proprio processador ligeiramente melhorado por exemplo, e vende-lo logo a seguir, e fazer até concorrência a propria SUN.

    Parece estupido? Não!

    A empresa que o fizer, é OBRIGADA a lançar o seu processador TAMBEM GPL! Ou seja, não pode esconder as alterações que fez, ou seja, a própria SUN pode pegar depois no "novo" processador da outra empresa (que foi baseado no seu) e melhora-lo ainda mais, colocar novas funcionalidades, e volta-lo a vender como concorrência a outra empresa (desde que seja novamente GPL).

    E basicamente, o ciclo repete-se again, and again, and again... desde que não saia tudo do GPL e façam referência ao "produtor" original, está-se bem, não tem quaisquer implicações a nivel comercial.
     
  10. metralha761

    metralha761 1st Folding then Sex


    Teoricamente isso cria um boost inorme :P

    Em vez de andarem a reinventar a roda e depois limar arestas, pegam na roda e limam-na logo :P

    Poupam mt recursos.

    Caso fizessem isso aos GPUs, não haveria problemas em criar e modar os drivers, inclusive para o famoso folding :P
     
  11. blastarr

    blastarr Power Member

    Do meu ponto de vista, esta atitude da Sun soa a um acto de desespero comercial...
    Gostava de ver quantas empresas estão realmente a utilizar CPU's SPARC da Sun, e não servidores da Sun com CPU's Intel x86 e Itanium, ou AMD Opteron.

    É um problema estrutural de mercado para a própria arquitectura SPARC que sente a pressão, por um lado das CPU's x86 low-cost como os Xeon e os Opteron, com a facilidade de construção de sistemas poderosos e com grande compatibilidade ao nível do software.
    Por outro lado, a força da arquitectura POWER da IBM e a insistência da Intel com a IA64 (têm bolsos mais fundos para a pesquisa e desenvolvimento) fazem cada vez mais "estragos", como já fizeram antes às soluções MIPS.

    Até a Fujitsu já tem CPU's SPARC mais avançadas do que a própria Sun desde há vários anos, e não precisou de ler especificações open-source.
     
    Última edição: 10 de Agosto de 2007
  12. timber

    timber Zwame Advisor

    Por acaso nisso concordo contigo.

    Acho que eles basicamente lançam isto em GPL porque toda a gente se está marimbando para o assunto.

    Para os outros a propriedade intelectual tem valor e dependem dela para terem a sua margem de lucro. Aliás o que seria feito da nVidia e da AMD/ATI sem isso?
     
  13. Zar0n

    Zar0n Power Member

    Os chineses k já produzem CPU's e kerem no futuro concorrer em performance com AMD/Intel é k devem estar a ler as especificações atentamente. lol
     
  14. Nemesis11

    Nemesis11 Power Member

    O primeiro Niagara já estava disponível com a licença GPL.
    O segundo estar, não me parece novidade nenhuma e não me parece um acto de desespero.
     
  15. blastarr

    blastarr Power Member

    Nem de propósito...

    http://www.dailytech.com/article.aspx?newsid=8380

    Então isto, já o consideras um acto de desespero ?
    Dois grandes lay-offs no espaço de 12 meses, e disponibilização de grande parte da futura arquitectura de hardware (UltraSPARC T1 e T2) e software (Open Solaris) proprietários em licenças open source para tentar estimular uma plataforma em decadência, a crescente concorrência da plataforma .NET (por força do seu uso extensivo pelo Windows Vista e Windows XP SP2) ao Java, a concorrência dos grandes fabricantes de servidores x86 e do Linux, concorrência nos projectos "big iron" dos IBM POWER e Intel/HP Itanium, etc, etc, etc.


    Os sinais estão à vista de todos.
     

Partilhar esta Página