1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.
  2. Consulta o Portal de Jogos da ZWAME. Notícias, Artwork, Vídeos, Análises e muito mais.

    Remover anúncio

Ter uma mascote que identifique a marca é importante?

Discussão em 'Jogos - Discussão Geral' iniciada por bynight, 9 de Junho de 2007. (Respostas: 73; Visualizações: 6165)

  1. bynight

    bynight Power Member

    Boas, gostaria de saber as opnioes acerca de a sony e a microsoft nunca terem tido muita vontade de criar uma verdadeira mascote que identificasse a marca, a sony ainda tentou com o "crash bandicoot" mas nunca se associou realmente a sony a esse personagem,como se associa um Mario á nintendo ou um Sonic á Sega, agora em relaçao á MS nunca vi nenhuma tentativa da parte deles em criar alguma.
    Acham importante uma marca ter uma mascote que a identifique?
     
  2. flybikes

    flybikes Banido

    Claro que acho. Eu penso que o facto de uma empresa criar um icone...um boneco virtual que apareça em todas as suas consolas e que fique eternamente ligada á marca, é um passo para podermos dizer que essa empresa se preocupa realmente com os seus fans.

    Já o aqui disse e volto a dizer. Se eu tivesse uma empresa como a Sony ou a Microsoft , a primeira coisa que fazia logo no nascimento da empresa, seria criar uma imagem de marca...uma personagem simpática, que marque as pessoas... e que eu iria imaginar com todo o amor. Uma personagem que sirva para peluches e por ai a fora....Sonic e Mário. É um bocado lamechas mas dá para perceber a ideia.

    Se por outro lado uma empresa cria jogos naquela....LUCRO, LUCRO, LUCRO E MAIS LUCRO....obviamente que se está a cag*ar para este sentimento.

    Não considero de nenhuma forma um carro do gran turismo como um icone de uma consola...nem um solid snake, e muito menos a personagem principal do Halo.

    Ao nivel desses, tinhamos centenas, como o Knuckles, o LINK e por ai a fora.

    [​IMG]


    [​IMG]
     
    Última edição: 9 de Junho de 2007
  3. jjmaia

    jjmaia What is folding?

    Penso que seja de alguma importância. A Nintendo com o seu Mario não só vendeu muito como se dedicou a fazer bons se não excelentes jogos com esta personagem. Falo de SSB, Mario Strikers, Mario kart, etc...

    A Sega tinha o Alex Kid, depois veio o Sonic. E ao que parece, eles amam o Nights...
     
  4. bynight

    bynight Power Member

    por acaso, dou-te toda a razao em cada palavra que escreveste, é uma atitude que demonstra o quanto a marca se preocupa com os seus fans, talvez a mais importante juntamente com lançamentos com o minimo de qualidade.Parece realmente que as grandes Sony e MS não dao muito valor a isso. A paixao dos videojogos já nao tem aquele encanto d eoutros tempos da era 16bits em que cada lançamento como mortal kombat, street fighter2 sonics, marios, e muitos mais faziam os fans cair em desespero á espera do seus lancamentos..velhos tempos que nunka mais vao voltar :(
    O meu sonho é um dia poder ver a nintendo e a SEGA novamente a discutir a liderança de Hardware na frente da sony e da MS ehehe..será possivel...?

    P.s. O nights nunca foi associado a uma mascote principal, é equivalente a um luigi ou a um link na nintendo algo do genero, mas que é uam personagem fantastica isso é.O sonic foi criado ja na era megadrive 1991, o alex kidd era como uma mascote associada somente á master system, mas nao tinha akele poder para conquistar como o sonic e o Mario teem.
     
    Última edição: 9 de Junho de 2007
  5. raVemjr

    raVemjr I'm cool cuz I Fold

    Infelizmente, o resto dos fans não amam o Nights, como aliás reflectiu as suas vendas na altura, e até da própria consola...

    No entanto, apesar de dar uma boa vantagem, uma mascote não é algo de fundamental, como aliás provou a PS2...
     
  6. jjmaia

    jjmaia What is folding?

    Fala por ti. É verdade que já não é o mesmo, mas a Nintendo não anda muito diferente. Já a Sony e a MS, têm muita mania (como a Nintendo já teve). Eles dão jogos, muitos e bons, é verdade, mas não é o mesmo. A Nintendo continua a fazer-me sonhar e jogar :)

    Eu não disse que o Nights era uma mascote, mas o criador disse por varias vezes que gostava mais do Nights do que do Sonic. Eu adoro Sonic, mas Nghts... É algo de fabuloso...
     
  7. flybikes

    flybikes Banido

    O alex kidd, apesar de não ser uma mascote ao nivel de sonic ou mário, é simplesmente brutal:-D Penso que este personagem perdeu muito com as sequelas do primeiro jogo. Perdeu aquela identidade que o caracterizava tão bem.

    [​IMG]
     
  8. eyeliner

    eyeliner Power Member

    Então o Mastah Xif é o quê da MS?

    Hoje, os jogos, mais que os personagens marcam as consolas. Associado à XBOX ficou o Halo
    e em consequência, o Master Chief pwns them all.

    Com a Sony foi diferente, pois os jogos de início da consola não tinham uma personagem
    muito vincada e a Sony não criou um franchise a partir de uma personagem (o Crash não é
    da Sony)...
     
  9. bruno_therion

    bruno_therion Power Member

    Sem contar que o nights vai para a wii:x2:
     
  10. Psyke89

    Psyke89 Power Member

    Penso que a MS tentou lançar Blinx como a sua mascote. Lembro-me no lançamento da consola o Bilnx com uma bandeira Tuga a dizer a Xbox chegou, mas foi completamente ofuscada pelo Master Cheif.

    Podem dizer que não é uma mascote do mesmo género do Mario ou Sonic, mas quando vos falam em Xbox pensam logo no que??
     
  11. Pedrocas

    Pedrocas Banido

    Acho que é importante para uma marca ter a sua mascote... e sim, considero o Master Chief a mascote da X-Box em particular e da Microsoft em geral, no que toca a jogos da mesma... assim como o Sonic foi e continua a ser o porta-estandarte da Sega...

    Quanto à Sony, lamento que nunca tenha conseguido criar uma mascote forte... pelo menos até hoje... será que poderemos considerar Kratus, o God of War, a mascote da Sony?

    Quanto à Nintendo, não é preciso falar, essa tem a sua mascote mais do que solidificada no mercado: Mario.
     
  12. Korben_Dallas

    Korben_Dallas Zwame Advisor

    Antigamente era importante porque os jogos eram vistos como sendo para crianças. No entanto fora o Sonic e Mario não me recordo de mais nenhuma mascote tão associada a uma marca de videojogos.

    Hoje em dia é preferível não haver mascotes... ainda calhava um nigga sóciu do bairro que curtia bling bling e drive-by's :P
     
  13. Romani48

    Romani48 Power Member

    A MS e a sony criaram um tipo de open-image, ou seja nós assossiamos a personagem que mais vemos na consola..

    Ainda me lembro que quando era chavalo e ia a casa do meu primo, para mim a PS era GT e Tomb Ryder e também o Crash Bandicot..
     
  14. Yggdrasil

    Yggdrasil Power Member

    Eu considero uma mascote importante para um fabricante de jogos&consolas por dois motivos:

    - dá um rosto à marca que os consumidores associam de forma positiva (quando os jogos são realmente muito bons)

    - demonstra que existe um certo compromisso do lado da marca em desenvolver uma identidade própria

    Até agora, os únicos exemplos de fabricantes de jogos&consolas com uma certa identidade própria, são a Nintendo e a SEGA.

    Motivos? Simples, quer uma, quer outra, dependem inteiramente do Mundo dos jogos para se sustentarem. A Nintendo pode ter sido fundada em 1889 e ter passado mais de 60 anos a fabricar cartas de jogar (e dominou o mercado japonês com isso) mas o seu grande salto foi dado no final da década de 1970, quando o então presidente, Hiroshi Yamauchi, deslocou os recursos da empresa para a produção de jogos electrónicos e foram contratados dois dos maiores génios da indústria - Shigeru Miyamoto e Gunpei Yokoi.

    Desde o final da década de 1970 que a Nintendo vive, essencialmente, para os jogos e esta não é uma indústria fácil. A criação da mascote por si só não é suficiente, a figura de Super Mario está associada a alguns dos melhores e mais originais jogos de todos os tempos - Donkey Kong (1981) e Super Mario Bros. (1985) foram criações fantásticas e inovadoras; Super Mario World foi considerado como o melhor jogo de plataformas em 2D e Super Mario 64...bem, para muitos foi o melhor jogo de todos os tempos e é dos poucos jogos que conseguiu uma avaliação perfeita em virtualmente todos os canais de opinião da indústria.

    Na SEGA podemos estabelecer analogias com a Nintendo - é igualmente um nome que vive para os jogos. Desde o seu estabelecimento em 1940 no Havai (sim, foi criada por americanos e não por japoneses) com o propósito de criar máquinas de diversão accionadas por moedas até ao final da década de 1970 quando investiu a maior parte dos seus recursos em jogos electrónicos (à semelhança da Nintendo), a SEGA criou o seu espaço nas arcades - Zaxxon, Hang-on, Out Run, Space Harrier e After Burner são títulos imortais das arcades e da história dos jogos.

    É óbvio que estes dois gigantes precisavam de desenvolver uma identidade própria, algo que ultrapassa a dimensão do marketing (os anúncios até são irrelevantes neste aspecto) e que consiga criar uma imagem verdadeira junto dos jogadores - afinal, os jogos são uma forma de arte (mesmo que isso custe a muita gente) e a arte tem que dizer algo às pessoas. No caso da Nintendo, a sua grande "bandeira" foi Mario, tendo sido apoiada por personagens como Luigi, Bowser, Donkey Kong, Samus Aran, Link e Zelda.

    No caso da SEGA, a sua expansão no mercado de consolas domésticas foi um pouco mais tardia do que a da Nintendo - a Nintendo abandonou as arcades ainda na primeira metade da década de 1980 para se dedicar inteiramente às suas consolas domésticas - e a sua primeira consola a atingir sucesso, a Master System, acabou por ficar na sombra do NES, que foi A referência da segunda metade da década de 1980 no que diz respeito a consolas domésticas - a Atari foi atirada para a berma.

    O sucesso da personagem Mario, que já havia protagonizado uma série de jogos que foram êxitos de vendas - Super Mario Bros., Super Mario Bros. 2, Super Mario Bros.3 (o jogo mais vendido de todos os tempos), Dr. Mario e o colossal Super Mario World - estava ligado ao sucesso da marca Nintendo no Japão e nos Estados Unidos - na Europa, os jogadores repartiam as suas preferências, existia um mercado para a Nintendo e para a SEGA, mas estas tinham de o disputar com a Sinclair e com a Commodore.

    Foi sobretudo a pensar no mercado dos EUA que a SEGA criou a personagem Sonic. Embora a Mega Drive tenha sido lançada no final de 1988 no Japão e no ano seguinte nos EUA, "Sonic the Hedgehog" apenas foi lançado em 1991 mas revelou-se fulcral para a afirmação da SEGA na indústria dos jogos. Não haja dúvida, Sonic foi criado para disputar o mercado que Mario dominava e quem beneficiou mais com isso? Os jogadores, é óbvio, os jogos das séries Super Mario e Sonic estão entre os melhores títulos de todos os tempos (excepção feita, claro está, aos jogos do ouriço azul feitos depois de 2001...).

    Parecendo apenas estratégias de marketing, estas duas mascotes são muito importantes e demonstram o compromisso que a SEGA e a Nintendo assumiram para com a indústria e para com os jogadores.

    No caso da Sony e da Microsoft, eu vejo a situação de um ponto de vista muito diferente. De facto, Crash Bandicoot nunca se afirmou como o "rosto" da marca PlayStation e não existe nenhum ícone que se associe nem a uma nem a outra. Talvez porque elas entraram em cena em eras já tardias - a PS1 foi lançada em 1994, para muitas pessoas já foi há muito tempo, para mim nem por isso; a Xbox foi lançada em 2001, o que significa que a Microsoft é uma criança na indústria dos jogos. A entrada na geração dos 32-bits veio dar um ênfase muito maior aos gráficos e aos aspectos técnicos, ao contrário do que acontecia na geração anterior e isso pode ter prejudicado a criação de ícones reconhecíveis - veja-se como Sonic sofreu com a passagem para a geração 3D.

    Depois há outro pormenor importante - se leram tudo o que eu escrevi (um Prémio Nobel da paciência para vocês!), SEGA e Nintendo são produtoras de jogos&consolas (bem, a SEGA já não, mas será sempre recordada como tal) que dedicaram os seus esforços ao divertimento dos jogadores - eu e muitos outros passámos horas e horas de puro contentamento a jogar Super Mario, Sonic, Zelda, Streets of Rage, Metroid, Hang On e por aí fora...

    A Sony e a Microsoft entraram neste mercado simplesmente porque, em momentos separados, viram nele uma possibilidade de lucro. Reuniões e discussões com accionistas, contratações de indivíduos de peso, negociações com produtoras = entrada da marca no lucrativo mercado dos jogos. No caso da Sony, há quem diga que foi uma vingança pela quebra, em 1989, da parceria com a Nintendo para desenvolver uma drive de CD-ROM para o SNES (conhecida como Play Station). Até então, para a Sony, os jogos eram uma "coisa de crianças" e foi por insistência do Kutaragi e pela confiança do presidente da Sony que esta entrou no mercado. Lá está, possibilidades de lucro ao criar uma consola que teve por trás de si uma campanha de marketing que dizia "vejam, as consolas não são só para miúdos, comprem uma PlayStation e sejam os indivíduos mais fixes do vosso prédio!". Até aí mais ninguém tinha reparado :rolleyes:

    No caso da Microsoft, suponho que tenha sido algo semelhante - um mercado imenso de jogos a expandir-se e a marca de Bill Gates investiu no desenvolvimento de um sistema doméstico de jogos bem ao gosto dos consumidores americanos. Aproveitando o seu know how do desenvolvimento de software, a Microsoft conseguiu criar um serviço on-line que é muito apreciado pelo público, mérito lhe seja reconhecido.

    Mas o que tem isto a ver com mascotes? Pois bem, nada! E porquê? Porque como eu já disse, Sony e Microsoft vêem os jogos apenas como uma possibilidade de lucro - se os seus accionistas e directores decidirem que a produção de jogos e consolas acabou por não dar lucro, é o fim. Afinal, para a Sony e para a Microsoft, o segmento dos jogos e consolas é apenas uma parte das suas corporações - a Sony vai desde o fabrico de formatos áudio e vídeo domésticos, ao lançamento de filmes e de CDs de música, por exemplo. Entraram no mercado de jogos pelo lucro (claro que SEGA e Nintendo também, mas estas desenvolveram uma identidade própria) mas nunca se comprometeram tanto com ele ao ponto de criar uma identidade própria junto dos jogadores que fosse capaz de desenvolver personagens de bandeira ou emblemas próprios capazes de fazer sorrir a sua base de utilizadores. Digamos que nenhuma personagem que se encontra nas PlayStations ou nas Xboxs é capaz de fazer por elas o que Mario fez pela Nintendo e Sonic fez pela SEGA.


    Istoi foi para aqui um ensaio do catano! Quem realmente aprecia jogos desde há algum tempo talvez concorde comigo em alguns aspectos, espero eu...Ah, eu acho as mascotes importantes, deu para perceber?;)
     
  15. bynight

    bynight Power Member

    Gosto de te ver escrever ehhe, sim tens razao no que dizes.Sao epocas diferentes para marcas diferentes com ambiçoes diferentes mas uma mascote sera sempre uma mascote, e tem o seu papel importante no sentido marca-consumidor
     
  16. Yggdrasil

    Yggdrasil Power Member

    É no que dá ser-se um maluquinho por jogos incurável... :drooling:
     
  17. jjmaia

    jjmaia What is folding?

    Como eu te compreendo :D
     
  18. Scarecrow

    Scarecrow Power Member

    Isso é que era bacano
     
  19. flybikes

    flybikes Banido


    Por favor não confundir personagem de 1 ou 2 jogos, como mascotes de empresas. Kratus do god of war? quem é esse? perdoem-me mas nem o conheço :-D Assim de repente a personagem que está mais esperto de ser uma mascote seria o solid snake...mas não tem o sal que lhe falta para ser um icone de uma consola.

    Diga-mos que é chico esperto demais. Igual a ele teriamos o Knuckles ou o robotnik (eggman) por exemplo..Quanto ao master shief também está longe de ser um icone que se associe a uma consola e que cative fans em todo o mundo. Igual a ele teriamos por exemplo a personagem principal do Duke Nukem (que era muito mais carismática...sh*t happens:-D


    Personagens que marcam realmente uma empresa, não se constroiem de um dia para o outro e não é por fazerem dinheiro nos jogos que vendem que vão fazer delas especiais. Tem que haver uma certa magia para encantarem.

    [​IMG]
     
  20. jjmaia

    jjmaia What is folding?

    It's me, Maario :D
     

Partilhar esta Página