1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.
  2. Consulta o Portal de Jogos da ZWAME. Notícias, Artwork, Vídeos, Análises e muito mais.

    Remover anúncio

PS3 The Elder Scrolls IV: Oblivion

Discussão em 'PlayStation' iniciada por .:SP:., 9 de Dezembro de 2007. (Respostas: 195; Visualizações: 19166)

  1. .:SP:.

    .:SP:. What is folding?

    Não se tem falado muito neste jogo aqui no fórum mas para mim continua a ser dos melhores na PS3 fiquem aqui com a review:


    The Elder Scrolls IV: Oblivion

    [​IMG]


    [​IMG]

    Quando ouvimos novamente os primeiros acordes da fabulosa banda sonora de Jeremy Soule, sentimos que estamos visitar um velho amigo. Os bons jogos têm destas coisas, criam memórias, despertam sentimentos, e Oblivion teve o dom de fazer tudo isto e mais, ou não estivéssemos a falar de um dos melhores RPGs de todos os tempos.

    Mais de um ano depois da sua estreia no PC e na 360, a obra prima da Bethesda chega por fim a à PS3. Já todos sabemos que Oblivion é, até ao momento, o Deus incontestado no Olimpo dos RPGs. Com isto esclarecido, resta apenas saber se a versão PS3 continua apetecível ou se, um ano volvido, o jogo perdeu algum do seu encanto.

    É no momento em que começamos a reflectir sobre estas questões que Oblivion se demarca das restantes propostas do mercado. Um jogo tem como objectivo divertir, mas há várias fórmulas que podem ser utilizadas para atingir este fim. Desencante-se uma estória decente, um sistemas de combate funcional, e temos os ingredientes base de um RPG.

    No entanto, Oblivion não se contenta com isto. Para além do básico, a Bethesda criou um mundo vibrante, carregado de vida e que dá ao jogador possibilidades infinitas. Pequenos detalhes como a possibilidade de encontrar uma moeda de ouro esquecida no chão, um ciclo dia-noite que altera por completo o cenário, ou mesmo um ecrã de criação de personagem totalmente flexível, fazem a diferença.

    A base continua a ser a de um RPG clássico, com uma narrativa que nos transporta até ao mundo de Tamriel. O rei foi assassinado e, ao mesmo tempo, começam a aparecer no continente diversos portais que dão livre trânsito aos demónios do inferno de Oblivion. Cabe à nossa personagem descobrir o segredo por detrás destes portais e lutar contra as hordas de demónios.

    Se a estória parece simples, é a forma como a vivemos que marca a diferença. Em Oblivion, as decisões estão nas mãos do jogador. Mesmo seguindo uma linha narrativa, a liberdade de acção é quase total. Querem pedir a ajuda dos guardas ou assassiná-los? Querem trabalhar por dinheiro ou simplesmente roubar todos os mercadores de uma cidade?

    São decisões que têm um impacto real na forma como a experiência de jogo se desenrola, nas reacções dos diversos NPCs à vossa presença e mesmo no que podem fazer no decorrer da aventura. Na prática, isto significa que jogar Oblivion não é uma experiência estática, sendo possível jogar de formas diversas em alturas diferentes, existindo sempre algo de novo para experimentar.

    É exactamente devido a todas estas variações que a versão para PS3 não perde ponta do valor original do jogo. Mesmo veteranos da série podem contar com uma experiência única caso optem por um estilo de jogo diferente do que escolheram no seu primeiro contacto com Oblivion.

    Aliás, esta versão ganha à da consola da Microsoft em termos visuais. Os gráficos foram polidos, aproximando-se (mas não superando), dos da versão para PC. Na mesma linha, os tempos de carregamento são mais curtos, o que dá à aventura uma maior fluidez. São pequenos acertos aqui e ali, mas que acabam por fazer alguma diferença na experiência de jogo.

    Mais do que isto, o facto desta versão de Oblivion se fazer acompanhar da expansão Knights of the Nine, é um trunfo difícil de contornar, acrescentando cerca de dez horas de jogo a uma aventura já de si enorme. No total, terão cerca de 110 horas de exploração em mãos, se decidirem explorar Tamriel a fundo, enveredando por todas as quests secundárias.

    Este é um número difícil de superar, não existindo no mercado propostas capazes de bater esta oferta, em particular na PS3. Por tudo isto, e mesmo um ano depois do lançamento original, Oblivion mantém-se um jogo actual, sendo mesmo obrigatório caso não tenham experimentado as restantes versões.

    Dito isto, existem algumas arestas que ficaram por limar. Os abrandamentos, mesmo que não sendo comuns, continuam presentes em algumas situações mais intensas. Por outro lado, a inteligência artificial dos nossos companheiros é quase nula, um mal que já estava presente nas restantes versões. No entanto, estes são problemas que perdoamos ao olhar para o quadro geral.

    Foi com prazer que voltamos à trama e à jogabilidade clássica de Oblivion. Mesmo depois de jogos como Gears of War terem mudado para sempre a forma como olhamos para um jogo Next Gen, o RPG da Bethesda é um dos exemplos maiores de game design, representando um marco videojogável que será difícil de superar.


    [​IMG]

    Gáficos: 97
    Jogabilidade: 90
    Som: 98
    Valor: 100
    Pormenores: 83

    Imagens:

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]
     
  2. samr2

    samr2 Power Member

    é sem duvida um excelente jogo. ja tenho quase 100 horas de jogo e ainda tenho muito para explorar e muitas quests para fazer. tenho pena nao haver mais grandes rpg´s como este na nossa ps3.
     
  3. Patanegra

    Patanegra Power Member

    Isso é tudo muito bonito... Mas hoje em dia RPG's "off-line", por maiores que sejam, sabem sempre a pouco, e são sempre "limitados"... Como jogos tipo WOW e outros, e visto que a PS3 se pode ligar á net, porque não criarem um RPG on-line? Ou criar um "patch" para poder jogar este on-line? Acho que iria expandir em muito (muito mesmo) a longevidade do jogo. Aliás, só não vou buscar este jogo mesmo por causa disso... (Mas isto é só a minha opinião)
     
  4. Old Snake

    Old Snake Power Member

    Tudo bem que possa ser uma opinião, mas acho que não faz lá muito sentido criticares os RPG's offline pois talvez seja o género que mais horas nos oferece em termos de single-player. Nunca na vida trocaria um RPG como Final Fantasy (tirando o 11) por um MMORPG...

    A diferença entre a experiência de jogo online e offline é enorme, os 2 géneros podem e devem coexistir perfeitamente :)

    Quanto à questão de fazerem um desses RPG's para a Playstation 3, penso que seja essa a intenção da Sony ao ter feito uma parceria com a NCSoft. Veremos o que vai sair dali...

    Em relação a este Elder Scroll's, para mim é um jogo extremamente apetecido pela sua longevidade... mas talvez vá esperar mais um pouco para ver se desce até aos 30€ (linha platinum). Já tenho visto jogos como este a baixo preço mas o que é engraçado é que estão sempre nos 40€ para cima... espero que não vá ser este o novo valor para este tipo de títulos (platinum) daqui em diante.
     
  5. JPgod

    JPgod Moderador
    Staff Member

    Tenho idéia que já andou um thread sobre a versão PS3.

    E sim, é dos jogos com maior tempo de jogabilidade que já passou pelas minhas mãos. eu que nunca joguei um RPG offline foi um vicio :D

    Foi umas 500-600 horas com 2 chars.

    E os mods ainda aumentam ainda mais a jogabilidade e o tempo de vida (claro que apenas para a versão PC, a versão PS3 e XBOX360 só podem aceitar os DLC's e expansões oficiais)
     
  6. .:SP:.

    .:SP:. What is folding?

    Que jogos e a que preço?

    Sorry o :offtopic:

    CumpS
     
  7. Old Snake

    Old Snake Power Member

    Virtua Fighter 5, Virtua Tennis 3, Sonic the Hedgehog, Call of Duty 3.

    Estes estão todos a 40€. Tenho a ideia que já vi este Elder Scroll's por esse preço nas lojas. Provavelmente pelo facto de agora estar a sair a Game of the Year Edition deste jogo, certamente a versão normal desceu por causa disso.

    Cumps
     
  8. .:SP:.

    .:SP:. What is folding?

    Ok Call of Duty 3 é de aproveitar.

    CumpS
     
  9. Resev

    Resev Power Member

    O Oblivion tem um problema grave, gravissimo....................é tão bom que faz tudo o resto parecerem jogos muito medianos.

    É a primeira vez que estou a jogar este jogo (PS3), vou com mais de 100 horas, não explorei sequer 1/3 do reino, e ainda nem comecei a quest principal (entregar o pendant ao Jauffre).
    Ainda só visitei a Imperial city, Bruma, Cheynindall (typo), Bravil e lleyawin (typo).
    Prós lados de Colovia só lá fui de porposito para completar a primeira parte de uma quest na Imperial city (Arena).

    Estou-me a preparar para visitar Chorrol, sob pretexto de fazer uma quest para a Dark Brotherhood.

    Como é a minha primeira vez no jogo, não arrisquei na escolha de personagem, escolhi um Imperial, classe Warrior, birthsign Warrior, mas aproveitei para subir sempre que possivel traits faceis de alcançar antes de me aventurar muito, por isso, estou com security a 48% (sinceramente, agora que já tomei o ritmo do lockpicking nem precisaria de mais, mas já que sobe com o uso, melhor) e Sneak a 100% (Para mim a melhor trait do jogo, mas que torna tudo um pouco facil de mais).
    Estou a agora a investir tempo e treino comprado em Alteration.

    Estou a adorar o raio do jogo, mas tenho pena que por ser tão bom, faz todos os outros jogos parecerem tutorials de iniciação aos RPGs :P
     
  10. alimpo83

    alimpo83 Power Member

    Este jogo é verdadeiramente fabuloso. Quando o comprei jogava numa tv 4:3 de baixa definição e quando troquei para um lcd samsung com hdmi é que pude ver a verdadeira beleza deste titulo!

    Dar-lhe-ia um 90-95 em 100.

    E comparar RPG's ou quaisquer outros jogos com jogos exclusivamente online... bom não é para comparar, são experiências totalmente distintas e até hoje não joguei um jogo exclusivamente online que me desse tanta pica como um excelente single player.
     
  11. JCB

    JCB [email protected] Member

    É sem dúvida um GRANDE jogo! Eu ia comprá-lo e já estava esgotado na *****...mandei-o vir de propósito para mim agora é preciso esperar...
     
  12. DeadlesS

    DeadlesS Power Member

    Está excelente..comprei a versäo GOTY do Oblivion..simplesmente lindo..tráz a expanansão Shivering Isles..
    Recomendo vivamente..
    Em relação ao preço, procurem usados...eu vendi o meu depois de comprar a expansão...
     
  13. Joao Tiago

    Joao Tiago I quit My Job for Folding

    Eu estou a ver se encontro este na versão GotY deste jogo. Parece-me um excelente jogo e tenho de o jogar. :D


    PS: Se alguém o quiser vender (na versão GotY) eu compro. :p
     
  14. DeadlesS

    DeadlesS Power Member

    Acho q vai ser dificil alguem vender a versäo GOTY :D é demasiado bom....

    "MYYY PRECIOOOUSSS..!"
    :lol:
     
  15. Joao Tiago

    Joao Tiago I quit My Job for Folding

    Devias de enjoar do jogo! :D


    Mas vamos lá ver se algum maluco se lembra de o vender. Senão... :D
     
  16. Madril

    Madril 1st Folding then Sex

    Copy paste do G4mers / E-zine sem meter fonte nem pedir licensa é que é giro :D
     
  17. DeadlesS

    DeadlesS Power Member

    AH......impossivel :D
    Nunca!! Tão certo como o sol nascer amanha.. :p
    Vai ser um jogo pra mostrar aos meus filhos.. :lol:
     
  18. luis15

    luis15 Power Member

    Para mim é o melhor jogo para PS3...
     
  19. Morais

    Morais Power Member

    O Oblivion é um bom jogo, está bem conseguído, mas não o considero um "grande" jogo.
    A Bertesha amoleceu e criou um Action RPG para as massas, o sistema de "evolução" do jogo é ridículo, todo aquele sentimento de poder, grandeza e, ao mesmo tempo, de fraqueza, impossibilidade que tínhamos no Morrowind morreu por completo.

    Não existe o medo de encontrar um inimigo quase imortal, de darmos "a curva errada" e encontrarmos uma zona cuja "população" é extremamente forte e quase impossível de derrotar.
    Não existe a recompensa de chegar a uma antiga cidade ou zona e sermos nos os quase imortais, de nós proprios sentirmo-nos a evoluir, a ficarmos mais fortes.

    Tudo isso morreu neste jogo... nem a componente RPG o salva:

    - O Marksman é ridiculo, só mesmo com setas de alto nivel com o arco correspondente chegam a dar algum tipo de dano... e quando chegamos a esse nivel teremos outras armas bastante mais elevadas;
    - O sistema de stealth parece ter retrocedido;
    - No geral o jogo tem a mesma grande falha do Morrowind, a magia é secundária, o grande poder está no combate melee;

    Felizmente, para PC, existem as modificações, agora, para consola estamos limitados a este mini-Morrowind.
    É pena que muitos olhem para os gráficos e esqueçam que, por detrás deles, existe um Action RPG simples e muito mal planeado...
     
  20. Ignopopulis

    Ignopopulis Power Member

    IGUALMENTE!!! Montões de patches e afins ke andam ai a circular pela net(conheço um ke ainda ta em construção(Edges of Existence)).O jogo e realmente excelente...Joguei e passei uma vez, tive ke formatar os discos, comecei a jogar outra vez (das duas vezes escolhi um dark elf warrior) mas tou a seguir um caminho de quests diferente,alguns mods ke aplikei sao diferentes tambem...E ja tentaram por o jogo online mas axo ke o patch ainda ta muito foleiro mesmo...Kuanto a minha versão, comprei a Collectors Edition (vem com uma moeda EM METAL,ou chapa ou la o ke e,um mapa e um livro ke fala sobre muitos aspectos de tamriel)...
    Pessoalmente axo ke a versao pc e melhor por causa dos patches...
     

Partilhar esta Página