1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

The Future – According to nVidia

Discussão em 'Novidades Hardware PC' iniciada por .DX., 26 de Maio de 2008. (Respostas: 19; Visualizações: 2128)

  1. .DX.

    .DX. Power Member

    [​IMG]

    http://www.hardwaresecrets.com/blog/94
     
  2. redshot

    redshot Electromoderator
    Staff Member

    A este ritmo o processamento das placas gráficas torna-se superior ao próprio CPU.
     
  3. muddymind

    muddymind 1st Folding then Sex

    Actualmente para calculos paralelos e vectoriais (funções de baixo nível com vários argumentos) já o são... Infelizmente para universos recursivos onde não existe grande capacidade de paralelismo ficam-se atrás.
     
  4. apenas_nuno

    apenas_nuno Banido


    >(>(:(
     
  5. Boas...

    Isso gostariam eles...

    Um futuro á lá NVIDIA... Utopias e monopolísmos nunca serão opções...

    O futuro a ser será para todos e não apenas para os que se apelidam de futurologistas...

    Cumprimentos,

    LPC
     
  6. blastarr

    blastarr Power Member

    Sim, porque uma empresa que actualmente controla 80% dos processadores de PC's no mundo (e só não compete em preço para esmagar a outra concorrente porque sabem que um processo anti-trust instaurado pelo governo federal americano seria uma ameaça bem real) não é monopolista.
    Nem pensar... :rolleyes:

    E a Intel acredita tanto no futuro das CPU's tradicionais que até polarizou a oferta futura em torno de duas opções radicais: CPU's ultra-low-end (Atom) e CPU's com múltiplos "mini-cores" x86 ("Larrabee"), virados para computação gráfica e... paralela.
     
    Última edição: 27 de Maio de 2008
  7. Spike`

    Spike` Power Member

    hmmm serio...? a diferença abismal que fez nos frames dos jogos quando apareceu o Core2Duo deve ter sido alguma grafica toda xpto do ano 2012 ja que pelos vistos nao foi o Cpu que deu aqueles frames todos perante os melhores AMDs :f
     
  8. Camelon

    Camelon Power Member

    a grandes resoluçoes o cpu deixa de ter importancia
     
  9. pintassilgo

    pintassilgo Power Member

    isso n é bem assim...a grafica é k começa a ser um bootleneck! n ker dizer o o proc n conte!

    exprimenta jogar crysis no maximo com um celeron d e uma placa de topo! xD

    e depois joga com um core 2 duo e a mesma placa! ;)
     
  10. muddymind

    muddymind 1st Folding then Sex

    isto

    Vais reparar que em muitos casos a diferença de peformance entre os processadores high-end e mainstream é quase nula o que prova que é preferível investir num processador mais barato e numa placa gráfica mais potente...

    []
     
  11. blastarr

    blastarr Power Member

    Estás a fazer uma comparação errada.
    O que a Nvidia diz (e é inegável) é que a rapidez de evolução e crescente autonomia das GPU's nos jogos em relação à evolução das CPU's é real.


    Experimenta emparelhar uma CPU de topo com dois anos a uma placa de topo recente.
    Agora junta uma CPU de topo recente a uma placa gráfica de topo que se vendesse há dois anos.
    Qual das duas combinações te dá mais frames por segundo no Crysis, ou em qualquer outro jogo recente ?
    Pois...
     
  12. akgis

    akgis Power Member

    A Mudança de um AMD64 3200 para um Intel Quad 9450 com a mesma grafica 3870 foi da noite para o dia em 90% dos jogos no meu caso, por isso não digam que o CPU não tem importancia nas plataformas de hoje em dia.
     
  13. Camelon

    Camelon Power Member

    akgis, estamos a falar (pelo menos eu estou) de um dual core, um x2 da Amd, ou da intel, tanto faz, em comparaçao com um quad core extreme por exemplo, a resoluçoes a cima dos 1600, a diferença de fps é nula em muitos casos, usando a mesma gráfica. Obviamente que passar de um Amd3600 para um um quad core a diferença é bastante.

    Cumps
     
  14. igordafonseca

    igordafonseca Power Member

    Creio que o que está em causa é a diferença entre um CPU de meia tabela e um de topo. As diferenças em jogos não são tão grandes como se tratassem de GPU´s.
    E convenhamos um 3200 não era um CPU de topo há dois anos.
     
  15. kanguru

    kanguru [email protected] Member

    O CPU actualmente continua a ser necessário, os jogos não são só gráficos, e penso que por enquanto as placas da nvidia apenas debitam gráficos ou estou errado?
    Som, fisica, IA, etc, é tudo cpu...

    Claro que a tendencia é no futuro começar a criar cores no GPU para a fisica, etc e ir libertando o CPU. Ou então o contrário :P colocar cores para fisica etc no CPU e libertar o GPU :P
     
  16. Romani48

    Romani48 Power Member

    depende.. o SOM podes ter placas de som, a fisica tens já boards para isso.. e no futuro cada vez mais as instruções vão ser integradas nas gráficas..

    parece que vemos é um certo padrão.. a gráfica a começar a sustentar os sistemas..
     
  17. DJ_PAPA

    DJ_PAPA Power Member

    Está extremamente longe esse padrão. A placa da Ageia para fisicas sejamos sinceros foi um falhanço. Ninguem comprou e jogos a suportarem são poucos.
    A Havock por outro lado que corre no CPU é muito mais popular que a Ageia. Basta ver a lista de jogos que cada uma das 2 tem.

    E em tudo isto tb tens que ver que os CPU´s não vão ficar parados, eles também evoluem. Por exemplo as instruções SSE5, multicores, a integração de GPU no CPU. Os CPU´s são muito mais complexos que as placas graficas.
    http://www.anandtech.com/cpuchipsets/showdoc.aspx?i=3073&p=1
     
    Última edição: 27 de Maio de 2008
  18. kanguru

    kanguru [email protected] Member

    pra mim o ideal seria meter o 2D nos cpus, e deixar o 3D (e outras coisas pesadas) para as gráficas, como antigamente :P Assim para poupar energia, desligava-se a gráfica quando estava em idle. Ou então sistemas como o PUMA da AMD.

    Voltando ao tópico, a fisica como o DJ_PAPA já diss o mais provavel é ser integrada ou na grafica ou no cpu (em casa queremos um quad core pra k? bem que se pode meter 1 core só pa fisica).

    Quanto ao som, 95% dos utilizadores usam som onboard que por sua vez quase sempre usa o cpu para o processamento do som. Pelo menos até há pouco tempo era assim...
     
  19. JPgod

    JPgod Moderador
    Staff Member

    O impacto do som onboard no uso do CPU é muito baixo hoje em dia. Dou mais valor a qualidade dos componentes e produzir som limpo ;)

    Tive a ver specs dos ADI's mais recentes das boards ASUS e aquilo tem specs muito boas. O problema é a implementação que nem sempre é a melhor, embora o supremeFX II seja um exemplo de uma boa implementação do codec.
     
  20. Spiderman

    Spiderman I folded Myself

    Eu acho é que o nome "Placa grafica" daqui a algum tempo, senão já actualmente, começa a ficar desviado do que realmente uma grafica pode fazer.

    Ainda têm que alterar o nome para PPU (Parallel Processor Unit) ou algo assim....
     

Partilhar esta Página