1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Thread sobre Trabalho Remoto

Discussão em 'Programação' iniciada por joaoventura, 25 de Outubro de 2015. (Respostas: 104; Visualizações: 13452)

  1. joaoventura

    joaoventura Power Member

    Boas,

    abro esta thread na esperança de se conseguir criar alguma discussão em volta do assunto de trabalho remoto.

    Aos poucos, cada vez mais pessoas procura este tipo de empregos. As estatísticas actuais apontam para que, por exemplo, nos USA, cerca de 3% dos trabalhadores estejam parcialmente ou completamente remotos. Em Portugal não temos informação disponível, mas neste mesmo fórum, no tópico "Qual é o vosso emprego de sonho em Portugal", cerca de 30% escolheu a hipótese de Contractor (salário alto e/ou trabalhar a partir de casa).

    De qualquer maneira, trabalho remoto não é só "trabalhar em casa" nem "trabalhar sozinho", mas sim ter alguma liberdade para escolher onde se quer trabalhar e em que horários, invés do típico 9-5 (que chega a ser mais!). Trabalho remoto também não obriga a que seja a tempo inteiro! Em alguns casos existem empresas que permitem 1 ou 2 dias remotos por semana aos trabalhadores.

    Esta thread tem portanto como objectivo discutir-se o assunto, falar-se de benefícios, salários, técnicas de produtividade, bons sítios para se encontrar empresas que procuram trabalhadores remotos, etc. Freelancers e contractors que trabalhem remotamente são também bem-vindos à discussão.
     
  2. Death_Knight

    Death_Knight Power Member

    Onde estou podemos trabalhar remotamente, ainda há duas semanas estive uma semana em Portugal a trabalhar (empresa no UK) e em Dezembro também vou estar uma semana a trabalhar remotamente.

    A nível de horários temos uma certa liberdade, as "core hours" são das 10:30 ás 16:00 (incluindo 1h de almoço) e nesse horário devemos estar contactaveis para o caso de alguém da equipa precisar de alguma coisa. Fora essas 04:30 (estou a descontar 1h de almoço) podemos fazer o horário que bem nos aprouver, interessa é que no final do mês tenhamos feito +/- 07:30/dia, podemos fazer menos mas não podemos fazer mais. Temos "ordens" para nunca ultrapassar a média de 07:30 diárias sem pedir permissão antecipadamente.

    Voltando ao trabalho remoto, sou e não sou fã. Sou fã porque eu gosto muito do meu país (descobri depois de o deixar) e trabalhar remotamente permite-me passar uma semana em Portugal sem gastar férias. Não sou fã porque gosto muito mais do ambiente do escritório do que do ambiente de casa para trabalhar, parece que não fazemos parte da equipa, é diferente.

    Aqui (UK) parece-me que as empresas são mais abertas a trabalhar remotamente, tenho alguns colegas que falam de já terem estado em empresas em que era trabalho remoto quase a 100%. Por exemplo um desses diz que não gostava de fazer todos os dias 15 milhas para cada lado (como se fosse muito) então trabalhava a partir de casa e só ia á empresa para reuniões ou coisas importantes.
     
  3. eddie_gordo

    eddie_gordo Power Member

    Na minha opinião o ideal é um meio termo semelhante ao que o @Death_Knight acabou de descrever. Ter a possibilidade de trabalhar remotamente em alguns casos pois pode dar jeito - como para vir ao seu país alguns dias sem deixar de trabalhar, ou até mesmo porque dá jeito ficar em casa uns dias - mas também ter a componente de estar no escritório, cara-a-cara com os colegas de equipa, porque nessas situações é que se ganha maior confiança e à vontade com as pessoas.

    Para se trabalhar 100% do tempo remotamente é preciso que tanto a empresa como as pessoas que lá trabalham tenham um processo muito bom no que toca a comunicação, pois caso isto não exista acho que é muito fácil muita informação/conhecimento passar de boca em boca no escritório e quem está remotamente acaba por ficar "de parte". Code reviews, conference calls, comunicações escritas por e-mail, slack/skype etc, devem fazer parte do dia-a-dia. :)
     
  4. edfimasa

    edfimasa Power Member

    Boas, trabalho remotamente há quase 2 anos. Confortável, menos stress, e posso viver em Portugal. Aquilo de não ter a sensação que te estão a olhar por cima do ombro.
     
  5. coldfire

    coldfire Power Member

    Podes resumir um pco a tua experiencia, como conseguiste, ja tinhas experiencia etc

    thanks
     
  6. edfimasa

    edfimasa Power Member

    Boas. Tinha 3 anos de experiência, e fui em 2012 para a Irlanda sem ter nenhuma oferta, procurei, encontrei, fiquei lá alguns anos, e depois a empresa que tem escritorios no UK ofereceu a oportunidade para não me perderem, visto que eu estava de saida da empresa. Agradou-me regressar a Portugal com um salário do UK. Pronto e foi isso.
    Trabalho em Engº Informática desde 2007, com algumas pausas.

    Abrc.
     
  7. coldfire

    coldfire Power Member

    Entao pelo que percebi recebes mais ou menos como estivesses lá em Uk ? Muito bom parabéns. Tenho um amigo que comecou a fazer uns trabalhos de freelancer para uma empresa americada e depois acabou por trabalhar a full time com eles
     
  8. joaoventura

    joaoventura Power Member

    Acaba por ser uma vantagem que muitas vezes a malta não se lembra! Trabalhar para empresas estrangeiras, salários superiores, equipas internacionais, tudo sem sair de Portugal..
     
  9. tgferreira_13

    tgferreira_13 Power Member

    Eu acho que para mim o sonho seria trabalhar em Portugal mas recebendo o salário de outro país (Irlanda, UK, USA por exemplo).

    Perfeito ainda seria viajar em trabalho mas nunca durante muito tempo.

    Por exemplo era espectacular trabalhar para uma empresa do UK a partir de casa e uma vez por mês apanhar o avião para uma reunião ou algo na sede da empresa.

    Conhecem o trabalho do Casey Neistat? Algo desse género. Ele viaja que se farta :P

    Aproveito para perguntar: um cenário destes (trabalhar cá com o salário de outro país) é assim tão pouco frequente?
     
  10. Death_Knight

    Death_Knight Power Member

    É pouco frequente, mas existem casos assim.
     
  11. edfimasa

    edfimasa Power Member

    É cada vez mais habitual. Se tiveres valor para a empresa não têm problemas.
     
  12. NightscreaM

    NightscreaM Power Member

    @edfimasa supondo que faças os descontos na Irlanda, acabas por não usufruir do apoio social em termos de saude, seguros e etc, certo ?
     
  13. edfimasa

    edfimasa Power Member

    Não, recebo em bruto. E o estado PT fica-me com metade...

    nao podes descontar noutro pais se nao vives lá. Salvo erro algumas excepções.
     
  14. Death_Knight

    Death_Knight Power Member

    Com salários estrangeiros e a carga fiscal abusadamente elevada que é praticada em Portugal não admira que metade fique pelo caminho :p
     
  15. eddie_gordo

    eddie_gordo Power Member

    Não te compensaria ter uma morada em UK para descontares menos? :P
     
  16. edfimasa

    edfimasa Power Member

    Isso é ilegal, +/-. Ha quem faça.
     
  17. eddie_gordo

    eddie_gordo Power Member

    Ok, faz algum sentido que não seja bem legal.
     
  18. joaoventura

    joaoventura Power Member

    Boas,

    deixo aqui um paper muito interessante publicado no "Quarterly Journal of Economics" da Universidade de Oxford que demonstra claramente aumentos de produtividade no trabalho a partir de casa: http://web.stanford.edu/~nbloom/WFH.pdf

    Para quem não está para ler as 52 páginas do paper, existe também um bom resumo online publicado no site da Harvard Business Review: https://hbr.org/2014/01/to-raise-productivity-let-more-employees-work-from-home

    De uma forma geral, o estudo incidiu na medição do número de chamadas telefónicas (call center) entre um grupo que estava a trabalhar a partir de casa e outro grupo de controlo que ficou a trabalhar no escritório. Como se pode ver no gráfico, o grupo que ficou a trabalhar a partir de casa (verde mais escuro) conseguiu realizar mais trabalho do que os que trabalhavam a partir do escritório (verde mais claro):

    [​IMG]

    Isto é o que se pode ler na Introdução do paper:

    Isto é um estudo muito prático realizado por entidades muito credíveis (Oxford/Harvard), aconselho fortemente uma leitura mesmo que seja na diagonal..
     
    Última edição: 28 de Outubro de 2015
  19. Anarcho

    Anarcho Power Member

    Dentro das regras europeias sao 185 ou 186 dias por ano que tens que estar num pais para considerarem que vives la.
    Ou seja, e possivel estar 6 meses e 1 dia no UK e 5 meses e 29 dias em Portugal para os descontos serem feitos no UK.

    Tambem trabalho remotamente. Neste caso 3 a 5 dias por semana (depende do que esta planeado) e sem problemas. sinto-me mais produtivo, acabo por trabalhar mais horas ja que nao estou dependente de transito, menos cansado. Outra grande vantagem sao os custos mensais. Come-se em casa, menos gasolina para gastar o que no final do mes ainda acabam a ser praticamente 200 libras a mais no salario.
    irei tentar tirar uma semana inteira em Portugal em trabalho remoto, ver se e possivel. Nunca perguntei, mas em principio sera possivel "uma vez de vez em quando".
    Depende sempre da cultura da empresa.
     
  20. joaoventura

    joaoventura Power Member

    Boas,

    thread "Who is hiring" de Novembro de 2015 no HackerNews com várias propostas, muitas das quais remotas: https://news.ycombinator.com/item?id=10492086

    Sugestão: Cmd+F (ou Ctr+F), pesquisem por "remote" e vão lendo as que dizem remoto no cabeçalho. Muita coisa interessante! ;)
     

Partilhar esta Página