1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Thread sobre Trabalho Remoto

Discussão em 'Programação' iniciada por joaoventura, 25 de Outubro de 2015. (Respostas: 123; Visualizações: 14913)

  1. Totoro

    Totoro Folding Member

    Nao te deixes deter só porque o teu ingles nao é perfeito... As empresas oferecem cursos para aperfeicoar a lingua. Tens que experimentar trabalhar com indianos ou pessoal de leste, o ingles deles é regra geral bastante sofrível :)
     
  2. Esses 1450€ são brutos base ou líquidos com algum subsídio?
     
  3. Este valor é base
     
  4. Parece-me ser um valor baixo para esse tempo todo de experiência. Talvez se justifique por não ser um emprego no Porto ou Lisboa. Isso do teu patrão gostar de ti, eles dizem sempre isso para nós nos sentirmos especiais em troca de um mau salário. Se fosse a ti procurava já um salário acima dos 2000€ base bruto no Porto ou em Lisboa. Se tens 5 anos e tens a noção das tuas competências acho que consegues. No Porto poderás conseguir em empresas como por exemplo:

    Talkdesk, Farfetch, Blip ...

    Ainda assim percebo o teu problema de querer ter trabalho remoto, a mim também me interessa, sou de Viana do Castelo e tenho de alugar um quarto e tenho outras despesas de transporte associadas, por isso, não sei até que ponto é que os valores líquidos que já deverias estar a receber acabariam por ser vantajosos financeiramente.

    Ainda assim, aqui fica uma ajuda, tens este site que agrega oportunidades de trabalho remoto, talvez consigas sacar uma posição de sénior: https://workaline.com

    Boa sorte!
     
  5. É mesmo esse o "meu problema". Já consegui 1600 no Porto mas tendo em conta as despesas não compensa.

    Obrigado pelo feedback ;)
     
  6. coldfire

    coldfire Power Member

    Sim o Porto para quem ja nao morar la esta caro. Rendas absurdas para o valor dos salarios. Quem tiver disponibilidade o ideal e ir para fora na minha opiniao onde consegues uma relacao salario/custo de vida mt melhor
     
  7. CapitaoBytes

    CapitaoBytes Power Member

    Boa tarde.

    Alguém poderia por favor fazer aqui uma simulação para o seguinte cenário:

    - Trabalhador independente em Portugal (faturas-recibo, ou recibos verde)
    - 100K anuais
    - Empresa no UK

    Por favor alguém poderia explicar como funciona (periodicidade e valores):

    - Recibos
    - IRS
    - SS
    - IVA (Portugal vs país estrangeiro? A empresa paga logo lá?)

    Desde já, grato.
     
  8. DarkT

    DarkT Power Member

    Penso que ninguém te vá fazer esse trabalho... Tenta pagar a um TOC (Técnico Oficial de Contabilidade) para te explicar como isso funciona.
     
  9. kingsultor

    kingsultor Banido

    Após o primeiro ano, podes estimar que 50% vai parar ao estado por via de impostos
     
  10. kingsultor

    kingsultor Banido

    É quase impossível :-)
     
  11. kronozord

    kronozord Power Member

    Nao percebi
     
  12. kingsultor

    kingsultor Banido

    Eu estou actualmente a começar a aventura de ser digital nomad. Ainda não sei se me adaptarei, sempre gostei de ir ao escritório.

    Tenho contactado com muitas pessoas de N paises, que me garantem nao conseguir voltar a um escritório.
    Ao trabalhares remotamente, tens muita liberdade, podes viajar ao mesmo tempo, tens os teus horários na maioria das vezes, etc etc
     
  13. fire_rainbow

    fire_rainbow Power Member

    Sendo assim, qual a vantagem de trabalhar remotamente em termos salariais? Se nos limpam 50% do ordenado, quase que se fica com um ordenado equivalente ao de Portugal.

    Estava a ponderar procurar remote work mas se os descontos são tão altos, não sei até que ponto é uma boa ideia.
     
    Última edição: 25 de Setembro de 2018
  14. Darien

    Darien Power Member

    Não és mais taxado por trabalhares remotamente, por isso não vejo como é que ter um ordenado base mais baixo pode ser equivalente. Queres explicar?
     
  15. fire_rainbow

    fire_rainbow Power Member

    Atualmente trabalho em Portugal e desconto à volta de 30 e tal porcento. Ao trabalhar remotamente, se desconto pelo menos 50% (metade do meu ordenado lá fora), entao não adianta assim tanto trabalhar remotamente, pelo menos a nível salarial. Ok, acabas por ficar a ganhar mais mas uma facada de pelo menos 50% é no mínimo ridículo.
     
  16. Darien

    Darien Power Member

    Pagas 50% não é por trabalhares lá fora, é porque tens um rendimento de 100k. Se a tua empresa em Portugal te pagasse isso também recebias só metade (podes simular para ver).
     
  17. vitorr

    vitorr Power Member

    Relativamente aos descontos, quando consideras que cá por contra de outrem descontas "só 30%" estás a ver apenas parte da história.
     
  18. cconst

    cconst Power Member

    a potencial vantagem de trabalhar remotamente:
    1. 1º ano isento de contribuições S.S.
    2. Se forem transações intra-comunitárias, é-se isento de pagar IVA, pelo que se pode pedir mais a uma empresa de fora, pois está-se isento de IVA
    3. Mediante o regime escolhido, tem-se a possibilidade de colocar várias despesas tipicamente domésticas, e tendo assim reembolso de IVA (que não pagas!!!, se forem transações intracomunitárias)

    Essa parte de ficar logo com 50% de desconto... Não é assim.
    Resumidamente, Trabalhador independente, com regime simplificado:
    Até ao primeiro ano, paga-se ao estado:
    1 - IVA
    2 - IRS (fica logo no recibo)

    Após o primeiro Ano:
    1 - IVA
    2 - IRS (fica logo no recibo)
    3 - Contribuições SS

    As contribuições à SS eram calculadas com base no faturado no ano anterior. As contas não são simples, mas básicamente tens que determinar o escalão a que cada um se insere. Os escalões têm como base um valor determinado pela SS (IAS).

    Procura na net quais as obrigações de um trabalhador independente... Existem duas: uma nas finanças e outra na segurança social. Podes sempre deslocar-te aos balcões pedir ajuda ou contratar um TOC para o efeito. Eu já deixei o que sabia e não acho justo partilhar mais
     
  19. fire_rainbow

    fire_rainbow Power Member

    Já agora, alguém me sabe dizer se lá fora tambem nos pagam o subsídio de almoço? Pagam a 12 meses certo?
     
  20. Provenzano

    Provenzano Power Member

    Para não tornar isto muito off-topic, existe algum tópico para se discutir trabalho remoto? Encontrei dois tópicos mas não tem muita atividade e são especificos. Seria interessante um mais geral para se discutir isso. Pessoalmente, trabalho remotamente com empresa criada na Polónia e gostava de saber até que ponto dá para optimizar os impostos em Portugal.
     

Partilhar esta Página