1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Toshiba, MS, and Panasonic work on DVD 2.0, a standard DVD thats like a HD DVD

Discussão em 'Novidades Hardware PC' iniciada por pofxxx, 12 de Março de 2008. (Respostas: 20; Visualizações: 2067)

  1. pofxxx

    pofxxx Power Member

    News Source: contentagenda and dvdtown
     
  2. .:Sith Lord:.

    .:Sith Lord:. Suspenso

    Mais um fail.

    O BD é o melhor e pronto, não tou a perceber a insistência...
     
  3. Koncaman

    Koncaman Utilizador Saloio

    pelo menos, a maior parte do mercado tem leitores compativeis..
     
  4. I_Eat_All

    I_Eat_All Plasma Beam!

    Mesmo que seja um fail trás a duvida e o facto de não haver um formato standard no mercado... e isso se alguma coisa... é mau para a Sony que agora com a vitória "arranjada" sob o HD DVD com acordos do "tu largas isso mais cedo e eu vendo-te umas fabricas a preço da chuva de onde fazemos encomendas" esperavam meter sob descanso; porque se alguma coisa... são dos a quem isso convinha mais; porque mesmo o HD DVD estando a perder... metia as coisas em agua de bacalhau enquanto andássemos num jogo das cadeiras do "suporto, não suporto".

    Resta é saber se ainda vem a tempo de ter impacto. Mas se tiver é algo bom aos meus olhos; embora tenha algumas duvidas "estratégicas" pelo que li do formato.
     
  5. timber

    timber Zwame Advisor

    Não me parece que isto tenha grande andamento. Não oferece nada de especial face ao DVD "1.0"

    Além disso para render requer um novo leitor.

    Mesmo assim força. É complementamente inócuo.
     
  6. Make.Love

    Make.Love Banido

    acho que é mais uma estratégia da Toshiba e MS para tentarem irem buscar um dinheiro extra que perderam com o HD-DVD... assim á primeira vista este DVD 2.0 parece-me um formato facil de produzir, e sempre assim cria mais uma confusaozita nos consumidores levando por sua vez a questionarem-se se será mesmo o BR o formato padrao para os proximos anos.
     
  7. I_Eat_All

    I_Eat_All Plasma Beam!

    Exacto, isso é que é o tiro no pé da coisa, para mim.

    Inteligente era ser um formato HD de legacy standard (e não opcional) com DVD/SD e que suportasse a multiplicidade de layers do disco. Ou seja... aquilo que se falou do HD DVD, de possibilitar que a primeira layer seja lida num leitor de DVD normal e as outras num de HD DVD (possibilitanto filmes em 2 formatos no mesmo disco); mas com capacidade de... ter duas layers de DVD e ter as layers que se queira do resto, ou em quantidades capazes de competir com o Bluray (que não sucedia com o HD DVD)

    Assim todos os filmes neste formato seriam HD ready o que admitidamente pode não alegrar muitos estúdios que estão com ela fisgada de vender filmes duas vezes (e pelo preço de um disco HD com esta funcionalidade e de um DVD serem dispares pelo menos inicialmente)... Mas a conseguirem apoio de alguns estudios... podiam ganhar muito suporte do publico desta forma e até pressionar o Bluray nesse sentido; era positivo.

    Assim... é como dizes, é inoquo e parece ajudar à confusão, o que pessoalmente nem é mau de todo... Só não vejo é onde querem chegar e como justificar essas diferenças.
     
    Última edição: 12 de Março de 2008
  8. Chopstick

    Chopstick I fold therefore I AM

    e a capacidade disso, é a mesma?
     
  9. chaosbringer

    chaosbringer Power Member

    Mas... mas... essses tipos não aprendem???
     
  10. DMH

    DMH 1st Folding then Sex

    Lots of cash and no brain:)
     
  11. Ansatsu

    Ansatsu Power Member

    DVD 2.0? Onde a qualidade é SD mas pode fazer upscaling para 960P?

    Querem fazer frente ao Blu-Ray com isso? lol...



    O futuro é HD. Não SD com upscale lol...
     
  12. JPgod

    JPgod Moderador
    Staff Member

    Isso teria sido EXCELENTE se tivesse aparecido a 2-3 ANOS ATRÁS, para concorrer com o BR nos seus primórdios.

    Alias, eram só ter adicionado o H.264/AVC e tínhamos HD movies em DVD's, Claro que teria que fazer upgrade aos leitores, mas era bem mais soft, visto que não era preciso lasers, nem discos novos, apenas um pouco mais capacidade de processamento nos leitores. E tendo em conta a tecnologia e a existência de leitores DVD com 1080p upscale, seria uma transição quase a borla!

    Os computadores, pelo menos os mais recentes, apenas bastava um update do software de leitura :D

    E 8,5 gb dá perfeitamente para filmes a 720p, (1080p não teria grande interesse de início, já que as vendas de ecrans 1080p é bem inferior que ecrans 720p) com óptima qualidade e bom som. Todos os extras iam para um 2º disco.

    Agora já vem tarde. Deviam era apostar em força no BR, adicionando as features do HD-DVD neste (no regions, download de legendas e afins)
     
    Última edição: 13 de Março de 2008
  13. Caveira

    Caveira Power Member

    Pois é lá isso é verdade, filmes normais 720p cabem num dvd 4.4gb com h264. Mesmo filmes longos + legendas e mariquices cabe num dvd 8gb.
     
  14. blastarr

    blastarr Power Member

    Sim, cabe tudo... depois de recomprimido para bit-rates menores.

    A vantagem do Blu-ray é que tem espaço para bit-rates de vídeo elevadíssimas, minimizando a perda de detalhe.
    E ainda sobra espaço para som de alta definição, mesmo sem qualquer compressão do mesmo.


    Eu posso dizer que comprimi um ficheiro de vídeo HD de tal forma que as caras das pessoas mais parecem "borrões" de cor, e continuar a dizer que é "720p" ou "1080p", porque a resolução, ou melhor, a quantidade de pixels, continua igual, não é ?
     
  15. JPgod

    JPgod Moderador
    Staff Member

    Não vamos andar nisso novamente.

    Tenho filmes em 720p x.264 e o respectivo source HD-DVD e sabe quais as diferenças em imagem? praticamente NENHUMAS!

    É claro que há filmes x.264 @mkv "HD" que são ranhosos, mas se bem codificados e nisso falo por um filme 720p num DVD de 8 ,5 gb e não 4,7, ficam perfeitos.

    Sobre o som, pah DTS @ 1500 kbps oferece qualidade praticamente perfeita (é o que se costuma usar em RIP's de 8,5 gb. Tudo bem que os blu-ray e hd-dvd tem os belos do DTS master audio e doubly TRUEHD, que são formatos LOSSLESS (mas com compressão algorítmicas e não lossy), mas na prática, só quem tem sistema de sons de milhares de € vai realmente "notar" a diferença.

    Ainda sobre HD-DVD, fiz extract do filme dos EVO e sabe quanto ocupa? 10 gb (o filme tem 25 no total). Basta fazer downscale para 720p, com uma bitrate para reduzir para 7 gb (logo reduz 30% do tamanho, mas com a redução da resolução, não se perde nada em qualidade de imagem! Leia-se artefactos e afins) e sobra ainda 1,5 para pores áudio :P com DTS a 1536, 2 horas de vídeo ocupam 1.382.400 kbytes, pelo o que até fica a sobrar espaço no tal DVD de 8,5 GB.

    E ainda por cima quando é RIP amador de um disco já existente, porque se fosse conversão directa do "RAW movie", as perdass seriam ainda menores.

    fazendo analogia com a fotografia, é como tentar recuperar uma foto "queimada" a partir do JPG vs recuperar do RAW. Com o RAW consegue-se quase sempre, com o JPG, "já era!". No caso, o RAW era o master movie e o JPG o blu-ray e a recuperação seria a passagem para H.264 até 8,5 gb :P

    Isso tudo para dizer, que era perfeitamente possivel, termos filmes a 720p, com qualidade excelente, durante uns 2-3 anos, de modo a fazer transição para o "fullHD @ blu-ray", com bitrares gigantes e audio sem compressão/lossless
     
    Última edição: 14 de Março de 2008
  16. blastarr

    blastarr Power Member


    Tudo isso é irrelevante.
    Perdes qualidade no som, perdes qualidade na imagem (resolução e detalhe/"crispness"), e obrigas a drive de DVD a rodar a velocidades elevadas durante o playback, para não deixar cair frames.
    A fiabilidade mecânica da drive e/ou do disco óptico são assim comprometidas.

    Relembro que a densidade de dados armazenados por mm^2 de um disco DVD é muito menor do que a de um disco Blu-ray, pelo que este último pode rodar a velocidades relativamente baixas para ler a mesma bit-rate de um ficheiro idêntico em DVD.


    Rip's ?
    Aceitaria mais depressa rip's multi-disco (onde o disco óptico não é o de playback, mas apenas de arquivo, e por isso o tamanho do ficheiro é irrelevante) com vista ao playback a partir de discos rígidos, do que rip's criados para "encaixar" nas limitações do DVD, um formato com quase 13 anos.
     
    Última edição pelo moderador: 14 de Março de 2008
  17. JPgod

    JPgod Moderador
    Staff Member

    Porque o DVD iria rodar mais rápido, se a duração do filme é igual?

    o bitrate seria igual a DVD's clássicos em MPEG2.
     
  18. muddymind

    muddymind 1st Folding then Sex

    Bem... Vi recentemente os 3 filmes do senhor dos aneis versão extended a 1080p que cabiam em discos de DVD9 (cada um) e uma coisa vos garanto... a qualidade não é muito diferente da versão blue-ray... viam-se todas as rugas das personagens e os cabelos e barbas tinham detalhes fenomenais :| é claro que nota-se uma muiiiiiiiito ligeira perda de nitidez mas sinceramente para mim era qb :D Já agora, o destr0yer tem razão... iria rodar à mesma velocidade :P Agora o que tinha de mudar mesmo era a capacidade de processamento...

    []
     
  19. N1ZN

    N1ZN Power Member

    Versão BD do Senhor dos Anéis? Onde conseguiste comprar?
     
  20. muddymind

    muddymind 1st Folding then Sex

    Comparei com o trailer...
     

Partilhar esta Página