1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.
  2. COVID-19 Mantenham-se seguros: Pratiquem distanciamento físico de 2 metros. Lavem as mãos. Usem máscara.
    Informação sobre COVID-19. Ajuda a combater o COVID-19 com o [email protected] e com o [email protected].
    Remover anúncio

Ubuntu 12.04 LTS (Precise Pangolin)

Discussão em 'Novidades GNU/Linux & *nix World' iniciada por kronozord, 3 de Dezembro de 2011. (Respostas: 419; Visualizações: 47456)

  1. PapiMigas

    PapiMigas Power Member

    Hum, mt interessante essa tua informação. Mas quando várias pessoas (o próprio Linus, p.e.) diz que o kernel está bloated não vai contra esse "tentar suportar o maximo de hardware possível" que falas? O facto de tentar tentar suportar o maximo de hardware possível não o torna mais lento?

    ab
     
  2. LynX-

    LynX- Power Member

    Ainda nao experimentei o 12 com o unity mas do que tenho visto parece que vai mesmo com a minha cara, fui o único a gostar? Parece tao user friendly e simples :)
     
  3. Ketheriel

    Ketheriel Power Member

    O Linus é conhecido por ser um adulto que se comporta como uma criança mimada (tal como eu), e nem tudo o que diz está certo, um dos exemplos disso tem a ver com o afastamento do Alan Cox[1] (ex-Red Hat, trabalha na Intel agora) do kernel. O que o Linus eventualmente se estava a referir era a retirar suporte para hardware que ninguém utiliza (ex: +10 anos), o que eventualmente vai acontecer (ex: o Mesa está a remover suporte para milhares de chipsets antigos com mais de 10 anos no 8.1).

    Depois tens a questão de definir o que é lento... e aí eu não vou entrar em pormenores porque ninguém nota grandes diferenças a olho nú... Queres tirar as duvidas por ti? Todas as distros fornecem o bootchart... Instala e mede por ti as diferenças ao milesimo de segundo se quiseres com os kernels que quiseres e configuraçoes que quiseres e partilha com o povo para vermos as diferenças. Depois debatemos a questao perante dados concretos :)

    Alem disso as polemicas recentes criadas pelo Linus com impacto muito negativo para o openSUSE demonstram que o homem deveria era estar calado... Dou-te um exemplo simples da filosofia Linus... Pegas numa distro e reduzes as politicas de segurança para por exemplo os utilizadores poderem alterar o system time sem permissoes de root (que o Linus defende)... Se eu partilhar uma workstation contigo e tu tiveres scripts na cron a correr que sejam vitais para o teu trabalho e eu alterar o system time por algum motivo, o mais certo e rebentar-te ou despolotar cenas estranhas no teus scripts de cron... Este é apenas um exemplo... poderia dar muitos mais... Portanto... nem tudo o que Linus diz é no melhor dos interesses da comunidade e ele tem o pessimo habito de pensar que todos teem as necessidades deles... Aprende uma coisa, o Linus é um ditador da pior especie...


    [1] - http://pt.wikipedia.org/wiki/Alan_Cox
     
  4. em primeiro lugar, obrigado ketherial por partilhares o teu conhecimento, o que por um lado me deixa feliz por já ter feito a grande maioria das coisas que sugeres para o avg.joe (e estou contente com o resultado)44455 por outro lado fico com aquela de que na prática, não há muito mais para fazer sem ter de perder tempo infinito a optimizar o meu bixinho para boot quase instantâneo. (Digo tempo infinito porque para o custo esforço^tempo/benefício é elevado para o que pretendo).

    Quanto à opinião do Linus, ele tem o direito de fazer o que quer, mas no mundo free / open quem dá as cartas tem de ouvir o utilizador. Existem centenas de distros dependentes do trabalho que se faz ao nível do kernel. se dizes quem quiser crie o seu kernel, porque é que não é o Linus faz um fork? E deixa a kernel actual seguir o seu caminho para bem de todos?
    Ele já fez uma, agora pode fazer outra < irony.


    EDIT: só para puxar a brasa à minha sardinha. A filha (canonical) não sai a mãe (debian):
    http://upsilon.cc/~zack/blog/posts/2012/03/debian_contributions_to_the_linux_kernel/
    http://www.kroah.com/log/linux/2.6.32-stable.html
     
    Última edição: 23 de Março de 2012
  5. flajeen

    flajeen Power Member

    Última edição: 28 de Março de 2012
  6. Gaugamela

    Gaugamela Power Member

  7. ZePestao

    ZePestao Power Member

    O gnome classic no ubuntu só peca por não ter a barrinha de search... (pelo menos eu nunca a encontrei lol)
     
  8. Ɽicardo

    Ɽicardo Power Member

  9. flajeen

    flajeen Power Member

  10. jutexol

    jutexol Power Member

    Não tem nada a ver! Já experimentei varias coisas que tentam substituir o Gnome 2 e tudo é diferente, como não gosto de disfarces estou a habituar-me a todo o custo ao Gnome 3.
    Embora tenha muitas saudades das múltiplas capacidades do Gnome 2, só me resta colocar uma coroa de flores na sua campa.
    Paz aos mortos e esperança aos vivos.
     
  11. Ɽicardo

    Ɽicardo Power Member

    Sim, os nossos comentários anteriores são atestados por esse vídeo. Gnome Fallback session dá uns ares de Gnome 2.32.x, mas perdem-se funcionalidades. Se continuares a ignorar os comentários dos utilizadores sobre este assunto, estás sozinho. Por mim dou o assunto por encerrado.
     
    Última edição: 30 de Março de 2012
  12. Cromo

    Cromo Power Member

  13. Ɽicardo

    Ɽicardo Power Member

    Não está nada mau, mesmo estando em fase beta. As aplicações estão mais rápidas (são lançadas mais rapidamente quando solicitadas), o boot é mais rápido, o Unity está muito mais configurável, ultrpassando claramente o Gnome 3 neste aspecto. Também notei com agrado que o Banshee desapareceu e o Rhythmbox voltou a ser o leitor de música por defeito. O Banshee é uma bela duma trapalhada, com menor desempenho e estabilidade que Rhythmbox.

    O que me parece que já se vem a arrastar - recordo-me que os problemas surgiram na versão 10.10 - é o software manager. Mesmo tendo sofrido melhorias ao longo das versões, é muito instável e está sempre a ter crashes e bloqueios. Mas tudo leva a crer que teremos aqui uma distro LTS bastante sólida.
     
  14. Ketheriel

    Ketheriel Power Member

    Desculpa mas com todo o respeito isso é um problema especifico do Ubuntu, eventualmente derivado de uma péssima implementação. Eu fui maintainer do Banshee no openSUSE e conheço bem o maintainer do Banshee no Fedora, e nunca vi o Banshee em Fedora ou em openSUSE com os problemas que tinha no Ubuntu... Isto é uma realidade! (Apesar da implementação de Mono em openSUSE também não estar ao seu melhor).

    A principal razão que levou o Banshee a ser varrido do Ubuntu tem a ver com o mesmo não estar ported para GTK3, o que está pendente por parte do pessoal do Mono e não é propriamente um problema do Banshee, tanto quanto sei já está tudo preparado mas nao pode ser released sem os fixes serem aceites na GTK#, da qual o maintainer upstream aparenta andar desaparecido.

    O Banshee é uma das principais demonstrações da incompetencia da Canonical! Disto não existe dúvidas, e acredito que quem experimentar o Banshee noutra distro certamente vai ter uma experiencia bem diferente da oferecida pela Canonical.
     
  15. Ɽicardo

    Ɽicardo Power Member

    Seja. Só experimentei o Banshee em Ubuntu e pareceu-me terrível.
     
  16. Aparicio

    Aparicio /dev/mod
    Staff Member

    Chega de offtopic sff. Isto já merecia ser fechado e ainda nem sequer saiu a versão final... :wvsore:
     
  17. PapiMigas

    PapiMigas Power Member

    Tenho esta beta2 no meu portátil desde hoje e nas primeiras configurações "obrigatórias" (ubuntu tweak, gufw, ubuntu one, etc) encontrei uma bela supresa:
    A imagem de fundo do login (lightdm) muda de acordo com a imagem de fundo do utilizador!
    De um modo geral a performance está muito boa, bem melhor que o 11.10 (que já estava bom). Muito positiva, esta primeira abordagem ao novo LTS.

    Cump
     
  18. sparrow

    sparrow Power Member

    só para dizer que não tinha conseguido instalar a beta 1 numa máquina virtual e que a beta 2 instalou sem problemas... não faço ideia do motivo, mas fica a (pouca) informação.
     
  19. limoeirodobom

    limoeirodobom Banido

    Ainda ontem estava a ver uma análise no YouTube do Ubuntu e aquilo é tão bizarro. Aquela barra à esquerda e a maneira como se trabalha. perde-se tempo precioso com tarefas inúteis ao clicar aqui, ali e acolá. Eu nunca usarei o Unity aquilo não tem ponta por onde se lhe pegue. Boa Sorte aos Ubuntistas. A produtividade diária passaria para menos de metade. O tempo gasto em procedimentos e passos para começar uma tarefa maça a pessoa. Antes de iniciar algo... seja escrever ou editar ... para chegar ao preciso momento de começar já se gastou um tempo, que não pode ser desperdiçado, a chegar ao local para começar a tarefa/trabalho. Ora uma cosia destas vai contrariar a dinâmica e facilidade que uma pessoa tem de ter num computador. Estou certo ou não? Uma pessoa olha para o Debian instalado e clica lá no menu, abre o programa e está a escrever ou a editar. É isso que é preciso.
     
    Última edição: 3 de Abril de 2012