1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.
  2. COVID-19 Mantenham-se seguros: Pratiquem distanciamento físico de 2 metros. Lavem as mãos. Usem máscara.
    Informação sobre COVID-19. Ajuda a combater o COVID-19 com o [email protected] e com o [email protected].
    Remover anúncio

Ubuntu 12.04 LTS (Precise Pangolin)

Discussão em 'Novidades GNU/Linux & *nix World' iniciada por kronozord, 3 de Dezembro de 2011. (Respostas: 419; Visualizações: 47645)

  1. flajeen

    flajeen Power Member

    O Ubuntu já foi bem mais rápido... 9.04 é que era :D
     
  2. cktiger

    cktiger Power Member

    Não te estarás a referir ao gnome (desktop environment)? o ubuntu 9.04 era mais rápido porque usava o gnome-2.26.2 , agora usa o unity equivalente ao gnome-3.4. O Slackware 12.0 com kde-3.5.8 era muito mais rápido do que agora o Slackware-13.37 com kde-4.5.5. :)
     
  3. s0ldier

    s0ldier Power Member

    Hmm assim de momento lembro-me do Ubuntu 10.04 (anterior LTS) que estava bem rápida e do 10.10 que foi a minha versão favorita tanto uma versão como a outra eram de facto muito rápidas.

    Este 12.04 está muito bom em termos de rapidez não venham com coisas, ou estão a usar em pc´s fracos ou está alguma coisa mal, pois no meu portátil e no meu desktop funcionam tão ou mais rápido como o Win7.
    É verdade que tanto num PC como no outro os Windows já estão instalados há uns belos tempos e com alguma tralha. Mas em termos de tempos (no portátil que é o que uso mais) o Boot é practicamente o mesmo tempo. A trabalhar e browsing o HUD dá uma pequena ajuda a "vasculhar" os menus dos programas para o que quero. A desligar/reiniciar o Ubuntu ganha por uma margem grande. Não algo de extraordinario, mas o suficiente para me deixar contente xD.

    Cumps
     
  4. ObscureAngel

    ObscureAngel I quit My Job for Folding

    Dai a ter referido no meu netbook :P
     
  5. s0ldier

    s0ldier Power Member

    Qual é o teu netbook? Como podes ver tenho no meu e não noto assim grande lentidão, pelo menos que me chatei ou me impossibilite de trabalhar, não é o desempenho de nenhum I7 mas pronto xD
     
  6. ObscureAngel

    ObscureAngel I quit My Job for Folding

    Asus 1000h
    Intel Atom N270 (single core 1.6 fsb 533)
    2gb DDR II 800 (trabalhar a 667)
    Intel GMA 945

    Cumps..
     
  7. s0ldier

    s0ldier Power Member

    Epa o teu é básicamente igual o meu só é 1.87 e a Ram é DDRIII a 1333 o que não sei se faria grande diferença. Epa secalhar é a nossa definição de rapidez que é diferente! xD Porque eu até não acho assim tão lento.
     
  8. ObscureAngel

    ObscureAngel I quit My Job for Folding

    Sim poderá ser! :D
     
  9. Romani48

    Romani48 Power Member

    sim eu também tinha posto no meu 1000h.. e aquilo era um martirio isto ainda na beta 1
     
  10. Ketheriel

    Ketheriel Power Member

     
  11. Aparicio

    Aparicio /dev/mod
    Staff Member

    Quando falam na tal rapidez/lentidão não penso no boot, não só isso varia consoante os serviços que se têm a arrancar por exemplo, como é irrelevante tendo em conta que um PC passa muito mais tempo ligado do que a arrancar.
    Talvez seja relevante para quem têm netbooks e está sempre a ligar/desligar, mas não é esse o meu caso.

    Quando falam em um sistema ser rápido eu traduzo em estar fluído, responsivo, ser instantâneo à nossa percepção nas tarefas simples.
     
  12. wwwjunk

    wwwjunk Power Member

    Isto para mim resume-se numa palavra: SSD.
     
  13. Aparicio

    Aparicio /dev/mod
    Staff Member

    Não é preciso tanto, mesmo com um disco mecânico dá perfeitamente para ter um sistema fluído. Claro que a 1ª vez que se executa algo pode ter mais uns milisegundos de atraso, mas outra vez, qual é a relevância disso em comparação com todas as execuções seguintes? A cache do disco na RAM serve para alguma coisa.
     
  14. Ketheriel

    Ketheriel Power Member

    Os meus build hosts funcionam em RAM disk, ligeiramente mais rápido que SSD :)
     
  15. wwwjunk

    wwwjunk Power Member

    Percebo o que dizes, mas não é a mesma fluidez. A melhor maneira de o confirmar é ter um SSD e depois passar novamente para discos mecânicos.
    Já tive um que queimou, e ter que voltar a usar um disco normal foi mesmo terrível. Era num portátil e o disco de 7200rpm, mas nem que fosse um raptor....

    Mas isso não te dá aquela rapidez no boot e fluidez a usar o SO que está instalado.

    $ df -h | grep /tmp
    tmpfs 7.0G 28K 7.0G 1% /tmp

    Uso isso às vezes como armazenamento temporário só porque posso ;)
     
    Última edição: 16 de Abril de 2012
  16. jutexol

    jutexol Power Member

    Para mim a maior pena foi ter que desinstalar o único Ubuntu que ainda tinha, devido à falta de suporte e aos muitos erros de PPAs, por uns tempos digo adeus ao Ubuntu e uso o Mint.
    Como o Ubuntu 10.10 provavelmente não existirá outro.
    Na minha maneira de ver e depois de tudo o que testei e eusei, foi o melhor que se fez no mundo Linux.
     
  17. limoeirodobom

    limoeirodobom Banido

    Se funciona não se muda. O 10.10 era óptimo. Agora está ali aquela coisa que é dirigida para os tácteis, tablets etc mas que para computadores de secretária não serve. Uma coisa boa teve. As pessoas dispersaram-se por outras distros e veio provocar o aparecimento e/ou desenvolvimento de outras distros. Exemplo > Solus Os, Mint, Zorin, SnowLinux, Trisquel, Mepis, Saline, e por aí fora. Para mim, que só utilizei o Ubuntu em Live Cd, o Ubuntu foi uma porta que muita gente usou para passar para Linux e nisso foi bom. Agora acho que já não é essa porta. Agora outros tomaram o lugar. Os Puppys são um deles. Há tantos que já nem os consigo catalogar.
     
  18. Dogzilla

    Dogzilla Power Member

    A minha primeira experiência a fundo e porta de entrada em Linux foi com o Ubuntu 8.04 LTS. No entanto, hoje em dia já não recomendo Ubuntu a ninguém.
     
  19. Romani48

    Romani48 Power Member

    na verdade acho que o unity nao tem assim tanto de dirigível para tablets.. tem uma dock, que tem um grande menu.. mas e?

    Realmente acho que o Ubuntu já nao é o que era, mas nao penso que seja para algo pior.. esta a criar uma personalidade para lá do simples Debian, com packages mantidas por uma entidade e um GNOME 'default' com uns set de icons.. e acho que não há muito por onde criticar.. Ubuntu hoje em dia é um OS viável a qualquer um...

    Claro que para quem se começou a aventurar por linux, hoje em dia já tem uma noção daquilo que linux pode oferecer.. e pode ser muito mais que uma unica distro tem..

    Por exemplo, eu agora andei a por em 2 portateis que aqui tenho (netbook e notebook) um variante de Ubuntu, o elementary OS.. e esta distro so mostra aquilo em que se pode tornar um simples e mero Ubuntu..

    fará outras distros diferentes..

    é o tal mundo de possibilidades.. a filosofia aqui é sermos livres.. e não estamos a falar só de licenças
     
  20. Dogzilla

    Dogzilla Power Member

    Por acaso também gosto de Elementary OS. Já experimentei há uns bons tempos, não sei se mudou entretanto, mas do que experimentei gostei.