1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Ubuntu - o que acho depois de alguns dias de teste

Discussão em 'Novidades GNU/Linux & *nix World' iniciada por grafo, 15 de Abril de 2007. (Respostas: 25; Visualizações: 1714)

  1. grafo

    grafo Folding Member

    Olá pessoal. escrevo este post para exprimir alguma desilusao acerca do ubuntu. se foi feito para ser user-friendly acho que falhou o objectivo... obtive mais erros com o ubuntu do que com o archlinux - a distro que o pessoal em geral considera instavel - e cujo maior erro que me deu foi o firefox ser killado (claro que apareceu a janela restore tabs a seguir :P)
    também acho que é muito pouco lógico o facto de os pacotes serem compilados para processadores 386.. quem usa um processador desses hoje em dia? pelo menos criavam uma seccao de pacotes precompilados para processadores "normais"
    se se estiverem a perguntar que erros é que eu posso ter tido, pois eu digo: drivers nvidia, chaves GPG desactualizadas, automatix2 deu erro na instalacao dos pacotes, logo da vez em q instalei milhentos de uma vez.
    Também acho que o archlinux tem uma wiki que nao fica nada atras de qualquer guia do ubuntu ou da sua wiki.
    Por ultimo, acho que o arch também tem o sistema de pacotes muito mais organizado do que o ubuntu: nomes mais simples, etc.
    tambem esperava que o ubuntu fosse capaz de, sozinho e com a ajuda do debconf, tratar das actualizacoes sozinho, mas pelo que vi nem foi capaz de apagar a linha do kernel antigo do menu.lst do GRUB ,nem mesmo de apagar o kernel velho.
    abraços.
     
  2. Morais

    Morais Power Member

    Por partes:

    -> Todos os processadores seguem uma base 386, logo é a melhor escolha para um kernell predefinido, e as diferenças, fora Dual-Cores e afins, é irreconhecível.

    Mas, mesmo assim, sudo apt-get update && sudo apt-get install linux-686

    -> Os nomes de todos os pacotes são nomes simplificados, a unica diferença é o gestor de pacotes que usas, no caso do Ubuntu tens o muito directo e simples Add/Remove ou o mais detalhado Synaptic.

    -> erm, é assim, todas as distribuições com que trabalhei mantêm uma copia de todos os kernells que foram instalados no sistema por questões de segurança ou, até ,porque há quem goste de ir experimentando com diferentes kernells e respectivas configurações.

    O que tu chamas de falhas eu chamo de inexperiência, tua.
     
  3. ruimoura

    ruimoura Power Member

    Há alguma distro que faça isso? Apagar o kernel antigo automaticamente? E depois se há bronca com o update do kernel, ficas a arder ... Isso é completamente ridículo.

    Quanto ao automatix, isso é um programa "third party", que nada tem a ver com o Ubuntu, e até te digo mais, os responsáveis do Ubuntu não aconselham sequer o uso do automatix (não estou a por em causa o seu valor).
     
  4. Morais

    Morais Power Member

    O automatix instala drivers e programas que chegam mesmo a ser ilegais nos EUA, dai o não aconselharem.

    Fora isso é dos melhores programas que poderiam ter inventado para o Ubuntu.
     
  5. grafo

    grafo Folding Member

    para isso há live cds, mas pronto..
    eu nao disse q a coisa do automatix fosse culpa dos criadores do ubuntu, disse apenas que funciona mal e acabou.
    depois, eu tenho o kernel certo para o meu cpu - linux-686-spm - e noto uma grande diferença de velocidades. se o kernel é feito para essa arquitectura e os pacotes compilados para outra, será que a velocidade de programas comuns aumenta alguma coisa? :o
    no ubuntu nem o java me dá bem... qual é a lógica de ter praí todas as versões de um pacote no repositório, e nao so a ultima? confundir o utilizador q procura pacotes com o aptitude search ...? e qual é a lógica de haver apt-get e aptitude?
     
  6. Morais

    Morais Power Member

    O repositório é único, o gestor do mesmo é uma questão de gostos.
     
  7. grafo

    grafo Folding Member

    eu nao quero dizer que o aptitude é mau, digo que uma re-estruturacao nao lhe ficava nada mal...

    o que fiz com o post nao foi querer arranjar polemica - e admito que ate teem razao na coisa dos kernel's (apesar de uma perguntinha ao utilizador se desejava remover o kernel antigo nao ficar nada mal), mas digo que o ubuntu está cheio de aspectos para melhorar, e que VALE a pena tentar outras distribuicoes.
     
  8. ruimoura

    ruimoura Power Member

    Aí já concordo :)
     
  9. grafo

    grafo Folding Member

    sou capaz de dar uma nova hipotese à versão 7 e possivelmente ao debian etch, a ver o que acho, antes de voltar para o arch...
     
  10. CR_

    CR_ Power Member

    O aptitude é o melhor ;) (estou a falar de Debian-based).
     
  11. grafo

    grafo Folding Member

    pois, também já li isso, e o aptitude também tem mais cenas acho eu - purge e search - do que o apt-get... mas ter os dois acho um bocado ridiculo.
    uma coisa, li que o debian é pior que o ubuntu em velocidade e na velocidade do boot, e'verdade?
     
  12. nothing

    nothing Power Member

    No portátil nunca consigui correr o comando aptitude. Dá sempre 'segmentation fault'. Só funciona a toque de apt-get.

    Em relação aos erros do firefox. Bem, são normais em qualquer plataforma. Eu desisti e virei-me para o Opera que me parece muito melhor a todos os níveis.
     
  13. APLinhares

    APLinhares OpenSource Moderator
    Staff Member

    Mais cenas? se dissesses que lida melhor com as dependencias... porque já o apt tinha o search por ex...
    Debian é melhor em velocidade... no boot, demora mais, porque o nr de processo é maior.
     
  14. CR_

    CR_ Power Member

    Eu quando passei para Debian notei que era mais rápido, não nos podemos esquece que instala menos coisas, e que as que instala são mais estáveis/mais testadas. Testa e vê por ti mesmo.

    Quanto ao aptitude tem uma vantagem ENORME. Ex.: Eu instalo um programa pelo aptitude e este precisa de fazer download de dependências e instalar. Instala como no apt-get. Mas, ao desinstalar o aptitude vai também remover não só o programa mas também as dependências (se não forem usadas por outro pacote claro) que instalou com o programa.

    Com o apt-get isso não acontece o que a longo prazo faz com que fiquemos com muitos pacotes desnecessários.
     
  15. xupetas

    xupetas Banido

    Uma coisa é ser retrocompativel com i386 outra é ser identico... exprimenta compilar um LFS ou um gentoo e ves MESMO a diferenca de velocidade...
     
  16. LnxSlck

    LnxSlck Power Member


    Desculpa lá, tinhas Arch e foste para Ubuntu ?? Isso é como andar de cavalo para burro...

    Shields UP
     
  17. grafo

    grafo Folding Member

    eu não vivo de computadores. fui para ubuntu à espera que fosse +- igual e que fosse mais simples para por as coisas a funcionar (embora nao seja nada complicado no arch, apenas posso fazer pacman -Syu (equivalente ao update && dist-upgrade), não ler uma notinha que la tem, e ter o sistema sem bootar a seguir :P
    mas isso é mt raro, claro! o ubuntu e debian acho q resolvem isso com o debconf né? dá mt jeito ter isso!
    se querem que vos diga, a distro que eu acho qeu mais iria gostar era o PLD mas é pena que quase só polacos usem essa distro.. acho que nem tem mirrors portugueses :|
    nao podendo instalar o PLD, acho q fico no arch.. a nao ser que esta nova versao do ubuntu me surpreenda MUITO.
     
  18. CR_

    CR_ Power Member

    Se queres uma distro que não dê problemas mete Debian Testing (Lenny). Isto se ainda não quiseres voltar para o arch...
     
  19. grafo

    grafo Folding Member

    hmmm, e o ubuntu não será melhor que o debian em algumas coisas? p.ex é possível instalar drivers proprietários com o debian? eu preciso dos da nvidia para o beryl...
    e o que acham do 7.04 do ubuntu? vai mudar alguma coisa?
     
  20. [knap]

    [knap] Power Member

    Basta correr

    Código:
    apt-get autoremove
     

Partilhar esta Página