1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.
  2. Consulta o Portal de Jogos da ZWAME. Notícias, Artwork, Vídeos, Análises e muito mais.

    Remover anúncio

União Europeia diz que jogos são bons para crianças

Discussão em 'Jogos - Discussão Geral' iniciada por Horus-Anhur, 12 de Fevereiro de 2009. (Respostas: 23; Visualizações: 2695)

  1. Horus-Anhur

    Horus-Anhur I folded Myself

    Quem não gosta de ouvir alguém dizer algo que já defendemos há anos? Alguns jogos são bons para as crianças, é preciso ter atenção às classificações etárias, é importante que os pais tomem atenção ao que os filhos jogam, há jogos que não são para crianças... Enfim, é isto que a União Europeia vem dizer, num relatório divulgado ontem em Bruxelas.

    O estudo concluiu que os videojogos podem trazer vários benefícios ao desenvolvimento das crianças.

    Os videojogos, na maior parte dos casos, não são perigosos e podem até contribuir para o desenvolvimento de capacidades importantes. Estimulam a aprendizagem de factos e capacidades como o pensamento estratégico, a criatividade, a cooperação e um sentido de inovação.

    A UE salientou que nem todos os videojogos são apropriados para crianças, estabelecendo um paralelismo com os livros e filmes, em cujos casos também há exemplos de conteúdo dirigido a um público mais velho. Além disso, não encontrou qualquer ligação definitiva entre jogar e comportamentos violentos, embora admita que alguns videojogos podem estimular a violência em situações específicas.

    Sem pretender promover qualquer tipo de censura sobre este media, a União Europeia apelou aos 27 estados membros para ajudar a fortalecer o código PEGI (Pan European Game Information), o sistema voluntário europeu de classificação de videojogos, a funcionar desde 2003. O relatório pediu também a criação de um "botão vermelho" (como lhe chamam) que permita aos encarregados de educação controlar o conteúdo disponível para os seus educandos, bem como controlar o tempo que estes passam a jogar.


    Fonte
     
  2. x1co

    x1co Power Member

    quase todos os anos sai um estudo igual :007:
     
  3. theforbidden1

    theforbidden1 Banido

    Sera que é desta que finalmente vao criar condições para que as crianças deixem de jogar jogos inapropriados para a sua idade?


    Até mete nojo entrar numa loja de videojogos e ver que certos jogos não estão em prateleiras separas, nem tão pouco o funcionario verifica a idade dos miudos antes de lhes vender os jogos.
     
  4. DuarteTZ

    DuarteTZ Power Member

    Há uns anos atrás eu não me importava com isso :lol:

    Falando a sério, acho que um jogo que tenha muita violência e conteúdos sexuais não são bons para as crianças pequenas, mas de facto a verdade é que com os videojogos (principalmente do género de Puzzles), desenvolvemos muito mais o nosso raciocínio, a nossa criatividade, etc... como o estudo referiu.
     
  5. manelis

    manelis Power Member

    em inglaterra reparam, lembrome de nao venderem o battlefield (2142 penso eu) a um amigo meu com 15 anos porque o jogo era +16...
     
  6. Almoinhas

    Almoinhas Power Member

    Fazem com cada estudo... Então isso não é mais que evidente?

    Amanhã vão fazer um estudo sobre batatas. Parece que chegaram à conclusão que aquilo nasce na terra!
     
  7. LBFANSTi

    LBFANSTi Power Member

    Não passa só pelos funcionarios das lojas, tem que passar tambem pelos encarregados de educaçao, ainda no outro dia estava na gamestop em telheiras e tava um pai a comprar um gta 4 para o filho de 14/15 anos..

    E sim, concordo que devia haver uma separaçao por rating de idade, tando os jogos com classificaçoes mais alta, nas parteleiras mais altas ou assim..
     
  8. Abiak

    Abiak Power Member

    Não adianta, os putos pedem para alguém ir pegar lá para eles se não alcançarem :P

    Mas sinceramente, viver em um pais onde não é permitido nem alugar jogos achas que eles vão se preocupar em separar isso? mesmo em locadoras de filmes só separam a pornografia porque são obrigados, eles mesmo com a ficha do jovem, sabendo que é menor ainda o deixam alugar certos filmes.

    Quando for possível alugar jogos, os computadores não permitem alugar jogos impróprios dependendo da idade introduzida no perfil da pessoa, logo ai vamos ter mais controlo.

    Ontopic:
    concordo com isso, há jogos muito bons e educativos. o professor layton and the curious villager para a DS por exemplo. tive um otimo EPE (entretenimento por Euro), foi um dos jogos que mais prazer me deu terminar e jogar até o desafio da semana e é um jogo de puzzles!
     
  9. Crrash

    Crrash Power Member

    bem GTA aos 14/15 anos tambem não é tão horrivel. Eu proprio joguei quando era mais novo variadas series de jogos para a cima de 16 ou mesmo 18 anos. Tomb Raider, Duke Nukem 3D e shadow warrior, GTA, hitman, Hexen e Heretic, Doom 2, etc. e todos os jogos que vieram depois.
    Não me tornei num monstro. Mas tambem cabe aos pais ver quais jogos são apropriados para os filhos.
    Aceito que comprem para os filhos menores de idade jogos mais violentos, mas pelo menos devem olhar para o que estão a comprar e para isso o rating da PEGI da jeito
     
  10. RicardoMoreira

    RicardoMoreira Power Member

    Com os jovens de 14/15 anos que vejo por aí, nem Tetris eles deveriam jogar, quanto mais GTA...
     
  11. Kevin04PT

    Kevin04PT Power Member

    Eu por acaso jogo jogos desde muito pequeno e o meu género preferido é FPS, tudo o que tem armas, violência, etc. E sou uma pessoa nada violenta, por isso acho que os jogos nunca me influenciaram ;)
     
  12. bikkenberg4fun

    bikkenberg4fun I'm cool cuz I Fold

    Penso que no que toca a materia dos jogos serem adquiridos pelas crianças eu proprio tinha 11 anos ou 12 por ai e ja so queria cs, mesmo agora tenho a ps3 e a psp mais a uso e o meu irmão joga os mesmo titulos que eu, GtaIV incluido, ele por acaso é mais de fifa e Lbp, mas as vezes la pega no Gta, claro que nao tenho o Resident evil 5 ou dead space :'( sao titulos que me agradam muito, mas acho que são muito "pesados" para ele, mas ja tive o Creed e foi o meu irmão que chegou ao fim dele, ele é muito dado a jogos de aventuras ( já agora ele tem 11anos) e acho que não é por ai que algo vai mudar nele, muito pelo contrario até estimula o seu pensamento pois certos jogos para "nós" (18+) estimulam a criança, agora como tudo ha que ter controle em certas tematicas :)
     
  13. HardcoreRetroGamer

    HardcoreRetroGamer Power Member

    Tanto eu como o meu irmão (12 anos) jogamos jogos +18 e somos completamente normais. Eu já jogava Resisdent Evil com 6 anos por isso...
     
  14. Abiak

    Abiak Power Member

    Assim meio off-topic:
    Ando a jogar o the world ends with you para NDS, de acordo com o jogo se eu usar roupas de marca fico mais forte. e isso me influencia? não! sabe porque? porque não há dinheiro para roupas de marca por causa da crise xD
     
  15. 6969

    6969 Power Member

    Boas

    O meu filho mais velho, com 5 anos jogava o Halo 1 e já jogou os outros Halos (2 e 3) e acho-o perfeitamente normal. No entanto vejam os canais FX ou o MOV aos Sabados á tarde ou mesmo as noticias, e aí sim acho que "coisas" chocantes para os putos.

    Cumprimentos;
     
  16. DragonspiritPT

    DragonspiritPT Power Member

    Pois, eu penso da mesma maneira, mas há pessoas que são fracas da "tola" e depois ficam afectadas por essas coisas. Se não têm capacidade para distinguir "jogo" e "realidade" não deveriam jogar.
     
  17. Josef Stalin

    Josef Stalin What is folding?

    Pois, mas isso não adianta, pois eu ja vi bastante casos nas lojas, de pais a comprarem jogos 18+ a filhos com 12 anos, como o San Andreas
    Oh my God
     
  18. Kevin04PT

    Kevin04PT Power Member

    Pois, mesmo estando lá em grande escrito +18 os pais não ligam...
     
  19. arkannis

    arkannis Power Member

    Obviamente que não se pode generalizar.
    Se derem desses jogos violentos a crianças bem educadas e com algum desenvolvimento intelectual, o jogo não passa disso mesmo, um jogo. Sabem perfeitamente distinguir a realidade da ficção e não vão andar na vida real a atropelar velhinhas :D
    Mas nas mãos de uma criança mais propensa à violença e que os pais não tenham grande controlo sobre ela, acredito piamente que esses jogos possam desencadear comportamentos violentos nos putos.
     
  20. Popsai

    Popsai Power Member

    Tenho 15 anos, quando era mais novo jogava coisas do genero do postal, gta, carmagedom, etc...
    Não fiquei nenhum monstro, alias, jogo gta e gosto, e nao acho um jogo propriamente para maiores de 18 (penso que seja o rating)
     

Partilhar esta Página