1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Utilizar a memória integralmente. O que fazer?

Discussão em 'Dúvidas e Suporte Técnico PC' iniciada por Marisa Antunes, 16 de Maio de 2008. (Respostas: 6; Visualizações: 679)

  1. Marisa Antunes

    Marisa Antunes Power Member

    Amigos,

    Venho pedir-vos ajuda no seguinte assunto:

    Sou doutoranda em Matemáticas.
    Por necessidade pessoal, comprei há semanas atrás um computador equipado com um processador Quad Core Q9650 e o VISTA 64 bits.
    Como utilizo programas de processamento pesados, tenho instalados 8MB de memória RAM.

    No entanto, verifiquei há dias, através do EVEREST Ultimate, que quando estou a utilizar os programas de cálculo em "carga máxima" - processador em "full -, só menos de metade da memória (47%) é utilizada (cerca de 3,817 MB). Isto é, tenho 53% da RAM (4,372 MB) disponível (neste caso, desperdiçada...).

    O que posso/devo fazer, para utilizar no processamento a totalidade da memória (= 8 MB)?

    É que comprei um SO a 64 bits para aproveitar (TODA) a memória e, afinal, isso não está a acontecer.

    O que devo fazer?

    Marisa
     
  2. Camelon

    Camelon Power Member

    Olá, neste caso o software em si apenas esta a utilizar essa memoria, porque é a única que ele precisa, não existe forma de "libertares" mais ram para o software, porque ele não necessita do mesmo. Abraço
     
  3. possessed

    possessed Full Throttle BOINC Roller

    abre meia duzia de programas de edição de imagem, audio e video com uns respectivos documentos bastante grande a ver se não começa a "encher" isso tudo.

    A ram só é utilizada para o necessário. O que interessa é o cpu a 100%. Isso sim indica que está a fazer todos os cálculos possiveis. Caso a RAM estivesse toda ocupada o sistema operativo iria começar a usar memória virtual no disco rígido e não queres que isso aconteça pois a partir desse momento começa a faltar infomação para o processador calcular e certamente ele cairá dos 100% de utilização
     
  4. WindWalker

    WindWalker Power Member

    Não está a ser desperdiçada, está livre para outros programas, que precisem, a utilizem.

    Não há interesse. Se não houver um mínimo de memória livre, o sistema operativo não tem 'margem de manobra' e começa a andar aos soluços.

    O mesmo acontece com o 'espaço' nos discos rígidos.

    Um SO de 64-bits consegue alocar esses 8GB de memória, mas isso não significa que tenham que estar todos ocupados. No entanto estão disponíveis para armazenamento de dados, e com um SO de 32-bits ficava limitado ao máximo de ~3GB.

    É como comprar um armázem. Ficam X metros quadrados disponíveis, mas não é por isso que se enche ou tem que ter o armazém cheio. Mas existe a garantia que os X m² podem ser utilizados, porque estão lá.

    Não necessariamente. Por exemplo, uma operação/conjunto de operações que constitui a compressão de um ficheiro pode ficar limitada pela performance do disco rígido, podendo não ser o CPU utilizado a 100% durante a compressão.
     
  5. balute

    balute Power Member

    Não é a melhor analogia para este caso... Parece ser mesmo limitação do software.
     
  6. Eu por acaso admiro-me de conseguires correr o Vista com 8Mb de memória. :P

    Agora a sério, tal como já foi dito, a memória não está desperdiçada, está disponível para outras aplicações.
     
  7. possessed

    possessed Full Throttle BOINC Roller

    Isso recai na parte que eu falei no swap file. O comentário que eu fiz está direccionado ao tipo de utilização da cara Marisa. Como ela refere utiliza programas de processamento pesados e sendo doutoranda em matemática presumo que é intenção principal a utilização de programas ciêntificos que necessitem muitos flops. São geralmente programas que em sistema com muita RAM e processador potente só acedem ao disco para guardar os resultados. Pouco variam - se é que variam - dos diversos projectos de computação distribuida dos quais uma boa parte dos utilizadores do forum faz parte (incluindo eu)
     

Partilhar esta Página