1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.
  2. Consulta o Portal de Jogos da ZWAME. Notícias, Artwork, Vídeos, Análises e muito mais.

    Remover anúncio

Valve goes multicore

Discussão em 'Jogos - Discussão Geral' iniciada por timber, 6 de Novembro de 2006. (Respostas: 3; Visualizações: 1004)

  1. timber

    timber Zwame Advisor

  2. Caveira

    Caveira Power Member

    Muito, mas mesmo muito frente.:wow:

    Parece que se calhar, o meu sonho dum jogo tipo Total War com números de 500.000 em vez de 5.000 homens, poderá se tornar realidade num futuro não tão distante! :x2:
     
  3. SilveRRIng

    SilveRRIng Power Member

    Percebo a tua ideia, mas se calhar 500.000 bonecos deve ser uma enorme dor de cabeça logistica para os controlar a todos, para além de que deverão ter sido pouquissimas batalhas a envolver tão elevado numero de tropas. Nas largas dezenas de milhar já deverá ser mais comum. Mas o importante a reter, mais do que a quantidade de tropas ao mesmo tempo, será imaginar esses mesmos 5000 com comportamento distinto e inteligente, como entidades independentes. Talvez seja mais esta a ideia, penso eu.

    Quanto à Valve e ao que estão a desenvolver, acho uma excelente estratégia, visionária mesmo, já que estão adiantados num processo que é incontornável. Espera-nos jogos com fisica e AI avançada num futuro próximo, assim como um elevado numeros de objectos e personagens inteligentes em RTS, como disse o Caveira.
     
  4. Caveira

    Caveira Power Member

    Já jogaste Rome: total War? Nesse podes fazer batalhas com um máximo de 40.000 homens (divididos em unidades de 240). Claro que para isso é preciso duma máquina bastante boa.

    De 40.000 para 500.000 não vai uma diferença tão grande, dando em conta os progressos a serem feitos a nível de hardware e software. Só na primeira batalha que Gáio Júlio César teve com os gauleses, os romanos enfrentaram 300.000 gauleses! E com um bom motor não seria nada difícil controlar tantos homens. É só uma questão de agrupar os homens em "linhas" e ter a possibilidade de desagrupa-los.

    Uma beca off topic mas já agora:
    http://video.google.com/videoplay?docid=1271660270985424121&q=bribacte_mov

    Mas acho que o mais importante a concluir deste artigo, é que no futuro próximo, os jogos da valve passarão a ser ainda mais intensivos a nível de physics, o que é bastante fixe na minha opinião, pois a valve já provou saber fazer bom uso das mesmas.
     
    Última edição: 7 de Novembro de 2006

Partilhar esta Página