1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.
  2. Consulta o Portal de Jogos da ZWAME. Notícias, Artwork, Vídeos, Análises e muito mais.

    Remover anúncio

Western Europe Home of Most Active Pirates

Discussão em 'Jogos - Discussão Geral' iniciada por Pure_Water, 17 de Fevereiro de 2009. (Respostas: 155; Visualizações: 7904)

  1. Pure_Water

    Pure_Water Power Member

    http://kotaku.com/5155318/western-europe-home-of-most-active-pirates

    não é para admirar que Portugal esteja no top (pena que seja por más razões, como ja vem sendo hábito)...
     
  2. paperless

    paperless Power Member

    Apesar de ser manifestamente contra o que a pirataria é e representa também não consigo deixar de reparar na imaginação fértil de alguns. Até parece que cada jogo pirateado equivale a um jogo comprado num contexto em que a pirataria seja impossível :rolleyes: .
     
  3. Neurotical

    Neurotical Power Member

    tanta coisa errada com este artigo imho.
     
  4. Made me lol...
     
  5. skandal

    skandal Power Member

    Exactamente, duvido que por cada 1000 jogos que não fossem sacados houvesse um comprado.....
     
  6. zx-9r

    zx-9r Power Member

    essa desculpa não pega
     
  7. Crrash

    Crrash Power Member

    há muita gente (developers) que hoje em dia diz que a pirataria ajuda a fazer os jogos mais conhecidos (porque rara é a gente que vai buscar uma demo e acho que todos sabem que demos não são indicativos do produto final). Alias muitas companhias começaram graças à "pirataria", na altura chamava-se shareware e era promovido pelas proprias developers (Id por exemplo).


    woo Portugal!


    btw. vê-se então que o preço tem alguma influencia na quantidade de pirataria. Não só "western europe" tem o euro que está a tornar os jogos muito caros, mas ainda por cima suponho que esses paises são aqueles em que os preços mesmo assim são ainda mais elevados.
     
  8. Neurotical

    Neurotical Power Member

    é claro que não pega, mas a verdade é que este ano passado comprei vários jogos e só 1 é que comprei numa loja e a preço total (team fortress 2 e foi num dos weekend deals por isso n sei se serve como preço total), tudo o resto foi comprado usado em foruns, miaus e ebays.

    n digo que a pirataria não seja um dos problemas da indústria de jogos, mas cheira-me que o que eu faço (e muita gente faz) faz mais danos.
     
  9. Bio Shadow

    Bio Shadow Banido

    Shareware não era pirataria, lembro-me de jogar dezenas de jogos em shareware, incluíndo o duke nukem 3D e quake 1 e o que acontecia eram terem um qualquer limite de utilização, seja de tempo, features, níveis, etc, para se ter o jogo completo teria-se que comprá-lo e inserir um código para o desbloquear.

    Basicamente eram os demos, trials e free trials de hoje, apenas com outro nome.
     
  10. SUN

    SUN Power Member

    Não venham com brincadeiras, é obvio que a pirataria afecta e muito, olhem o que está a acontecer a PSP.
    Se não hovesse a politica de bans a xbox tambem sofreria com isso , mas com o sucesso do live e com a possibilidade de bans assusta muita gente de piratear ou então teem 2 consolas.

    A industria de jogos sempre tem uma previsão de crescimento enorme , não introduzam a pirataria como um factor relevante para o seu bom.

    Simplesmente as consolas são grande sistema de entretenimento de agora e do futuro, tudo bem que temos em Portugal um mercado inflacionado, mas a alemanha por exemplo os jogos n são muito mais baratos, no reino unido é que compensa mais no entanto tambem é o maior mercado.
     
  11. partyhouse

    partyhouse Power Member

    A DS não tem pirataria?
     
  12. The Outsider

    The Outsider Power Member

    Há aqui com cada estupidez que meu Deus! Pirataria é crimem, é roubo. Se acham caro, não compram, quem coloca o preço é quem faz o que está a ser vendido. Ir a uma loja e roubar um jogo é o mesmo que o sacar já que não estamos a pagar por ele. Dizer que sacar não é prejudicial é mentira e infatilidade já que a empresa que faz o que está a ser pirateado perde nas vendas!
    Se vocês fossem developers, escritores, músicos, realizadores, whatever iriam sentir isso na pele. Não percebem... pensam "ah, já têm muito"... não deixa de ser roubo!!!
     
  13. SUN

    SUN Power Member

    Trabalho na industria e tenho acesso a alguns dados e estudos interessantes, a Ds não tem nem uma infima parte da pirataria da PSP.
     
  14. partyhouse

    partyhouse Power Member

    Como por exemplo...?
     
  15. jjmaia

    jjmaia What is folding?

    Ou então não. Se não desse para sacar, e quisesse mesmo jogar não tinha outra hipótese se não comprar.
     
  16. Bio Shadow

    Bio Shadow Banido

    O que está a acontecer à PSP? Está a vender muito bem, no Japão vende mais que a Wii e mesmo a nível de software também se vai safando.

    Se não vende mais não é por causa da pirataria, é por causa da DS que cilindra toda a concorrência.
    A DS provavelmente nem 5% da pirataria da PSP tem mas duvido que a PSP vendesse (muito) mais caso não existisse pirataria, não é por aí.
     
  17. Neurotical

    Neurotical Power Member

    Ter o maior gigante de sempre nas portáteis como a Nintendo como concorrente nem é um factor a considerar? Além do mais, nunca ouvi dizer que a PSP tenha estado em maus lençóis (à uns tempos atrás tlvz mas agora nem por isso).

    Correcto

    Errado isso é o mesmo que dizer que quem faz o último álbum dos metallica foi a Warner Bros

    Errado, quando roubas uma loja estás a fazer uma subtracção física de um objecto (roubando assim da empresa distribuidora o custo de produção de um jogo) enquanto que na pirataria estás a fazer uma cópia digital de algo (não custando nada à distribuidora).

    Não estou a tentar com isto desculpar a pirataria mas vamos lá com calma no que toca a dizer barbaridades.
     
  18. Realm01

    Realm01 Banido

    Como ja ouvi em algum lado... "na informatica os 0s e 1s sáo de toda a gente!"
    Agora assério:
    1 - Se não fosse a pirataria eu nao teria andado a gastar 13€ ao mes para jogar wow durante 2 anos. Sim, foi bom ate me fartar.

    2 - Warcraft 3 + W3TFT - Saquei-os, joguei-os em singleplayer até chegar ao fim. Amei o jogo fui compra-lo.
    3 - Starcraft + BW = Same Sh!t
    4 - Crysis - Detestei n comprei
    5 - UT2004 - Arranjaram-me serial
    6 - UT2007 - Placa grafica da treta = low fps. n comprei

    Agora não digam que a pirataria não faz bem á industria dos jogos...
    Quero lá bem saber das regras anti-pirataria, porque além do mais quando vou a qualquer lado comprar roupa, primeiro experimento e depois se servir compro...

    Cada um que opine pois as opinioes são como o olho do **! cada um dá a sua...

    Cumps...
     
  19. darkside

    darkside Power Member

    Quando é nos moldes que disseste no teu post até nem é grave para a industria, continuam a haver vendas baseadas no mérito de cada jogo...

    Mas o que é que vai acontecer quando os moldes forem como são, por exemplo, na música em que cada vez mais as pessoas simplesmente deixam de comprar CDs? Quanto mais se cultivar o hábito de "sacar" e não pagar, mas próximos estamos de isso acontecer.

    O engraçado é que depois as pessoas queixam-se que os jogos para PC começam a estar "consolizados" e perdem qualidade... Porque será?
     
  20. Realm01

    Realm01 Banido

    Quanto as musicas cada um faça o que bem entender.
    Eu continuo a receber os meus cds originais vindos dos "bifes" (UK) e só costumo comprar o que gosto...
    Não vou tar a comprar um cd só por causa de uma musica.
    Também não digo que seja um santinho porque ninguém o é mas quanto a musica e albuns abstenho-me
    (Agora com interwebs sem limite de trafego só costumo ouvir radios online... LOL)

    Quanto a isso dos jogos "consolizados" (se percebi bem são jogos mais proprios para consolas) cada software house faz o que bem lhe der na pinha, mas depois nao se queixem de terem poucas vendas...

    Peço desculpa pelos meus modos de escrever mas ultimamente não tenho andado nos meus dias...

    Cumps...
     
    Última edição: 18 de Fevereiro de 2009

Partilhar esta Página