1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.
  2. Consulta o Portal de Jogos da ZWAME. Notícias, Artwork, Vídeos, Análises e muito mais.

    Remover anúncio

[Wii] Unreal Engine 3/EPIC

Discussão em 'Nintendo' iniciada por Ridley, 20 de Fevereiro de 2006. (Respostas: 140; Visualizações: 9089)

  1. Ridley

    Ridley Power Member

    http://www.n-planet.com.br/?view=article&article=3856

    Entrevista completa

    "Estamos deveras interessados" mas que mudança de opinião dramática :wow:
     
  2. I_Eat_All

    I_Eat_All Plasma Beam!

    Isto é boas noticias, independentemente de ele gostar da consola ou não, o Unreal esta geração é a engine de muitos jogos multiplataforma, a ausência dele iria deixar a Revolution de fora de muitas coisas, bem como vulnerável a criticas do género "então é porque não tem potencia para correr o Unreal Engine 3"... é basicamente o benchmark do que é proxima geração ou não... e (ainda por cima) é uma engine maioritáriamente para shooters, um estilo que a Nintendo afirma ser perfeito para o seu comando...

    Até digo mais, não deviam ser eles a contactar a Nintendo, devia ser a Nintendo a andar atrás deles, a dar a perninha...
     
  3. blastarr

    blastarr Power Member

    Querem fazer jogos para a consola e aínda nem sabem como é o hardware ??

    Os jogos demoram pelo menos 2 anos a fazer-se pelo que isto deveria ser, no mínimo, preocupante para os fãs da Nintendo...
     
  4. I_Eat_All

    I_Eat_All Plasma Beam!

    Já existe um jogo multiplataforma anunciado para a Revolution que faz uso da Unreal Engine 3, não vai demorar dois anos, é que tens muitos titulos multiplataforma a serem desenvolvidos com a Engine 3, a partir daí é "relativamente fácil" portar os mesmos para a revolution, desde que exista uma versão da Unreal Engine 3 a correr na consola (de preferência... a tempo do lançamento).

    Mas sim, dou-te razão nisso... completando o que disse acima... não devia ser a Epic a pedir os Specs, devia ser a nintendo a perguntar se eram suficientes para o que eles queriam, sbem que vindo da nintendo, sabemos (ou... eu acredito) que será bastante capaz e eficiente para fazer tudo o que quiserem... mas sem duvida, com a Epic em especifico, deviam andar a varrer o chão por onde os senhores vão a caminho do emprego, conseguirem isto é importante, não podem andar cá com o orgulho em riste e ainda quererem que um developer chave ande atrás deles...
     
  5. eyeliner

    eyeliner Power Member

    Mas não são geralmente as máquinas da Nintendo as mais fáceis de programar? Não era o que se
    dizia com o cubo?
    Talvez a Nintendo esteja á espera de ver um bocado mais das outras para então adicionar algo que falte em termos de hardware para que o UE3 corra sem espinhas.
     
  6. I_Eat_All

    I_Eat_All Plasma Beam!

    A Nintendo nesta altura não tem mais nada a adicionar ao hardware... demasiado tarde para andar a implementar coisas...

    O Cubo mais fácil de programar... hmmm é mais fácil de meteres algo a correr sem espinhas, porque eles se esforçam por ter o hardware sem handycaps, o problema é a complexidade do hardware de proxima geração, se a nintendo conseguir manter a simplicidade da gamecube os custos podem aumentar relativamente pouco, não tenho noção de numeros, mas a diferença de um jogo "genérico" de Gamecube para um de PSP não é exorbitante... mas a diferença do preço de desenvolvimento de um de PSP para um de PS3 vai sê-lo... a Nintendo está a tentar encareçer pouco o processo, para tu em vez de fazeres um jogo de PS3 poderes fazer 2 para a revo e começares a tirar lucro deles mais cedo, claro que se é assim ou não só se irá confirmar no futuro...
     
  7. eyeliner

    eyeliner Power Member

    Tudo isso depende da userbase. Vai ser um desafio e tanto criar jogos que se adequem às faixas
    etárias que a Nintendo espera atrair.

    A política de contenção de custos da Nintendo já tinha sido apregoada há algum tempo.
    Pode ajudar os developers a tentarem o ecletismo. Os lucros dependem das vendas. Já sabemos
    que os suspeitos do costume vão criar os joguinhos da praxe, vamos depois poder comparar as
    versões dos jogos. Algo me diz que isto vai ser sempre a mesma história. Os ports da Nintendo
    suckam, e os exclusivos rullam.

    Vai-se lá saber porquê.
     
  8. I_Eat_All

    I_Eat_All Plasma Beam!

    mas em contraste uma port bem feita tem tendência a vender bem no cubo, uma port às três pancadas (mesmo que comparativamente às outras consolas) tem tendencia a não vender pura e simplesmente.

    Os fãs da Nintendo são por norma bastante informados nesse campo, o que é ao mesmo tempo bom uma vez que eu pessoalmente não apanho um barrete num jogo há duas gerações inteirinhas, e ao mesmo tempo... mau no que toca ao suporte third party, porque os standards são mais altos. mas note-se que esta é a minha opinião (e totalmente offtopic)

    Por isso... aqui fica a minha contribuição para a thread:
    Source: http://www.revolutionreport.com/articles/read/280
     
  9. eyeliner

    eyeliner Power Member

    Se não me engano, o único port que vendeu melhor no cubo e vez das outras consolas foi o Soul Calibur III (?).
    Não é bem a qualidade do port, mas sim o jogo em si. Duvido muito que um jogo como Pilotwings vendesse
    bem na PS2/3 ou XBOX/360.
    Os "Nintendeiros" são diferentes.
    Mas tens razão.
     
  10. Ridley

    Ridley Power Member

    O II, o III é exclusivo Ps2...
     
  11. I_Eat_All

    I_Eat_All Plasma Beam!

    Não... tens bastantes jogos que venderam melhor na GC que nas outras plataformas, por norma os mais gimmick desde o viewtiful joe, killer 7 a passar pelo Super Monkey Ball... especialmente quando fora do japão... Se um jogo que é ignorado face aos milhões de users de PS2 e de XBox, tipo perola perdida... tem tendência de ter alguma aceitação no cubo, em termos de jogos vendidos por userbase, mesmo que não bata... em certos casos chegar perto; quer dizer muito. dado que nem chegamos aos 20 milhões de users. por outro lado um exclusivo para o cubo vende sempre mais comparativamente, só por ser exclusivo. 80/85% dos meus 48 jogos de GC são "only for" devo confessar.
     
  12. I_Eat_All

    I_Eat_All Plasma Beam!

    Fonte: http://www.gamespot.com/news/6145182.html
     
  13. Ridley

    Ridley Power Member

    Por mais contraditório que pareça o sucesso de uma consola vive não só de grandes jogos mas também vive de títulos medianos para satisfazer os consumidores menos exigentes/ informados.
    É por isso que editoras como a EA, Activision, Midway, etc. são importantes no suporte das consolas.

    É uma das razões que não ligo ao argumento: "a Ps2 tem muitos mais jogos que as concorrentes", não só não posso como não quero jogar todos esses jogos que não são mais que clones com menos qualidade do Grand Turismo, etc…

    Não quero já estar a desmerecer o esforço da Midway e companhia mas estas editoras habituaram-me a este raciocínio.
     
    Última edição: 2 de Março de 2006
  14. Ridley

    Ridley Power Member

    A saga continua...

    http://finalboss.uol.com.br/fb3/ctu.asp?cid=31000

    O que é que ele ganha em fazer este tipo de declarações, Unreal 3 é improvável mas também não conhece o hardware… lamentável

    ps.: eu acho que a máquina preferida deste Mark Rein é a Ps3.
     
  15. BrOiller

    BrOiller Power Member

    Acho perfeitamente natural as declarações dele. Então se o negócio dele é vender o engine, interessa-lhe que as consolas que de certeza o correm sejam mais vendidas. Se a Rev não o correr ele apoia as outras duas consolas. Não vejo nada de anormal...
     
  16. Ridley

    Ridley Power Member

    Eu acharia normal se ele conhecesse o hardware...
     
  17. Ansatsu

    Ansatsu Power Member

    Eu não sei o hardware da Revo, mas para a consola ser tão barata, e ser tão pequena tb, é porque o hardware vai ser sem duvida mais fraco que as duas rivais.

    Por isso fazer jogos multi-plantaforma não vai ser assim tão simples.
    Por exemplo no caso da PS2 é a consola mais fraca das 3, mas os jogos eram feitos pra ela e depois portadas para as outras duas. Mas olhem o caso do RE4, foi feito pra GameCube e deposi foi o k foi pra portar pra PS2 e cortaram mtas coisas nos graficos.

    Um jogo feito de raiz pra PS3, além de em principio ser bastante mais potente em hardware, vai ser um jogo optimizado para 720p no minimo, depois ao passar pra Revo, vão ter que o optimizar para 480p, penso que n vão fazer down scaling simplesmente, fica mal. E vão ter de o ajeitar para funcionar bem no hardware da Revo. E ainda o vão ter de ajeitar para funcionar no comando da revo ;)
     
  18. I_Eat_All

    I_Eat_All Plasma Beam!

    mas o scalling down, bem feito, mesmo sem cortar, por exemplo, meramente meter o jogo a 480p pode ser o suficiente em muitos casos para o jogo já correr na revolution... claro que o HD depois tem detalhes que não iriam ser notados a resoluções inferiores, pelo que esses detalhes podem simplesmente ser cortados sem o jogo pareçer pior... a Unreal Engine 3 provavelmente pode correr na boa na revolution baseado nessa premissa... à muito que se sabe que o mark rein é um "anti-nintendo" e só lhe fica é mal, embora já saibamos que o que lhe convém é apadejar os outros "negócios maiores" todos sabemos que o que eles querem é vender middleware...

    Se a PS3 estivesse no lugar da revolution queria ver se ele dizia que não iam portar a engine, era um factor dominante para a engine ter adesão ou não, ignorar a revolution... provavelmente dá-lhe jeito para o que ele quer, meramente pelo que ele quer... Mas a ver vamos... agora... dizer "ahh, para a revolution podemos portar a Unreal Engine 2 que é o que a consola aguenta" é no minimo gozar e cuspir de cima para o prato... oxalá que ele ainda venha a comer dele.

    lol... e se virmos bem o mapa pode não ser tão dificil assim... é que o comando da revo dizem ser um grande avanço é para... os shooters, se a moda pega desde o inicio... O Mark Rein acabou de deitar fora umas quantas opções de licenciamento... o problema é que é uma faca de 2 gumes, e se agora muitas empresas fazem o boicote baseado no que este disse? é por isso que digo, a própria nintendo devia ir à carteira e calar este balofo, portem masé essa porcaria, mesmo que seja a pagantes (por debaixo da mesa) é importante para a imagem da consola na altura em que está a arrancar.
     
  19. BrOiller

    BrOiller Power Member

    Eu acho que o mesmo jogo na Rev vai ser igual a um da PS3/XBox360 em televisões normais. A Rev deve conseguir os mesmos efeitos se a resolução for 480p. Penso que só compensa comprar uma PS3/Xbox se se tiver uma HDTV.
     
  20. Ridley

    Ridley Power Member

    Eu comprei a GC por 40 contos quando a Xbox estava a 60 (e dando prejuízos a Microsoft como nunca deixou de dar...) e a placa onde estão instalados os componentes é bem menor do que a da Xbox e até ps2.

    A Revo foi projectada para ser pequena, eficiente, ter loadings curtos, praticamente inexistentes e ser pouco barulhenta tal como a GC foi. Eu não sei se é a experiência ou é magia mas quando a Nintendo lança uma consola ela é pequena barata e com bons gráficos.

    A Nintendo vai calar muitas bocas daqui a aproximadamente 40 dias.
     

Partilhar esta Página