1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

[Dúvida] - Instalar aplicações (make ou apt-get?)

Discussão em 'Dúvidas e Suporte Técnico - GNU/Linux & *nix' iniciada por skcratch, 30 de Março de 2009. (Respostas: 2; Visualizações: 639)

  1. skcratch

    skcratch Power Member

    Viva!

    Pretendo dar uso a um desktop que não estou a utilizar, instalando o Ubuntu Server Edition. Há algum tempo que tenho uma dúvida: não tendo em consideração o tempo de instalação, quais são as principais diferenças entre instalar através do gestor apt-get ou através do binário da aplicação (./configure, make e make install)?

    Grato desde já pela ajuda,
    Cumps!
    :D
     
  2. Underground909

    Underground909 Power Member

    Vantagens de usar um gestor de pacotes: facilidade de instalação, facilidade de desinstalação, actualizações automáticas, garantia de que as dependências do componente estão presentes ou então são automaticamente instaladas, garantia que o componente a ser instalado foi testado e configurado de maneira a funcionar exactamente com a distro para a qual o pacote foi feito, garantia de que a instalação de outros componentes sabe da presença no sistema desse componente pela sua presença na base de dados, ... e devo ter-me esquecido de alguma...

    Desvantagens: alguns programas, ou versões mais recentes desses programas, (ainda) não existem em pacote oficial e não estão nos repositórios - mas pode ser por boa razão, o programa em questão pode ser ainda demasiado buggy/instável e/ou por alguma razão não ser compatível com a distro.

    Vantagens de ir buscar o código fonte e compilar: para o utilizador comum, praticamente nenhumas. Todos os pontos acima descritos ficam à tua responsabilidade. Quaisquer problemas que surjam, vais ter de os resolver sozinho. Garantias, nenhumas. Para além de que, se andares a instalar componentes em regime do it yourself, a tua distro deixa de poder ser oficialmente suportada.

    Espero que tenha ficado claro que o comum utilizador, na grande maioria dos casos, nem deve sonhar em ir aos sites dos projectos sacar o código fonte e compilar. Para alguma coisa servem as distros e os gestores de pacotes.
     
  3. skcratch

    skcratch Power Member

    Viva!

    Obrigado pelos esclarecimentos.

    Cumps!
    :D
     

Partilhar esta Página