1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Discussão Fibra e cabo continuam a suportar crescimento na rede fixa

Discussão em 'ISPs' iniciada por jota x300, 17 de Março de 2013. (Respostas: 0; Visualizações: 835)

  1. jota x300

    jota x300 Power Member

    A Anacom acaba de divulgar os dados dos acessos em rede fixa relativos ao último trimestre de 2012, assinalando um crescimento de 0,3% face ao mesmo período de 2011, que é mais significativo nas adesões a pacotes de triple play suportados em fibra e rede de cabo.

    Neste segmento o crescimento foi de 21% face ao quarto trimestre de 2012, embora de apenas 3,3% em relação ao terceiro trimestre deste ano, indicam os números.

    No final de 2012 a Anacom registou a existência de 4,6 milhões de acessos telefónicos instalados, com a taxa de penetração a atingir os 43,2 acessos por 100 habitantes, um número que sobe quando se contabiliza ps acessos diretos, o que resulta da adesão a ofertas em pacote de fibra ótica e e televisão por cabo.

    As ligações suportadas em redes alternativas ao cabo coaxial (a infraestrutura tradicional da rede fixa) já correspondem a quase 40% de todos os acessos principais.

    A Portugal Telecom continua a liderar em termos de quota de mercado, com 57,2% de todos os acessos fixos, sendo a Zon Multimédia o segundo maior operador com uma quota de 19,7%. Em terceiro lugar está a Optimus, da Sonaecom, com 11,7%, mas se a fusão entre as duas empresas se concretizar a PT passa a enfrentar um concorrente com 31,4% do mercado.

    [​IMG]

    Apesar da continuidade do seu domínio, a PT já perdeu 19% de quota de mercado desde 2007.

    De acordo com os dados da Anacom as chamadas realizadas através da rede fixa estão também a crescer, em minutos e volume. Cada linha fixa gastou em média 129 minutos em chamadas para outra rede fixa, 13 minutos em chamadas para a rede móvel e 10 minutos em ligações internacionais. A duração média das chamadas aumentou 12 segundos face a 2011.

    O regulador cita o Barómetro Telecomunicações da Marktest para indicar que a mensalidade média do serviço telefónico fixo individualizado era neste período de 15,4 euros, menos 1,3 por cento do que no trimestre anterior e menos 4,2 por cento do que no trimestre homólogo.

    Recorde-se que na semana passada a Anacom deu a conhecer uma nova decisão que obriga a cortes de 80% na tarifas de terminação na rede fixa a partir de 1 de outubro, o que deverá ter impacto nos custos das chamadas dentro da rede fixa mas também nas ligações realizadas de telemóveis para números fixos.

    LINK!
     

Partilhar esta Página