1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.
  2. Consulta o Portal de Jogos da ZWAME. Notícias, Artwork, Vídeos, Análises e muito mais.

    Remover anúncio

Futuros jogos PS3 serão tão ou mais sofisticados que os do PC?

Discussão em 'PlayStation' iniciada por vortal, 28 de Novembro de 2006. (Respostas: 45; Visualizações: 5997)

  1. vortal

    vortal Power Member

    OIá pessoal!

    A única consola que possuo é uma velhinha Philips Videopac dos anos 80, por isso sou um pouco ignorante no que diz respeito às modernas consolas. Jogo no meu PC, mas irrita-me solenemente ter que mudar de sistema só para jogar alguma coisita recente, por isso (quase) nunca faço upgrades. Mas confesso que me sinto um pouco fascinado com as potencialidades desta nova consola. Parece-me que irá ser o primeiro supercomputador doméstico da história, e só por isso já merece bem os 500 dolares ou euros. No entanto, gostava de deixar aqui uma série de questões, e só espero que não sejam demasiado básicas (lembrem-se que já não jogo numa consola há 20 anos...!)

    - Os modernos PC's gastam muito mais do que 200 Watt, não é verdade? Neste aspecto a consola parece ter tecnologia bastante superior em termos de eficiência energética, e parece assim que os futuros gamers PC vão ter contas muito elevadas para pagar, ou não?

    - Os jogos para consola irão ser tão ou mais sofisticados que os jogos PC actuais? Vamos ter coisas como 'Deus Ex' e 'Thief' nas novas consolas? Ou as produtoras irão continuar a fazer 'dumbed-down versions' para as consolas?

    - Vão passar a haver simuladores de voo realistas, ou nem por isso? Vai ser possível ajustar a sensibilidade do rato, como num PC?

    - Vão haver editoras de jogos baratos para consola, em Portugal, à semelhança da Sold-Out e Xplosiv para PC? Acho até que a Xplosiv já o faz, embora nunca os tenha visto em Portugal.

    Resumindo e concluindo, poderá um PC gamer ser bem-sucedido na sua migração para as consolas, e irá ele poupar muita massa a longo prazo? OU nem por isso?
     
  2. Bio Shadow

    Bio Shadow Banido

    O PC está sempre uns quantos passos à frente das consolas, os gráficos da PS3 / Xbox 360 já foram ultrapassados há algum tempo pelos do PC, não há comparação.

    Playstation 3, o primeiro super computador da história? Explica lá isso :-D

    Esses jogos com preços baratos sempre houve, desde a playstation 1 que existe e é óbvio que uma consola gasta menos que um PC, ficava surpreendido se tal não acontecesse, basta olhar para uma consola e para um PC e ver as diferenças :P
     
  3. Cabalo

    Cabalo Power Member

    A consola está e estará cada vez mais ultrapassada pela tecnologia disponivel para PCs caseiros.
    A consola é um sistema "fechado" (como a vês agora será como a verás daqui a dois anos) e os PCs estão sempre em permanente mudança.
    Aliás, pelas funcionalidades actuais, a Xbox360 está bem à frente da PS3, xbox live, quantidade de jogos, gadgets,comunidade, etc.
     
  4. pofxxx

    pofxxx Power Member

    Mas uma coisa é certa cada vez a mais exclusivos para consolas do que para pc.

    Are consoles PC's worst enemy?
     
  5. Kursk_crash

    Kursk_crash Banido

    Supercomputador doméstico ????

    :zzz: :zzz: :zzz: :zzz:

    uma G80 bate o cell no dobro dos Gflops... portanto nem no seti o cell fica á frente...

    Se queres um Supercomputador doméstico é:

    Core2duo + G80... jogas tudo, benchas tudo, papas tudo... tá tudo dito
     
  6. blastarr

    blastarr Power Member

    E gastas tudo, já agora.
    Uma só 8800 GTX é mais cara do que a versão mais cara da PS3.
    Junta-lhe Core 2 Quad de topo (para não ter os jogos sob limitação do processador), uma fonte bem potente, memórias e motherboard, caixa suficientemente grande e com bom cooling, e aínda um monitor de 22 ou mais polegadas (resoluções baixas é um desperdício com estas placas).
    Gastas à vontade muito mais do que com uma consola e bundle de 6 ou 7 jogos, seja ela PS3, X360 ou Wii.
     
  7. vortal

    vortal Power Member

    Como eu escrevi no início, o primeiro supercomputador doméstico da história, sim. Porque uma das coisas que distingue um supercomputador é a capacidade de processamento paralelo, e a PS3 enquadra-se bem com os seus 7 núcleos programáveis independentes. Vale a pena ler este artigo:




    http://news.bbc.co.uk/2/hi/technology/2940422.stm

    http://www.terrasoftsolutions.com/news/2006/2006-10-17.shtml

    Como já li por aqui algures que a PS3 tem aproximadamente 30x (ou mais) o poder de uma PS2, acho que não há problema em chamá-la um supercomputador, e então se considerarmos que é a primeira consola verdadeiramente programável, então é uma verdadeira pechincha! Quantos de nós poderiam imaginar a possibilidade de ter um supercomputador na sua sala de estar?

    Realmente parece que o mercado PC se está a contrair, por isso é que provavelmente iremos assistir a uma migração para a PS3, que é um híbrido consola/computador.
     
  8. blastarr

    blastarr Power Member

    Consolas programáveis são... todas, não ? ;)
     
  9. greven

    greven Folding Artist

    Não se esqueçam é que mesmo tendo PC's bem mais poderosos, isto é, as suas partes são mais sofisticadas, estas não são a soma de um todo. Uma consola é algo bem mais dedicado que um PC que é um sistema Generalista.

    Basta para isso verem qual a máquina que a Sega utilizava para correr o VirtuaFighter 4 (o 4 ou o 5??) nas Arcades por exemplo e verem o grafismo daquilo, era no fundo um PC, bastante normal, mas dedicado e optimizado para o jogo. Num PC torna-se bastante mais complicado de efectuar essa optimização devido às inúmeras configurações possíveis do mesmo, às diferentes Gráficas, diferente poder de processamento etc.
    Num PC por exemplo os jogos normalmente trazem diversas texturas, para sistemas menos poderosos, numa consola isso é não se aplica. A consola tem sempre o mesmo sistema, é bem mais fácil de optimizar a performance da mesma.

    Sim, o computador vai liderar a nível gráfico como sempre o fez, mas também porque está constantemente a sair hardware novo para PC que permite elevar a fasquia gráfica acima do existente, mas com um preço muito elevado.

    As consolas continuam a ser os campeões em Preço/Performance Preço/Longevidade. Isso é irrefutável.
     
  10. vortal

    vortal Power Member

    ...programáveis pelo mais comum dos utilizadores, sem ter que adquirir licenças ou software ilegal, ou pelo menos não reconhecido pelo fabricante? Todas?

    Náo é a PS3 criada de raíz para ser programada com qualquer OS?

    Eu não sei, voçês é que percebem disto.
     
  11. RedCode

    RedCode Power Member

    as vantagens da consola e do pc ja foram exprimidas mas lembro que as consolas sao como as conhecemos desde o seu lançamento ate ao fim de existencia, mas o conhecimento de hardware faz evoluir os seus jogos, para alem de uma consola ser totalmente dedicada.
    o hardware de ps2 é de 1998. lembram-se como eram os pcs da altura e os jogos que jogavamos neles?
     
  12. vortal

    vortal Power Member

    Pois é, é a questão da longevidade que está no fulcro da coisa. Choca-me um bocado que o Doom 3 saia para uma consola que já tem 5 ou 6 anos, e o meu PC que só tem 4 anos não o possa correr! É isto que me faz querer mudar do PC para as consolas, visto que não sou rico nem consumista, e não sou capaz de me livrar de material informático que funciona perfeitamente. Só acho que as produtoras de jogos devem deixar de pensar nas consolas como sendo apenas para jogadores que "gostam de tudo simples", e devem ver que também há aqueles que gostam das coisas um pouco mais complexas, como simuladores de voo, RPGs, RTSs, etc. Parece que as versões para consola são sempre mais pobres. Porquê? Acho que isto vai mudar.

    Também me chocou um bocado este excerto da Wiki sobre o CPU da PS2:

    http://en.wikipedia.org/wiki/Emotion_Engine

    Absolutamente fantástico.
     
    Última edição: 29 de Novembro de 2006
  13. CrazyBomber

    CrazyBomber Power Member

    Potência em bruto não significa potência na prática.
    A arquitectura do cell tem muitas desvantagens. Repara que tratar video é algo muito simples, comparado com programas mais complexos, como o que é usado nos jogos (IA, Física, "código de jogo"...).

    E aí ainda está para ver a performance do Cell, que está totalmente dependente do... compilador.
    Se calhar é difícil para quem não está dentro da programação (e não é preciso ser muito, tou a falar de conhecimentos que se vão adequirindo no 2º e 3º ano da LEI, por exemplo) compreender o quão "frágil" são, de facto, os "mini-processadores" do Cell.

    Imaginem assim: um gajo que meta as etiquetas nos produtos de um super-mercado. Se o preço fosse o mesmo para todos os produtos, e eles estivessem ali à mão de semear, o trabalho fazia-se muito rápidamente. Análogamente para o Cell, se o código for linear (como numa descodificação de video) aquilo quase que voa.
    Agora, se o preço variar? O gajo tem de andar a ajustar o preço da etiqueta de 2 em 2 minutos, o que o atrasa um bocado. Análogamente, o Cell pode "perceber" que tem de "trocar" o código, de vez em quando.
    Então e se os produtos não estiverem à mão de semear? O gajo vai ter de ir ao armazém buscar uma palete ou duas, falar com o supervisor, preencher alguma papelada (não sei lol :sad:), e atrasa-se ainda mais. Análogamente, o Cell vai descobrir que os "dados" que precisa podem não estar todos sequênciados, e ele pode precisar de ir buscar mais à memória. Para isso vai ter de falar com o PPE (o supervisor), que tem de servir 7 "empregados" ao mesmo tempo. Logo, atrasa-se mais um bocado.

    Então, se o empregado tivesse sempre os produtos ali à mão e o preço fosse igual para todos, 20 minutos bastava para fazer um corredor inteiro. Mas, se o preço é diferente, e ainda tem de ir buscar os produtos, vai demorar 1 hora (por exemplo). O mesmo acontece com o Cell.

    Hipotéticamente, o supervisor poderia fazer com que os produtos tivessem sempre o mesmo preço, e houvesse sempre produtos ao lado do gajo, para ele se despachar. O equivalente no Cell seria o compilador preparar a papinha toda para o Cell mastigar.

    Mas, tal como na vida real, sistemas destes não são fáceis de fazer.

    Agora mais técnicamente, em código generalizado, há montes de saltos. Se "isto", faz "aquilo", senão faz "outra coisa". É o pão nosso de cada dia. Se houver um compilador mágico que transforme este tipo de código em código "sempre a abrir", então parabéns. O problema é... alguma vez irão conseguir?

    E lá temos o poder do Cell reduzido, à custa de o ter de fazer correr algo que ele não foi desenhado para correr...

    -------------------------

    Em relação aos jogos, penso que a PS3 não irá trazer nada de novo. O comando é muito "standart", e o hardware de difícil programação. Vamos ver mais jogos com grandes gráficos, mas nada de revolucionário.

    Na Wii vamos ter jogos diferentes, inovadores, mas que deixam algo a desejar aos jogadores mais ferrenhos e doentes por FPS's, RTS's e gráficos lindos de morrer.

    No PC, a evolução nunca pára. Vamos ter melhores processadores e melhores placas gráficas (e sabe-se lá mais o quê).

    Em suma, isto é só a minha opinião e espero que não tenha dito mts asneiras (nem pensar q vou rever tudo o que escrevi! lol :x2:)
     
  14. blastarr

    blastarr Power Member

    Compilador para o Cell ?

    Já existe, é o OctoPiler, da IBM Research:
    http://domino.research.ibm.com/comm/research_projects.nsf/pages/cellcompiler.index.html
     
  15. CrazyBomber

    CrazyBomber Power Member

    Não digo que não exista.
    (e bolas, esse quote foi enorme :sad:)

    Mas será que consegue algo "decente"?
    Acho que era preciso um "tutorial-review" disso para tirar alguma conclusão.
    Eu certamente não tenho paciência para ler a documentação toda :sad:

    Aliás, agora só tenho mm paciência para ir dormir. Boas noites :)
     
  16. ToTTenTranz

    ToTTenTranz Power Member

    "primeiro supercomputador doméstico da história"?

    Geez.. há gente que é mesmo muito susceptível a PR bullshit..
     
  17. pofxxx

    pofxxx Power Member

    Isso é verdade só falta uma coisa a mais importantes a meu ver bons jogos, ultimamente os grandes jogos que saíram foi para as consolas. Tipo Gears of War ou call of duty 3, são bastantes por isso o meu PC é só para fazer cenas básicas e jogar um jogo ou outro que não sai para as consolas.
    Podemos ver a nossa série preferida ou um bom filme na consola em alta definição.
    E para o ano vamos poder jogar on-line pc vs 360. Acho que para já só foi anunciado um jogo, se fosse o hallo 2 é que era.:x2: :x2:
     
  18. Cabalo

    Cabalo Power Member

    :whistle: ai é?

    Call of Juarez
    Battlefield 2142
    Dark Messiah of Might and Magic
    Gothic III
    Medieval 2 : Total Wars
    F.E.A.R. - Extraction Point
    War on Terror
    Caesar IV
    ...
    ...


    e em breve:
    Crysis
    Half-Life 2 : episode 2
    TimeShift
    CellFactor : Revolution.

    E isto não há pra X360 ou PS3.
     
  19. greven

    greven Folding Artist

    Para além que montes de jogos muito importantes, só saem para PC, como os amados MMORPGS (WoW! :D). Assim como as consolas têm muito mais jogos de Aventura, Beat Em' Up.
     
  20. Radeon Force

    Radeon Force I fold therefore I AM

    Já?? Até agora na minha opiniao o melhor jogo em termos de gráficos de sempre é mesmo o Gears Of War e é de uma consola.
     

Partilhar esta Página