1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Hitachi Achieves Nanotechnology Milestone for 4TB Hard Drive

Discussão em 'Novidades Hardware PC' iniciada por mascarilha, 15 de Outubro de 2007. (Respostas: 19; Visualizações: 1885)

  1. mascarilha

    mascarilha I folded Myself


    cumps
     
    Última edição: 15 de Outubro de 2007
  2. JPgod

    JPgod Moderador
    Staff Member

    Gostei principalmente da versão de 1 terabyte para portátil :p Um disco externo destes jasus8|

    Já que DENTRO do portátil, quero um SSD :D
     
  3. ||Red_Evil||

    ||Red_Evil|| [email protected] Member

    ehehe concordo, SSD quando tiver a preso acessivel, vem um para o notebook :D
     
  4. spastikman

    spastikman Banido

    O futuro está nos SSDs e parentes próximos. A tendência natural é para suportes magnéticos desaparecerem ...
     
  5. Ramapitecus

    Ramapitecus Power Member

    n me parece que os suportes magnéticos desapareçam assim de repente, podem coexistir perfeitamente com os solid state, orientados para mercados e finalidades diferentes...
     
  6. Koncaman

    Koncaman Utilizador Saloio

    eu diria que em armazenamento em quantidade, os suportes magneticos vão levar sempre a vantagem.

    O SSD, vai ter sempre limitações relativas ao espaço ocupado por um transistor... o suporte magnetico consegue ter elementos de armazenamentos inferiores ao tamanho do transistor (neste caso estamos a falar de 30nm, e estou convencido que ainda se vai poder fazer melhor, com o desenvolvimento desta tecnologia). e assim, por motivos de espaço fisico, acho que o SSD, não será capaz de chegar a capacidades desta ordem (pelo menos, não será capaz de oferecer o mesmo espaço, numa drive do mesmo tamanho).
    Assim, acho que o disco convencional ainda vai ter vida longa, para armazenamento em massa, sem grandes necessidades de velocidade.

    Mas sim, o disco rigido convencional dos PCs deve passar a ser SSD, mais ano menos ano... apesar das necessidades crescentes de espaço de armazenamento, creio que 200gb ssd a 300 dollares, estão a poucos anos de distancia... quando ca chegarem, a esse preço, os 200gb devem ser o standart, assim como hoje o standart, deve andar à volta dos 80gb a 120gb, e ha uns 3 anos, andava à volta dos 40GB...
    e os suportes magneticos passarão a destinar-se a outros mercados... desaparecer, não me parece.
     
    Última edição: 16 de Outubro de 2007
  7. spastikman

    spastikman Banido


    Tendo em conta que a intel ja demonstrou transistors de 30, 20 e até 15nm funcionais, não me parece que os problemas estejam no tamanho. Os custos de produção é que ainda são elevados. Mas não tenho duvidas nenhumas que os suportes magnéticos acabarão por desaparecer.
     
    Última edição: 16 de Outubro de 2007
  8. Koncaman

    Koncaman Utilizador Saloio

    uma porta logica NAND (que acho que é o que se usa habitualmente em flash drives.. na verdade, com nands pode-se fazer tudo, btw) tem mais que um transistor (um transistor não armazena um bit) e depois, precisas de ter os BUSes de ligação... nem todo o espaço é ocupado por transistores.
     
    Última edição: 16 de Outubro de 2007
  9. spastikman

    spastikman Banido

    De certa forma estou errado pois cada celula de uma memoria flash é constituida por dois transistores.


    De qualquer forma mesmo com o dobro (2 transistores) estariamos a falar em 30 nm. Mas isto é só um exemplo, pois se consultarem alguns links que andam por aí, a Toshiba e a Samsung já possuem tecnologia para usar o processo de fabrico de 30nm, sendo que a samsung, possui forma de a reduzir até aos 20nm.


    Tendo em conta que suportes magnéticos devem ter mais de 40 anos, e as flashs como as conhecemos nem 10 anos devem ter, eu diria que o futuro está mesmo para os dispositivos flash.
     
  10. Kill Me

    Kill Me Power Member

    para quem nao percebe ingles...

     
  11. Spiderman

    Spiderman I folded Myself

    quando eu leio isso, eu fico a pensar como o "cabelo humano" é ca um tronco do carago....um poste, à beira dessa cabeça de leitura.

    8|
     
  12. JPgod

    JPgod Moderador
    Staff Member

    Mas uma coisa é verdade, em breve deve atingir o limite de armazenamento, ou seja o limite atómico :D

    Sobre SSD vs magnéticos, até SSD's matar os magnéticos de vez ainda devem passar muitos anos!

    Vamos é ter os 2 em "simbiose", SSD's para main disk, magnéticos para armazenamento em massa, visto que aqui o que interessa é muitos gigas (ou teras :p), no menor espaço possível e a baixo custo, enquanto para OS e programas, o espaço exigido é inferior e a performance e fiabilidade é requisito!
     
  13. JfoxPT

    JfoxPT Banido

    mesmo assim acho um evolução lenta... 4tb somente em 2011... comparativamente com o que os discos evoluiram nos ultimos anos..
     
  14. FASC

    FASC Power Member

    É sinal que as coisas estão a chegar perto dos limites físicos. É nesta altura que deveriam começar a aparecer novos tipos de armazenamento de dados... Vamos ver o que o futuro nos reserva.
     
  15. JfoxPT

    JfoxPT Banido

    os limites fisicos só serão atingidos por volta de 2017 que é quando o os microships possuirem o tamanho de moléculas!!
     
  16. FASC

    FASC Power Member

    Mas estamos a falar de integrados ou de armazenamento?... É que eu estava a referir-me a suporte de memória, não de processos de produção de transístores...
     
  17. JfoxPT

    JfoxPT Banido

    sei lá, n sou nenhum ratinho nisso... sei isto pq vi no Discovery a dizerem que a essa altura já n será mais possivel diminuir o chip visto que o mais pequeno que existe são as particulas elementares, os atomos.. e qq produto n pode ser feito mais pequeno do que os componentes que o constituem..

    de qq maneira acredito plenamente que em 2011 já teremos dispositivos que consigam armazenar mt mais informação... seja ela por flash ou por disco..
     
  18. kanguru

    kanguru [email protected] Member

    Realmente, só 4TB em 2011. Isso é daki a 3 anos e tal. Actualmente já se encontram discos de 1TB à venda, 3 anos para multiplicar por 4 a capacidade? era um abrandamento enorme na escalada.

    Quanto aos SSD, apesar de terem em conta a fonte que é, dá para ter uma ideia das desvantagens do SSD:

    http://en.wikipedia.org/wiki/Solid_state_drive

    Portanto, os discos magnéticos devem durar ainda uns bons tempos. Mesmo em termos de performance, em servidores e afins, aquele problema da limitação do número de escritas e baixa velocidade na escrita aleatória são um bocado chatos.
     
    Última edição: 17 de Outubro de 2007
  19. Koncaman

    Koncaman Utilizador Saloio

    Era?

    qual era a capacidade maxima dos discos que encontravas no mercado, ha 4 anos atrás?

    mas antes de sairem os discos de 4TB, ainda aparecem discos com mais que 1TB. não fica tudo parado à espera desta nova tecnologia.
     
  20. Nemesis11

    Nemesis11 Power Member

    A ideia que tenho (apesar de já terem passado alguns anos) é que não demorou 4 anos entre termos discos de 1 e 4 GB. Penso que é uma boa comparação.

    No entanto, no press release, parece-me que eles não dizem que so em 2011 é que vão ter os 4 TB. O que dizem é que em 2011 chegará ao "full potential", o que não tenho a certeza que é esta "quadriplicação".
     

Partilhar esta Página