1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Intel Whiskey Lake ( 14nm/Fim de 2018 )

Discussão em 'Novidades Hardware PC' iniciada por Nemesis11, 27 de Abril de 2018. (Respostas: 10; Visualizações: 1132)

  1. Nemesis11

    Nemesis11 Power Member

    Só crio esta thread, para esta secção ficar mais organizada e não se fazer off topic noutras threads com codenames da Intel, que neste momento, são mais que muitos. :)

    Resumindo, a Intel adiou os processadores fabricados a 10 nm para 2019, devido aos problemas que continuam a ter com esse processo de fabrico.

    Post original:
    https://forum.zwame.pt/threads/intel-ice-lake-9-geracao.997288/page-2#post-15279226

    https://www.tomshardware.com/news/intel-cpu-10nm-earnings-amd,36967.html

    Assim, a Intel decidiu fazer render (ainda mais) o peixe, com uma rodada de Whiskey a 14 nm.

    Não se sabe praticamente nada em relação a este Whiskey Lake. Atiro com a minha posta de pescada cheia de sal e vou apostar que será o octo-core com a Z390 que anda nos rumores. Diferenças arquitecturais? (LOL?) Aposto em zero ou perto disso. Talvez um GPU geração 9.5+ igual ao Gemini Lake ou melhor, a nível de arquitectura. Não a nível de número de unidades. :)

    Se não estou em erro, o roadmap actual é qualquer coisa como:
    1. Coffee Lake (2018, 14nm e em rollout actualmente)
    2. Whiskey Lake e Cascade Lake para HEDT (Fins de 2018, 14nm e pouco ou nada se conhece)
    3. Cannon Lake (2019, 10 nm. Deve servir mais para testar o novo processo de fabrico e poucas novidades terá. Low Volume e só para o mercado de 4,5 e 15W????)
    4. Ice Lake (2019, 10 nm. Alegadamente, um verdadeiro Tick. Talvez o primeiro grande Tick desde o Sandy Bridge???)
    Quanto ao 10 nm, só dois pontos:
    - A previsão inicial da Intel era estar pronto em 2016. Oops.....
    - A nível de propriedades, não se pode comparar directamente com outros 10 nm de outras empresas. Hoje em dia o número do processo de fabrico é mais marketing que outra coisa.

    Um Brinde à Intel :D :

    [​IMG]
     
  2. hug0b0ss

    hug0b0ss Power Member

    Pois mais um delay...
     
  3. blaster_00

    blaster_00 Power Member

    A concorrência parece que vai chegar lá primeiro com "7nm" (comparáveis aos 10nm da Intel)...
    Parece que a intel está mal posicionada para o próximo par de anos... estão a tentar corrigir agora com a contratação do Jim Keller e desenvolvimento nos GPU, mas ainda vai demorar uns anos a ter produtos no mercado...
     
  4. pedrodbo

    pedrodbo Power Member

    wtf Whiskey Lake LOL que nomes bizarros x)

    carrega Intel!!
     
  5. ObscureAngel

    ObscureAngel I quit My Job for Folding

    Isto começa a ser preocupante.
    A descida de processos de fabrico é cada vez mais complicada e lógicamente, dispendiosa.

    A estagnação começa a ser demasiado evidente no mundo do hardware.
    Embora estejamos a atravessar uma época interessante por causa da competitividade entre a AMD e a Intel, na realidade a evolução do mercado desktop está de momento a conta gotas..
    Em que cada salto de performance ocorre cada vez mais em intervalos de tempo maior.
     
  6. akgis

    akgis Power Member

    Um 8core com as latências do Ring-bus em vez da Mesh, seria uma proposta bastante interessante a meu ver.

    Compreendo que é apenas especulação, mas será um tick de performance ou apenas consumos/temperaturas.

    Falando apenas em gaming acho que o proximo Tick so acontecerá apenas quando houver uma revolução no software e nas tools(compilers, API, etc) para se fazer proveito de todos os cores existentes, supostamente o DX12 e o Vulkan vinham salvar a patria mas passado estes anos todos ainda vemos um 4cores fisico a dar a mesma performance que um 8core fisico(as vezes menus!!!). pode ser que a Intel saia com um coelho da cartola como foi o MMX, SSE ou 3Dnow! da AMD

    Para trabalho 100% paralelo não há pai para os GPUs.

    Intel vai se safando com os Xeons de elevados cores por causa do boom da cloud e a virtualização, mas com o mercado no futuro a fazer shift para os containers em vez de maquinas virtuais(que são muitas vezes um grande desperdício de recursos) a intel poderá ficar em maus lençois
     
  7. Daniel_1110

    Daniel_1110 Power Member

    Olá @akgis ! Se falarmos de jogos, então a verdadeira revolução que muitos esperam é um GPU capaz de correr 4k em todo e qualquer jogo a uma taxa de 60 frames por segundo ou mais! A nível de processadores, citando o @ObscureAngel , "conta gotas" ! :)

    A nível de gaming quem agradece são as companhias de consolas, que beneficiam sempre mais com a estagnação.

    A nível de produtividade a AMD lidera o mercado na minha humilde opinião e um 8c/16t da Intel será super interessante, mas não saiu nem foi anunciado :)

    Ponto positivo: quem investiu nos últimos tempos em processadores e tem o objetivo jogos, está servido por bastante tempo!

    Até lá teremos uma boa competição de preços, o que é bom para todos.
     
  8. cRaZyzMaN

    cRaZyzMaN Power Member

    para mim é 1, sem gelo
     
  9. Tecno Nerd

    Tecno Nerd Power Member

    Venham eles... só porque saem não quer dizer que tenha de os comprar. Um i5 760 durou me 6 anos... O 1700x parece um ferrari a nível fluidez de processos.

    Um gajo pode jogar + ouvir o spotify + abrir umas tabs no browser + uns torrents + descompactar ficheiros de 60GB + espreitar uns videos 4k...

    Enfim, acho que tem poder suficiente. Mesmo que fique rapidamente obsoleto como todos, desde que faça tudo que queremos, não há problema.

    E o tempo que tinha de desligar todos os programas para correr um jogo em condições, já la vai.
     
  10. Nemesis11

    Nemesis11 Power Member

  11. skandal

    skandal Power Member

    Agora os ULVs também vão substituir os CPUs normais (de "45W" :D) nos portáteis de gama alta!? O que faz não ter concorrência no mercado dos portáteis...
     

Partilhar esta Página