1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.
  2. Consulta o Portal de Jogos da ZWAME. Notícias, Artwork, Vídeos, Análises e muito mais.

    Remover anúncio

PSP/PSV Jogos Que Não Podes Perder Este Natal na PlayStation Portable.

Discussão em 'PlayStation' iniciada por .:SP:., 16 de Dezembro de 2007. (Respostas: 3; Visualizações: 911)

  1. .:SP:.

    .:SP:. What is folding?

    Jogos Que Não Podes Perder Este Natal na PlayStation Portable.

    Data de Lançamento – 12 de Dezembro de 2004

    Consolas Vendidas – Mais de 27 milhões

    Preço Actual – 169,99 euros

    Momento de Forma – A recuperar terreno perdido

    Jogos Disponíveis/Anunciados – Cerca de 800

    Calendário Natalício – Depois de, no ano passado, a portátil da Sony ter sofrido do síndroma dos jogos de condução, é com alguma satisfação que vemos a PSP receber este ano uma lista de títulos recomendados com apenas um título desse género. Com a nova PSP Slim & Lite, a consola está a recuperar terreno para a concorrência, e a cada vez maior variedade do leque de jogos disponíveis também tem contribuído para o efeito. Desde o inovador Crush até ao frenético Portable Ops, passando por versões portáteis de Ratchet ou de Silent Hill, a PSP parece ter encontrado o caminho certo e poderá recolher alguns frutos dessa estratégia já durante este Natal. Fiquem então com os imperdíveis para este Natal.

    Crush
    Um dos jogos mais ignorados do ano que está agora a terminar. As insónias de Danny são o fio condutor deste puzzler, mas o seu grande trunfo é, à semelhança de Super Paper Mario, a maneira como brinca com as dimensões. Oscilando entre as duas e as três dimensões, qualquer possuidor da PlayStation Portable que goste de um bom desafio à massa cinzenta deveria dar uma hipótese a este jogo da Kuju. Mais informação

    Disgaea: Afternoon of Darkness
    Assumindo estatuto de jogo de culto na PlayStation 2, não foi muito surpreendente que a Nippon Ichi adaptasse Disgaea à PlayStation Portable. Contudo, para além de uma mera conversão da sua primeira obra, a produtora incluiu alguns extras nesta versão, como o Etna Mode, onde podemos jogar a aventura na pele Etna e ainda uma forte componente multijogador. Mais informação

    Final Fantasy Tactics: The War of the Lions
    The War of the Lions é, na sua génese, uma versão melhorada de Final Fantasy Tactics, um jogo de estratégia que saiu para a PlayStation original, mas que não que chegou a ver a luz do dia em solo europeu. Passado em Ivalice, este jogo é uma óptima união dos ingredientes da série da Square-Enix com uma forte componente estratégica. Além de uma resolução em16:9, podem ainda contar com cenas de anime inspiradas pelos livros de Akihiko Yoshida, assim como uma componente multijogador que pode ser desfrutada através de um modo cooperativo ou competitivo. Mais informação

    Capcom Puzzle World
    Pelo equivalente monetário a um jogo levam para casa a compilação de cinco puzzlers lançados pela Capcom. Nomeadamente, Super Puzzle Fighter II Turbo, Buster Brothers, Super Buster Brothers, Buster Buddies e Block Block. Se os quatro últimos são desconhecidos à maior parte dos jogadores, a inclusão de Super Puzzle Fighter só por si dá uma valor adicional a esta entrega. Obviamente, poderão humilhar e ser humilhados por um amigo vosso, graças à componente multijogador. Mais informação

    Monster Hunter Freedom 2
    Nesta segunda entrega de Monster Hunter para a PlayStation Portable, vão poder continuar a participar nas caçadas mais emocionantes alguma vez programadas para uma consola portátil. Com uma panóplia infindável de armas, a maior porção de vício vem das caçadas que podem fazer com os vossos amigos através do sistema ad hoc. Infelizmente, ainda não será nesta entrega que vamos poder dar uso ao online para combater em conjunto com jogadores de todo o mundo. Para já, apenas será possível descarregar conteúdo extra. Mais informação

    Metal Gear Solid: Portable Ops
    A primeira mostra do talento de Hideo Kojima na portátil da Sony. Captando grande parte da essência da série, Portable Ops é altamente aconselhado a todos fiéis seguidores da saga Metal Gear Solid, mas também àqueles que gostam de um bom jogo de espionagem. Realizado por Masahiro Yamamoto, toda a obra foi supervisionada pelo próprio Kojima, entregando uma fiel sequela a Snake Eater, uma vez que os eventos aqui retratados acontecem seis anos após a última entrega do jogo na PlayStation 2. Mais informação

    Ratchet & Clank: Size Matters
    Apesar de todas as atenções estarem centradas no lançamento do mais novo capítulo da série para a PlayStation 3, não nos podemos esquecer desta versão portátil. Obviamente, não terá o grafismo da sua irmã mais nova, mas com uma boa localização em português e a jogabilidade característica da série, é uma excelente opção para os donos de uma PSP. Mais informação

    Burnout Dominator
    Depois de ter entregue à PlayStation Portable os melhores momentos da série em Burnout Legends, a Criterion entregou a produção deste jogo a uma produtora externa. Todavia, o espírito da série manteve-se, praticamente, inalterado, ou seja, podem contar com velocidades furiosas, muitos bólides prontos a ir para a sucata, e uma escalada progressiva até conquistarem o World Tour Mode. Sem dúvida, uma óptima maneira de tornar as viagens de autocarro bem mais emocionantes. Mais informação

    Silent Hill: Origins
    Mal amada por alguns, esta ida da série de culto da Konami para uma consola portátil pela mão da Climax, uma produtora inglesa, acabou por revelar-se uma excelente adição ao catálogo da série. Mesmo curto, Origins vai manter-se na memória de quem o jogar, por bastante tempo. Sendo uma prequela ao primeiro jogo da série a sair para a PlayStation original, irão encontrar algumas respostas ao fenómeno que assola Silent Hill. Mais informação

    Syphon Filter: Logan's Shadow
    Apesar de não ser dos títulos mais conhecidos da nossa praça, Logan's Shadow é dos melhores jogos de acção alguma vez lançados para a PlayStation Portable. Não só em termos de jogabilidade e de grafismo, mas também a nível narrativo. A estória esteve a cargo de Greg Rucka, um dos principais escritores da DC Comics. Graças ao ad hoc da portátil da Sony é ainda possível desafiar os vossos amigos para umas partidas com Gabe Logan. Mais informação
     
  2. MacPhisto

    MacPhisto Power Member

    Parabéns pelo tópico!
    Cumprimentos.
     
  3. JDaman

    JDaman Power Member

    Já tinha visto, mas a lista até está fixe!

    Fica Bem.
     
  4. KZAR96

    KZAR96 Power Member

    nao gosto desse tipo de jogos... tiro td pla net
     

Partilhar esta Página