1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

NVIDIA: New nForce4 Chipsets

Discussão em 'Novidades Hardware PC' iniciada por Zarolho, 17 de Janeiro de 2006. (Respostas: 19; Visualizações: 1409)

  1. Zarolho

    Zarolho Power Member

    «...NVIDIA announced two new chipsets for Intel processors today. Where NVIDIA has only targeted the high-end of the Intel chipset market to this point, the new chipsets are aimed at the entire Intel chipset line...
    ....

    [​IMG]
    ....
    ....

    Since NVIDIA has talked for months that their Intel offerings were "top-end only", these new mainstream chipsets challenge Intel's dominance in the chipset market for Intel processors. It is difficult to see how Intel would welcome this move by NVIDIA. This could also impact the ongoing negotiations between Intel and NVIDIA for Intel licensing of SLI. Currently, Intel has a licensing agreement with ATI to provide ATI Crossfire support, but there is no licensing agreement for NVIDIA SLI. This could set up an interesting showdown between Intel/ATI Crossfire and NVIDIA SLI in the Intel market, in addition to the developing ATI Crossfire and NVIDIA SLI war in the AMD market. NVIDIA owns the current AMD chipset market, but the upcoming RD580 chipset and the introduction of the new AM2 socket could change these dynamics quickly.

    From the perspective of the end-user, this looks like good news on the surface. It has been quite a while since Intel has had a real competitor in the chipset market. With NVIDIA charting new Intel CPU motherboards from $89 and up, there could be price competition in the Intel segment again. All of this assumes that the NVIDIA chipsets are worthy competitors to the Intel chipset line. Based on the performance that we have seen with the current NVIDIA chipsets for Intel, we would expect the new NVIDIA Intel chipsets to be very competitive. Motherboards are expected in the next few weeks and we look forward to comparing NVIDIA's new Intel line to motherboards based on Intel's chipsets.»

    http://www.anandtech.com/cpuchipsets/showdoc.aspx?i=2673&p=1
     
  2. Madril

    Madril 1st Folding then Sex

    Só na entendo pk é k a "topo de gama" X16 na tem o Azalia ... mas pronto
     
  3. Zarolho

    Zarolho Power Member

    Tiveste o mesmo pensamento que eu.....Essa também não entendi!

    Cumps
     
  4. God_Lx

    God_Lx Folding Member

    pq era + uma coisa a desactivar qd os agarrados a 3dmark fossem benchar com as suas 4 (Sim QUATRO) 7900GTX...
     
  5. c3l5o

    c3l5o I'm cool cuz I Fold

    Num deixa de ser estranho que as "overclocking optimised" num tenham suporte para o Azalia... Será que eles tiveram a triste ideia de pensar que quem usa um PC para o dia a dia e quer uma solução de topo num pode ter som decente?
     
  6. ToTTenTranz

    ToTTenTranz Power Member

    Se é topo de gama então tens de lhe meter uma placa de som topo de gama tambem, não há cá tangas!


    (sim, estou a ser irónico... ou não?)
     
  7. blastarr

    blastarr Power Member

    Mas o Azalia/HD audio numa motherboard é marketing, puro marketing.

    Nem sequer é uma "placa de som", é tudo feito por software, a sobrecarregar a CPU central, e a qualidade de som, bom...

    Se alguém conseguir distinguir um bom AC'97 do Azalia, com as colunas de som actuais nos PC's (mesmo as melhorzinhas), é porque tem ouvidos "caninos". E o HD numa motherboard, como qualquer codec integrado, está sujeito a interferência dos variados sinais eléctricos no resto do PCB, é um problema conhecido.

    Entusiasta que se preze não gasta um balúrdio em componentes para depois vir usar a "placa" de som onboard, por muitos autocolantes "HD" que tenha.

    Eu tenho uma Audigy 2 ZS e, mesmo com colunas bastante boas (as boas e velhas Cambridge Soundworks DTT 3500 Digital), quase não se notam diferenças para o som a 16bit, em fontes como o DVD-Audio Sampler disc que veio com a placa, filmes com som DD 5.1 e DTS, etc...
     
  8. DJ_PAPA

    DJ_PAPA Power Member

    Olha que nao reviews nao é nada disso que dizem sobre a qualidade do som ;)
    E a taxa de uso do CPU tb nao é bem assim. As variaçoes em relaçao a uma audagy ou X-fi sao muito pequenas e toleraveis.

    Por alguma coisa eu comprei Nforce2 e o Sounstorm foi um dos principais motivadores para isso. Por isso eu considero uma board com HD azalia uma muito mais valia em relaçao a uma com codecs AC´97. Sem duvida uma questao que tem o seu peso na decisao de compra ;)
     
  9. blastarr

    blastarr Power Member

    Sim, a ouvir MP3's e afins é parecido.
    Mas espera até carregares um jogo, ou ouvires um DVD-Audio, ou Dolby Digital num DVD com uma mobo Azalia...

    Enfim, para mim, som onboard via codec é puro desperdício de qualidade (o Soundstorm foi um caso à parte, era um DSP -digital signal processor- puro, não um codec simplório), mas se há gente que acha bom um ALC65x, ALC85x ou ALC9xx..:rolleyes:

    Até a MSI se queixava da dificuldade que foi implementar as versões onboard da Audigy Value e Live 24bit nas mobos, pois estavam já no limite do ruído eléctrico aceitável.
    Imagina num chip como o X-Fi...
     
  10. falorca

    falorca Power Member

    Na minha opinião, será para minimizar o custo da board! Devido a essa board ser relativamente mais cara, era mais um factor para encarecer a board (digo eu...)! Só assim é que se compreende, caso contrário tb não percebo, mas enfim....!

    Cumps,
     
  11. johncool

    johncool Power Member

    Bem... eu aqui tou como o blastarr... se vcs acham q o Azalia é assim tão bom q valha a pena ser implementado, then it's your opinion.

    Quanto a mim simplesmente n tem qualidade de som por aí além que justifique o selo HD. Já o Soundstorm n tinha nada a ver com estas "pseudo-placas de som". Por isso, a meu ver... n se perde grande coisa. Além de que, quem tem dinheiro para dar por uma board topo de gama, também com certeza o terá para dar por uma placa de som decente.
     
  12. ToTTenTranz

    ToTTenTranz Power Member

    Engraçado..


    Puro marketing, não é? A review da digit-life (assim como TODOS os comentários acerca do Azalia noutras reviews) diz exactamente o contrário...
    Deves saber mais do que todos eles.. tens alguma board com Azalia? Eu não tenho portanto não discuto as posições dos reviewers. Mas tu deves ter, certo?
    E como esta review é de 2004 eles nem sequer falam nos codecs Azalia mais recentes, que suportam Dolby Digital Live.


    Ora bem essa "sobrecarga" num sistema topo de gama, com cpu dual-core e tal, representa quantos % na performance final do sistema? Provavelmente uns bons 0.1%... Se for por exemplo num jogo que não suporte dual core (a esmagadora maioria na actualidade) então o som é processado inteiramente no 2º cpu, o que se traduz numa quebra de performance praticamente nula.


    O entusiaste "que se preze" é muito raro. Durante anos a fio via-se por aí muita gente com cpus, boards e memórias topo de gama e a usar o AC'97 com uns phones ranhosos. O Azalia está a mudar isso, e bem. Foi uma das melhores iniciativas da intel dos últimos anos.




    Os testes de audição são uma coisa muito subjectiva. Onde tu podes não notar diferença outros podem notar. Razões como distinções genéticas entre os humanos ou o "trabalho de ouvido" ao longo dos anos (por exemplo músicos ou os que estudam música) permitem a uns ter mais precisão auditiva que outros.
    Eu noto bastante diferença entre o som da minha audigy 2 e o da Live! 24bits embutida na board.
     
  13. God_Lx

    God_Lx Folding Member

    Isto sem duvida, eu pessoalmente entre a SoundStorm, o Audio da DFI, e uma Live 1024, n noto diferença rigorosamente nenhuma seja a fazer o que for... Quanto 'a board n trazer, se for realmente de topo quem as compra tem uma boa placa de som ou faz tenções de la enfiar uma...
     
  14. johncool

    johncool Power Member

    Esta era a tua resposta ao blastarr... mas acho por bem defender o meu ponto de vista (seja ele ou não comum ao do blastarr).

    Os entusiastas (pequeno aparte: não "entusiaste") são bastantes... e se começaram a aparecer mais n foi devido ao Azalia, que eu continuo a afirmar... não tem qualidade q se veja (e oiça), n é nenhum DSP. É verdade que a qualidade de som é relativa para quem ouve, mas o que é certo é que entusiastas há-os cada vez mais, e não usam Azalias... ou então são entusiastas só de nome.

    Ah... e se houve placa de som que fez vibrar e criar entusiastas foi a Soundstorm.
     
    Última edição: 18 de Janeiro de 2006
  15. blastarr

    blastarr Power Member

    Tenho uma board com Azalia e continuo a dizer, é puro marketing.
    E discuto as posições deste benchmark, precisamente por causa de ser antigo.
    Não há codec's em motherboard's com suporte Dolby Digital Live, o que há é a certificação dolby Digital Live.

    É exactamente o mesmo que ter um AC'97 que suporta o EAX 2.0 (quase todos os codec's suportam), mas, como é processado por software, é irrelevante, é apenas um conversor AD intermediário.
    Uma coisa bem diferente é ter Dolby Digital Live processing (como placas dedicadas específicas, ou o SoundStorm)...

    0.1%, em streams de som 16bit e 44.1~48khz, mas experimenta colocar aí um DVD-Audio (24bit, 192 a 96khz) e vê o que acontece...
    E se o jogo não suportar dual-core, o que fazer se a stream de som é embutida no jogo (e portanto corre na mesma thread, como é habitual) ?
    Não há milagres.

    Pelo contrário, cada vez há mais entusiastas, e não apenas dos abastados.
    Um entusiasta é aquele que sabe fazer escolhas certas, não o que compra o mais caro como modo rápido de afirmação na comunidade, mesmo que nem saiba escrever um texto no notepad...
    Se há mercado para som de alta definição foi precisamente porque chips como o Soundstorm, as Soundblaster Audigy/2/4 e X-Fi, os Via Vinyl e outros puxaram pela exigência do comprador, ou pelo menos, pela exigência de ter essa capacidade e "obrigaram" a Intel a ir atrás do comboio (tal como há jogos que puxam pelas placas gráficas, mas cujo potencial é desperdiçado em 90% do tempo de uso de um PC, apesar do preço).



    Notas diferenças sobretudo por causa do SNR diferente (na Live são 90, nas Audigy 2/ZS/4 Pro variam entre 106 e 112), isto é, há menos efeito "hiss" perceptível, e talvez menos sons graves por causa da reprogramação dos algoritmos na placa, não por causa da expansão da amplitude sonora (os khz) ou do tamanho da amostra (16 para 24bit).

    Os testes são diferentes de pessoa para pessoa, mas o limite humano para a sensibilidade sonora já foi ultrapassado há muito.

    96khz é bem para além da capacidade de 99.99% da população, quanto mais 192khz...
     
  16. Sway

    Sway To fold or to FOLD?

    nao sei se será bem assim... nao se pode generalizar! se é topo de gama tem que ter mesmo TUDO!
     
  17. ToTTenTranz

    ToTTenTranz Power Member

    Qual, já agora?

    Não sei porquê. O hardware é o mesmo e o software nos chips de som não varia muito. Na maioria das vezes varia a compatibilidade com os programas.

    Não fales do que não sabes...
    fonte: http://www.asus.com/products4.aspx?l1=3&l2=11&l3=23&model=158&modelmenu=1 - Asus P5AD2 Deluxe
    Esta é uma das várias motherboards com codificação em dolby digital, à venda neste momento.



    Até parece que existe algum codec AC'97 que suporte DDL.. (codecs! não estou a falar de APUs)

    Bem diferente? Onde é que está a diferença? Nos 0,5fps que perdes? Os standards suportados são os mesmos. Quais são os algoritmos que o soundstorm suporta e estes novos codecs não suportam? A espacialização é a mesma, o standard da Dolby. Ambos suportam os algoritmos EAX2, Sensaura, A3D etc.
    Toda a gente parece idolatrar o soundstorm como se fosse algo insubstituível.. quando na realidade os substitutos já existem há algum tempo debaixo dos nossos narizes. Até parece que os DACs que vinham nas boards com soundstorm eram alguma coisa de jeito.. A qualidade de som do soundstorm devia-se ao facto de a descodificação para o sinal analógico se fazer nos decoders das colunas, e isso é exactamente o que estes codecs fazem.


    Pelo que sei, o stream do som é gerido pelo directX (directsound 3D) e esse já faz a gestão eficaz pelos dois cores, se forem àreas do directX diferentes (direct3D, directdraw, directsound etc). Não tenho a certeza mas vou informar-me.




    O "cada vez mais" ainda corresponde a uma percentagem da população bastante ínfima, apesar do que dizes.




    Oh rapaz não fales do que não sabes...
    Antes de tudo, a relação sinal-ruído da live 24bits embutida é de 100dB e não 90dB..
    A diferença que eu ouço não está em ruído nenhum. Entre a live e a audigy2, eu noto distorção nos tons e nos respectivos harmónicos nas frequências médias-altas e altas. Já tive uma disciplina de acústica e este ano estudei conversores DA/AD.. Estudo música desde os 6 anos e afino instrumentos regularmente.. acho que me posso dar ao luxo de dizer que sei a distinção entre um ruído audível e uma distorção harmónica... E isso sim, depende bastante da resolução do DAC..
    Essa conversa dos 96khz tambem não é bem assim. Acima dos limites da audição as frequências sonoras causam reverberações no espaço à tua volta (chão, móveis, paredes etc), que por sua vez retornam vibrações que o corpo sente (audíveis ou não). É por isso que a diferença entre os 96Khz e os 192Khz se nota muitas vezes. "Sentes" que o som é mais fiel ao original porque estás a sentir mais "vibrações" que sentirias se a fonte original estivesse mesmo ao teu lado.
     
  18. blastarr

    blastarr Power Member

    Esta:
    [​IMG]
    Asus A8N-VM CSM

    in Asus

    Estás a ver, isto não é Dolby Digital Live processing, é simplesmente criar um container de audio que já está em Dolby Digital 5.1 e passá-lo para um decoder externo, nenhum processamento ocorre na motherboard com conteúdo que não seja DD5.1, ao contrário do Soundstorm.


    Qualquer APU tem CODEC's, mesmo uma X-Fi. E todas suportam a spec AC'97, por incrível que te possa parecer (até a Live original, de 1998).


    Errado.
    O Soundstorm era bom porque codificava por hardware todo o som em Dolby Digital em tempo real (mesmo que a fonte não estivesse nessa norma, e não apenas o som de um DVD, por exemplo), mantendo-o sempre nesse formato durante todo o processamento e inclusivé passava-o para os decoders externos nesse formato via TOS-Link ou Coaxial.

    O DirectX é 0% multithreaded, aliás, é por isso mesmo que o Windows Vista "deitou", literalmente, todo o código de som ao lixo, e reescreveu a API de raíz.
    Aliás, o DirectX nunca foi concebido para ser multithreaded, e qualquer ganho de performance em multicore deve-se única e exclusivamente à "optimização" de drivers das placas gráficas (leia-se, offload do vertex processing...).


    Eu falo do que sei, sim.
    O valor de 90dB é da Live original, não da Audigy 1 LS, errr... "Live 24bit". E foi essa placa que referi (podes ir informar-te sobre as características da mesma se não souberes).
     
  19. Malcom115

    Malcom115 [email protected] Member

    Ena ena, mas afinal para que tanto alarido?
    Se queres uma Board de topo é para teres um sistema de topo certo? Grandes graficas num grande sistema SLI! Queres tambem ter som que seja realmente bom, certo? Entao para quê que raio queres o Azalia? Tomas uma decisao a Homem e compras uma solucao dedicada ao som quase do preço da board. Uma placa de som! Ena! E ainda libertas um bocado de stress ao processador para aquele 1fps que te esta a faltar... aos 500fps que ja consegues.
    Ora a Deus, quem compra a board + as graficas + o processador, de certeza que tem uns trocos no fundo do bolso para a porra da placa de som. Geee. :007:
     
  20. junglebvs

    junglebvs Power Member

    Sera q o som duma live 5.1 q em 2ª mao custa 10 euros n sera melhor q esse codec q querem? :009:
     

Partilhar esta Página