1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Placas de TV

Discussão em 'Dúvidas e Suporte Técnico PC' iniciada por Redstone, 4 de Setembro de 2006. (Respostas: 11; Visualizações: 1330)

  1. Redstone

    Redstone Power Member

    Boas!
    Estava a pensar comprar isto, mas estou com sérias dúvidas se funciona com a TVCabo.
    Palo que tenho lido, é uma das melhores placas de TV, tanto no que respeita ao hardware como à parte do software. No entanto se tiverem outras sugestões, de placas realmente boas (nada de janelas minusculas com imagem de maravilha), e que permitam gravar, sou todo ouvidos.
    E claro que dar para ver os canais da TVCabo é um requisito.

    Obrigado desde já.
     
  2. blastarr

    blastarr Power Member

    Parece-me boa, assim sem ter visto o software de visionamento e os drivers, claro.
    Pelo menos o suporte ao H.264 é uma feature pouco comum em sintonizadores digitais (que normalmente se ficam pelo playback em MPEG 1 e 2).
     
  3. Redstone

    Redstone Power Member

    Bem, eu percebo muito pouco do assunto, por isso não percebi o que disseste :-D
    Talvez o facto de gravar com a mesma qualidade que capta?

    No entanto a minha dúvida diz respeito a isto:
    Será que os canais da TVCabo não são considerados "free-to-air"? Mesmo que perdesse os canais pagos que tenho (SportTV, por exemplo), conseguirei ver os outros canais?
     
  4. blastarr

    blastarr Power Member

    "Free-to-air" são canais digitais por satélite, ou canais digitais terrestres de acesso livre (como o serão dentro de alguns anos a RTP, a SIC e a TVI, por exemplo). É o que se convencionou chamar aqui na Europa por DVB-T, DVB-S ou DVB-C (terrestre com antena, satélite com uma parabólica, ou cabo coaxial, respectivamente).
    Se o canal digital estiver codificado (como os da TV Cabo pela "parabólica mágica", ou por cabo propriamente dito -com set-top box-), então nada feito.

    H.264 é um codec de compressão de vídeo semelhante ao DivX, que permite poupar largura de banda em relação ao codec standard MPEG 2.
    Assim, é possível receber mais canais no mesmo espaço do espectro radioeléctrico, por exemplo.
     
    Última edição: 4 de Setembro de 2006
  5. Redstone

    Redstone Power Member

    Obrigado pela explicação!
    Eu tenho uma box da TVCabo. Será que ainda assim poderei ver canais como a SICRadical, Eurosport, etc?
     
  6. Techdoctor

    Techdoctor Power Member

    Poderás ver todos os canais da "TV Cabo" q não necessitem da Box, ou seja, todos os "não codificados".
     
  7. Redstone

    Redstone Power Member

  8. Redstone

    Redstone Power Member

    Desculpa se parecer um pouco duro, mas sinceramente se não sabes do que falas mais valia estares calado. Graças a este post, comprei a placa só para descobrir que apenas suporta TV digital (ainda não disponível em Portugal) e pior que isso, apenas DVB-T (digital pelo "ar"). Ou seja, mesmo quando a TV digital chegar, (lá pra 2009) apenas poderei assistir aos 4 canais portugueses.

    Basicamente, 130€ euros po galheto...

    Bem que sirva de aviso. Cuidado com estas coisas das placas de TV porque tem bem mais do que se lhe diga.
     
  9. Jorge Paiva

    Jorge Paiva Power Member

    Eu tenho TVcabo por satélite e tenho a respectiva powerbox. Construi um média center e comprei a Powercolor 550 Pro baseada no chipset da ATI (sinal analógico). Liguei uma ficha SCART à traseira da POWERBOX (tem duas saídas analógicas SCART uma utilizo para a televisão e outra para o mediacenter). A ficha SCART que utilizo para o mediacenter termina com 3 jacks RCA 2 para o som esquerda e direita e a terceira é para vídeo composto, que ligas ao adaptador da placa TV (não posso usar o cabo coaxial porque a TV cabo é codificada e digital).

    Funciona tudo impecável, apenas com um senão! Não posso gerir os canais da TV cabo na televisão, nem no mediacenter. Tenho de utilizar o comando da powerbox :(

    Só falta referir que a qualidade de gravação é excelente :)
     
    Última edição: 24 de Setembro de 2006
  10. Redstone

    Redstone Power Member

    Bem, posso experimentar algo desse tipo. O problema é que já tenho uma powerbox e está na sala (o pc está no quarto). Não sei se a TVCabo permite comprar outra powerbox sem pagar outra assinatura da TVCabo.
    O que queres dizer com "não posso usar o cabo coaxial porque a TV cabo é codificada e digital". A TVCabo já transmite algum canal em DVB-C?
     
  11. Jorge Paiva

    Jorge Paiva Power Member

    Ao contrário da TVcabo por cabo (Terrestre) que é analógica (penso de que!). A tv cabo por satélite é digital, por isso é que pode ligar o cabo coaxial da powerbox da tvcabo terrestre à televisão e sintonizar os canais com a televisão.

    Pelo contrário a TVcabo por satélite é digital e tens que fazer a gestão dos canais na powerbox que transforma o sinal digital em analógico para um canal de cada vez e envia esse canal através da interface scart para o equipamento (televisão, vídeo, mediacenter, etc.) mas como só envia um único canal (o que tiveres seleccionado na powerbox com o respectivo comando) para as entradas AV1 e AV2 da televisão ou outro equipamento, não existe capacidade de gestão de canais nestes aparelhos, eles apenas exibem o canal que a powerbox lhes enviou. Espero que isto seja inteligível. Não é muito fácil quando não se domina muito bem a linguagem técnica, o que é o meu caso! Mas podes ter a certeza de que é o que acontece.
     
  12. Redstone

    Redstone Power Member

    Sim, eu percebi. Aliás fiz o mesmo com a placa que comprei, depois de ler o teu post. Em vez de usar a powerbox, usei uma televisão. Mandei a imagem da TV para a entrada analógica da placa e deu, mas:
    1 - a qualidade de imagem era muito má (tinha brakes enormes e pouca definição)
    2 - não é útil porque implica ter um tuner para além da placa

    Como tinha dito, já tenho uma powerbox e está numa divisão diferente, por isso não serve. De qualquer maneira obrigado pela sugestão.

    Vou tentar devolver ou vender a placa.
     
    Última edição: 25 de Setembro de 2006

Partilhar esta Página