1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Previsões das novas DSLR para o Ano 2013

Discussão em 'Fotografia e Vídeo' iniciada por SpectrusMX, 20 de Fevereiro de 2013. (Respostas: 20; Visualizações: 2340)

  1. Uma coisa que pode interessar a alguns.
    Uma revista Japonesa fez a previsão dos lançamentos previstos para 2013 por partes das companhias de produção de DSLRs. Sei que a que está mais confirmada daqui desta lista, por uma entrevista do relações públicas da Canon à Dpreview, que a 70D vai sair para breve mas não sei quanto ao resto, sendo que ao que parece a Canon não faz intenções segundo rumores de investir mais dinheiro no sensor APS-C (portanto a próxima 7D II podera ser full-frame? Se a actualizarem claro) e a Nikon (segundo rumores) está para desvendar uma nova DSLR formato DX ainda este ano. Gostando da minha D300 que infelizmente está a dar as últimas devido ao uso, era bom sair uma D400 :) Mas venha o que vier cá se usa!

    Nota: São só previsões não são confirmações de lançamentos atenção!

    [​IMG]
     
    Última edição: 20 de Fevereiro de 2013
  2. terrorist

    terrorist Power Member

    Não faz sentido a 7D ser APS-C e a 7D Mark II ser FF.
    Duvido que a Canon deixe de investir em APS-C nos próximos tempos, porque são as gamas de entrada que vendem mais. A não ser que façam uma FF por 500€/600€, mas duvido muito.
     
  3. Wildstar

    Wildstar Power Member

    Isso está no CanonRumors. O mais recente é:
    - 70D semelhante à 50D, segmento e preço entre a 60D e a 7D, lançamento em Março;
    - 7D2 APS-C de 24 MP com sensor novo e para o mercado profissional (efectivamente uma versão crop-frame da 1DX), portanto substancialmente mais cara que a 7D, lançamento no ou depois do Verão.

    É absurdo achar que a Canon (ou Sony, "Nikon" ou Samsung) vão deixar de fazer sensores APS-C. Ainda por cima a Canon que "acabou de lançar" o seu sistema MILC que é APS-C.

    Note-se que a DxOmark diz que sensor da D5200 é Toshiba. Tinha uma certa piada a Canon ir comprá-lo e metê-lo na 7D2 em vez de usar um sensor próprio.
     
    Última edição: 20 de Fevereiro de 2013
  4. MEIA

    MEIA Power Member

    Nos próximos tempo é impossível a Canon sobreviver sem sensores APS-C, a menos que, como o terrorist disse, consigam fazer preços à volta dos 500€ e como ele, duvido muito.
    O que poderá acontecer é deixar de os fazer e ir busca-los a outro lado.
     
  5. Eu também acho absurdo eles sobreviverem sem APS-C, mas pelo menos no mercado do semi-profissional (nota-se que a 6D é considerada semi-pro) eles estão a questionar o futuro deste mesmo sensor e se não será melhor ser FF, no consumidor lá está deve-se manter APS-C (sim não faz sentido lançarem máquinas FF a 500/600€ a não ser que comecem a ser lançadas com o sensor da EOS M (No sense either).), só sei que devido a isto tenho visto grandes motivos de discussão e várias polémicas em vários fóruns por causa do Futuro do APS-C. Sinceramente acho que temos de esperar para ver.

    A Canon é louvável investir em criar sensores.
    Sim a D5200 é toshiba, sendo que o sucessor D5100 e a D7000 é Sony(mesmo sensor em ambas, diferença de features). A Nikon ganhou o hábito de comprar os sensores em vez de produzir os seus. Mas apesar de os sensores não serem seus faz tweaks de modo a conseguir ter mais desempenho destes mesmos, ela só produz pelo que tenho visto os sensores em certas máquinas, sendo que esta sempre presente na Gama Nikon D(x) (D3, D4) e vá a D3100/D3200 também tem é Nikon, de resto ou é tudo Sony (acho que eles têm parceria) ou como agora se sabe toshiba. É pena, os sensores da Nikon até são bons, isso vê-se pela performance da D3, a D4 apesar das novas features, em termos de ISO performance fica ligeiramente atrás da D3, mas tem-se uma ideia. Gostaria de ver no futuro mais sensores Nikon em outras gamas, isso era nice, mas como o mercado está devem continuar a usar da Sony e agora toshiba.
     
  6. Que lancem lentes para FF a preços menos pornográficos. :D
     
  7. Wildstar

    Wildstar Power Member

    Hem? A lente mais barata da Canon é FF...

    A Nikon não faz sensores, não tem fábricas. Todos os sensores Nikon são contratados a externos e em princípio já nem é a Nikon que os desenha, é uma tecnologia que só empresas dedicadas a electrónica conseguem acompanhar. A Nikon só desenha os EXPEED.

    A performance dos sensor Sony não acontece por acaso, é resultado do investimento de muitos milhões que mais nenhum outro fabricante fez. Foi graças a isso que a Sony inventou os sensores retro-iluminados e agora os "stacked CMOS", isto somado ao novo sistema de leitura do sensor que gera um tipo de ruído perceptualmente mais agradável e fácil de filtrar, o que em muito contribui para a melhor performance dos sensores Sony. Daí que achar muito estranho que a Toshiba tenha igualado a Sony assim de repente, ainda por cima quando só faz sensores de telemóveis e nem sequer tem nada disso no site. Acho muito mais provavel a DxOmark se ter enganado.
    Quanto ao sensor da D800 é óbvio que é Sony, toda a arquitectura e características são tipicamente Sony, a Nikon pagou-lhes para escreverem "NIKON" no silício, mas isso não quer dizer nada.
     
  8. Sim tens razão, ao que parece a Nikon e a Sony pelo que fui ver por curiosidade, têm uma parceria fixa, a Nikon investe na Sony para a investigação e produção dos Sensores e ela em retorno fornece-os a esta mesma. Não te enganaste esta mesmo comprovado que a D5200 é Toshiba, tens aqui ao "tear down" da D5200. Também não percebi, acho que a Toshiba também faz alguns sensores para umas compactas e bridges, mas dai a subir a DSLR, fico curioso o porque da Nikon ir investir nesta mesma, sendo que comparando as duas D5100 e D5200 lado a lado como fiz, a D5100 consegue ter ligeiramente melhor qualidade de imagem (com a mesma lente e mesma situação) e ligeiramente melhor performance de ISO (apesar de algumas reviews dizerem o contrário, achei a performance da D5100 muito mais aceitável.). ;)
     
  9. Wildstar

    Wildstar Power Member

    Ah, isso já faz muito mais sentido. Vejo agora que há comentários no site da DxOmark que confirmam isso: http://www.dxomark.com/index.php/Cameras/Camera-Sensor-Database/Nikon/D5200
    Portanto a Toshiba deu um passo maior que a perna, ainda não está ao nível da Sony. A metodologia de teste da DxOmark está a ficar obsoleta...
     
  10. Exacto e acho que segundo vi por ai pela interwebs, é a primeira vez que a Toshiba faz um sensor para uma DSLR, talvez a Nikon quisesse testar esta mesma empresa? O que não faz sentido porque já têm a parceria com a Sony, qualquer coisa deve ter acontecido. E também tinham a Aptina, mas é o que dizem lá na Chipworks:


    Sim o DxOmark há uns tempos para cá, os testes deles não andam muito fiáveis, já tinha reparado.
     
  11. Wildstar

    Wildstar Power Member

    Os testes são fiáveis, eles não testam é as coisas que deviam testar. Por exemplo, não distinguem ruído aleatório de ruído com padrões (banding). É preferível um sensor ter um maior nível de ruído, desde que este seja aleatório, do que menos ruído mas este ter padrões visíveis. Isto é algo que a DxOmark (ainda?) não tem em consideração.
     
  12. strobe

    strobe Moderador
    Staff Member

    O ruído aleatório é uma característica que faz sentido medir e quantificar enquanto que o banding é um defeito que tem de ser resolvido pelo fabricante.

    Ainda não li muito sobre o assunto mas, será que estamos a comparar crops 1:1? É que ai até o DxOmark mostra que a D5100 é superior à D5200.
     
  13. Juzhan

    Juzhan Power Member

    Pessoalmente desejava que a 70D (que deve aparecer nas proximas semanas) não tivesse um sensor com carregado de megapixeis..... e consequente ruido extra.

    O meu desejo de uma FF passa pela performance da mesma em ISOs elevados e não por outras freatures que vêm com o pacote.

    Gostava muito de ter uma maquina que até so podia ir a ISO 6400, mas que fosse com qualidade.... Motivo pelo qual até equacionei mudar para pentax, face á performance da K5-II em ISO 1600, onde está a meu ver mais proxima de uma 5D que de uma 60D....

    Acabei de vender a minha 550D e estou a aguardar pela saida da 70D. Se tiver pior performance em ISOs altos (800,1600), acho que vou mesmo arranjar uma 60D, porque nao vai ser o wifi, touch screen, ou outras features que nada têm a ver com a qualidade da foto que me vão fazer gastar mais para ter pior qualidade de imagem.......

    Resumindo, ou apresentam sensores com melhor tecnologia de modo a reduzir ruido, ou queria mesmo uma 70D com 16Mpixeis
    ...
    .
     
  14. Wildstar

    Wildstar Power Member

    Do ponto de vista da electrónica não é defeito nenhum. Pode ser característica da técnica de leitura/amostragem. Por isso é que a Sony teve de inventar um método novo para o fazer.
    Até porque o único ruído realmente aleatório é o térmico e esse depende apenas da temperatura.
    O número de pixels não afecta o ruído da imagem global, só o visto 100%. Ou seja, um sensor de 24MP tem mais ruído por pixel, mas cada pixel é mais pequeno portanto se vires a imagem toda o nível de ruído é o mesmo.
    O problema de cada pixel ser mais pequeno é que pode ter menos capacidade e assim menor gama dinâmica.
     
    Última edição: 23 de Fevereiro de 2013
  15. Juzhan

    Juzhan Power Member

    Mas quanto mais megapixeis tens, num sensor do mesmo tamanho, quando aumentas o ISO, vais aumentar o ganho e a corrente electrica proveniente de cada uma desses "fototransistors" desse sensor, aumentando assim a interferencia no sinal, causando um sinal com mais ruido.

    Não tenho nada contra um maior numero de megapixeis, desde que mantenhas a densidade de megapixeis por area ou melhores a tecnologia de modo a minimizares o ruido, ou seja um sensor de melhor performance.

    Nos sensores modernos, o que eu vejo é para uma mesma foto com os mesmos ISOs elevados consegues menos ruido, em RAW claro está, com sensores de menor densidade de pixeis.
     
  16. Wildstar

    Wildstar Power Member

    Foi o que eu disse. O ruído em cada pixel é maior, mas cada pixel é mais pequeno na imagem total, logo o ruído total na imagem (a relação sinal-ruído na imagem total) é o mesmo.

    Para ilustrar, se pegares na imagem de um sensor de 24MP e fizeres resize para 16MP o ruído não é mais que o de um sensor nativo de 16MP.
     
  17. Enter Sandman

    Enter Sandman Power Member

    Enquanto utilizador de uma D90 e apesar do lançamento da D7100 continuo à espera da verdadeira sucessora da D300S para fotografia de desporto...

    Veremos.

    Cumpts.
     
  18. Eles vão ter de lançar a sucessora da D300S e provavelmente está guardada para quando sair a 7D Mark II, não faz sentido a Nikon abandonar este modelo, assim perde clientes para a Canon e deixa o mercado dos que fotografam desporto e Wildlife, nomeadamente bird photography pendurados, não me parece que seja burra o suficiente para o fazer, mas já estive errado no passado acerca da Nikon (ex. da D300s antes de se saber o modelo, pensava-se que era a sucessora para a D300, no fim era a mesma coisa mas que trouxe pouca coisa nova, +1 FPS sem grip, algumas tweaks e movie mode, nada de especial), até porque a 7D II pelas specs parece ser uma grande besta! Quero ver que jogada vai fazer a nikon, não creio que a D7100 seja o modelo semi-pro mas logo veremos, no dia da anunciação a D7100, anteriormente na Nikon Europe dizia que era a Flagship Camera (Semipro vá) em corpo DX, agora parece que foi corrigida no site deles e já aparece como entusiasta, o que quer dizer que ainda está para vir, hopefully :).
    A minha D300 coitadinha já deu o que tinha a dar, recorro mais a D90(segundo corpo) só mesmo para poupar a outra câmara, que já mostra desgaste no obturador e por vezes da erro devido a isto, o arranjo pelo preço não compensa prefiro aguardar pelo replace.
     
    Última edição: 23 de Fevereiro de 2013
  19. Ansatsu

    Ansatsu Power Member

    Então porque não fazem sensores com 50MP ou mais. As cameras medio formato, com uns 80MP têm performances más a nivel de ISO, aquilo é só mesmo para usar a ISO base e pouco mais. As cameras com sensores 1/1.23, ou seja, as compactas tem performances de ISO muito baixo, porque o sensor está carregado de pixeis. Porque se eles fizessem um sensor nas compactas com uns 3 ou 5MP penso que a performance subiria muito.
     
  20. Wildstar

    Wildstar Power Member

    Pensas mal. Não só é pura geometria como é comprovado experimentalmente: http://www.dxomark.com/index.php/Publications/DxOMark-Insights/More-pixels-offset-noise!
    Mais pixels não aumentam o ruído total da imagem, já está mais do que na altura de acabar com esse mito de uma vez por todas.

    Os sensores MF têm pior performance que sensores mais pequenos porque usam processos de fabrico mais grosseiros. Têm pior performance pura e simplesmente porque tecnologicamente estão várias gerações atrás dos mais pequenos. O mesmo se aplica aos FF versus os 1/2.3'' BSI, não fiz as contas, mas aposto que o ruído por área de um sensor BSI pequeno é muito menor que um FF (pois que eu saiba ainda não há nenhum FF BSI).

    A vantagem de ter pixels maiores não é o ruído mas sim a gama dinâmica, como eu disse, mas mesmo isso pode ser resolvido pelo desenho do circuito.
     

Partilhar esta Página