1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Qual a distro recomendada para servidores?

Discussão em 'Dúvidas e Suporte Técnico - GNU/Linux & *nix' iniciada por Frango., 4 de Janeiro de 2009. (Respostas: 1; Visualizações: 650)

?

Distro recomendada para servidores (Grátis)

  1. CentOS

    31,6%
  2. Debian

    36,8%
  3. FreeBSD

    0 vote(s)
    0,0%
  4. OpenBSD

    0 vote(s)
    0,0%
  5. Slackware

    10,5%
  6. OpenSuse

    10,5%
  7. Fedora

    5,3%
  8. Outra (Designar qual)

    5,3%
  1. Frango.

    Frango. Power Member

    Boas.

    Estou prestes a instalar Linux no meu servidor, mas queria saber quais as distros mais apropriadas para o mesmo. Estou a falar em relação a compatibilidade, estabilidade, leveza, suporte (que têm melhores respostas de suporte nos fóruns e outros sites como tem o ubuntu), etc

    Votem e digam o porquê de terem votado nessa.
     
    Última edição: 4 de Janeiro de 2009
  2. rjtd

    rjtd Power Member

    Actualmente estou a usar em produção Ubuntu Server e CentOS.

    * CentOS: estável, bem mantido, seguro. Convém aprender a mexer com o SELinux antes de começar a fazer qualquer coisa com CentOS, caso contrário vão haver mtos "wtf" quando certas coisas não funcionarem por falta de permissões. Outra grande vantagem é a compatibilidade total com os drivers RHEL dos fabricantes, com as ferramentas de gestão, com os softwares da Redhat (Redhat Cluster, Redhat/Fedora Directory Server, FreeIPA, ...), e com a maior parte do software comercial. Muitos pacotes são antigos (ex.: Cups, rsyslogd, ...) e como tal não têm as funcionalidades avançadas que foram surgindo com o tempo.

    * Ubuntu Server LTS: relativamente estável, pacotes recentes, tudo e mais qualquer coisa nos repos. Usa apparmour em vez de SELinux, que a meu ver é bastante mais simples de usar (muito simples dar permissões novas a um binário, p.e.; não é preciso compilar nada nem usar nada para além do vim). Excelente comunidade. Mais "bleeding edge" que o CentOS, o que o faz ser menos robusto e estável. Uso-o maioritáramente para servidores na intranet, quando os pacotes não existem no CentOS (ps.: evito sempre que posso usar pacotes que não sejam dos repos oficiais).

    * Ubuntu Server JeOS: muito rápido em máquinas virtuais, suporte para VMI, e é uma instalação "barebone" (aka, por default não trás nada instalado). Uso este para máquinas virtuais devido à leveza e suporte para paravirtualização no kernel. Só trás os drivers e serviços extritamente necessários para correr em VMs. Até voa nos meus servidores ESX.

    Em casa estou a usar Ubuntu Server 8.10.
     
    Última edição: 4 de Janeiro de 2009

Partilhar esta Página