1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Quero fazer um Safari!

Discussão em 'Apple Geral' iniciada por ngm, 7 de Novembro de 2006. (Respostas: 15; Visualizações: 1637)

  1. ngm

    ngm Power Member

    Boas,

    Apesar de já ter o MacBook há algum tempo, este é o meu primeiro post utilizando o mesmo! :D

    Andei aqui a brincar com o Safari (e estou impressionado pela positiva) mas colocaram-se-me algumas questões:

    1) existe alguma aplicação para remover eficazmente os banners? Eu no meu desktop tenho o Norton e o que é facto é que quase não sei o que é navegar com publicidade.

    2) o IE não tem RSS reader... portanto ando meio perdido, sei que esta feature possibilita ler as notícias de certos sites em modo offline. Alguém me pode dar umas dicas como configurar? Eu tenho clicado no ícone rss dos sites que me interessam, tenho criado um bookmark numa pasta "RSS" criada no bookmark menu e, nas preferences escolhi "automatically update articles in bookmarks menu". Está correcto, e para ler as RSS depois?

    Muito obrigado.

    P.S.: Uma das coisas que penso que está FENOMENAL no Mac OSX é a integração entre as diferentes aplicações. Mas penso que é injusto perseguir a Microsoft pela disponibilização de aplicações que não o SO e tal não suceder à Apple.
     
  2. gajo nú

    gajo nú Power Member

    Para isso de retirar publicidade e muito mais tens o Saft que faz o que queres e tem outras funcionalidades, como por exemplo full screen browsing.

    Aqui http://pimpmysafari.com/ encontras o tal Saft e mais plug-ins, se bem que me sinto satisfeito em só ter o Saft.
     
  3. Catacang

    Catacang Power Member


    Se não gostares de alguma aplicação da Apple podes sempre desinstalá-la, para desinstalar aplicações geralmente basta arrastares para o "lixo".
    Em relação à Microsoft eu gostava de desinstalar o Internet Explorer visto que não o uso, mas infelizmente sempre que executar o "iexplore" ou visitar o Windows Update sei que ele vai lá estar...

    Cumps.
     
  4. ajax

    ajax Banido

    Há sempre a hipótese de pegar no webkit da Apple e desenvolver um "Safari". :D

    http://webkit.org/
     
  5. gajo nú

    gajo nú Power Member

    Boa sorte! :-D
     
  6. ngm

    ngm Power Member

    Boas, parece que esse Saft é pura e simplesmente BRUTAL!! :)

    O problema é que se paga. Já estive a ver na cooperativa da mula mas nada! :( Lá vou ter que desenbolsar... e é se quero.

    Parece-me que o que está a dar é desenvolver aplicações para Mac OS X... mais vale programar para meia-dúzia de utilizadores fiéis e ricos (dispostos a pagar e a não partilhar serials) do que milhares de utilizadores revoltados e caloteiros (que não querem pagar e partilham tudo o que têm)!

    //E ngm exclama para si próprio: "bem-vindo ao Mundo Mac!"
     
  7. Sox

    Sox Power Member

    Realmente ngm agora disseste tudo, no mundo Mac a maior parte do software é realmente pago ao contrário dos utilizadores do windows que consideram a pirataria como algo banal e comum, mas também não custa tanto pagar o software par a Mac porque, e verdade seja dita, é um software de qualidade, pelo menos eu acho.
     
  8. kidloco

    kidloco Power Member

    O software para mac é geralmente barato.
     
  9. Sox

    Sox Power Member

    Depende do software, software simples, para um user comum instalar na sua maquina para uso diário até é capaz de ser barato, agora software profissional (mas que muitos "home users" usam) como o caso do Logic Pro... estou de olho neste software, mas vou ter que arranjar maneira de o sacar mais baraco, porque ele custa 1000euros!
     
  10. ngm

    ngm Power Member

    O software para Windows é, geralmente gratuito!


    Pelo menos eu conheço quem tenha passado grande parte da sua vida em frente a um PC e nunca abriu a cartei para comprar software!
     
  11. Demiurgo

    Demiurgo Xerife de Nottingham

    ngm,

    O utilizar software sem gastar dinheiro não quer dizer que o mesmo seja gratuito...
     
  12. johncool

    johncool Power Member

    O que não quer dizer que no mundo Mac a pirataria também não seja banal e comum. Aliás, os métodos ilícitos presentes no mundo Windows também existem no mundo Mac...

    Agora, essas escolhas dependem de cada pessoa.
     
  13. Sox

    Sox Power Member

    Não é verdade, o que se passa é que para um género de software existem muitas alternativas, algumas delas gratuitas, mas muitas são pagas só que é tão facil arranjar o software piratiado ou copiado (o que não deixas de ser ilegal) que ás vezes as próprias pessoas não dão conta de que estão a usar algo ilícito!

    Existem claro, mas em muito menor numero, primeiro porque existe menos publico a usar
    software para Mac, logo é a tal história da lei da procura que aqui também se pode aplicar.

    Em segundo lugar porque o "publico" Mac se formos a ver socio-economicamente são diferentes do publico dos PCs e isso a meu ver é a explicação mais logica para este tipo de habitos/comportamentos bem diferenciados entre estes dois mundos informaticos.
     
    Última edição pelo moderador: 9 de Novembro de 2006
  14. ngm

    ngm Power Member

    Sim, é evidente que a maioria do software para Windows não é _gratuito_! Eu sei disso.

    Bolas, estava a fazer uma referência irónica ao facto de para Windows *TUDO* existir "de borla"... mas tudo mesmo: desde os grandes tubarões do software (o próprio Windows, Maya, AutoCAD,...) até à simple sardinha de baixo calibre (pequenos utilitários/plugins).

    Também não digo que não exista software "de borla" para MAC, mas está principalmente concentrado no grande software e de uso comum: OSX, iWorks,... a pequena sardinha não se consegue "pescar"!
     
  15. gajo nú

    gajo nú Power Member

    Pensas tu...

    Mas não vamos falar nisso!
     
  16. Xeon3D

    Xeon3D 1st Folding then Sex

    Totalmente fora do assunto... :-D

    Assino e sublinho... quem é que nunca ouviu falar nos "drogados dos números de série para mac"? E isto é só um exemplo.

    Até para linux, em que virtualmente 95% do software é gratuito, dos outros 5%, 4% existe em em versão "*grátes!*"
     

Partilhar esta Página